• Vereador será chamado para prestar depoimento na polícia após denúncias feitas no plenário da Câmara e na coluna O Deda Questão

    Enviado em: 24/10/2014 09:04h - Por: Deda



    O vereador Crespo ocupou a tribuna da Câmara no dia 25 de setembro e fez uma série de acusações contra José Antônio Fasiaben, provedor da Santa Casa de Misericórdia e está sendo processado por crimes contra a honra por esta razão (leia postagem abaixo sobre isso).

    No dia 26 de setembro, ao meu convite, Crespo esteve na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e disse na coluna “O Deda Questão” mais do que falou na véspera na Câmara. Falou que havia quadrilha atuando na Prefeitura de Sorocaba.

    No dia 29 de setembro, também ao meu convite, esteve na coluna “O Deda Questão” na rádio Ipanema o secretário de Governo, João Leandro, que respondeu pontualmente cada acusação feita por Crespo.

    Tanto a Polícia Civil quanto a Prefeitura de Sorocaba solicitaram da rádio as gravações das entrevistas de Crespo. Ambos estudavam o que fazer.

    Há dez dias, desta vez no plenário da Câmara de Sorocaba, Crespo voltou a fazer a acusação de que existem quadrilhas atuando dentro da Prefeitura de Sorocaba nesta administração e citou os setores de fiscalização e saúde como os locais onde ocorrem a atuação dos quadrilheiros. Novamente essa gravação foi solicitada pela Prefeitura e após análise jurídica, por ordem do prefeito Pannunzio, se resolveu agir. No início da noite de quinta-feira o secretário João Leandro esteve na Delegacia Seccional e solicitou que a Polícia Civil abra um inquérito para investigar essas denúncias de Crespo.

    Em conversa comigo, o secretário João Leandro explicou o que levou ele a ir até a delegacia: “O objetivo do prefeito Pannunzio é o de salvaguardar a honra subjetiva de todo funcionário público que é atingido por denúncias como esta do vereador. Não se pode por duas semanas seguidas dizer que existe quadrilha na Prefeitura e não apontar elementos. Cabe a quem acusa o ônus da prova. Não se trata de gostar ou não gostar das denúncias, mas de se cumprir a lei. Se houver qualquer indício de ilícito, se houver prova, o prefeito vai agir. Queremos transparência, mas não dá para partilhar de denúncias até agora vazias e ofensivas a honra do funcionário público”

    Diante do pedido da Prefeitura de Sorocaba, o delegado seccional Marcelo Carriel, que atendeu João Leandro, deverá abrir nesta sexta-feira o inquérito. O primeiro a ser chamado para depôr, ainda sem data marcada, é o vereador Crespo. A partir do que ele falar novos depoentes serão convocados.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Presidente da Comissão de Saúde vai solicitar resultado de auditoria na Santa Casa e quer pôr fim nas fofocas sobre o fato deste resultado ainda não ter sido apresentado

    Enviado em: 24/10/2014 09:03h - Por: Deda



    O vereador Izídio de Brito (PT), presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga irregularidades no setor de saúde no município de Sorocaba, vai fazer um requerimento solicitando da Prefeitura de Sorocaba o resultado da auditoria contratada para averiguar a gestão da Santa Casa de Sorocaba, onde foi constatada rombo de R$ 50 milhões. Primeiramente, por um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) entre Prefeitura e Ministério Público, o resultado desta auditoria deveria ter sido tornado público em agosto. A Prefeitura transferiu para a primeira quinzena de outubro. Agora, a uma semana de novembro, a auditoria ainda não se tornou pública. Izídio disse que já ouviu muitas ilações a respeito deste adiamento, mas não vai fazer juízo de valor antes de ver o resultado. Se necessário, caso não surta efeito o seu requerimento, Izídio vai à justiça.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Presidente da Santa Casa está tranquilo quanto à quebra do seu sigilo bancário

    Enviado em: 24/10/2014 09:02h - Por: Deda



    A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga irregularidades no setor de saúde vai pedir à Justiça a quebra dos sigilos fiscal, bancário e telefônico de José Antônio Fasiaben, provedor da Santa Casa de Misericórdia. A solicitação foi feita pelo vereador José Crespo (DEM) que chamou Fasiaben de “chefe da quadrilha que atuava na Santa Casa e que foi responsável pelo rombo de R$ 50 milhões no hospital”.

