• Lentidão da justiça impede licitação para retomada de obras em estação de tratamento de Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 18:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador José Crespo (DEM) questinou o ex-diretor do Saae, Wilson Unterkircher Filho, sobre a despoluição do Rio Sorocaba e revelou denúncia do ambientalista Cláudio Robles de que em toda a Região Leste de Sorocaba, que compreende os afluentes do lado direito do Rio Sorocaba, não tem tratamento de esgoto. O ex-diretor do Saae contestou essa informação, afirmando que apenas um trecho, que compreende Aparecidinha, Brigadeiro Tobias, Éden e Cajuru, terá seu esgoto coletado através de ramais para ser tratado na Estação ABC (Aparecidinha), que está paralisada por problemas com a empresa construtora. Os demais bairros, segundo ele, têm seu esgoto recolhido por coletores troncos e encaminhado para tratamento.
    A verdade é que a construtora contratada na administração de Vitor Lippi não terminou a obra desta ETA. O prefeito Pannunzio pediu na justiça em março de 2013 para que a justiça liberasse a prefeitura para fazer uma nova licitação e retomar essa obras. Mais de um ano depois ainda não obteve resposta da justiça. A alegação é que o local está passando por perícia para atestar se a Prefeitura deve algo à construtora ou a construtora à municipalidade. Essa lentidão da justiça (para as necessidades da cidade ao menos) impede que o rio esteja 100% despoluído.

    Leia mais
  • Ex-diretor do Saae ratifica afirmação do prefeito: em relação à distribuição de água, há muitos anos não se fazia investimento em Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    Wilson Unterkircher Filho, o Kuka, ouvido pelos vereadores durante encontro da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada na Câmara Municipal para investigar os problemas de abastecimento e tratamento de água na cidade afirmou em relação à distribuição de água que há muitos anos não se fazia investimento nessa área em Sorocaba. O problema já havia sido denunciado pelo prefeito Pannunzio, meses atrás. Tal colocação deixa no ar algumas perguntas: por que o prefeito Vitor Lippi e seus diretores do Saae não investiram nesta área? E mais: por que os vereadores das últimas duas legislaturas não denunciaram este fato? Não fiscalizaram (o que é de responsabilidade deles) ou apenas se calaram?

    Leia mais
  • Argelinos visitam a cidade e declaram amor à primeira vista por Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 17:58h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vice-presidente da Federação Argelina de Futebol (Berkamal Benadiner), o técnico da Seleção da Argélia (Vahid Halilhodžić) e um representante da Fifa visitaram na tarde desta quarta-feira (16/4/14) o prefeito Pannunzio. Eles disseram que Sorocaba foi amor à primeira vista e nem quiseram comparar a cidade com outro local. Estamos maravilhados com a qualidade de vida oferecida pela cidade, disseram ao prefeito durante o encontro.
    A seleção da Argélia vai ficar hospedada no Centro de Treinamento do Atlético Sorocaba durante a Copa do Mundo. O CT passa por reformas e deve ser entregue à Fifa até o dia 5 de maio. A seleção deve ocupar o local a partir de junho, duas semanas antes do início do mundial, no dia 12 de junho.

    Leia mais
  • Sorocabano, ídolo do futebol brasileiro, está internado em São Paulo

    Enviado em: 16/04/2014 17:57h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-goleiro do Palmeiras Oberdan Cattani (nascido em Sorocaba, 12 de junho de 1919 e que hoje está com 94 anos) foi internado na última terça-feira no Hospital Bandeirantes, em São Paulo após sentir dores no peito e ser diagnóstico com angina. Ele passou por um cateterismo cardíaco que apontou lesão grave coronariana. Nos últimos meses, Oberdan tinha dificuldades para andar e precisava sempre usar uma cadeira de rodas para conseguir se locomover. Foi assim que ele visitou as obras da Arena Palestra, a convite de uma produtora que documenta a evolução das obras da WTorre. Ele também é membro da Academia de Imortais, que dá direito a uma cadeira cativa na Allianz Parque a ídolos do passado. Oberdan é o último jogador vivo que defendeu o Palestra Itália e também o Palmeiras, que ganhou este nome em 1942, na Arrancada Heroica. Ele tem 351 partidas disputadas entre 1941 e 1954, com 207 vitórias, 76 empates e 68 derrotas. Seu currículo tem cinco títulos de Campeonato Paulista, um Torneio Rio-SP e uma Copa Rio.
    Em maio de 1998, por iniciativa do então vereador Oswaldo Duarte Filho, Oberdan Cattani recebeu o Título de Cidadão Emérito de Sorocaba.

    Leia mais
  • Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Sorocaba e Médio Tietê aprova a implantação de Reator Nuclear com fim medicinal em Iperó

    Enviado em: 11/04/2014 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio, como presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Sorocaba e Médio Tietê, comandou a Reunião Extraordinária de número 56 da entidade, ocorrida hoje (11/04/14) à tarde no Centro Cultural de Ibiúna. Além de aprovar a ata da reunião passada, ocorrida em Itu, os membros do comitê deliberaram pela aprovação da implantação do RMB (Reator Multipropósito Brasileiro) em Iperó.
    A implantação do Reator Multipropósito Brasileiro em Iperó em área contígua ao Centro Experimental de Aramar foi decidida em 2009 quando o hoje governador Geraldo Alckmin era secretário de Desenvolvimento. O governo paulista fez uma parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e cedeu o local para a implantação do desenvolvimento do reator.
    O Reator Multipropósito Brasileiro objetiva dar suporte ao desenvolvimento de atividades do setor nuclear buscando a autossuficiência da produção de radioisótopos utilizados na medicina nuclear no país. O reator de pesquisa terá 30 MW de potência e vai funcionar 24 horas com turnos de 24 dias com a Meta inicial de dobrar a produção atual e produzir todos radioisótopos importados, garantindo o suprimento e auto-suficiência do Brasil.
    Como secretário de Estado, Geraldo Alckmin, há cinco anos, assim se referiu ao Reator Multipropósito Brasileiro: "A medicina nuclear receberá um impulso ainda maior nos próximos anos, tornando-se uma aliada ainda mais importante para o aumento da expectativa de vida da população".
    Em foto de 2009: Alckmin e o então  superintendente do Ipen, Nilson Dias Vieira Júnior, observam o novo sistema de transferência de materiais radioativos, inaugurado no Ipen.

    Leia mais
  • Secretária do Meio Ambiente fala da experiência de Sorocaba no desenvolvimento de políticas públicas integradas para representantes de 80 cidades do mundo em evento na Alemanha

    Enviado em: 11/04/2014 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    A secretária do Meio Ambiente, Jussara de Lima Carvalho, ministrou hoje em Hannover, na Alemanha, a palestra “Repensando a Cidade: A Abordagem de Planejamento Integrado” e abordou a experiência de Sorocaba no desenvolvimento de políticas públicas integradas. Seu foco foram temas como a revitalização e recuperação de córregos urbanos e do Rio Sorocaba, projetos de requalificação dos espaços urbanos e integração de políticas de educação ambiental, tratamento dos esgotos, produção socioambiental de mudas de árvores, recuperação da mata ciliar, proteção e recuperação das nascentes, construção de bacias de contenção e parques em áreas alagáveis e degradadas, construção de parques lineares e os plantios priorizando a interatividade com a comunidade e alunos de escolas públicas.
    A secretária sorocabana viajou e ministrou a palestra a convite do Iclei Global Town Hall Metropolitan Solutions que aconteceu entre os dias 5 e 11 de abril em Hannover, na Alemanha. Oiclei é uma entidade internacional que debete os principais desafios de infraestrutura urbana das cidades de todo o mundo.
    O evento, conforme divulgado pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Sorocaba, tem o objetivo de viabilizar a troca de ideias e o networking, bem como visitas guiadas individuais a feira, adaptados especificamente para interesses temáticos das cidades. “Sorocaba representará o Iclei na América Latina e Caribe por causa de suas políticas públicas integradas buscando a sustentabilidade. É uma honra ter esse reconhecimento e uma honra maior ainda poder representar a cidade nesse evento”, declara Jussara de Lima Carvalho. “Faremos uma apresentação das nossas ações integradas e como elas estão mudando a nossa cidade, tornando-a mais verde e sustentável”, explica.

    Leia mais
  • Ex-prefeito apenas acompanhou secretário voluntariamente por dois dias em seus afazes na secretaria de Habitação da Prefeitura de Sorocaba. E o promotor acreditou

    Enviado em: 10/04/2014 19:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na longa e esclarecedora entrevista concedida a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de quarta-feira (9/4/14), o prefeito Pannunzio foi enfático em dizer que o ex-prefeito Paulo Mendes não foi nomeado para cargo algum em sua administração. Por dois dias o ex-prefeito apenas acompanhou o secretário Flaviano de Lima em seus afazeres, como um cidadão, não como funcionário. As fotos mostram alguns desses momentos em que o cidadão Paulo Mendes acompanha (não como assessor) o secretário.
    O promotor de justiça usou hoje o Twitter para informar à sociedade que acredita mesmo nisso e Paulo Mendes foi um cidadão curioso acompanhando um secretário municipal. Leia a íntegra do que diz o representante do Ministério Público: “Não era correta informação da imprensa no sentido  de que o ex vereador Paulo Mendes teria sido nomeado para cargo em confiança em Sorocaba. Como se sabe, por condenação transitada em julgada por improbidade administrativa, o nobre ex prefeito se encontra sem direitos políticos. O MP checou a notícia tendo o sr. Prefeito informado que tinha a intenção mas não efetivou o ato por orientação de seu próprio jurídico. De fato,  abstraída qualquer outra circunstância, exercício de direitos políticos é requisito para ocupar qualquer cargo público”.

    Leia mais
  • Morre arquiteto David Libeskind, autor do projeto do Hospital Infantil da Faculdade de Medicina de Sorocaba

    Enviado em: 10/04/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    A morte do arquiteto David Libeskind, cuja obra mais importante é o Conjunto Nacional, ocorrida na última quarta-feira, 9 de abril, em decorrência de infecção pulmonar, insuficiência cardiorrespiratória e complicações da Doença de Parkinson, ganhou destaque em toda a imprensa. Libeskind tinha 85 anos e deixa dois filhos, Marcelo e Cláudio Libeskind, além de netos. Nascido na cidade de Ponta Grossa, no Paraná, Libeskind estudou arquitetura na Universidade Federal de Minhas Gerais, onde foi aluno do pintor modernista Guignard. Em Belo Horizonte, concluiu a graduação no ano de 1952. Mas foi em São Paulo em 1955 que ganhou notoriedade. Com apenas 25 anos, realizou o que seria perpetuado como seu principal projeto: o Conjunto Nacional, um complexo arquitetônico que ocupa uma quadra da Avenida Paulista. Isso só foi possível graças a projetos anteriores que deram autoridade para o projeto do Conjunto Nacional. Entre esses projetos, de 1954, quando da criação da Faculdade de Medicina de Sorocaba está o projeto do Hospital Infantil da Faculdade de Medicina de Sorocaba. Esse hospital nunca saiu do papel, mas o projeto permitiu que deslanchasse a carreira do arquiteto enterrado hoje.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba, visita funcionário da ETA Cerrado, assina convênio de asfalto no gabinete do governador e reúne equipe do Plano Diretor

    Enviado em: 08/04/2014 19:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio assina na tarde desta quarta-feira (9/4/14) no gabinete do governador Geraldo Alckmin um convênio com o Estado, na categoria Fundo Perdido, no valor de R$ 5 milhões e outro no valor de R$ 10 milhões, financiado pela agência Investe SP. Os R$ 15 milhões serão usados para se asfaltar 1 milhão de metros quadrados de rua (algo em torno de 125 quilômetros levando um conta vias de 8 metros) e 250 mil quilômetros de recape. Há algumas semanas o governador assinou convênios do mesmo gênero com mais de 300 municípios paulistas, mas deixou Sorocaba de fora para fazer um encontro mais reservado com o prefeito Pannunzio.
    No meio da tarde de hoje (8/4/14), o prefeito Pannunzio surpreendeu os funcionários da ETA (Estação de Tratamento de Água) do Cerrado ao comparecer até o local de trabalho deles, na avenida General Carneiro. O prefeito foi agradecer a dedicação e o empenho de cada um deles na troca das bombas que garantem o abastecimento de água da cidade.
    No final da tarde (e neste começo de noite), o prefeito chamou todos os secretários e assessores envolvidos na questão do Plano Diretor (cujo projeto está pronto) e discutiu uma mensagem mais elaborada a ser encaminhada aos vereadores. A primeira versão, na avaliação do prefeito, tinha apenas o caráter jurídico da questão. O prefeito quer uma mensagem mais elaborada e que demonstre a dimensão verdadeira da importância do Plano Diretor para o futuro da cidade.

    Leia mais
  • Ministério Público ganha reforço em Sorocaba e ações contra políticos passam a ser divididas por dois promotores

    Enviado em: 07/04/2014 19:13h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    Orlando Bastos Filho teve durante os últimos anos concentrado em si todas as ações ligadas a questões daquilo que envolve o comportamento dos homens públicos de Sorocaba. Mas sua tarefa ganhou o reforço de outro membro do Ministério Público, o promotor de justiça Renato Monteiro que por muito tempo teve seu trabalho restrito a outras áreas do MP. A partir de agora, ações envolvendo improbidades serão divididas pelos dois e pelo critério de sorteio. Assim processos com finais de 1 a 7 serão cuidados por Orlando Bastos Filho e processos cujo o final é 8, 9 e 0 ficam com Renato Monteiro.
    Vale lembrar que o autor da ação inicial que levou até a condenação do ex-prefeito Paulo Mendes é o promotor Renato Monteiro. A frente da Vara da Infância e Juventude, Renato Monteiro é o autor das ações contra a Prefeitura de Sorocaba para que providencia vagas em creches da cidade.
    A retirada do poder total do promotor Orlando Bastos Filho das ações sobre os políticos sorocabanos, de maneira reservada e discreta, está sendo comemorada nos corredores da Câmara de Vereadores. Alguns vereadores, nos bastidores, não escondem que acreditam que Orlando Bastos Filho protege (ou ao menos é por demais ameno) quando a ação em questão envolve o ex-prefeito Vitor Lippi. Os fatos, porém, desmentem essa crença afinal são várias as ações que Lippi responde na justiça cujo o autor da ação é o promotor Orlando Bastos Filho. Seja como for, o fato é que nos bastidores políticos alguns vereadores acreditam que Orlando Bastos Filho nutre essa compreensão com o ex-prefeito. É fato também que nenhum vereador quer falar disso abertamente. É fato, por fim, que Orlando Bastos Filho mandou arquivar ações contra Lippi, mas também apresentou denúncias contra ele.

    Leia mais
  • Empresário foi divulgar sua palestra, acabou falando sobre Plano Diretor, mas surpreendeu ao admitir que um dia poderá ser candidato a prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:47h - Por: Deda | Categoria: Política



    Flávio Amary é diretor do Secovi (sindicato que reúne empresários do setor de empreendedorimso imobiliário), esteve na rádio Ipanema na manhã dde hoje (2/4/14) para tratar de assunto do seu sindicato e por sugestão do editor-chefe do Jornal da Ipanema, Urbano Martins, entrou para ser entrevistado em minha coluna (O De Da Questão) pois um dos temas que eu abordaria, o do Plano Diretor, poderia ser debatido com Flávio Amary. Assim aconteceu. Kiko Pagliato participou da conversa e como acontece há anos quando Flávio Amary está dando entrevista na emissora, ele perguntou se Flávio Amary (que é filho do ex-prefeito Renato Amary) vai ser candidato. O próprio Flávio disse que precisaria pegar no arquivo da rádio suas respostas ao longo dos anos. Kiko insistiu e Flávio pela primeira vez admitiu que nutre o sonho de um dia se colocar à disposição do eleitor. Depois disso, soube agora no final da tarde, Flávio Amary passou o dia sendo cumprimentado pessoalmente, por telefone e por mensagens. Claramente Flávio Amary não tinha intenção de falar sobre candidatura quando agendou visita à rádio, mas é isso que repercutiu bastante.
    No Palácio dos Tropeiros, sede do governo municipal, o que se ouviu nos corredores é que Flávio Amary faz jogo de cena quando reluta em afirmar que é candidato. A avaliação é a de apenas uma candidatura justifica a exposição constante de Flávio Amary na mídia, seja em artigos em jornais, entrevistas e manifestações públicas representante o seu setor. 
    A verdade é que 2016 está logo ali, depois da eleição de outubro.

    Leia mais
  • O momento de decisão das candidaturas vão se afunilando e as pesquisas eleitorais começam a pipocar. Um nome de possível candidato chama a atenção em Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:44h - Por: Deda | Categoria: Política



    Um amigo me contou que um pesquisador de um instituto que apura as intenções de voto do eleitor sorocabano bateu na porta da sua casa e entrevistou sua esposa. Ele tratou de diversos temas até que chegou na intenção de voto para deputado estadual e lá tinha uma lista enorme de nomes, a maioria deles de pessoas conhecidas e que já estão na vida pública. Mas um nome chamou a atenção da esposa do meu amigo: Ricardo Fela, ex-apresentador do programa Revista de Sábado da TV TEM, exibido em 318 cidades (das mais de 600) do Estado de São Paulo. Se o nome está lá é porque ele, ou algum amigo político, entende que essa exposição em tantas cidades pode ajuda-lo a se eleger. Não sei em qual partido ele está filiado. Mas tem de estar em algum desde setembro passado, do contrário não poderá concorrer em outubro próximo.

    Leia mais
  • Afirmação do presidente da Inova no Facebook (e reproduzida aqui) tinha contexto em assunto particular e não do Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:42h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dei o furo aqui em meu blog que interinamente Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de Sorocaba, assume o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. E também de que Agliberto Chagas que dirigiu o Parque Tecnológico de São José dos Campos e dirige a Inova (Organização Social que é o cérebro do Parque Tecnológico de Sorocaba) se viu frustrado ao não ver realizado o sonho de ter no currículo o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. Reproduzi aqui que ele escreveu isso em sua pagina do Facebook: “Como estou me sentido? Abatido em pleno vôo! Agora é humildemente dobrar os joelhos e reconhecer o quão ingênuo ainda sou. Que o Mestre dos mestres nos proteja hoje e sempre”.
    Hoje, logo cedo, antes de eu entrar no ar com a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), Agliberto me ligou e explicou que foi uma triste coincidência  seu post e o momento de troca de comando do Parque. Na verdade, sua expressão no Face diz respeito a uma frustração por ficar fora do lançamento de um novo avião, desenvolvido na última década, e que agora terá o seu lançamento. Como foi ingênuo em não documentar seu nome no projeto, ficará sem o bônus dessa conquista. Portanto, embora se encaixe no contexto sorocabano sua afirmação tinha o contexto de São José dos Campos.