    Para amigos, Fasiaben disse que está tranquilo pois não deve nada, não fez nada de errado e não se beneficiou de nada enquanto a provedoria comandou a Santa Casa. Atualmente a administração é feita por interventores nomeados pela Prefeitura.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Provedor da Santa Casa entra na Justiça contra vereador por crimes contra a honra

    Enviado em: 23/10/2014 17:44h - Por: Deda



    No dia 25 de setembro passado, durante oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde da Câmara Municipal com funcionários do setor administrativo e operacional da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, o vereador José Crespo (DEM) fez denúncias que envolvem o provedor do hospital, José Antônio Fasiaben, que dirigia a instituição antes da requisição da prefeitura. Crespo acusou Fasiaben de ser o chefe de uma quadrilha que agia na Santa Casa e que, segundo ele, foi responsável “por um rombo de R$ 50 milhões”. “Sempre se tratou de dinheiro público, que foi mal gerido e, provavelmente, subtraído em atos de improbidade continuados durante muitos anos pela administração de Fasiaben”, declarou. 
    Crespo ainda fez acusações contra a filha e o filho de Fasiaben: “Por qual motivo a filha do provedor utilizou, por mais de três anos, uma sala para atender clientes particulares, sem que ela pagasse aluguel?” 
    Crespo também levantou o questionamento sobre a aquisição de bens pelos filhos de Fasiaben: “Precisamos levantar como o filho do provedor adquiriu um imóvel de alto padrão sem nunca ter trabalhado ou como a filha comprou dois veículos avaliados em R$ 150 mil sem possuir os recursos necessários”, disse.
    Por fim, Crespo pontuou que precisam ser investigadas denúncias de assédio sexual que existem contra Fasiaben: “Consta que o provedor mantinha duas amantes na Santa Casa e que uma delas teria pedido um empréstimo de R$ 5 mil e, posteriormente, se recusou a pagá-lo. Para quitar isso, Fasiaben teria pegado recursos da Santa Casa. São graves irregularidades que precisam ser averiguadas, pois tratava-se de um local de trabalho onde eram empregados recursos públicos”.
    Duas semanas depois, no dia 10 de outubro de 2014, na 1ª Vara Criminal - Foro de Sorocaba, Fasiaben protocolou uma ação de Crimes contra a Honra contra Crespo. Num primeiro momento Fasiaben quer explicações. No último dia 16, o processo andou para a notificação do acusado.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Professora do Clube do Idoso pede segurança e denúncia risco que idosos correm

    Enviado em: 23/10/2014 17:43h - Por: Deda



    A ouvinte e minha leitora Flávia Taichi Sorocaba, professora da técnica oriental do Tai-Chi-Chuan no Clube do Idoso de Sorocaba, me manda a carta abaixo pedindo por mais segurança e denunciando os riscos que os idosos que frequentam o local estão passando. O secretário de Segurança Comunitária, João Leandro, está ciente do problema há dois meses, época em que fiz o alerta deste problema pela primeira vez. A Guarda Civil Municipal deu mais atenção a toda região, mas esta nova denúncia mostra que é necessário uma policiamento mais ostensivo. O vereador Fernando Dini também abraçou a causa do Clube do Idoso e promete não dar trégua até que o policiamento aumente na região do bairro de Pinheiros. Leia a carta que recebi:
    "Boa tarde Deda!
    Acompanho sempre sua participação la na Ipa e gostaria de lhe mostrar uma pequena campanha que lancei sobre a questão da segurança do Clube do Idoso que fica as margens do Rio Sorocaba.
    Acho que não é nenhuma novidade e atá ouviu falar de algumas tentativas de assalto aos idosos, inclusive, entraram na sexta passada lá no Clube. Não sabemos aos certo como, mas a porta lateral estava arrombada.
    Enfim... A questão da insegurança anda muito alta entre os frequentadores e nós que trabalhamos por lá. Eu sou terceirizada e responsável pela oficina de tai chi chuan e acabei me manifestando mais fortemente pois muitas promessas quanto a resolução disso já foram feitas; inúmeras chamadas da GM para que viessem atá o local por conta de pessoas que frequentam o entorno do prédio para usar drogas ou simplesmente para pedir esmola e intimidar os idosos. 
    Segue o cartaz da campanha. Poderia nos ajudar a divulgar? Estou a disposição para outras informações e agradeço desde já".