    Leia mais
  • Ficar fora da presidência do Parque Tecnológico de Sorocaba significa ser abatido em pleno voo. Afirmação é do presidente da Inova

    Enviado em: 01/04/2014 19:08h - Por: Deda | Categoria: Política


    Dei o furo aqui em meu blog que interinamente Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de Sorocaba, assume o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. Com isso, o Parque Tecnológico perde sua essência política dos últimos 15 meses (período em que foi comandada pelo ex-prefeito Vitor Lippi). Agliberto Chagas que dirigiu o Parque Tecnológico de São José dos Campos e dirige a Inova (Organização Social que é o cérebro do Parque Tecnológico de Sorocaba) tinha o sonho de ter no currículo o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. E escreveu isso em sua pagina do Facebook: “Como estou me sentido? Abatido em pleno vôo! Agora é humildemente dobrar os joelhos e reconhecer o quão ingênuo aindo sou. Que o Mestre dos mestres nos proteja hoje e sempre”.
    Nos bastidores, era certa a nomeação de Agliberto. E ele não escondeu de amigos que se decepcionou quando soube que não iria comandar o parque. Informei aqui neste blog que Agliberto chegou a ponderar de deixar a presidência da Inova e ir embora de Sorocaba em que pese manter um relação boa com Pannunzio e entender a decisão que tomou. Para ratificar essa boa relação ele me concedeu entrevista na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na sexta-feira passada. Mas a mágoa, como mostra sua manifestação pública, ficou para a história. Resta saber, e vou ver se descubro, o motivo que levou Pannunzio a não nomear Agliberto, mesmo que interinamente.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba vai recorrer da decisão que obriga a retirada do totem

    Enviado em: 01/04/2014 19:07h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio se reuniu com sua equipe e decidiu que vai recorrer da decisão de José Eduardo Marcondes Machado, o juiz da Vara da Fazenda de Sorocaba que proferiu a retirada do totem com dizeres religiosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba. O prefeito ouviu argumentações políticas (entenda-se pressão de representantes de entidades religiosas) e técnicas (equipe jurídica) e entendeu que deve recorrer. João Leandro da Costa Filho, secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, me informa que “o prefeito Pannunzio respeita a interpretação jurídica da questão dada pelo juiz Marcondes, mas também respeita a posição daqueles que entendem que o totem não falta com o respeito para a laicidade do Estado. Como a legislação brasileira prevê a possibilidade de se pedir uma segunda opinião sobre uma decisão, o prefeito entendeu que este é o melhor caminho e vai recorrer da decisão para derrubar o totem no Tribunal de Justiça, deixando para o TJ a decisão de concordar com a decisão do magistrado de Sorocaba ou das lideranças religiosas”.

    Leia mais
  • Encontro entre funcionários de cargos de confiança da Prefeitura de Sorocaba no Parque Tecnológico gera especulações de que havia uma segunda intenção no evento: a de impor aos comissionados o apoio à candidatura do ex-prefeito. Não foi isso o que consegui apurar. Ao contrário, me disseram que foi uma reunião sem espaço para proselitismos

    Enviado em: 31/03/2014 21:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio reuniu para um encontro de trabalho, que terminou com uma feijoada, cerca de cem funcionários públicos comissionados (contratados sem concurso) da Prefeitura de Sorocaba no sábado passado no Parque Tecnológico de Sorocaba. O objetivo foi aproximar esses funcionários, permitindo que cada expusesse temas do seu cotidiano e buscando informações para melhorar o fluxo de trabalho dentro do cotidiano da máquina.
    Como o encontro foi no Parque Tecnológico, que até hoje (1/4/14) é presidido pelo ex-prefeito Vitor Lippi, que deixa o cargo para concorrer na eleição de outubro, muito se especulou que a reunião tinha a intenção de chamar esses funcionários que são cargo de confiança a se engajarem na campanha do ex-prefeito. Mas não foi isso que apurei. De uma fonte fidedigna ouvi que a reunião “foi de trabalho e não houve espaço para proselitismos, tanto que a abertura do evento foi feita em menos de cinco minutos pelo prefeito Pannunzio e o encerramento durou apenas dois minutos e foi feito por Pannunzio. Não havia nada que justificasse uma fala do ex-prefeito”.
    Uma das pessoas desconfiadas desse encontro ocorrer no último momento em que  o ex-prefeito ainda podia participar é o vereador Crespo. Ele deixa no ar uma pergunta: “esse encontro não podia acontecer no sábado que vem, por exemplo, quando o ex-prefeito já terá deixado o cargo?” Crespo está reunindo elementos e vendo algum indício de que este encontro beneficiou de algum modo a mensagem para que os comissionados trabalhem para o ex-prefeito vai mover uma ação de improbidade contra o atual e o ex-prefeito. Para isso, basta que alguma das cem pessoas presentes diga que em algum momento do encontro de sábado se tocou no nome do ex-prefeito.

    Leia mais
  • Secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho assume interinamente o Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:58h - Por: Deda | Categoria: Política

    O nome definitivo de quem será o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba segue guardado a sete chaves pelo prefeito Pannunzio, mas interinamente o prefeito decidiu que quem assume o comando do local é o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Geraldo Almeida. O convite foi oficializado na manhã desta segunda (31/3/14), mas até o final da noite ainda não havia sido tornado público. Vitor Lippi deixa o cargo de presidente do Parque Tecnológico por força da lei eleitoral que determina que deixa qualquer cargo público quem tem a intenção de ser candidato na eleição de outubro, como é o seu caso.

    Leia mais
  • Embaixador da Argélia visita Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:56h - Por: Deda | Categoria: Política

    O embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Omar Bennaoum, visitou a Sorocaba hoje  (31/3/14) e foi recebido pelo prefeito Pannunzio à tarde no Paço Municipal e pelo vereador Jessé Loures, presidente da Comissão Municipal Pró-Copa 2014, e um grupo de lideranças empresariais e políticas, no restarurante Cittá (bairro Campolim), no começo da noite. Prefeitos das cidade de Tatuí, Campina do Monte Alegre, Salto, Porto Feliz, Ibiúna e Boituva. Vereadores de Sorocaba e empresários como Sérgio Reze, Erlly Syllos, José Antônio Bolina, Elias Stefan, entre outros, recepcionaram o embaixador.
    A vinda da Seleção Argelina de futebol, que ficará alojada em Sorocaba durante a Copa do Mundo, é o motivador da visita, mas tanto o prefeito como o legislativo sorocabanos entendem que esta é uma oportunidade para que se estreitem as relações da Argélia e Sorocaba em quesitos como desenvolvimento, intercâmbio cultural e turismo. O embaixador Bennaoum disse que um dos objetivos de sua visita a Sorocaba foi em primeiro lugar conhecer a cidade escolhida para hospedar a seleção do seu país. "Vim pedir ao prefeito apoio no sentido de facilitar a estadia da delegação oficial, para que seja a mais bem-sucedida possível. Também vim conhecer as capacidades econômicas e sociais de Sorocaba que é um município muito desenvolvido industrialmente", explicou. Outro objetivo, segundo o embaixador é o de fazer contatos e prospectar relações econômicas e comerciais com empresários sorocabanos. Quanto à Copa do Mundo, Bennaoum afirmou que confia na possibilidade de a Argélia passar pelo menos da primeira fase.

    Leia mais
  • De olho no futuro 2: Pressa da administração passada em aprovar Plano Diretor provoca o nascimento do Instituto Defenda Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:54h - Por: Deda | Categoria: Política

    O movimento que deu origem ao Instituto Defenda Sorocaba nasceu no momento em que a Prefeitura de Sorocaba deu indicativos de que pretendia encaminhar à Câmara de Vereadores no final de 2012 uma lei mudando o Plano Diretor de Sorocaba aprovado em 2004, que já sofreu mudanças em 2007, e que previa ser mexido apenas uma década depois de sua aprovação inicial. Um grupo de pessoas, lideradas pelo empresário Sérgio Reze, se surpreendeu com a pressa em se votar modificações com impactos tão profundos na vida de uma cidade como é o caso do Plano Diretor e resolveu pedir mais discussão sobre o tema.
    O encaminhamento da lei propondo as mudanças no atual Plano Diretor seguiu em curso na administração de Sorocaba que tomou posse no dia 1 de janeiro de 2013. O Instituto Defenda Sorocaba neste período teve a chance de promover debates internos e com técnicos da Prefeitura, IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil, seção Sorocaba), Secovi (Sindicato da Construção Civil) para aprimorar sua visão sobre o futuro da cidade.
    Agora, o grande debate sobre o Plano Diretor acontecerá por iniciativa dos vereadores assim que receberem o projeto da Prefeitura. O IDS deseja, somente, que essas mudanças sejam discutidas com a sociedade e explicada, afinal toda ação na mudança do uso do solo, como está em curso, gera conseqüência. O Instituto Defenda Sorocaba entende que cabe ao sorocabano responder hoje, quando são tomadas as decisões, qual a cidade ele deseja para o futuro: Uma Sorocaba com a qualidade de vida que temos hoje ou com a degradação de uma cidade de quase 2 milhões de habitantes?
    Os integrantes que estão participando do Instituto Defenda Sorocaba entendem que é possível que a cidade cresça com qualidade de vida. É isso que será perseguido. Não há pretensão alguma de barrar o crescimento da cidade, mas sim de discutir como preservar a qualidade de vida aliado ao crescimento e desenvolvimento de Sorocaba.

    Leia mais
  • Evangélicos protestam contra decisão judicial de retirada do totem da entrada de Sorocaba

    Enviado em: 27/03/2014 18:40h - Por: Jornal Ipanema | Categoria: Política


    Cerca de 400 pessoas foram ao totem com dizeres religiosos, instalado próximo à alça de acesso à rodovia senador José Ermírio de Moraes, a chamada Castelinho, na noite dessa quarta-feira (26/3/14), para fazer uma vigília.
    Os fieis evangélicos chegaram ao local por volta das 23h. O ato, que contou com cartazes com frases de adoração, é reflexo da sentença dada nesta semana, que determina  a Prefeitura de Sorocaba a remover o totem com a inscrição "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo".
    Segundo os manifestantes, a ação não é um protesto contra a decisão da justiça, mas uma ação de paz. A mobilização ainda teve cantos e louvores religiosos. A prefeitura declarou que vai recorrer da decisão.
    De acordo com o funcionário público Frederico Salomão, que participou da vigília, o grupo tenta levar o processo à segunda instância. "Nós vamos obedecer o que a justiça determinar. O que a gente quer é que o juiz encaminhe o processo à segunda instãncia para que outros magristrados possam analisar o caso. E que não seja determinada a retirada imediata do totem", finalizou.

    Leia mais
  • Justiça decide que totem deve ser retirado de via pública de Sorocaba

    Enviado em: 25/03/2014 19:37h - Por: Deda | Categoria: Política



    O totem com a frase “Sorocaba é do Senhor do Jesus Cristo”, localizado na avenida Dom Aguirre, na entrada de Sorocaba, para quem chega ou sai da cidade pela rodovia José Ermírio de Moraes, deve ser retirado. A Prefeitura tem 10 dias a contar de hoje para retirar o totem sob pena de R$ 1 mil de multa diária por descumprir a medida. A sentença, mais que a retirada do totem, afirma que qualquer área da municipalidade fica impedida de permitir a instalação de outros símbolos religiosos em locais públicos, do mesmo ou de outros credos religiosos. A sentença é do juiz José Eduardo Marcondes Machado e foi proferida na tarde de hoje (25 de março de 2014).
    O juiz faz uma explanação bastante lúcida que sustenta toda a sua argumentação (clique no item Leia mais para ter a íntegra da sentença) para decidir pela retirada do totem.
    Ele assim se expressa:  “Para arrematar, há um argumento não puramente jurídico, porém inarredável diante da natureza da questão debatida.  Permitir a manutenção do totem significaria deixar aberto o caminho para a instalação de outros símbolos religiosos em locais públicos, do mesmo ou de outros credos religiosos. Com razão os demais segmentos se sentiriam estimulados a postular a veiculação de seus dogmas religiosos em locais públicos, sendo possível vislumbrar até mesmo uma emulação desenfreada para a ocupação dos pontos mais visíveis da cidade.
    Abrir-se-ia o perigoso precedente de deixar ao alvedrio da discricionariedade administrativa a possibilidade de instalação de painéis, placas e mensagens religiosas em espaço público, ou então propiciar uma enxurrada de iniciativas legislativas tendentes a idênticos fins.
     Mais uma vez a minoria não representada ficaria a reboque do domínio político da maioria, o que é inadmissível em matéria de liberdade religiosa e laicismo estatal numa verdadeira democracia.
    Por todo o exposto, JULGO PROCEDENTES os pedidos formulados pelo Ministério Público para:
     1) Compelir o Município de Sorocaba a retirar do espaço público a placa com a inscrição “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, no prazo de dez dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00;
     2) Impedir o Município de Sorocaba de colocar ou permitir seja colocado em espaço público municipal qualquer placa, painel ou objeto com inscrição similar, que denote a posse ou propriedade da cidade por qualquer religião, entidade, divindade ou ícone religioso, nos termos da fundamentação acima deduzida, também sob pena de multa diária de R$ 1.000,00.

    Leia mais
  • Do ponto de vista técnico, tarifa de ônibus de Sorocaba deverá ter aumento. Do ponto de vista político ainda não há definição

    Enviado em: 24/03/2014 19:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio está debruçado sobre uma decisão política, pois do ponto de vista técnico não resta mais dúvida: a tarifa de ônibus de Sorocaba deve ter reajuste. Semana passada o presidente da Urbes (empresa pública que cuida do trânsito e transportes), Renato Gianolla, já sinalizou o prefeito sobre essa necessidade, mas não encaminhou oficialmente a planilha. No ano passado, para evitar o reajuste da tarifa em 20 centavos, a prefeitura incorporou em seus gastos R$ 12 milhões. Neste ano a previsão é de que sejam pelo menos R$ 14 milhões para manter a tarifa sem aumento. Em 2013, os protestos de junho pelo Brasil e a decisão do governador do Estado e do prefeito da Capital, de voltarem atrás na decisão de reajustar a tarifa, ajudou o prefeito de Sorocaba a também voltar atrás. Mas e agora? Sorocaba registrou nos últimos doze meses 4,7milhões viagens mês, um aumento de 3,5% em relação a 2012.

    Leia mais
  • Dilma vai a Bauru e São José dos Campos nesta terça. Sorocaba fica fora de novo

    Enviado em: 24/03/2014 19:27h - Por: Deda | Categoria: Política



    A presidenta Dilma Rousseff vai manter agenda intensa de viagens pelo país nos próximos dias, com pelo menos seis compromissos programados. Na agenda, estão a entrega de casas do Programa Minha Casa, Minha Vida e inauguração de estádio da Copa. Na última semana, Dilma esteve em cinco cidades de três estados: Pará, Ceará e Maranhão. Nesta terça (25/3/14), a presidenta virá a São Paulo, onde tem compromissos em municípios do interior. Em São José dos Campos, assina a ordem de serviço para início da construção de 1.461 unidades habitacionais do Residencial Pinheirinho dos Palmares 1 e 2, como parte do Programa Minha Casa Minha Vida. Em seguida, no começo da tarde, Dilma participa, em Bauru, da entrega de 944 unidades habitacionais dos Residenciais Água da Grama e Três Américas 2, que também fazem parte do programa habitacional do governo federal.
    A 9 meses do fim do seu governo, Dilma não tem programada sua vinda para Sorocaba. Em 8 anos de mandato, Lula esteve em eventos oficiais em Sorocaba como a inauguração do campus local da UFSCar e da planta da indústria Case. Mas Lula veio a Sorocaba em caráter pessoal, no velório de Bolinha, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, e companheiro de Lula na vida sindical como mostra a foto.

    Leia mais
  • Funcionários públicos de Sorocaba vão aprender inglês e espanhol em 80 horas para trabalharem durante a Copa

    Enviado em: 24/03/2014 19:22h - Por: Deda | Categoria: Política



    Visando à capacitação de pessoal, que estará direta ou indiretamente envolvido com a Copa do Mundo, 292 funcionários públicos de Sorocaba iniciam nos próximos dias os cursos de inglês e espanhol com duração média de 80 horas. Os cursos (a distância) serão ministrados pelo Via Rápida Idiomas, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação. Todas as aulas serão ministradas em ambiente virtual por instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap). A iniciativa é voltada para trabalhadores que atuam em atividades relacionadas ao turismo, em especial aos que residem nos municípios envolvidos em eventos como a Copa.

    Leia mais
  • Comitê Sorocabano Pró-Copa faz reunião e conhece o Guia de Orientação Local do evento

    Enviado em: 24/03/2014 19:21h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Comitê Sorocabano Pró-Copa do Mundo 2014 se reuniu hoje (24/3/14) na Câmara Municipal sob a presidência do vereador Jessé Loures (PV) e assistiram a palestra de Renato Romanetto do Comitê Paulista da Copa que abordou o GOL (Guia de Orientação Local) desenvolvido pelo Comitê Paulista para atender a turistas, jornalistas, organização e participantes da Copa do Brasil. Sorocaba irá receber a seleção da Argélia durante o Mundial. Dia 1º de abril o embaixador argelino vai passar o dia na cidade.
    Também participaram do encontro desta segunda-feira os vereadores Fernando Dini (PMDB) e Waldecir Morelly (PRP); o secretário de Esporte e presidente do Comitê Sorocabano, Francisco Moko Yabiku, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Almeida, o Diretor da UFSCar, Isaias Campos; o delegado da DIG, José Urban; e a coordenadora executiva do Comitê, Miriam Zacareli, além de outras autoridades, representantes de políticos e de setores do esporte e turismo.