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Onde está Renato Amary? Michel Temer telefona cinco vezes ao ex-prefeito e não é atendido em nenhuma delas

    Enviado em: 22/10/2014 19:02h - Por: Deda



    Na reta final da campanha de 2º turno (Dilma e Aécio disputam o voto no domingo), tucanos, petistas e peemedebistas resolveram vir a Sorocaba pedir o voto, especialmente, dos eleitores da Marina. Terça-feira foi a vez do senador Aloysio Nunes Ferreira, candidato a vice na chapa de Aécio, vir a Sorocaba. Hoje foi a vez de Luiz Marinho (coordenador estadual da campanha de Dilma e prefeito de São Bernardo) vir a Sorocaba e gravar entrevista para o "O Deda Questão" da TVR e Rádio Ipanema, e para o jornal Cruzeiro do Sul. Quem também esteve em Sorocaba foi o vice-presidente da República, Michel Temer, candidato à reeleção. E coube a ele dar o molho especial em todas essas visitas. Do próprio celular, Michel Temer telefonou cinco vezes no celular de Renato Amary e não foi atendido em nenhuma delas. Temer achou estranho o silêncio. Quem me relatou isso foi o vereador Izídio de Brito e a deputada federal Iara Bernardi (PT) que recepcionaram Temer no aeroporto e acompanharam a caminhada dele pelo bulevar Braguinha no centro de Sorocaba.
    Na foto acima, o que se pode observar, é que dos peemedebistas da cidade, os únicos que acompanharam Temer foram Oswaldinho Duarte (que propaga a todos a sua amizade histórica com o vice-presidente) que é ex-vereador e o atual vereador Fernandinho Dini. Mas bem no canto esquerdo da foto, uma figura chama a atenção, trata-se de Alexandre Robim, assessor direto de Renato Amary. Ele teria tomado uma lambada (foi o termo que me disseram para adjetivar a cena que viram) de Temer por não saber dizer onde estava Renato Amary e o motivo de não estar na caminhada para pedir voto para Dilma.
    Os petistas sorocabanos que deram apoio a Renato Amary na eleição municipal de 2012 não escondem o desgosto com os candidatos do PMDB (Hudson Pessini, candidato a federal, e Hélio Brasileiro, estadual) que neste ano não colocaram o nome de Dilma em seus santinhos de propaganda eleitoral. Claro que esse desgosto se estende a Renato Amary. "Ou se está junto ou não está", me falou Iara Bernardi.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Ex-vereador, amigo de vice-presidente, prepara documento pedindo a expulsão de presidente do diretório municipal do PMDB

    Enviado em: 22/10/2014 19:01h - Por: Deda



    Oswaldinho Duarte, que durante décadas foi a principal liderança do PMDB de Sorocaba, perdeu o reinado no partido quando Renato Amary se filiou na legenda, conquistou a presidência do diretório municipal e organizou toda a campanha a prefeito do partido. E ele nunca engoliu ter ficado de lado em todo o processo do pleito municipal. Hoje, na ausência de Renato Amary da caminhada para pedir voto a Dilma ao lado de Temer, Oswaldinho viu a oportunidade de dar o troco em Renato Amary. Ele contou a quem quisesse ouvir que já está com um documento pronto pedindo a expulsão de Renato Amary do partido.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Ex-prefeito coloca senador e ex-deputado em conversa por telefone

    Enviado em: 22/10/2014 19:00h - Por: Deda



    O senador Aloysio Nunes Ferreira, candidato a vice na chapa de Aécio,  se preparava para sentar em seu local de gravação nos estúdios da rádio Ipanema para conceder entrevista ao programa "O Deda Questão" quando Vitor Lippi, ex-prefeito e deputado federal eleito, pede licença e cede o seu celular ao senador. "É o Theodoro Mendes, ele quer te dar um abraço", explicou Lippi a Aloysio. Theodoro Mendes foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara federal, tida como a mais importante da Casa, na época da Constituinte. Aloysio era um jovem deputado à época. Theodoro explicou que tinha uma audiência e não poderia abraçar pessoalmente o senador, mas fazia questão de cumprimenta-lo pelo telefone. Na conversa que teve comigo, além de Theodoro, Aloysio também se lembrou da amizade que tem por outro sorocabano, o ex-prefeito e ex-deputado Flávio Chaves.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Justiça entende como correta ação do Ministério Público e processa por improbidade administrativa vereadores, ex-vereadores e dirigentes da Guarda Mirim de Sorocaba

    Enviado em: 21/10/2014 16:21h - Por: Deda

     

    Em 2012, a Câmara de Vereadores de Sorocaba teve a ideia de contratar seis menores aprendizes para atuar no Legislativo. Mas ao invés de abrir concurso, o que dá condições das vagas serem ocupadas por condições de igualdade por qualquer cidadão interessado, eles decidiram que tais vagas seriam cargos de confiança. O promotor Orlando Bastos Filho entendeu que esse seria um caminho para beneficiar o que classifica de apaniguados ungidos. O promotor afirma que o que era para ser uma ação educativa, com as vagas para os aprendizes, se transformou em feudo pois só seriam admitidos indicados por vereador.
    No dia 3 de outubro, o juiz José Eduardo Marcondes Machado, julgou que a ação do MP é procedente, vê indícios da ocorrência de graves fatos e processa por improbidade administrativa vereadores, ex-vereadores e dirigentes da Guarda Mirim de Sorocaba. A seguir veja a lista dos requeridos pela justiça e que estão respondendo por ação de improbidade administrativa:
    Os vereadores Mario Marte Marinho Junior (Marinho Marte); Gervino Gonçalves (Cláudio do Sorocaba 1); Jose Antonio Caldini Crespo; Antonio Carlos Silvano; Jose Francisco Martinez; Neusa Maldonado Silveira;.
    Os ex-vereadores: Jose Geraldo Reis Viana; Joao Donizete Silvestre; Rozendo de Oliveira Paulo Francisco Mendes; Benedito de Jesus Oleriano.
    Guarda Mirim de Sorocaba: Carlos Alberto Mahuad; Joao Paulo Correa; Ivete Moreira dos Santos; Moacir Braga Nunes; Carlos Cesar Silva; Folguy Sanches Garcia; Keli Cristina Gonçalves Pierami. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • De olho nos votos de Marina, vice na chapa de Aécio visita Sorocaba nesta terça

    Enviado em: 20/10/2014 17:00h - Por: Deda



    Aloysio Nunes Ferreira, candidato a vice na chapa do PSDB à presidência da República, volta a Sorocaba nesta campanha eleitoral pela quarta vez, ele já havia estado três vezes no 1º turno  e agora retorna pela primeira vez neste 2º turno nesta terça-feira (21/10). 
    Aloysio confirmou que vai dar entrevista para "O Deda Questão" tando o que apresento da TV (Canal 23 da NET, canal TVR) quanto o que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz).
    A idéia é sacramentar a votação que Aécio Neves teve no primeiro turno e conquistar os votos de Marina Silva que ficou em segundo lugar. Dilma foi a terceira colocada. Para relembrar, no total geral da eleição presidencial de 2014 em Sorocaba, no 1º turno, dos 328.308 votos válidos, Aécio Neves (PSDB) conseguiu 145.913 (44,44%), Marina Silva (PSB) obteve 92.790 (28,26%) e Dilma Rousseff (PT) fechou com 70.295 votos (21,41%).

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários

    Fotos da semana

    Busca no blog

  • Pesquisar