    Leia mais
  • Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região é reeleito com mais de 96% dos votos

    Enviado em: 24/03/2014 19:19h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Chapa 1, liderada pelo atual presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, Ademilson Terto da Silva, foi eleita para dirigir a entidade de classe pelos próximos três anos. A chapa recebeu 96,38% dos votos dos metalúrgicos sindicalizados da região que foram às urnas nos últimos três dias. Mesmo com chapa única, sem oposição, neste segundo turno das eleições, 14.601 eleitores, de um total de 19.571 com direito a voto, foram às urnas dias 19, 20 e 21, quando ocorreu a votação em 366 fábricas e na sede do Sindicato em Sorocaba. Do total de votos apurados, 14.073 (96,38%) foram dedicados à Chapa 1, enquanto 408 (2,79%) votaram em branco e 120 (0,82%) votaram nulo. A apuração dos votos, na noite desta sexta-feira, foi acompanhada pelo presidente da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM), Valmir Marques, Biro-Biro.
    Após a eleição, Terto reafirmou todos os compromissos assumidos com os metalúrgicos durante a campanha eleitoral: a valorização salarial, o combate a acidentes e doenças ocupacionais, as ações sindicais contra o assédio moral, a criação de políticas específicas para trabalhadores de pequenas empresas e a luta contra a precarização do trabalho são algumas das prioridades da nova diretoria nas fábricas. A diretoria liderada por Terto também deverá apoiar as lutas dos aposentados metalúrgicos, fortalecer a organização no local de trabalho e envolver os trabalhadores nos debates e ações sindicais e sociais promovidas pela entidade.

    Leia mais
  • Desembargador é confundido com secretário em restaurante de Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:17h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    O desembargador Roque Antonio Mesquita de Oliveira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, sorocabano da gema, como se diz, visitou a terra natal no final de semana e convidou para jantar o prefeito Pannunzio, o ex-prefeito Paulo Mendes e o ex-prefeito Vitor Lippi. Foram ao Restaurante do Alemão, da avenida Eugênio Salerno. Teve quem confundiu o desembargador com Toni Silveira (secretário de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras). De longe, pela cintura tamanho 130cm, pela calvície e o jeito bonachão até que se justifica. Ou não? À esquerda, ilustração do desembargador e a direita a foto do secretário. O prefeito Pannunzio estava só, afinal o convite foi feito em cima da hora e sua esposa, Maria Inês, já havia assumido a agenda da noite de sábado para cumprir, com a alegria de sempre, um dos papéis que mais adora, o de avó. O desembargador, Lippi e Paulo Mendes estavam com suas respectivas esposas.

    Leia mais
  • Embaixador da Argélia vai passar o 1º de abril em Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    O embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Bennaoum, confirmou sua presença em Sorocaba no dia 1º de abril para eventos oficiais na Prefeitura de Sorocaba, onde será recepcionado pelo prefeito Pannunzio, e na Câmara de Vereadores onde será recepcionado pelo presidente da Comissão Sorocabana Pró-Copa 2014, vereador Jessé Loures. A decisão de convidar o embaixador partiu do vereador e teve o aval do prefeito desde que a Argélia confirmou que vai ficar em Sorocaba durante sua participação na Copa.
    O embaixador da Argélia se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, no Palácio Piratini, assim que ficou decidido que a seleção do seu país vai enfrentar a Coreia do Sul no dia 22 de junho, no Estádio Beira-Rio.
    Ao governador gaúcho, Djamel-Eddine informou que a expectativa é de que três mil argelinos visitem o Brasil durante a Copa e anunciou a intenção de ampliar as relações comerciais entre a Argélia e o estado. "A perspectiva de nossa visita envolve a Copa do Mundo, mas também trouxemos a proposta de ampliar ainda mais o intercâmbio econômico, e vamos trabalhar muito para o estreitamento de nossas relações bilaterais", disse.

    Leia mais
  • Perícia judicial tenta descobrir se os R$ 10 milhões pagos pelo Saae de Sorocaba por obras em Estação de Tratamento foram de fato realizadas

    Enviado em: 20/03/2014 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    Nem mesmo o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) sabe quanto, das obras contratadas para reformar as adutoras e ampliar o sistema de tratamento de água bruta na ETA do Cerrado, foram efetivamente concretizadas pela empresa ECL Engenharia e Construções Ltda., que abandonou o empreendimento em dezembro de 2012, alegando desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, que previa pagamentos da ordem de R$ R$ 28.842.646,71.
    Para chegar a uma conclusão sobre essa dúvida, está sendo realizado um inventário das obras na ETA do Cerrado por um perito indicado pela Justiça, acompanhado pela Diretoria Operacional de Água do Saae. Somente após esse levantamento, será possível saber o que a ECL fez na ETA, o que é fundamental para poder realizar nova licitação, indicando quais obras e serviços deverão ser prestados pela nova empreiteira.
    Essa foi uma das conclusões às quais chegaram os membros da CPI do Saae, após informações obtidas junto a Reginaldo Schiavi, Diretor de Produção do Saae, que recepcionou o vereador Carlos Leite (PT), Presidente da CPI, e os assessores dos demais membros, em diligência realizada na manhã de quarta-feira (19/3/14) à ETA.

    Leia mais
  • Vereador questiona gasto diário de R$ 24 mil com empresa particular para fiscalizar obras contratadas pelo Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Rodrigo Manga (PP) espera receber na primeira semana de abril resposta da Prefeitura de Sorocaba a um questionamento seu sobre a contratação de uma empresa, através de licitação, para fiscalizar as 94 obras planejadas e em andamento no município. De acordo com o divulgado, por 12 meses de contrato, a empresa escolhida receberá R$ 8,951 milhões o que dá a média de R$ 24,5 mil de gasto por dia. A princípio é exagerado pagar esse valor diário para uma fiscalização, mas qualquer pronunciamento oficial só será dado após as explicações da Prefeitura.

    Leia mais
  • Sorocaba recebe 3 médicos cubanos e 1 italiano para atenderem no Habiteto e Aparecidinha

    Enviado em: 19/03/2014 18:18h - Por: Deda | Categoria: Política



    A falta de médicos na UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Norte (que concentra o atendimentos de adultos na rede pública de Sorocaba) vai continuar até que médicos brasileiros se interessem pelas vagas (e salários e condições de trabalho) oferecidos pela Prefeitura de Sorocaba.
    Já os moradores do Habiteto (bairro que concentra altos índices de ocorrências policiais e palco de conflito entre manifestantes e polícia na semana passada, que obrigou o fechamento de escolas e postos de saúde) e do bairro Aparecidinha – cada um fica num extremo da cidade - ganharam médicos há uma semana. São 3 médicos cubanos e 1 italiano que chegaram em Sorocaba atrávés do programa Mais Médicos do governo federal. Eles chegam sabendo que o Habiteto e Aparecidinha são os locais de trabalho deles, ambos onde os médicos brasileiros evitam de ir.
    Em julho do ano passado, quando o governo anunciou o Mais Médicos e vários protestos apareceram em todo o Brasil, estudantes da Faculdade de Medicina de Sorocaba protestaram nas ruas da cidade, como mostra a foto. Eles tinham o desejo que os médicos estrangeiros fizessem um exame para revalidar no Brasil o diploma de médicos que obtiveram fora daqui. O governo ignorou esse pedido e os estrangeiros estão por aqui.
    Podem participar do programa Mais Médicos do Ministério da Saúde todas as prefeituras que se encaixem nas exigências do programa: áreas de difícil acesso, de difícil provimento de médicos ou que possuam populações em situação de maior vulnerabilidade, definidas com base nos critérios estabelecidos por Portaria do Ministério da Saúde e que se enquadrem em pelo menos uma das seguintes condições:
    a) Município com 20% (vinte por cento) ou mais da população vivendo em alta vulnerabilidade social, com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome;
    b) Estar entre os 100 (cem) Municípios com mais de 80 mil habitantes, com os mais baixos níveis de receita pública "per capita" e alta vulnerabilidade social de seus habitantes;
    c) Estar situado em área de atuação de Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI/SESAI/MS), órgão integrante da Estrutura Regimental do Ministério da Saúde; ou
    d) Capital ou região metropolitana em que existam áreas com populações em situação de maior vulnerabilidade.
    Sorocaba (que ainda virá a ser da Região Metropolitana) se enquadra na tópico D da lista.

    Leia mais
  • Saae e pool de empresas de Sorocaba brigam na justiça por R$ 35 milhões

    Enviado em: 19/03/2014 18:16h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) deixou de arrecadar R$ 35 milhões desde o ano de 2005, quando expirou o contrato de um pool de empresas formado para explorar a ETE Valo de Oxidação do Éden, assinado em 1990 e com validade de 15 anos. O Valo de Oxidação recebe os efluentes industriais de ao menos nove empresas da Zona Industrial que, segundo o Saae, pagam todas as despesas de manutenção, insumos e energia elétrica, usados nas operações. As informações foram passadas ao vereador Carlos Leite (PT), durante a oitiva da CPI do Saae de terça-feira (18/3/14).
    Durante a vigência de 15 anos do contrato, as empresas que investiam no Valo tinham seus valores de recolhimento junto ao Saae reduzidos, como forma de compensação, pelo prazo de vigência do contrato. As empresas que participam são: Motopeças e Transmissões Ltda.; Metso Brasil Indústria e Comércio Ltda.; Tecnomecânica Pries Indústria e Comércio Ltda.; Luk do Brasil Embreagens Ltda.; Ina Brasil Ltda.; Enertec do Brasil Ltda.; Pepsico do Brasil Ltda.; Indústria e Comércio Import. E Export. Iciex Ltda.
    De 2005, ano de vencimento do contrato, até agora, as empresas do pool continuaram a pagar os valores reduzidos. De acordo com o diretor jurídico da Autarquia, Diógenes Brotas, foram feitas várias reuniões para dialogar com as empresas beneficiadas pelos valores reduzidos, que deveriam ter sido reajustados a partir da data de vencimento do contrato de exploração da ETE. Nenhuma empresa compareceu às reuniões.
    Desde outubro de 2013, o Saae identificou a impossibilidade de negociar com essas empresas, que foram notificadas em relação a esse passivo, com a possibilidade de inscrição em Dívida Ativa, e cobrança dos valores devidos em juízo. A notificação dizia que as empresas beneficiadas do contrato deveriam pagar os valores não recolhidos e começarem a pagar os valores reajustados.
    Após as notificações, as empresas contranotificaram o Saae e ingressaram na Justiça, alegando direito privado e a continuidade do contrato. O Saae recebeu, até o momento, três notificações de ações para não ingressar com as empresas em Dívida Ativa, e não cobrar em juízo, até a decisão final, dos valores que foram deixados de recolher, e que somam os R$ 35 milhões. As empresas pedem que, ao final do processo, o juiz declare inexigíveis esses valores.

    Leia mais
  • Tribunal de Justiça invalida a decisão da Câmara de Sorocaba e faz valer o relatório de conclusão da CPI do Sorocaba Total

    Enviado em: 18/03/2014 18:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    O relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do programa de obras viárias denominado Sorocaba Total foi rejeitado pelos vereadores da Câmara de Sorocaba por 11 votos contra 7. O principal argumento que marcou divergências foi o fato de o ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB) não ter sido convocado a dar seu depoimento durante as investigações. Entre os sete membros da CPI, as reações foram de decepção naquele final de fevereiro, mas é de euforia neste exato momento (17h58 de terça-feira, 18 de março de 2014) quando acaba de ser publicada a decisão do Tribunal de Justiça a respeito de uma liminar impetrada pelos vereadores. Segundo o que me acaba de ser informado, o TJ invalidou a decisão do presidente da Câmara, Cláudio do Sorocaba 1, que colocou em votação o relatório da CPI. Pelo Regimento Interno, a conclusão de qualquer CPI não precisa ser votada, afinal ela é para ser automaticamente aprovada e o seu resultado encaminhado ao Ministério Público. Com essa liminar, o relatório da CPI está aprovado e a votação da Câmara anulada.
    A alegria do ex-prefeito Vitor Lippi, que se disse justiçado pelo plenário da Câmara diante das conclusões dos membros da CPI, até que ele casse essa liminar, terá sido em vão. 

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba vai contratar empresa para fiscalizar 94 obras que serão feitas. Sindicato dos servidores reclama. Mas problemas na gestão passada convenceram prefeito que este é o caminho mais eficiente para gerenciar o que está planejado

    Enviado em: 18/03/2014 18:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Prefeitura de Sorocaba abriu licitação para contratar empresa de engenharia especializada para prestação de serviços técnicos de apoio ao gerenciamento, fiscalização de projetos de edificações de obras, pavimentação e drenagem. A contratação tem o objetivo de disponibilizar informações concretas, em tempo e suficientes, sobre o andamento dos projetos e obras a serem realizadas durante o governo do prefeito Antonio Carlos Pannunzio. A empresa vencedora da licitação vai ficar encarregada de fiscalizar 94 obras que estão planejadas pela Prefeitura e a pavimentação de várias vias de Sorocaba que foram divididas em quatro lotes. O edital saiu que seria um contrato para 24 meses, mas será refeito e valerá para 12 meses.
    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, assim como os Servidores Públicos do Setor de Fiscalização, divulgou nota para dizer que foram surpreendidos com a notícia. O sindicato é contra e explica que a fiscalização de obras é atividade típica da Administração Pública e deve ser exercida exclusivamente por servidores públicos, não podendo ser “terceirizada”.
    O prefeito Pannunzio decidiu por contratar a empresa para a fiscalização por creditar à falha na fiscalização as 47 obras que tiveram sua conclusão atrasada no governo de Vitor Lippi. Para Pannunzio, se o ex-prefeito tivesse na mão as informações de suas obras não ocorreriam tantos atrasos. Pannunzio não quer surpresa. Uma das obras que estão neste pacote é a do Hospital Público na Zona Norte a ser erguido na antiga garagem de ônibus da TCS (foto).
     

    Leia mais
  • Prefeitura ignora criação da Região Metropolitana, que deve ocorrer ainda neste primeiro semestre, e define áreas para instalar o aterro sanitário em Sorocaba

    Enviado em: 18/03/2014 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    A instalação da Região Metropolitana de Sorocaba deve acontecer dentro de 90 dias afirmou Luiz José Pedretti, vice-presidente da Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano), durante discurso realizado na audiência pública ocorrida na noite de segunda-feira (17/3/14), na Câmara dos Vereadores do município. A reunião contou com a presença de vários prefeitos, vereadores e secretários de 26 cidades regionais, além de deputados estaduais, federal e ex-prefeitos, entre eles Hamilton Pereira (PT) autor do projeto original de criação da Região Metropolitana de Sorocaba. O objetivo é integrar os municípios de forma que a arrecadação de verbas para implantação de projetos destinados à região e que sejam comuns a todos. Um desses aspectos é o aterro sanitário, local onde é destinado o lixo doméstico e industrial das cidades. Ter um aterro para todos os municípios, por exemplo, é um caminho para baratear custos e aumentar a preservação ambiental.
    Apesar desse aspecto, a Prefeitura de Sorocaba segue em busca de criar um aterro sanitário em Sorocaba. O antigo aterro, na região do Retiro São João, teve sua vida útil vendida em 2005, ganhou uma sobrevida e o ex-prefeito Vitor Lippi resolveu a questão contratando o aterro de Iperó que é de uma empresa particular, a Proactiva. Pannunzio entende que Sorocaba deve ter o seu aterro e analisa cria-lo em quatro áreas. Uma na região do Ipatinga (que foi reprovada pela Flroesta Nacional de Ipanema) e que fica a cerca de 3 km do aterro de Iperó. Uma no Quintais do Imperados (região de Araçoiabinha e Raposo Tavares). Outra na zona industrial no Éden. E uma última em Brigadeiro Tobias.
    O aterro, a pedido de Pannunzio, será uma usina de lixo e pretende gerar o mínimo possível de degradação ambiental e social (como a exalação de mau cheiro, por exemplo).

    Leia mais
  • Consórcio que cumpre contrato emergencial para a coleta de lixo doméstico de Sorocaba coloca oito caminhões zero-quilômetro em operação. Decisão faz supor que haverá prorrogação do contrato

    Enviado em: 17/03/2014 17:40h - Por: Deda | Categoria: Política



    Desde dezembro passado Sorocaba a coleta de lixo doméstico da cidade é feita pelo Consórcio Sorocaba Ambiental, formado pelas empresas Litucera Engenharia e Limpeza Ltda., Heleno & Fonseca Construtécnica S.A. e Trail Infraestrutura. O contrato emergencial assinado ainda antes do Natal previa o período de quatro meses prorrogáveis por mais dois. Como o consórcio comprou oito caminhões novos e vence em 40 dias o contrato emergencial, supõe-se que o contrato será prorrogado pelos dois meses previstos.
    A licitação para a contratação de quem assumirá a operação do serviço de coleta de lixo em Sorocaba está no forno. Uma reunião ocorrida hoje (17/3/14) tratou do assunto. A complexidade do contrato inclui questões sobre a coleta seletiva, se serão duas empresas, se a varrição fica por conta das vencedoras. Até abril os termos da licitação deve estar disponível para os interessados em participar.

    Leia mais
  • Vereador anuncia possível contrato de mais de R$ 30 milhões na Prefeitura para a terceirização da gestão de todas as unidades de saúde de Sorocaba

    Enviado em: 17/03/2014 17:38h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Marinho Marte (PPS) divulgou nota hoje (17/3/14) para informar que a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, pretende estabelecer convênio com uma OS (Organização Social) com o objetivo de terceirizar a gestão das unidades de saúde do município. O possível contrato de terceirização, segundo informações que chegaram ao gabinete do vereador e divulgadas por ele, pode ultrapassar a cifra de R$ 30 milhões, uma vez que o trabalho a ser desenvolvido pela organização social abrangeria todas as ações necessárias ao funcionamento das unidades de saúde. “A ser verdade essa informação, ela revela uma disposição do Executivo no sentido de terceirizar completamente a saúde no município, o que é temerário, pois as Organizações Sociais, em que pese sua natureza legalmente filantrópica, podem, às vezes, representar interesses privados”, afirma Marinho Marte, que, por meio de requerimento protocolado na Câmara Municipal, solicita informações ao Executivo sobre o referido contrato, caso ele tenha sido firmado.

    Leia mais
  • Fotografia apenas reforça a importância do BRT para Sorocaba

    Enviado em: 13/03/2014 16:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    Publiquei aqui a capa do jornal Estado de Minas (Belo Horizonte, MG) que mostra o corredor por onde circula somente o BRT  totalmente livre e a pista de automóveis com congestionamento monstro. E me lembrei da primeira entrevista que fiz no programa O D da Questão na TVR (Canal 23 da NET) com o prefeito Pannunzio. Lá ele dizia que sua intenção é a de que o BRT seja uma alternativa para o sorocabano deixar o carro em casa. Bom, a foto do jornal Estado de Minas mostra que essa alternativa de fato é a melhor. E você, o que acha? Para dar sua opinião fica a dica: participe da 2ª Audiência Pública de Mobilidade Urbana de Sorocaba agendada para esta sexta-feira (14/3/14), às 9h da manhã na Câmara Municipal de Sorocaba. Em debate o Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Sorocaba e o futuro (propostas de BRT, VLT, Terminal Intermodal, Trem Regional Metropolitano, entre outras).

    Leia mais
  • Atlético e Desenvolve São Paulo assinam contrato e Argélia fica mais perto de Sorocaba

    Enviado em: 13/03/2014 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    Eu classifiquei de xororô a reclamação do vice-presidente do Atlético Sorocaba, Waldir Cipriani, de que corria risco a vinda da Argélia para o CT do clube durante a Copa, informação alardeada na segunda-feira passada quando Aldo Rebello visitou o local. O ministro minimizou a critica de Cipriani, bateu bola no campo e chegou a ligar ao presidente do Desenvolve SP. Foi a forma como Cipriani encontrou para pressionar o governo a assinar contrato de financiameento com o clube para a reforma do CT local. Pois bem, o contrato foi assinado na última quarta-feira e o dinheiro (R$ 4 milhões) deve cair na conta do Atlético ainda nesta sexta-feira.
    A Agência de Desenvolvimento Paulista já financiou R$ 115 milhões em projetos de de infraestrutura turística relacionados à Copa do Mundo de 2014. Criada em 2012, a Linha investimento esportivo foi destinada às empresas do setor hoteleiro interessadas em reformar ou construir novas unidades e centros esportivos com a finalidade de se prepararem para receber delegações. Esse é o caso do Atlético Sorocaba.

    Leia mais
  • Assessoria jurídica de vereador estuda decisão do MP e se achar elementos vai recorrer da decisão sorocabana no Conselho do Ministério Público

    Enviado em: 13/03/2014 16:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Crespo entende que houve muito boa vontada do promotor Orlando Bastos Filho para com o ex-prefeito Vitor Lippi, uma boa vontade nunca demonstrada em relação a nenhum outro político. Por causa disso, já determinou à sua assessoria jurídica que estude em detalhes a argumentação do promotor e a tendência é que ele recorra dessa decisão local numa instância superior, ou seja, peça para o Conselho Superior do Ministério Público rever essa decisão local.
    Para quem acha que isso é raro, lembro que o promotor Marum também inocentou os hospitais psiquiátricos de Sorocaba em sua decisão local e ela foi reformada no Conselho Superior,  ou seja, que mandou a denúncia caminhar até chegar na Justiça.
    A conclusão é que ainda há muita água para rolar nesse caso.

    Leia mais
  • Consórcios fazem tour por trecho que BRT vai percorrer em Sorocaba

    Enviado em: 12/03/2014 19:48h - Por: Roberto Lombardi roberto@jornalipanema.com.br | Categoria: Política



    Na manhã desta quarta-feira (12) uma Van, com seis representantes de consórcios interessados em administrar o Bus Rapid Transit (BRT), em Sorocaba, saíram da Prefeitura e fizeram um tour pelos trechos em que o novo sistema de ônibus vai passar na cidade. No passeio, o Presidente da Urbes - Trânsito e Transportes, Renato Gianolla e o Secretário de Planejamento e Gestão, Rubens Hungria de Lara, explicaram cada pedaço do trajeto aos empresários.
    Segundo Lara, essa visita é importante, pois a entrega dos resultados dos estudos feitos por essas empresas devem ser entregues em 11 de abril. "É importante proporcionar para este pessoal, que está participando dessa Parceria Público-Privado (PPP), uma oportunidade, ao vivo, de conhecer a rota".
    Após uma parada, em frente à antiga garagem da empresa de Transporte Coletivo Sorocaba (TCS), o presidente da Urbes comentou sobre as intervenções que as obras irão exigir para a implantação do BRT. "Quando forem feitas as obras, as intervenções viárias precisam ser feitas com cuidado, A gente está propondo fazer em etapas, mas essas etapas afetam o tráfego de veículos. Algumas obras vão restringir o tráfego de carros particulares. É um pequeno transtorno, mas é para uma solução à frente".
    A meta, segundo Gianolla, para o projeto estar em pleno uso da população é meados de 2016. "A gente tem uma data de junho ou julho do último ano de governo. É a data que a gente já quer estar operando", finalizou.
    O BRT consiste na implantação e operação de rede de aproximadamente 35 quilômetros de corredores de transporte coletivo, nos quais se incluem as paradas e os terminais urbanos.
    Dentro dessa quilometragem, está traçado um plano com o trajeto que esses ônibus articulados irão fazer na cidade. "O eixo Norte/Sul começa na zona norte, na avenida Ipanema e avenida Itavuvu. Desce para a Hermelino Matarazzo e Comendador Oeterer. É o binário. Ele vai, passa pela região central, entra via Padre Luiz, Barão de Tatuí, e vai até a Antônio Carlos Cômitre na divisa com Votorantim. Já o trecho Leste/Oeste, pega Brigadeiro Tobias, avenida São Paulo, passa pelo centro, General Carneiro e depois Armando Pannunzio", comentou Gianolla, acrescentando que a avenida General Osório pode ser um plano de acesso também.
    Sobre o preço das passagens para o cidadão utilizar o BRT, Renato Gianolla disse que a ideia inicial é manter o mesmo valor das tarifas de ônibus comuns. "Embora o custo do BRT seja maior, a ideia é de se fazer uma tarifa única e integrada".

    Leia mais
  • Secretário de Desenvolvimento Econômica de Sorocaba celebra os 20 anos do Plano Real

    Enviado em: 12/03/2014 19:46h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Brasil passa por momento político semelhante ao do lançamento do real, afirmou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) durante evento sobre os 20 anos do Plano Real, em São Paulo, nesta quarta-feira (12/3/14). Segundo ele, a sociedade brasileira espera por "mudanças profundas" que, para se concretizar atualmente, é preciso que o debate político não se reduza a "nós e eles". Quem assistiu a essa palestra e a outras com participações de economistas que formularam o Plano Real (Pedro Malan, ex-ministro da Fazenda, e os ex-presidentes do Banco Central (BC) Armínio Fraga, Gustavo Loyola e Gustavo Franco) foi o economista Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sorocaba. O evento aconteceu no Instituto FHC. 

    Leia mais
  • Nem todo sorocabano compreende a importância da cidade ser sede da seleção da Argélia. É o caso do prefeito Pannunzio oficializar um convite para que o embaixador da Argélia visite Sorocaba

    Enviado em: 11/03/2014 19:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    Ainda paira no ar a dúvida sobre a vinda da seleção da Argélia para Sorocaba dirante o período em que estiver participando da Copa do Mundo do Brasil. A dúvida foi lançada pelo vice-presidente do Clube Atlético Sorocaba (que vai alugar seu Centro de Treinamento aos argelinos) durante visita do ministro dos Esportes Aldo Rebello e ganhou o mundo. A imprensa toda que cobriu o evento comprou o versão do dirigente. Uma rápida pesquisa no Google mostra que o tema mereceu destaque em todo tipo de publicação (da impressa ao blogs, da tradicional a recém-criada). Tomara que se concretize a vinda da Argélia.
    Na rádio Ipanema na manhã de hoje, ouvintes gravaram portais e claramente não têm a dimensão do que significa a vinda da Argélia para Sorocaba. Vou tentar ajudar esses ouvintes a alcançarem a dimensão deste fato:
    1º) Antes de mais nada é preciso ter a percepção de que a  Copa do Mundo é o maior evento privado do Planeta. A Fifa não pertence a nenhum governo, assim como a CBF no Brasil não é de nenhum governo.
    2º) Nenhum outro evento no Planeta atrai simultaneamente a atenção do Planeta. Os olhares do mundo se voltam a tal evento e por ser no Brasil, obviamente se voltam para cá.
    3º) Quando muitos olham ao mesmo tempo para um mesmo ponto, a chance de ser ver os defeitos e qualidades são ampliados de maneira exponencial
    4º) Uma cidade em expansão e que bus ca sua vocação para crescer com qualidade de vida, como é o caso de Sorocaba, fazer parte desta vitrine é fundamental. Quando, então, se é a sede regional de um grupo de cidades que atrai essa atenção, mais ainda se torna importante. Além de Sorocaba, Itu e Porto Feliz também são sedes de seleção. Campinas e São Paulo (ambas num raio de 100km também). Quem deseja investir, olha primeiro para onde sabe que existe estrutura.
    5º) Sediar a seleção da Argélia faz de Sorocaba (e toda a região) uma vitrine para o mundo. Por isso, receber bem essa seleção abre portas. Assim como fecha de receber mal
    6º) São esperados cerca de 3 mil argelinos entre turistas, delegação, autoridades e jornalistas no Brasil durante a Copa. Não se imagina que todos se concentrem em Sorocaba, mas nas cidades onde a Argélia vai jogar. Porém, claro que todo esse povo estará de olho na sede de onde ficarão os representantes do seu país.
    7º) Para quem argumenta que os benefícios seriam maiores a Sorocaba se aqui ficassem seleções mais tradicionais (Espanha e Itália, por exemplo, com fortes laços com a formação do sorocabano), lembro que não é a qualidade técnica do futebol que atrai os olhos para a cidade que sedia uma copa, mas a cidadania. Ou seja, não importa se é a melhor ou a pior, cada povo torce e vibra por sua seleção.
    8º) A Argélia (um pais que apenas na década de 60 ficou independente da França e tem em seu povo 99% muçulmanos, adeptos do islamismo, que seguem o Alcorão) é uma potência do presente, mas também um país do futuro cuja a economia está calcada na exploração do petróleo no momento, mas está aberto a um grande potencial para receber de tudo, inclusive turistas.
    9º) Os R$ 4 milhões pretendidos pelo Atlético são emprestados e, portanto, serão devolvidos. Que o Atlético se tranforme numa referência internacional e nacional para terminada a copa siga atraindo pessoas (turismo que é dinheiro de qualidade) a Sorocaba.
    10º) São apenas 32 seleções que estarão no Brasil entre mais de 200 que existem no mundo. Dos mais de 5 mil municípios do Brasil, Sorocaba é um dos escolhidos por uma dessas 32 seleções. Não é pouco. Ao contrário, é o atestado que (parafraseando Nelson Rodrigues) muitos sorocabanos sofrem do complexo de vira-latas. Acham que a grama do vizinho é mais verde. Não é. O sorocabano precisa resgatar sua autoestima.
     
    Para encerrar, lembro que em visita a Porto Alegre (cidade onde a Argélia vai jogar na Copa) semanas atrás, o embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Bennaoum, se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, no Palácio Piratini, para falar sobre questões que envolvem a Copa do Mundo. A seleção do país árabe vai enfrentar a Coreia do Sul no dia 22 de junho, no Estádio Beira-Rio. Segundo Djamel-Eddine, anunciou a intenção de ampliar as relações comerciais entre a Argélia e o estado do Rio Grande. "A perspectiva de nossa visita envolve a Copa do Mundo, mas também trouxemos a proposta de ampliar ainda mais o intercâmbio econômico, e vamos trabalhar muito para o estreitamento de nossas relações bilaterais", disse o embaixador. É o caso, sem dúvida, do prefeito Pannunzio oficializar um convite para que Djamel visite Sorocaba. Ou não?

    A foto é de uma praça típica da cidade de Argel, capital da Argélia.
     

    Leia mais
  • Prefeitura vai recorrer à justiça contra decisão dos vereadores de Sorocaba

    Enviado em: 11/03/2014 19:38h - Por: Deda | Categoria: Política


    Por 16 votos a 4, a Câmara de Sorocaba derrubou o veto do prefeito Pannunzio às 455 emendas apresentadas pelos vereadores ao projeto do Orçamento do município para 2014 que está em vigor desde 1º de janeiro. O líder do prefeito na Câmara, vereador José Francisco Martinez (PSDB) antecipou que o prefeito deve entrar com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Para o prefeito, a maioria das emendas propostas ao Orçamento é inconstitucional ou compromete o equilíbrio fiscal do município ao não apontar fontes de recursos e por isso optou pelo veto total às emendas. Professores da rede municipal foram presionar os vereadores a derrubarem os vetos.

    Leia mais
  • Justiça de Sorocaba decide pela divulgação de quanto ganha cada funcionário público

    Enviado em: 10/03/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política


    No final da tarde de hoje (10/3/14), José Eduardo Marcondes Machado, juiz da Vara da Fazenda Púlica de Sorocaba, divulgou a sentença que trata de assunto interessante: fica decidida a divulgação dos vencimentos de cada funcionário público da Prefeitura de Sorocaba.
    A história é essa: A partir de julho/2013 a Prefeitura de Sorocaba passou a divulgar na internet ("Portal da Transperência") os valores dos salários de cada servidor municipal, atrelando os nomes aos respectivos salários. Em setembro de 2013 o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, alegando risco à integridade dos servidores, ingressou com ação exigindo que o Município interrompesse a divulgação, e ainda pediu condenação por danos morais.
    O juiz José Eduardo Marcondes Machado indeferiu a liminar, especialmente porque na análise de casos idênticos de outros municípios o Supremo Tribunal Federal recentemente (2011), e por unanimidade, entendeu que a divulgação é possível e está em sintonia com a necessária transparência dos atos da administração pública.
    A decisão inicial do juiz da vara da Fazenda Púlica de Sorocaba foi cassada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em dezembro, e com isso a divulgação foi proibida. Mas nesta segunda-feira o juiz julgou o mérito da causa e insistiu no entendimento inicial (que, repito, acompanha a instância máxima - STF).
    A questão é polêmica é há bons argumentos dos dois lados. Aparentemente seria desnecessário revelar o valor do salário de cada servidor nominalmente (bastaria revelar quanto se paga para cada cargo), mas a decisão do STF criou um novo paradigma de comportamento da administração pública e impôs um ônus a quem quer atuar no serviço público. O acórdão do STF é bastante convincente. Bom, pelo menos é assim que entendo. Mas em resumo, juridicamente há um conflito entre intimidade/privacidade do funcionário público e a transparência dos gastos da administração pública. O STF optou por garantir à sociedade o direito de conhecer como se gasta o dinheiro público.
    Me comprometo a transcrever detalhes da decisão em breve.

    Leia mais
  • Prefeito pede que ministro interceda pela internacionalização do aeroporto de Sorocaba

    Enviado em: 10/03/2014 19:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Receita Federal,órgão ligado ao Ministério da Fazenda do governo Dilma, se mostrou contrário a internacionalização do Aeroporto Estadual de Sorocaba "Bertram Luiz Leopolz" e barrou todo o trâmite para que voos internacionais pudessem ser feitos em Sorocaba. Isso já tem sessenta dias, mas nesta segunda-feira (10/3/14) o prefeito Pannunzio voltou a fazer nova investida para reverter essa situação e protocolou um documento ao ministro dos Esportes, Aldo Rebello, solicitando sua intervenção neste processo. O argumento de Pannunzio diz respeito aos voos a serem realizados durante a Copa do Mundo, período no qual é esperada uma grande circulação de jatos executivos no local. Mas atende, de fato, aos principais donos de hangares do aeroporto sorocabano. Vale lembrar que está no aeroporto local um dos maiores centros de manutenção de aeronaves da América Latina e a internacionalização do aeroporto poderá diminuir em até R$ 30 mil na média o preço de cada manutenção de aeronave na cidade.
    O processo de internacionalização tem como defensor o economista e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Geraldo Almeida, e empresários do setor, como Ari Bordieri. O Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) é a favor da internacionalização e não tem a mesma compreensão da Receita Federal que usa a proximidade da cidade com o aeroporto de Viracopos (e a carência de servidores para atender às necessidades do novo status aeroviário) como empecilhos.

    Leia mais
  • Prefeito protocola pedido de novas unidades do Centro de Iniciação ao Esporte para Sorocaba

    Enviado em: 10/03/2014 19:42h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Centro de Iniciação ao Esporte é um programa do Ministério dos Esportes e tem o objetivo de ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social das grandes cidades brasileiras. O Ministério do Esporte desenvolveu a concepção do Centro de Iniciação ao Esporte no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Em Sorocaba, um desses centros está sendo implementado no Habiteto, na visita de Aldo Rebello nesta segunda-feira o prefeito Pannunzio pediu mais dois um para Brigadeiro Tobias e outro para o Jardim Tulipa.

    Leia mais
  • Corregedor-geral do Município de Sorocaba concede entrevista ao O De Da Questão na TV

    Enviado em: 10/03/2014 19:39h - Por: Deda | Categoria: Política


    O corregedor-geral do Município de Sorocaba, o advogado Gustavo Portela Barata Almeida, foi meu entrevistado no programa “O De Da Questão na TV” (Canal 23 da NET, na TVR) que vai ao ar às 22h nesta quarta e quinta (dias 11 e 12 de março de 2014). Ele fala sobre o seu papel na administração, afirma que nenhum dos seus atos deixou o prefeito Pannunzio de cabelo em pé até o momento e que não encontrou até agora nada que demonstre corrupção ou algum tipo de benefício a algum agente público. Mas, ele deixa o alerta: é um trabalho que está só no começo. Fica o convite para assistir a entrevista. Vale a pena.
    Por outro lado, o vereador José Crespo (DEM) divulgou nota no final da tarde hoje informando que ele visitou o corregedor-geral do Município de Sorocaba, o advogado Gustavo Barata na Sala da Corregedoria, localizada no térreo do Palácio dos Tropeiros e “levou algumas denúncias”. Só isso. Lacônico. Nenhuma informação a mais.

    Leia mais
  • Professor Flaviano deixa o Nuplan e assume a Secretaria de Habitacao da Prefeitura de Sorocaba. Pannunzio acaba de bater o martelo nessa decisao apos conversa com ele. Anuncio oficial sai as 16h

    Enviado em: 07/03/2014 14:19h - Por: deda | Categoria: Política

    Leia mais
  • Prefeito recebe petistas que anunciam datas das audiências públicas sobre a Região Metropolitana de Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 20:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    As audiências públicas que debaterão o Projeto de Lei Complementar nº 1 /2014, que cria a Região Metropolitana de Sorocaba, ocorrerão nos dia 17 e 24 de março na Câmara Municipal de Sorocaba e na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, respectivamente. A informação foi passada pelo deputado estadual Hamilton Pereira (PT) durante reunião com o prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), hoje (6/3/14). O prefeito Pannunzio confirmou presença nas audiências e lembrou a luta do pela criação da Região Metropolitana de Sorocaba: “Desenvolvimento só é bom se for para todos. Se a região metropolitana for eficiente, Sorocaba tem muito a ganhar e os demais municípios que a integrarem também", afirmou.

    Leia mais
  • Vereador lança proposta de criar comissão de parlamentares para implantação de Orçamento Impositivo em Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 20:00h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Francisco França (PT) propôs hoje (06/03/14), durante a plenária da Câmara Municipal, a criação de uma comissão de vereadores para estudar a implantação do Orçamento Impositivo na cidade de Sorocaba. A proposta seria baseada no mecanismo do Orçamento Impositivo Federal, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pela presidente Dilma Rousseff no final de dezembro de 2013, que obriga o governo a pagar integralmente as emendas parlamentares (neste caso, recursos orçamentários que deputados e senadores destinam para suas bases eleitorais). Para França, o Orçamento Impositivo no município de Sorocaba ajudaria a agilizar serviços e execuções de melhorias públicas na cidade. A proposta formal sobre a criação desta comissão está sendo elaborada pelo vereador França, que deverá apresentar à Câmara, já nos próximos dias, o referido requerimento.

    Leia mais
  • Vereador cobra informações sobre novo traçado da malha ferroviária e pede sua retirada do centro de Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    A luta para a retirada da malha ferroviária do centro de Sorocaba está viva. Em requerimento encaminhado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) o vereador José Francisco Martinez (PSDB) levanta questionamentos sobre o projeto que estabelece um novo trajeto para a circulação de trens no município. O parlamentar lembra que a proposta de novo contorno ferroviário de Sorocaba foi criada pelo Município, em parceria com a América latina Logística (ALL) e a empresa Acciona Engenharia, que produziu o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental do empreendimento (EVTEA). Afirma ainda que o levantamento contempla três opções de instalação de um novo sistema ferroviário, partindo do porto de Santos em direção ao mato Grosso do Sul, desviando o transporte por trem do perímetro urbano de Sorocaba. “Quando isso acontecer parte do gargalo de mobilidade do município será resolvida, além de eliminar os conflitos causados pela presença da linha férrea nos bairros”, explica Martinez. O vereador pergunta, entre outras coisas, em que fase o novo projeto se encontra e qual o trâmite previsto, bem como do tempo estimado para a sua conclusão. “O novo traçado deverá dar nova dinâmica ao sistema de transportes público do município, já que as linhas desativadas podem ser usadas para a instalação do sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), argumentou também José Francisco Martinez.

    Leia mais
  • Ponte ganha aparelho para medir nível do rio Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:56h - Por: Deda | Categoria: Política


    O nível do rio Sorocaba mediante chuvas será monitorado, a partir de agora, por uma estação hidrológica localizada na ponte Francisco Delosso. O equipamento instalado na tarde desta quinta-feira (6/3/14) é resultado de um convênio com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). De acordo com a coordenação da Defesa Civil de Sorocaba, a nova estação hidrológica dará condições da adoção de medidas preventivas visando à tranquilidade e a segurança do cidadão, seja no que diz respeito ao trânsito – com fechamento de vias e desvio de tráfego, seja quanto ao atendimento daquelas pessoas que vivem nas áreas de alagamento ou proximidades do rio. É uma forma de identificar as vulnerabilidades e planejar as ações com antecedência.

    Leia mais
  • Ministério da Saúde autoriza o repasse de mais de R$ 5.5 milhões para Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:54h - Por: Deda | Categoria: Política


    O dinheiro será usado para a implementação dos pontos de atenção da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). O recurso deve colaborar para o desenvolvimento do processo de desinstitucionalização das pessoas internadas.A transferência dos recursos será dividida em três parcelas de R$ 1.860.363,50 e o repasse começou em fevereiro. A Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) preconiza o atendimento a pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras drogas. A RAPS é formada por sete componentes: Atenção Básica em Saúde, Atenção Psicossocial Especializada, Atenção de Urgência e Emergência, Atenção Residencial de Caráter Transitório, Atenção Hospitalar, Estratégias de Desinstitucionalização e Reabilitação Psicossocial.

    Leia mais
  • Vereador mais votado em 2012 faz sua estréia na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 05/03/2014 20:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    A novidade na sessão desta quinta-feira (6/3/14) da Câmara de Sorocaba é a presença de Hélio Godoy (PSD) que até semana passada desempenhou o papel de secretário de Habitação do governo Pannunzio. Ele foi o vereador mais votado na eleição de 2012 com quase 8 mil votos e ocupa a sua vaga de direito que estava sendo desempenhada pelo suplente Waldomiro de Freitas, que é obrigado a deixar o cargo com a volta do titular.
    Hélio faz sua estreia neste mandato (ele já foi vereador nas últimas duas legislaturas anteriores) na 9ª sessão ordinária do ano da Câmara. O compromissos de hoje dos legisladores  é o de votar quatro vetos do Executivo a projetos dos vereadores e matérias remanescentes de sessões anteriores. Em seguinda, após a sessão ordinária, novas sessões extraordinária convocadas pelo presidente da Casa, Claudio do Sorocaba I (PR) vão deliberar e votar dois projetos do Executivo que autoriza a Prefeitura a celebrar convênio com a Fundação Dom Aguirre, mantenedora da Universidade de Sorocaba (Uniso) para a execução da lei que instituiu o Sistema Municipal Saúde Escola no valor de R$ 1,184 milhão para o programa de residência multiprofissional nos serviços municipais de saúde. Em seguida os vereadores apreciam o Projeto de Lei nº 74/2014, que dispõe sobre concessão de subvenção mensal às entidades beneficentes que desenvolvem programas e projetos na área de educação. O repasse referente ao período de janeiro a dezembro de 2014 já está previsto no Orçamento Municipal e representa cerca de R$ 580 mil mensais.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba está com excelente saúde financeira, afirma secretário Aurílio Caiado. Ou seja, não falta dinheiro

    Enviado em: 26/02/2014 18:54h - Por: Deda | Categoria: Política


    Cumprindo o que determina a legislação, a Prefeitura de Sorocaba apresentou as contas do 3º Quadrimestre de 2013 em audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira, 26, na Câmara Municipal de Sorocaba. A audiência foi convocada pela Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias da Casa que é presidida pela vereadora Neusa Maldonado (PSDB) e formada também por José Francisco Martinez (PSDB) e Anselmo Neto (PP).
    Os dados das finanças do município foram apresentados pelo secretário da Fazenda, Aurílio Sergio Costa Caiado; pelo diretor-geral do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Adhemar José Spinelli Júnior; e pela presidente da Funserv, Ana Paula Fávero Sakano. São todos eles aparecem na foto, na mesa da Câmara.
    Segundo o secretário Aurílio Caiado, o município está com uma “excelente saúde financeira”, com uma receita primária em 2013 de R$ 1,798 bilhão e uma despesa primária de 1,584 bilhão, com um superávit de R$ 126,6 milhões. Já a meta para o resultado nominal, segundo o secretário, contava com a redução de R$ 20,1 milhões, porém a redução foi de R$ 106,6 milhões. Aurílio Caiado enfatizou que houve uma expansão de 13,86% da receita do município (que passou de R$ 1,579 bilhão, em 2012, para R$ 1,798 bilhão, em 2013), mas sem que houvesse nenhum aumento de imposto.
    Ou seja, não falta dinheiro.

    Leia mais
  • Por quê ex-prefeito quer arquivar relatório da CPI do Sorocaba Total?

    Enviado em: 26/02/2014 18:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    O relatório final da CPI do Sorocaba Total, que aponta diversas irregularidades na administração das obras de ampliação do sistema viário da cidade e cujas as irregularidade são negadas por Vitor Lippi, foi apresentado na Câmara, mas ainda não votada.  O presidente da comissão, o vereador Irineu Toledo (PRB), explica que o próximo passo será encaminhar o documento ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas. São nesses órgãos que são tomadas as medidas judiciais cabíveis. Ai fica a pergunta: Por quê ex-prefeito quer arquivar relatório da CPI do Sorocaba Total? Se não tem nada a temer, Lippi deveria ser o primeiro a desejar que o relatório vá à Justiça. Nada como ter essa chancela do judiciário de que não cometeu nenhum deslize para não dizer crime de improbidade como explicou o relator Anselmo Neto.

    Leia mais
  • Líder estudantil sorocabano pode dar nome à comenda de Direitos Humanos e Defesa da Liberdade e da Democracia

    Enviado em: 26/02/2014 18:52h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em março de 2014, serão completados 41 anos da morte de Alexandre Vannucchi Leme (sobrinho de Aldo Vannucchi, reitor emérito e idealizador da Uniso), líder estudantil sorocabano assassinado em 1973, aos 22 anos, no período da ditadura civil-militar. Projeto do vereador Carlos Leite (PT) quer homenagea-lo com a criação de uma comenda. Para isso são necessários que dois terços dos vereadores sejam favoráveis ao projeto e então fica instituída a Comenda "Alexandre Vannucchi Leme" de Direitos Humanos e Defesa da Liberdade e da Democracia, a ser concedida a personalidades sorocabanas que sejam referência social na área dos direitos humanos e da defesa da liberdade e da democracia. O projeto, protocolado no dia 11 deste mês, aguarda a inclusão na Ordem do Dia para ser votado em plenário e já recebeu pareceres favoráveis da Secretaria Jurídica e da Comissão de Justiça.

    Leia mais
  • Sorocabana é novamente destaque em reportagem. E eu assino embaixo e digo que ela deveria entrar na política

    Enviado em: 25/02/2014 17:34h - Por: Deda | Categoria: Política


    A revista Forbes Brasil fez uma lista de 30 empreendedores que estão abaixo dos 30 anos e têm revelado iniciativa, criatividade e talento. Com espírito jovem, rara motivação e abertura para o novo, sobre eles repousa um novo modelo para o futuro. Entre os destaques, está Alessandra França, 28 anos, presidente do Banco Pérola. Ela já foi entrevistada em Ns publicações, mas me encantou vê-la no programa “Provocações” de Abujamra na TV Cultura. Me encantou vê-la, ao vivo, sendo sabatinada pelo empresário J.Hawilla, na sede do Grupo Traffic, em São Paulo. Na época ainda era editor-chefe do Bom Dia Sorocaba e Alessandra foi mostrar um modelo de negócio possível para a venda de jornais. Não foi pra frente o que pretendíamos por conta do jornal e não dela. Alessandra deve ser incentivada a entrar na política. Sorocaba precisa de novas lideranças e ela desempenha esse papel com a naturalidade que o futuro exige. Tomara que se anime e se mantenha limpa. Eu confio.
    Enfim, como está na Forbes, “Alessandra lidera uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que concede empréstimos de pequeno valor (em média, R$ 3 mil), a juros baixos, para jovens empreendedores. Se neste ponto você pensou no bengalês Muhammad Yunus – Prêmio Nobel da Paz de 2006, criador do primeiro banco especializado em microcrédito –, acertou: foi a leitura da biografi a dele que inspirou Alessandra a abrir sua instituição em 2009”.

    Leia mais
  • CPI do Sorocaba Total responsabiliza ex-prefeito: A quantidade é diferença do remédio e do veneno

    Enviado em: 25/02/2014 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador e relator da CPI do Sorocaba Total, Anselmo Neto (PP) afirma: “Não temos nada pessoalmente contra o ex-prefeito Vitor Lippi, simplesmente é uma questão de que tudo o que foi colocado na CPI só corroborou para concluirmos que o dinheiro (R$ 90 milhões) foi empregado, mas não foram concluídos os viadutos planejados e as avenidas duplicadas”. E o presidente da CPI, Irineu Toledo (PRB), já deu sinais que assim que for votada o relatório dessa CPI, vai abrir outra para novas conclusões sobre o mesmo tema. Lippi usa redes sociais, chama coletiva de imprensa e telefona aos vereadores com que tem amizade para afirmar que não fez nada errado e nem foi omisso. A verdade é que na ânsia de pegar o ex-prefeito, os vereadores correm o risco de fazê-lo de vítima. A quantidade é diferença do remédio e do veneno. Esse embate entre oposição e situação virou discussão e a CPI do Sorocaba Total travou a votação do relatório final que foi lido nesta terça-feira (25/2/14).

    Leia mais
  • O Parque Tecnológico de Sorocaba é importante para o futuro da cidade, mas essa compreensão ainda não existe

    Enviado em: 20/02/2014 19:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um leitor meu, Clóvis Oliveira, fez o seguinte comentário quando contei que o prefeito Pannunzio passeou de bicicleta no Parque Tecnológico de Sorocaba: “Puxa, que bom, agora sabemos qual a utilidade do Parque Tecnológico, além de cabide de emprego para ex-prefeito...”
    Essa mensagem me deixa claro que se Pannunzio tivesse nomeado Lippi para outro cargo, o sorocabano teria outra ideia do parque. Como o ex-prefeito não dissociou o parque de sua atividade de candidato (usa o parque como vitrine de sua atuação como homem público e recebe dezenas de políticos e presidentes de associação de bairro no local) é justo que o cidadão comum tenha essa visão de que o parque é apenas um cabide de emprego. Não é.  O Parque Tecnológico de Sorocaba é importante para o futuro da cidade.
    E a visita que aproximadamente cinco mil alunos da rede municipal estão fazendo no local, onde irão conferir de perto a exposição do artista plástico uruguaio, Juan Muzzi (criador da bicicleta usada por Pannunzio) é um marco na vida delas. É um elemento de estímulo. Assim foi comigo. Me lembro quando ainda estava no chamado parquinho, na Vila Santana, e fui numa excursão ao recinto da antiga Fapis. Hoje tenho a consciência de que aquela visita me deu a informação (que só captei mais tarde obviamente) da dimensão do mundo.
    Em abril o ex-prefeito deixa o O Parque Tecnológico. Tomara que um técnico assuma o local e não mais um político. Esse será o primeiro passo para que o sorocabano também comece a ter a dimensão da sua importância para o nosso futuro.

    Leia mais
  • Sorocabano vai a jantar no Palácio do Jaburu em Brasília

    Enviado em: 19/02/2014 19:06h - Por: Deda | Categoria: Política


    “Não chegou a ser visita de médico, mas Dilma Rousseff saiu da confraternização do PMDB no Palácio Jaburu, sem jantar, cerca de uma hora e meia depois de ter chegado. Aloizio Mercadante e Ideli Salvatti, claro, foram embora com a chefe. Dilma posou para fotos com boa parte dos setenta prefeitos do PMDB de São Paulo presentes (...)” Este é o texto de Lauro Jardim, na Veja.com, na coluna Radar On Line. Presente no jantar, Renato Amary (que será coordenador regional da campanha a governador de Paulo Skaf) não fez foto ao lado de nenhum petista.
    No Facebook, Amary foi econômico em suas palavras: “Boa tarde. Na noite de segunda-feira participei no Palácio do Jaburu, em Brasília, de um jantar oferecido pelo vice-presidente da República, Michel Temer, aos prefeitos do PMDB de São Paulo e aos líderes da nossa legenda. O jantar também contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, de ministros, parlamentares federais e estaduais e do presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Na foto estou com Arlon Viana; o presidente estadual do PMDB, deputado Baleia Rossi; nosso líder Michel Temer; minha esposa Meg; e Paulo Skaf. Um encontro de altíssimo nível onde a política foi o prato principal.”

    Leia mais
  • Se você quer dar idéias para melhorar o transporte em Sorocaba, a hora é agora

    Enviado em: 18/02/2014 19:15h - Por: Deda | Categoria: Política


    Termina nesta sexta-feira (21) o prazo para o envio de sugestões, perguntas e opiniões sobre a primeira apresentação do Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade realizada pela Urbes – Trânsito e Transportes no dia 07 de fevereiro. As sugestões serão compiladas e, no dia 14 de março, às 9h, durante a segunda audiência, na Câmara Municipal, serão apresentadas, discutidas e validadas. As principais diretrizes que norteiam a elaboração das propostas do futuro Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade da cidade foram apresentadas no dia 7 para diversos segmentos da sociedade durante uma audiência pública realizada no auditório da Fundação Ubaldino do Amaral.

    Leia mais
  • Projeto Vai Lá começa ciclo de apresentações teatrais em Sorocaba

    Enviado em: 18/02/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Aprender a importância da preservação da natureza por meio do teatro, da educação e de atividades lúdicas é a proposta do projeto Planeta Água que em cartaz no Parque dos Espanhóis, em Pinheiros, apresenta a peça "Estórias da Natureza" a estudantes da Rede Pública Municipal. O evento, que terá 28 apresentações, com duas sessões por dia até o dia 13 de março, atenderá a 4.200 crianças de 8 a 10, numa parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu) e seu projeto "Escola Viva", e o Instituto Defenda Sorocaba (IDS). Também participam da iniciativa as pastas de Cultura (Secult), Meio Ambiente (Sema) e Esporte e Lazer (Semes). O projeto Vai Lá é da agência Tabu e a realização do Instituto Defenda Sorocaba é possível graças a Lei Rouanet, a Belini Cultural e o patrocínio da Disal.

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 5: O homem é dono do que cala e escravo do que fala. Quando Biazotto me fala sobre Lippi, sei um pouco mais da relação do ex-secretário com o ex-prefeito

    Enviado em: 17/02/2014 19:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sigmund Freud (1856–1939), o pai da psicanálise, é autor da afirmação: “O homem é dono do que cala e escravo do que fala. Quando Pedro me fala sobre Paulo, sei mais de Pedro que de Paulo...” O título de minha postagem, o leitor já percebeu, é um neologismo que uso de Freud para responder a Biazotto.
    Aliás, começo com uma correção e outra revelação.
    A correção é sobre a afirmação de Biazotto de que eu fiz parte do governo do ex-prefeito Renato Amary. Não fiz. Eu fui chefe de gabinete da deputada estadual Maria Lúcia Amary quando ela era casada com Renato. Eu fui coordenador executivo da campanha eleitoral que levou Lippi a ser eleito em 2004. Eu fiz parte da equipe de transição do governo Renato para Vitor. Eu fiz parte da equipe de confiança direta de Lippi desde o primeiro dia de seu mandato, em 2005, a ponto de participar das reuniões de secretariado mesmo não sendo secretário (o que aconteceu apenas em maio daquele ano).
    A revelação é a seguinte: como pessoa muito próxima de Lippi naquele momento (início do primeiro ano do primeiro mandato de Lippi), ao lado do também ex-secretário Marcelo Lomelino (um profissional brilhante que tinha muito a contribuir com o governo e principalmente com a sociedade), eu fui um assessor que insistiu muito para que Lippi chamasse para próximo de si Maurício Biazotto Corte. Naquele momento Biazotto era um funcionário do segundo escalão e chegou à Prefeitura a convite do ex-secretário das Finanças de Votorantim, José Vicente, que virou secretário da Administração de Lippi por sugestão de Luiz Leite, homem forte do governo de Renato Amary. Por muitos meses eu tive uma relação profissional com Biazotto. Por algumas vezes fomos almoçar juntos. Por muitas vezes trocamos ideias por telefone. Essa relação minha e dele acabou por decisão de Biazotto. Eu era editor-chefe do jornal Bom Dia (deixei a Prefeitura por minha iniciativa para assumir esse cargo onde fiquei de setembro de 2005 a outubro de 2012) e conversava muito com ele. Aliás, como conversava e converso ainda hoje com os mais diferentes políticos e agentes públicos das mais diversas tendências ideológicas. Quando ocorreu a Operação Pandora fiz o que manda o dever de ofício, ou seja, noticiei. Dei de manchete do jornal o caso e os seus desdobramentos. Desse dia em diante Biazotto nunca mais me atendeu. Nunca ouvi dele uma resposta para fim o dessa nossa relação de fonte-jornalista. Ainda no Bom Dia quis entrevista-lo. Ao longo do ano passado, já na rádio Ipanema, tentei por três vezes uma entrevista com ele, sendo que em uma delas por meio da esposa de Biazotto. Neste ano, através de uma jornalista que é amiga de Biazotto e minha conhecida, fiz novamente novo convite e, de novo, ele se recusou a falar.
    Diante dessa correção e revelação, na qual entendo que localizei quem são os personagens envolvidos nesta história, entro no mérito e respondo as afirmações de Biazotto:
    O que quero com o O D Da Questão é provocar quem tem poder. É revelar o que está escondido. É saber mais o que acontece nos bastidores do poder e compartilhar esse conhecimento com a sociedade. Ter Biazotto como leitor e defensor de Lippi revela a mim e a sociedade muito mais do que tudo o que possa escrever ou provocar. Lippi é dono do silêncio (o que cala), mas escravo de quem fala (Biazzotto). Se parasse por aqui e essa fosse a última postagem deste blog já teria alcançado o objetivo de quando tive a ideia de cria-lo. Minha missão, a de contar o que está escondido, teria se cumprido. Quando Biazotto pergunta a serviço de quem eu estou, isso revela que ele é alguém que está a serviço de alguém. Eu estou a serviço da sociedade. Quando provoco Lippi sobre fatos e com a nomenclatura herança maldita faço isso deliberadamente, sabendo que minha afirmação ajuda a sociedade a refletir sobre o que eu digo (muitos poderão concordar e outros muitos discordar) e faz com que quem está no poder (Pannunzio) se cale ou se pronuncie ou quem anteceu a quem está no poder (Lippi) se exponha. E ao fazer isso, entendo, levo o cidadão a construir hoje a cidade que ele quer para o futuro. Desejo ajudar o eleitor a tomar sua decisão. Nunca quis e abomino quem quer tomar decisão pelo eleitor. Há anos digo que esta frase, atribuída a Voltaire (posso não concordar com uma palavra que diga, mas defenderei até o fim o direito de dizê-la), é meu lema de vida. E novamente a reafirmo aqui. No que depender de mim, todos que queiram dizer algo sempre terão espaço para dize-la. Sou do diálogo (dia=dois) + logo (razão). Sou lógico.
    Para terminar, como não poderia deixar de ser, duas novas provocações: o leitor observou no final do texto de Biazotto que ele afirma que Pannunzio poderia fazer tudo o que faz sem alarde (assim como Lippi fez em relação a Renato Amary). E observou também que Biazotto afirma que Lippi fez Pannunzio prefeito. Fez? É... Freud tem razão: “O homem é dono do que cala e escravo do que fala...” 

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 4: Vitor Lippi afirma que Biazotto saiu em sua defesa por iniciativa própria, que só fala com ele em datas natalícias e que não faz encontros políticos com seu ex-secretário

    Enviado em: 17/02/2014 19:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    A rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) deu início na manhã de hoje a uma série de entrevistas com os ex-prefeitos de Sorocaba e o primeiro a ocupar a bancada foi Vitor Lippi. Tive a oportunidade de ser um dos entrevistadores e a chance de perguntar qual a relação de Lippi com Biazotto. O ex-prefeito disse que é de amizade e que o encontra apenas em datas natalícias. Enalteceu as qualidades profissionais de Biazotto que segundo Lippi está trabalhando em uma multinacional européia com filial em São Paulo e passa a maior parte do tempo fora de Sorocaba. Lippi também informou que não mantém nenhum tipo de relação profissional ou política com Biazotto e que foi uma iniciativa pessoal dele se manifestar em meu blog. Lippi disse que não tem nada há ver com o que Biazotto escreveu, nem com sua manifestação e não sabia o que ele havia escrito.

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 3: Biazotto, ex-secretário de Vitor Lippi, se irrita com minha postagem e parte para o ataque para defender o ex-prefeito

    Enviado em: 17/02/2014 19:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em resposta a postagem “Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 2” (o leitor pode ler abaixo o que eu disse), Mauricio Biazotto Corte resolveu se manifestar. Ele parte para o ataque contra mim com o intuito de defender Lippi.
    Para quem não lembra quem é Biazotto, eu faço aqui uma pequena retrospectiva de sua figura pública: Biazotto terminou o primeiro mandato do ex-prefeito Vitor Lippi em posição de destaque no governo e era tido como o braço direito de Lippi no início do segundo mandato. Ele foi todo poderoso até se envolver no caso que ficou conhecido como Operação Pandora, que investigou um esquema de corrupção para a concessão de alvarás de postos de combustíveis em Sorocaba. Biazotto era um dos acusados e foi absolvido. De acordo com o juiz Jayme Walmer de Freitas essa absolvição foi uma decisão técnica pois a Justiça que teve que desconsiderar as provas obtidas por escutas telefônicas, que foram anuladas pelo Superior Tribunal de Justiça. Com isso, tudo que foi investigado pelo Ministério Público na Operação Pandora foi desprezado na sentença que absolveu oss réus dessa operação policial.
    Leia a íntegra do que diz Biazotto:
    “Novamente, me preocupa quando um jornalista tem bandeira, mesmo estando na condição de se colocar como neutro por sua condição, é importante dizer que durante os 16 primeiros meses do governo Lippi ocorreram importantes amarras que estavam vinculados ao compromisso de fidelidade que existia entre o sucessor e o anterior, ao final deste período e livre de compromissos, empreendeu-se um mandato jamais visto em Sorocaba (avaliação da população), no qual Sorocaba foi elevada à condição de referência em vários segmentos:
    1. Pela primeira vez se chegou a índices de mortalidade infantil inferiores a dois dígitos.
    2. Implementou-se mais de 40 centros de inclusão digital – Sabe Tudo.
    3. Promoveu-se o maior número de vagas em creches (insuficientes para atender a toda a demanda) mas foi o maior número da história de Sorocaba.
    4. Construiu-se escolas municipais dotadas de teatro e promoveu-se a abertura das mesmas a comunidade.
    5. Criou-se o programa prefeito no bairro aproximando a população do processo de decisão da cidade e orientando as intervenções da prefeitura para as reais necessidades do cidadão.
    6. Implementou-se o programa plenárias de Participação cidadã, nas quais o cidadão tinha a oportunidade de propor ações no orçamento, sendo que a média de sugestões acatadas e implementadas foram superiores a 75%.
    7. Foram implementadas as Oficinas do Saber espaço dedicado a ampliar as atividades escolares de forma dirigida, proporcionando acesso à cultura e lazer aos jovens em idade escolar de nossa cidade.
    8. Implementou-se o maior programa de ciclovias do país.
    9. Disponibilizou-se bicicletas públicas para o cidadão sem custo para o mesmo e integradas ao sistema de transporte público.
    10. Qualificou a cidade de Sorocaba como referência na área de meio ambiente.
    11. Mais que duplicou orçamento do município saindo de aproximadamente R$ 530 milhões para R$ 1.2 bilhão e quase 2 bilhões ao final do segundo mandato.
    12. Implementou-se o maior programa de mobilidade urbana do estado de São Paulo, através do Programa Sorocaba Total.
    13. Foram implementadas 5 casas do cidadão integradas aos terminais de transferência promovendo a descentralização dos serviços da prefeitura levando a prefeitura mais próxima do cidadão, incluindo vários serviços do Estado.
    14. Foram criados 5 terminais de transferência o que possibilitou uma maior integração e facilidade de acesso e mobilidade urbana.
    15. Proporcionou-se o acesso a moradia digna para milhares de pessoas, suprindo grande parte do déficit habitacional dos vários anos anteriores nos quais nada ou quase nada foi feito.
    16. Se olharmos criticamente somente se conseguiu o dinheiro para a despoluição do Rio Sorocaba (na forma de empréstimo final de 2004) mas toda a implementação do processo de despoluição se deu no governo Lippi.
    17. Entre vários outros programas que tornaram Sorocaba uma cidade moderna pautada por duas grandes agendas de desenvolvimento Cidades Saudáveis e Educadora.
    Está constante de “herança maldita” poderia ter sido feita pelo jornalista quando integrava o governo anterior e tinha conhecimento de todos os problemas herdados da gestão do prefeito anterior ao Lippi, e que foram sendo superados sem alarde durante todo o primeiro ano e que foi totalmente superado no início do segundo ano. Portanto, pergunto novamente que interesses estão por trás desta ânsia em descontruir um governo que terminou o mandato com um índice de aprovação superior a 80% de ótimo e bom, que conseguiu eleger seu sucessor e que até hoje, se avaliado será visto como um dos melhores e prósperos anos da história de Sorocaba. Pode-se dizer que algumas coisas ficaram por fazer, mas em que cidade perfeita vive o jornalista, no qual todas as coisas foram feitas por um único governo?
    Mauricio Biazotto Corte”
     

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba esteve duas vezes nesta semana em São Paulo e certamente não foi para ouvir do governador que Arnaldo Antunes e Crioulo vão ser os destaques da Virada Cultural em Sorocaba

    Enviado em: 14/02/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não foi apenas na terça-feira que o prefeito Pannunzio esteve em São Paulo quando teve audiência com o secretário da Habitação, Sílvio Torres, que está de saída da pasta para concorrer a deputado federal. Na tarde de quinta-feira o prefeito  de Sorocaba foi convidado a estar no Palácio dos Bandeirantes na cerimônia de apresentação da programação da Virada Cultural Paulista que acontece em Sorocaba nos dias 24 e 25 de maio. A princípio apenas Jaqueline Gomes, secretária da Cultura de Sorocaba, estaria no evento. Mas Alckmin fez um convite especial a Pannunzio e ele foi. Conversaram em particular por quase meia hora. Certamente Alckmin queria dizer alguma coisa além do que dizer que Arnaldo Antunes e Crioulo vão ser os destaques da Virada em Sorocaba. Mas não descobri o que.

    Leia mais
  • Levará um ano e meio para adaptar linha da ALL para o transporte de passageiro no perímetro urbano de Sorocaba

    Enviado em: 14/02/2014 17:42h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio não escondeu de ninguém quando, há um ano, foi procurado pela direção da empresa de trem ALL revelando que havia o interesse da empresa de retirar o tráfego de trens da área que corta Sorocaba. Mas até agora nada indica que haverá agilidade neste sentido. Quarta-feira passada, fora do ar, ainda na rádio Ipanema onde foi dar entrevista na coluna O D Da Questão, o prefeito me disse que a ALL tirando seus trens da área central ele vai precisar de um ano e meio para adaptar os trilhos para o transporte de passageiros. O problema é que é uma decisão federal a retirada dos trens da ALL. O que pode acelerar essa retirada é a  iminente fusão entre ALL com a empresa Rumo, que formaria uma gigante no setor de ferrovias e logística. Na foto, trem e ônibus trafegam pela rua Souza Pereira, altura da ponte da rua 15, no centro de Sorocaba.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba abre mão de assumir clubes endividados; empresário não esconde alegria com a decisão

    Enviado em: 13/02/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política


    Quatro projetos foram aprovados em definitivo nas sessões extraordinárias realizadas na tarde desta quinta-feira (13/2/14), após a 4ª sessão ordinária, na Câmara de Sorocaba. Entre eles o projeto de Lei n. 35/2014 que dispõe sobre a recuperação de créditos inscritos em Dívida Ativa de clubes e instituições esportivas mediante instrumentos de incentivo ao Esporte, Cultura e Educação. A proposta é que os devedores com mais de R$ 50 mil em débitos com a Fazenda do Município de Sorocaba possam saldar suas dívidas através da cessão de suas dependências físicas para utilização do Município ou execução de projeto sociocultural. Quem não escondeu sua alegria com este projeto foi o empresário José Carlos Morais que locou por 20 anos o Estádio Rui Costa Rodrigues (Clube do Estrada) pelo projeto Craque do Amanhã/JC Morais. No começo de 2012, o empresário JC Moraes firmou a parceria com o Estrada, efetuando melhorias no velho e querido estádio da rua Aparecida, 176, Santa Rosália, como a pintura de arquibancadas e do alambrado. 

    Leia mais
  • Filme de alunos sorocabanos é escolhido melhor curta do Brasil sobre Lei Maria da Penha

    Enviado em: 13/02/2014 18:05h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não foi pela participação popular, mas foi pelo julgamento oficial, técnico, que o filme "Anistia", produzido e estrelado por professores e alunos da Escola Municipal "Leonor Pinto Thomaz", foi escolhido o melhor trabalho do 2°Concurso de Curta Documentário Sobre a Lei Maria da Penha, promovido pela Procuradoria da Mulher da Câmara de Deputados e do Senado. Depois de concorrer com outros 34 vídeos criados por estudantes de todo país, a obra sorocabana tornou-se o representante da região Sudeste do Brasil. A premiação acontece no próximo mês, em Brasília-DF e, além de ter custeadas as despesas com a viagem de dois representantes à capital brasileira, a escola ganhará dois tablets.
     
    No filme, de quase cinco minutos, mulheres que marcaram a história da humanidade desde sempre – Eva, Maria Madalena, Joana D'Arc, Olga Benário, Pagu e Angela Diniz, entre outras – retratam a opressão e a violência com que foram tratadas. Ao mesmo tempo em que discute o assunto em épocas distintas, a história mostra adolescentes, jovens e mulheres em situações muito atuais, numa representação da dura e triste realidade que bate à porta das pessoas com uma frequência quase que assustadora.
     
    A produção do curta envolveu muitas discussões entre os estudantes e muita pesquisa de época, para entendimento, inclusive, do funcionamento das respectivas sociedades.
     
    Segundo a professora de História, Milene Martinez, essas discussões acerca de questões cotidianas no ambiente escolar são uma prática constante e o resultado disso é a formação de jovens muito mais conscientes de suas responsabilidades e de seus direitos. E isso ficou patente no roteiro e narrativa do vídeo, onde a crítica ganhou uma enorme força com o uso de acessórios e falas bem marcadas.
    Participaram do curta os estudantes Renata Marques, Gabriela Campos, Beatriz Cassar, Arthur Cassar, Grazi Mariano, Matheus Beluzzi, Matheus Barbosa, Carol Souza, Raffaela Cutschera, Jéssica Vendramini orientados professoras Milene Martinez e Eliane Shimomura, de História, e Renata do Monte Vecina, de Língua Portuguesa. No filme ainda faz uma participação especial a professora de Língua Portuguesa da "Leonor Pinto Thomaz", Carmem Castilho. "Estamos muito felizes. Nosso trabalho foi reconhecido", comentou Milene.
    Para assistir ao filme, clique: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ujFL2R7wxhI

    Leia mais
  • Deputados Iara e Hamilton recebem títulos de Cidadão Emérito Sorocabano

    Enviado em: 13/02/2014 18:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os deputados Iara Bernardi (federal) e Hamilton Pereira (estadual), ambos do PT, receberam na última segunda-feira, dia 10/2, os títulos de “Cidadão Emérito Sorocabano”, durante solenidade na Câmara Municipal de Sorocaba. Proposta pelo vereador Carlos Leite (PT), a homenagem contou com a presença de cerca de 300 pessoas. Em seu discurso, o vereador destacou a importância do trabalho realizado pelos parlamentares em prol de Sorocaba. Os parlamentares receberam placas de homenagem pelo título. 

    Leia mais
  • Rodoviária não atrapalha o trânsito, cumpre o seu papel e só vejo sentido em muda-la de lugar quando tiver o trem rádido de passageiros de Sorocaba a São Paulo, diz prefeito

    Enviado em: 12/02/2014 17:55h - Por: Deda | Categoria: Política


    O assunto nova rodoviária de Sorocaba ronda as campanhas eleitorais há pelo menos dua décadas. Em 2012 não foi diferente e todos os candidatos assumiram o compromisso de tratar do assunto. Na entrevista que concedeu na coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (12//2/14), o prefeito Pannunzio praticamente descartou mexer neste tema neste seu mandato: “Rodoviária não atrapalha o trânsito, cumpre o seu papel e só vejo sentido em muda-la de lugar quando tiver o trem rádido de passageiros de Sorocaba a São Paulo”, diz prefeito. O trem é uma PPP (Parceria Público Privada) que ainda não caminhou, mas no planejamento de técnicos do governo do Estado deve sair entre 2016 e 2018. No Plano de Mobilidade Urbana da Urbes (empresa municipal de trânsito e transporte) a nova rodoviária está prevista para 2020. Há lógica em toda a argumentação do prefeito quando decide adiar a instalação da nova rodoviária pelo impacto no trânsito. Minha visão para defender que uma nova rodoviária é prioridade diz respeito ao respeito com o usuário. A atual rodoviária (cujo o contrato com um grupo particular não é de todo claro e de muita difícil compreensão) não oferece conforto para quem chega ou embarca (banheiro digno, por exemplo) e nem local adequado para embarque (um estacionamento para veículos) e nem ônibus (transporte coletivo) que chegue de diferentes partes da cidade permitindo que quem for viajar saia de casa com as malas. Não é só o trânsito que deveria ser levado em conta para essa tomada de decisão. Mas não tive a chance de externar esse meu ponto de vista na rádio hoje diante da enorme demanda de perguntas dos ouvintes e da bancada de jornalistas.

    Leia mais
  • Empresa que fazia a Arena Sorocaba que desabou ganhou licitação com projeto básico e só depois fez o projeto executivo; retomada das obras pode ficar para 2015

    Enviado em: 12/02/2014 17:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    Na entrevista que concedida na coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (12//2/14), o prefeito Pannunzio fez duas revelações que ainda não haviam sido tratada sobre o assunto queda do teto da Arena Multiúso, ocorrida no domingo passado. Primeiro que a empresa responsável pela obra ganhou a licitação apenas com o projeto básico e só após ter vencido que fez o projeto executivo. Por fim, que ele só vai permitir a retomada da obra após um laudo detalhado do IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológicas) o que na avaliação dele pode ocorrer somente no final do ano provocando o adiamento das obras na Arena só em 2015.
    Para que ajude o leitor em suas compreensão, seguem três conceitos:
    Projeto básico, segundo a lei brasileira 8.666 de 21 de junho de 1993, é o conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para caracterizar a obra ou serviço, ou complexo de obras ou serviços objeto da licitação, elaborado com base nas indicações dos estudos técnicos preliminares, que assegurem a viabilidade técnica e o adequado tratamento do impacto ambiental do empreendimento, e que possibilite a avaliação do custo da obra e a definição dos métodos e do prazo de execução.
    Projeto Executivo, segundo a lei 8.666 de 21 de junho de 1993 do Brasil, é o conjunto dos elementos necessários e suficientes à execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
    IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológicas) é um instituto vinculado à Secretaria de  Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo e há mais de cem anos vem colaborando para o processo de desenvolvimento do País. Um dos maiores institutos de pesquisas do Brasil, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados, atuando basicamente em quatro grandes áreas -  inovação, pesquisa e desenvolvimento, serviços tecnológicos, desenvolvimento e apoio metrológico, informação e educação em tecnologia.

    Leia mais
  • Depois de dar pim em 2013, agora Sorocaba tem sido tratada com muito respeito e atenção, segundo secretária, e deverá ter Virada Cultural neste ano

    Enviado em: 12/02/2014 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sorocaba estará representada, na tarde desta quinta-feira (13/2/14), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, no lançamento da 10ª edição da Virada Cultural Paulista 2014. A secretária da Cultura de Sorocaba, Jaqueline Gomes, participará da apresentação do festival. Segundo a titular da Secult, “a conversa com os organizadores da festa ocorre há algum tempo e Sorocaba tem sido tratada com muito respeito e atenção”. Para quem acha essa frase solta, dou o contexto dela. Em 2013, quando José Simões era o titular da Cultura (hoje está na Educação), o governo ofereceu apenas atrações de segunda linha e a Prefeitura recusou a realização do Virada Cultural. Mas neste 2014, segundo Jaqueline Gomes, Sorocaba vai ter nomes de referência no cenário musical se apresentando neste ano. A Virada Cultural 2014 está programada para acontecer no mês de maio. Vamos ver o que vem por ai.
     

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 2

    Enviado em: 11/02/2014 18:04h - Por: Deda | Categoria: Política


    Lógico que quase 30 anos depois de um cotidiano como jornalista eu sei, muito bem, que determinadas posicões são polêmicas. Quando decidi escrever o texto de ontem, onde defendo que a tentativa de se jogar a pecha de azarado sobre o prefeito Pannunzio é injusta, já imaginava que poderia acontecer uma avalanche de críticas sobre minha posição. E aconteceu.  Obviamente que sei que é mais fácil não ser claro em questões públicas. Mas eu sou do tipo que prefere ficar vermelho um minuto do que amarelo a vida inteira como um dia me disse seo Zé Hatem que tanta saudades deixou.
    O ex-prefeito Vitor Lippi já me disse o quanto ele fica louco da vida com a expressão herança maldita. Já dei espaço a ele na TVR (Canal 23 da Net) em O D Da Questão para falar disso. Já teve espaço (e a convite do Kiko novamente vai ter) na rádio Ipanema. Tem todo o espaço que  desejar neste blog. Não sou dono da verdade. Nunca fui e estou longe de querer ser. Acho que a polêmica é boa e que todos devem ter voz para se expressar. Sigo a risca o que disse aquela personagem de Voltaire: “posso não concordar com uma palavra que dissestes, mas defenderei até o fim o direito de dizê-la”.
    A verdade é que acredito em tudo o que escrevi: Pannunzio em um ano de governo mudou o paradigma da relação Prefeitura e Câmara (colocou fim as emendas do orçamento, por exemplo); interviu na Policlínica (derrubando um decreto de Lippi que permitia a relação que prevalecia no local); interviu na Santa Casa; interviu no lixo; apontou o dedo para a falta de investimento em infra-estrutura para o abastecimento de água em Sorocaba. Não é pouco. Mesmo assim há quem não concorde com isso. O que é legítimo.
    Para quem reclama do lixo na rua, digo apenas que concordo e igualmente eu também reclamo. Acho que a retirada dos conteineres sem que houvesse uma alternativa igual ou melhor foi um erro. Acho um horror estético os montes de lixo amontoados nas esquinas. E, pior, o mau cheiro com o calor está insuportável especialmente perto de frutarias, quitandas e açougues. Mas isso não tira o mérito que reconheço no prefeito de ter tirado o problema debaixo do tapete e externado à sociedade. Havia um erro na licitação, na falta de aterro, na fiscalização, no gasto com este serviço e ele nos mostrou.
    Sobre a questão da água já disse e repito. Discordo quando o prefeito fala que esse é um problema estrutural de vinte anos. Não é. O prefeito Renato Amary fez o Plano Diretor de 2004, fez investimentos para levar água até as torneiras, fez todo a gestão para a despoluição do rio Sorocaba. Vitor Lippi, igualmente, fez em seu primeiro mandato investimentos estruturais na questão do abastecimento. O que é consequência hoje na falta de água são investimentos previstos mas não feitos no segundo mandato de Lippi. Já disse e repito, não concordo com Pannunzio quando ele quer colocar Amary e Lippi do 2º mandato no mesmo saco. Mas entendo que ele faça isso dentro de um jogo político, mesmo discordando dele. Agora, principalmente, concordo quando o prefeito foge do senso comum que seria justificar a falta de água pelo forte calor e a alta do consumo. Claro que esta questão sazonal atrapalha, mas é evidente também que a falta de investimento de 2008 para cá é o que prejudica o abastecimento. E Pannunzio pôs o dedo nesta ferida e é isso que a sociedade espera dos políticos.
    Por fim, quando concordo que Sorocaba tem a sorte de ter Pannunzio como prefeito isso não quer dizer que acho que seria azar se tivesse Iara Bernardi (PT), Raul Marcelo (PSOL) ou Renato Amary (PMDB) os seus concorrentes de 2012. Na verdade, o óbvio seria que esses três (que são de outros partidos e opositores de Lippi) escancarassem os problemas que herdassem se tivessem assumido o governo. O inusitado é que um político do mesmo partido, como Pannunzio é de Lippi, esteja, mesmo que com elegância e uma discrição exagerada da qual eu não concordo, expondo tudo o que não estava claro. Isso é sorte ou não? Claro que é. Para sorte da cidade, torço para que Pannunzio siga agindo da mesma maneira.

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos

    Enviado em: 10/02/2014 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente do Instituto Defenda Sorocaba (IDS), Sérgio Reze, durante seu discurso na assinatura do convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e o IDS para a realização de ações de cidadania, por meio das artes, dos esportes e da cultura através do projeto "Vai Lá", na sexta-feira passada, disse que Sorocaba é uma cidade de sorte por ter como prefeito um homem como Antônio Carlos Pannunzio que pautou toda a sua vida pública pela retidão, pela correção e por ser uma pessoa de ótimo caráter, zelosa com o dinheiro público, com o cumprimento das leis e por pensar a cidade que os sorocabanos desejam, baseada na qualidade de vida. 
    Difícil achar quem discorde disso. Pannunzio em um ano de governo mudou o paradigma da relação Prefeitura e Câmara; interviu na Policlínica (derrubando um decreto que permitia a relação que prevalecia no local); interviu na Santa Casa; interviu no lixo; apontou o dedo para a falta de investimento em infra-estrutura para o abastecimento de água em Sorocaba. Não é pouco. Mesmo assim há quem não concorde com isso. O que é legítimo.
    Mas por ter a coragem de colocar o dedo nos problemas, justamente os problemas vieram à tona. Se tivesse feito de conta que eles não existiam, aos olhos da sociedade certamente eles não existiriam mesmo. Mas nem todos enxergam assim e alguns passaram a criar a pecha de que Pannunzio é azarado.
    Na manhã desta segunda-feira, numa reunião no Salão de Vidro, no térreo do Paço Municipal, ouvi de um importante servidor da Prefeitura que “o prefeito deveria entrar num tonel de sal grosso para tirar essa urucubaca”. Era uma referência ao mais novo problema de Sorocaba, o desabamento do teto e estrutura de concreto da Arena Multiuso que está em construção no km 106 da rodovia Raposo Tavares.
    De outro ouvi que se fosse prefeito Vitor Lippi, o vento de domingo (que supostamente abalou as estruturas da Arena) teria, como um passe de mágica, coberto toda a Arena, deixando-a prontinha.
    São piadas, contadas inocentemente nos corredores palacianos, que só contribuem para uma pecha injusta, ao meu ver, contra um prefeito que resolveu enfrentar de frente os problemas da cidade.
    Até acho Lippi sortudo (leia na coluna Radar da revista Veja que José Serra se decidiu mesmo por ser candidato a deputado federal). Mas nem de longe acho justo chamar Pannunzio de azarado. Tirar os problemas debaixo do tapete, nem de longe, pode significar azar. Como disse Sergio Reze, sorte dos sorocabanos em ter Pannunzio como prefeito.

    Leia mais
  • Corte de orçamento da Prefeitura de Sorocaba desanima sindicato dos servidores

    Enviado em: 07/02/2014 14:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Sérgio Ponciano de Oliveira, espera em nova reunião com o prefeito Pannunzio ser surpreendido com o anúncio de um aumento real para a categoria. Até agora o prefeito garantiu reposição da inflação de 5,91%, medida pelo IPCA, ante um pedido de reajuste de 9% feito pela entidade. Mas diretores da entidade não escondem que estão desanimados com essa que seria a boa surpresa e praticamente jogaram a toalha ao lerem no Cruzeiro do Sul a seguinte notícia: “O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) começa o segundo ano de seu mandato não podendo contar R$ 219,7 milhões do orçamento de 2014. Em um edital publicado na última edição do Jornal do Município, o próprio prefeito determinou um corte de 10% nas contas previstas para este ano, a fim de equilibrar as finanças do município. O orçamento previsto para 2014 era de R$ 2,197 bilhões.”

    Leia mais
  • Para evitar problema de Araraquara, prefeito muda lei em Sorocaba

    Enviado em: 06/02/2014 18:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    Pannunzio encaminhou para votação na Câmara um Projeto de Lei que dispõe sobre a “instalação, operação, tratamento de imagens, dados e informações produzidas a partir do serviço de vídeo monitoramento instalado no Centro de Controle Operacional ou Centro de Operações e Inteligência, e dá outras providências”. O projeto em voga visa assegurar o respeito à inviolabilidade da intimidade, da vida privada, da honra e da imagem das pessoas, além dos direitos, liberdades e garantias fundamentais previstos pelo artigo 5º da Constituição Federal Brasileira. Em Araraquara, também no interior paulista, as câmeras do videomonitoramento da Guarda Civil Municipal da cidade foram usadas para espiar focalizando as partes íntimas de mulheres e casais nas ruas da cidade. O objetivo do videomonitoramento é o de monitorar situações suspeitas. 

    Leia mais
  • Câmara aprova residência médica em Sorocaba

    Enviado em: 06/02/2014 18:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Sistema Municipal Saúde Escola, instituído pela Lei 10.579, de 26 de setembro de 2013, será alterado por meio do Projeto de Lei 27/2014, de autoria do Executivo, aprovado em sessões extraordinárias, realizadas nesta quinta-feira (6/2/14). O programa prevê residência médica e para outros profissionais de saúde nos serviços de saúde municipais em parceria com instituições de ensino e mediante concessão de bolsa auxílio e engloba os profissionais formados, servidores públicos ou recém-formados. A medida pretende atrair recém formados para a especialidade de pediatria, uma carência do Brasil na área pública. Como vai receber para fazer a residência, o recém-formado assume o compromisso de permanecer no sistema público mesmo após formado por mais dois anos. A bolsa será financiada pelo Programa Nacional de Bolsas para Residência Multiprofissional em Saúde e Área da Saúde dos Ministérios da Saúde e da Educação.

    Leia mais
  • Defenda Sorocaba e Prefeitura selam parceria do projeto Vai Lá

    Enviado em: 06/02/2014 18:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio vai conhecer no final da tarde desta sexta-feira (7/2/14) o projeto "Vai Lá", do Instituto Defenda Sorocaba, presidido por Sergio Reze. A partir das 17h, uma performance artística no gabinete do chefe do Executivo sorocabano dá início à parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio das Secretarias da Educação (Sedu), Meio Ambiente (Sema) , da Cultura (Secult) e de Esportes e Lazer (Semes) e o IDS, com o objetivo de promover a discussão reflexiva de questões que interferem no presente e, principalmente, no futuro da sociedade.

    Leia mais
  • Projeto que cria a Região Metropolitana de Sorocaba chega à Assembleia

    Enviado em: 04/02/2014 18:21h - Por: Deda | Categoria: Política


    O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) comemora a publicação no Diário Oficial de hoje (4/2/14) do Projeto de Lei Complementar n° 1, de 2014, que cria a Região Metropolitana de Sorocaba de autoria do Governo do Estado que encampou a proposta desde 2005 do próprio Hamilton. Por lei, a criação de uma Região Metropolitana é prerrogativa do Poder Executivo e não do legislativo. Por isso Hamilton retirou sua proposta em prol da iniciativa do governador Geraldo Alckmin. Hamilton é vice-presidente da Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais da Assembleia Legislativa do Estado e anunciou que vai se empenhar para que o pleito seja aprovado ainda no primeiro semestre de 2014.
    A Região Metropolitana de Sorocaba terá estimadamente 1.726.785 habitantes e será constituída pelo agrupamento dos municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.
    Hamilton explica que com a formalização da Região Metropolitana, criam-se ferramentas de planejamento regional como: o Conselho de Desenvolvimento, composto pelos prefeitos de cada município integrante; o Fundo de Desenvolvimento Regional, com a finalidade de dar suporte financeiro às ações conjuntas; o Conselho Consultivo, composto pela sociedade civil e poderes legislativos e executivos, que poderá elaborar propostas ao Conselho de Desenvolvimento; as Câmaras Temáticas, voltadas a programas, projetos e atividades específicas; e a criação de uma Entidade Autárquica de caráter territorial, mediante lei complementar, com o fim de integrar a organização, o planejamento e a execução das funções públicas.

    Leia mais
  • Luisa Mell compra briga com Prefeitura e quer audiência com prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 03/02/2014 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    Luisa Mell tem quase 750 mil seguidores em sua página do Facebook onde usa a rede social para abraçar causas relacionados aos animais. Seu slogan é “Vamos juntos ajudar os animais”. E a sua briga mais recente diz respeito a uma decisão do prefeito Pannunzio de proibir uma mulher de alimentar cães de rua. Ela diz o seguinte: “Se você, assim como eu, se sentir indignado(a) com essa proibição, que motiva as pessoas a ficarem insensíveis, liguem, escrevam para o Prefeito dizendo o que pensam de tal atitude. ( o tel e os e-mails da Prefeitura de Sorocaba está no corpo da mensagem). Sr. Prefeito, há uma mudança na sociedade. As pessoas não se calam mais diante de maus tratos e violência contra os animais. Neste caso, a violência é contra as pessoas também, pois a proibição contraria o desejo de todos, inclusive da mulher que sofre com tal proibição. Mas eu não consigo entender o porquê desta ordem!!!!Então foi essa a solução encontrada para diminuir a super-população de animais abandonados? Matá-los de fome? Há métodos menos radicais, como mutirões de Castração, não é? Vou agendar uma audiência com o Prefeito e apresentar soluções mais modernas e humanas para o diminuir o número de animais em Sorocaba. Assim que conseguir marcar, avisarei a todos. Olhem que absurdo!”

    Leia mais
  • Saúde de Sorocaba está na UTI

    Enviado em: 27/01/2014 19:25h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Tonão Silvano (SDD) usou a palavra antes do início da votação do projeto de lei que regulamenta a criação de cargos, salários e obrigações dos gestores que passam a administrar a Santa Casa de Sorocaba e disse com todas as letras que a saúde de Sorocaba está na UTI, umw figura de linguagem para dizer que o atendimento à população está à beira do caos. Tonão deu exemplos para justificar sua afirmação e disse que respeita o prefeito Pannunzio, mas discorda totalmente do comportamento do secretário da saúde, Armando Raggio. Detalhe, Raggio estava na mesa e apenas ouviu o que disse o vereador, afinal o regimento impede que ele se manifeste. Ossos do ofício. Particularmente fiquei curioso em saber o que Raggio diria a Tonão. Me parece que seria algo do tipo que desde que ele entrou não tem mais esquema de fura-fila. Enfim...

    Leia mais
  • A uma semana do prazo final, vinda da Argélia a Sorocaba ainda é mistério: vamos rezar para a santinha Julieta, diz secretário

    Enviado em: 23/01/2014 19:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    Todos os sites (especializados ou não em futebol) já deram com certa a escolha de Sorocaba como a cidade que vai abrigar a seleção da Argélia durante a Copa. Mas uma simples consulta a todos eles comprova que não existe a fonte desta informação. Pelo regulamento da Fifa, cada Seleção fez uma indicação de Centro de Treinamento até o final de 2013 e o anúncio final da base escolhida deve ser realizado até 30 de janeiro de 2014. E a uma semana desse prazo, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho de Sorocaba, economista Geraldo Almeida, “não está garantida a vinda da seleção da Argélia para Sorocaba”. Ele é cauteloso em dizer qual a chance dessa notícia ser sacrameentada, mas revela toda sua fé quanto ao seu desejo: “vamos rezar para a santinha Julieta, a padroeira não oficial de Sorocaba, para que a Argélia venha mesmo”.
    Como ensinaria o jornalista e professor Celso Ribeiro, o Marvadão, em sua referencial coluna do Cruzeiro do Sul, nas seções “Sorocoisas” ou “Você é velho de Sorocaba quando...”, a tal santinha a que se refere o secretário é uma das lendas urbanas da cidade: Julieta Chaves foi uma criança que tem o túmulo visitado por muitos sorocabanos especialmente no Dia de Finados. Julieta teria sido morta por seu professor e de acordo com relatos populares registrados por jornais dos anos 50, essa garota teria sido abusado e depois esquartejada pelo professor, porém o seu corpo foi encontrado inteiro após ter sido colocado dentro de um tambor por seu assassino. O jazigo de Julieta no Cemitério da Saudades vive com flores, doces e brinquedos e atrai os sorocabanos que buscam proteção numa criança que sofreu para morrer e por isso tem um espírito protetor forte. Bom... essa é minha conclusão para explicar a fé dos sorocabanos na santinha Julieta evocada pelo secretário.

    Leia mais
  • Nunca um apelido fez tanto sentido na Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 21/01/2014 19:05h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Marinho Marte (que desde 1982, eleição após eleição, vem sendo eleito para a Câmara de Sorocaba) é reconhecido por fazer uso de frases e apelidos para se fazer explicar na tribuna. E logo no começo da atual gestão, há um ano, ele passou a chamar o secretário de Governo, João Leandro da Costa Filho, de “João Leão”. Passados quase treze meses do governo Pannunzio, João Leandro ganhou poderes, encargos e trabalho como nenhum outro secretário. Além da pasta de Governo, ele é o chefe da Segurança Comunitária (manda na Guarda Civil Municipal), foi nomeado para o comando da nova gestão da Santa Casa e desde segunda-feira passada também comanda a secretaria dos Negócios Jurídicos. O titular, Anésio Lima (que aparece à esquerda na foto com João), entrou em férias. Há quase 15 anos, desde 1999, João Leandro é assessor de Pannunzio. Primeiro na região de Guapiara, onde nasceu filho de agricultor de tomate. Depois em Brasília e Sorocaba.

    Leia mais
  • Com exceção de tucano, outros pré-candidatos ignoram Sorocaba neste início da corrida eleitoral ao governo paulista

    Enviado em: 20/01/2014 18:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    O ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), tem usado o cargo para se aproximar do eleitor de São Paulo. Pré-candidato a governador, ele saiu de Brasília para participar de 53 atos oficiais entre o início de novembro e a última sexta-feira. Nada menos que 44 deles, ou 83% do total, ocorreram em solo paulista. Como cumpria agenda do ministério, Padilha contou com a estrutura do governo, foi acompanhado por assessores e viajou a bordo de aviões da Força Aérea Brasileira. A informação é da coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo. Ribeirão Preto, Marília, Guarulhos são algumas cidades do interior visitadas pelo ministro. A capital, nem se fala. Paulo Skaf (PMDB), que cumpre maratona de visitas em diferentes cidades, já cancelou duas vezes sua presença em evento no Sesi de Sorocaba e com exceção de estar presente em evento de Renato Amary na Câmara de Vereadores não aparece por aqui. Kassab (PSD) visitou duas vezes Itu, mas não deu o ar da graça por aqui. A exceção é Geraldo Alckmin (PSDB) que no exercício do governo acha um pretexto para vir para cá toda hora. Em 2014 ele ainda não apareceu por aqui, mas já já aparece, afinal foi pouco antes do Natal que ele veio.

    Leia mais
  • Pannunzio e Renato Amary se encontram no Fórum de Sorocaba e se cumprimentam cordialmente

    Enviado em: 17/01/2014 18:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    A primeira audiência da ação contra Antônio Melo, o ex-coordenador de marketing eleitoral da coligação Sorocaba do Bem, do então candidato Renato Amary na eleição municipal de 2012, movida pelo Ministério Público eleitoral, aconteceu na tarde desta sexta-feira (17/1/14) no Fórum de Sorocaba. O autor da ação é o promotor Jorge Alberto de Oliveira Marum que está em férias e não compareceu a audiência, sendo representado pelo promotor Orlando Bastos Filho. O atual prefeito e então candidato Pannunzio entra na ação como vítima. Renato Amary (então candidato) e José Carlos Fineis (profissional do jornal Cruzeiro do Sul) entraram como testemunhas de acusação. Pelo lado de Antônio Melo ele reuniu como testemunhas de defesa dois colegas de campanha (os publicitários Carlos Laino e Luís Pedrão) e dois profissionais autônomos da imprensa da cidade (Carlos Alberto Maria e este blogueiro). Apenas em razão disso, por ter sido convocado para eestar na audiência, pude testemunhar o encontro dos adversários da última eleição municipal em 2º turno. Renato Amary, desacompanhado de advogado ou assessores, chegou no recinto reservado para a audiência na 6ª Vara Civil quando já estavam no local Antônio Melo, as testemunhas de defesa e os advogados da defesa (Lázaro Paulo Escanhoela e Rodrigo Monteiro.). Pannunzio chegou acompanhado do secretário de Governo, João Leandro, e do secretário jurídico, Anésio Lima, e se encontrou com o seu advogado. Quando o prefeito entrou, todos os presentes se levantaram e se cumprimentaram. Pannunzio e Renato foram cordiais um com o outro, mas não engataram nenhuma conversa.
    Em agosto de 2013, o promotor Marum protocolou na Justiça Eleitoral a ação contra o ex-coordenador de marketing da coligação Sorocaba do Bem, Antonio Melo, acusando-o de ter adulterado uma página do jornal Cruzeiro do Sul com reportagem de 18 de agosto de 1991 sob o título "Prefeito quer construir hospital na zona norte", ano em que Pannunzio era prefeito de Sorocaba, para reproduzi-la no programa eleitoral exibido na tevê durante as eleições municipais de 2012.
    Haverá um memorial sobre a audiência de hoje e somente depois o juiz Emerson de Camargo, que conduziu toda a audiência, vai se pronunciar. Como testemunha, não tive acesso ao que cada uma das partes deste processo falou durante o pronunciamento na frente do juiz e do escrivão. Fui questionado pelo promotor Orlando Bastos e pelo advogado Rodrigo Monteiro em questões técnicas envolvendo a página do jornal e a sua função na propaganda eleitoral da campanha. A peça publicitária toda, que foi ao ar na campanha, teve a duração de 7 segundos.

    Leia mais
  • Vereador move ação civil pública e pede a intervenção imediata da direção da Santa Casa de Sorocaba. Justiça acaba de negar

    Enviado em: 15/01/2014 18:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador José Crespo entrou com medida liminar na justiça pedindo a intervenção provisória na Santa Casa de Sorocaba, o afastamento da atual diretoria e solicita que a Prefeitura assuma o controle da instituição. A Vara da Fazenda Pública recebeu este pedido na terça-feira (14/1/14) e há questão de uma hora acaba de negar todas essas solicitações. A Santa Casa enfrentou greve de funcionários e não presta contas à Câmara há seis meses apesar de ter recebido dinheiro público da Prefeitura de Sorocaba ao longo dos últimos anos. Somente em 2013 foram mais de R$ 60 milhões, na média de R$ 5 milhões por mês. Ainda não sei quais os argumentos usados pelo juiz da Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado para negar os pedidos do vereador.

    Leia mais
  • Assessor de vereador trava a coleta de lixo em Sorocaba, denuncia prefeito. Vereador nega

    Enviado em: 09/01/2014 17:20h - Por: Deda | Categoria: Política



    Fosse ainda editor e esse título acima seria a manchete do jornal sob o meu comando. Afinal é essa minha interpretação a respeito do que aconteceu na véspera de Natal com a coleta de lixo feita pelo consórcio emergencial contratado pela Prefeitura de Sorocaba. Estava em Brasília quando soube do problema. Falei em minha coluna na rádio Ipanema que havia um funcionário público concursado que havia sido demito por justa causa pelo prefeito Pannunzio e que estaria por trás de problemas enfrentados naquele momento pela empresa de coleta.
    Na quarta-feira, durante entrevista ao vivo na rádio Ipanema, toquei no assunto e o prefeito contou a história toda. Trata-se de Alcides Miranda Júnior. Pannunzio explicou que ele era funcionário da Gomes Lourenço simultaneamente enquanto era funcionário público municipal. Disse também que o tal funcionáro alegou doença, com atesado médico, para se afastar do serviço municipal (e recebendo da Fundação de Seguridade Social), mas trabalhava na iniciativa privada. O prefeito disse: se ele estava doente para trabalhar na prefeitura também deveria estar para trabalhar na iniciativa privada. Além disso, afirmou o prefeito, um funcionário público não pode trabalhar em empresa que presta serviço. Toda irregularidade do funcionário está documentada e para o bem do serviço público, palavras do prefeito, ele resolveu demiti-lo. O prefeito também falou que esse funcionário passou a prestar serviço para as empresas do consórcio que faz a coleta emergencial do lixo. Disse também, talvez não no ar, que esse funcionário estava sabotando o trabalho do consórcio e que por coincidência, desde que foi lá trabalhar, 14 caminhões do consórcio quebraram. Pannunzio disse ter a documentação de que esse funcionário atualmente está no gabinete do vereador Crespo. Perguntei, mas Pannunzio você e Crespo são amigos, você cobrou ele sobre esse caso? O prefeito disse que devido ao recesso não teve como falar com Crespo, mas que terá a chance de falar.
    Crespo, profundamente ofendido
    O vereador Crespo estava na audiência da entrevista e seu assessor pediu para ele falar. Ficou combinado que ele vai na minha coluna, O D da Questão, na próxima segunda-feira. Crespo sentiu-se profudamente ofendido pelo que disse o prefeito, segundo sua assessoria. E tem outra versão sobre o que disse o prefeito.
    Segundo sua assessoria, Alcides Miranda Júnior recebeu o título de Honra ao Mérito das mãos do prefeito Pannunzio quando ele foi prefeito, 25 anos atrás, em seus primeiro mandato. Naquela época ele era assessor de Crespo já. Depois disso, fez concurso público e passou a ser coveiro municipal, cargo que nunca ocupou porque foi chamado para atuar emprestado no Saae, a autarquia municipal que cuida da água e esgoto. Há cinco, quando a Gomes Lourenço passou a fazer a coleta do lixo em Sorocaba, Alcides Miranda Júnior passou a prestar serviço a ela após às 17h como pode ser provado, me disse o assessor. O assessor pediu afastamento do trabalho com atestado médico por necessidade e que não trabalhou em outro local sendo sua demissão injusta. Sem trabalho, explica o assessor, Alcides Miranda Júnior foi pedir socorro ao vereador que o contratou. E a pedido do secretário de Obras da Prefeitura de Sorocaba, Clébson, Miranda passou a dar uma consultoria, à noite, aos motoristas e coletores do consórcio de lixo. E que trabalhava nessa consultoria após seu expediente na Câmara sem causar nenhum tipo de conflito. Alcides Miranda Júnior é vítima do poder público que encontrou nele uma maneira de justificar problemas que afetam seriamente a vida do sorocabano, afirmou a assessoria de Crespo.

    Leia mais
  • Entenda como vai ficar o lixo em Sorocaba e onde o prefeito pretende que seja o local de aterro, seleção da coleta seletiva e usina de tratamento

    Enviado em: 08/01/2014 15:54h - Por: Deda | Categoria: Política



    Durante a primeira entrevista de 2014 na coluna O D da Questão – que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) toda segunda, quarta e sexta – o prefeito Pannunzio explicou hoje (8/1/14) vários pontos que levaram ele a mexer no sistema de coleta e deposição do lixo de Sorocaba. Falarei mais disso ao longo dos próximos dias. Mas sobre o futuro, de maneira didática, o prefeito explicou como vai ficar o lixo em Sorocaba: 1) a licitação vai escolher duas empresas (na última década foi apenas uma) para fazer a coleta do lixo e seu transporte até a deposição; 2) senão em sua totalidade, pelo menos na maior parte de Sorocaba haverá a chamada coleta seletiva, ou seja, a morador deverá jogar no seu lixo, em sacos diferenciados, o que é papel, metal, vidro e material orgânico. As cooperativas que hoje recolhem 15% do lixo seletivo de Sorocaba seguirão fazendo seu trabalho; 3) os conteineres continuarão a fazer parte da vida do sorocabano, senão com os pequenos conteineres como existiam até recentemente pelo menos com grandes deles, com capacidade de mil litros, que ficarão em todos os bairros; 4) por fim, Sorocaba voltará a ter um aterro sanitário que comportará a) local para a seleção do lixo seletivo; b) local para algum tipo de usina que vai tratar o lixo; e c) local para a deposição final do lixo tratado por essa usina. Pannunzio revelou que essa área ele pretende que seja a que existe entre a região di Ipatinga em Sorocaba e George Oeterer que pertence a Iperó numa área muito próxima da Fazenda Ipanema. Esse local, anteriormente, já foi indeferido para receber o aterro de Sorocaba. Mas Pannunzio entende que as autoridades ambientais poderão libera-lo.

    Em 2009, a Assessoria de Comunicação da Procuradoria da República em São Paulo, infomou que o Daia (Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental), da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, indeferiu o pedido de licenciamento para a construção do novo aterro sanitário de Sorocaba. A decisão é uma resposta à Recomendação feita pela Procuradoria da República em Sorocaba à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, solicitando que na análise do Relatório Ambiental Preliminar (RAP) da prefeitura fosse examinado também o parecer do Ibama e a informação do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), já que pela proximidade com aeroporto o aterro poderia oferecer risco ao trânsito de aeronaves. O projeto pretendia a construção do aterro no entorno da Floresta Nacional de Ipanema. Mas o Ibama considerou o lugar impróprio para o empreendimento, alertando que para a continuidade do licenciamento ambiental deve ser escolhido outro local e apresentado um Plano de Trabalho para a elaboração do EIA/RIMA. As manifestações do Ibama foram acolhidas pelo Daia. 

    Leia mais
  • Prefeito mantém cautela sobre vinda da Argélia para Sorocaba

    Enviado em: 08/01/2014 15:51h - Por: Deda | Categoria: Política



    As negociações para a vinda da seleção da Argélia a Sorocaba durante a Copa do Mundo já vinham de meses e na terça-feira dos os sites brasileiros especializados no tema deram a definição de que a última sede, a de Sorocaba, havia sido definida. Mas na manhã de hoje (8/1/14) o prefeito Pannunzio me disse que o Comitê Paulista da Copa 2014 ainda não havia oficializado a vinda da seleção africana. E que ele só se pronunciaria sobre essa decisão e suas consequências para a vida de Sorocaba após a oficialização. No sites da Fifa e do comitê paulista, até há instantes, não havia mesmo a oficialização.

    Leia mais
  • Serviço do Samu é rápido em Sorocaba

    Enviado em: 08/01/2014 15:48h - Por: Deda | Categoria: Política



    No começo da tarde de hoje (8/1/14) vi um acidente de bicicleta na avenida Antônio Carlos Cômitre. Um homem, sem capacete ou qualquer outro tipo de proteção, pedalava pela referida avenida sentido shopping, bem próximo da guia da calçada, quando sem motivo aparente foi ao chão. Ele não usava a ciclovia que existe no canteiro central da avenida. Ele caiu em razão do deslocamento de ar provocado por um carro (que não chegou a encostar nele) que passou próximo a ele quando houve o acidente ou por algo que levou-o a se desequilibrar. Com a queda ele bateu o rosto no chão e ficou muito ferido. A maçã da sua face esquerda ficou inchada e o sangue escorreu. Funcionários do serviço de vallet do edifício Dallas socorreram o homem, aveisaram os motoristas sobre o acidente e ajudaram-no a sair do meio da avenida e se dirigir até a calçada. Alguém chamou o Samu e a viatura chegou em menos de 5 minutos. Uma senhora que assistia toda a cena, como eu, fez o seguinte comentário: nossa, o serviço do Samu é rápido em Sorocaba. Se fosse em São Paulo ia levar mais de hora para vir o socorro. Os profissionais do Samu chegaram. Um primeiro socorrista fez o que em medicina se chama anamnese (do grego ana, trazer de novo e mnesis, memória), ou seja, uma entrevista com a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico do problema. A vítima estava áerea, foi colocada na maca, na ambulância e levada ao hospital. Meu desejo é que se recupere e se voltar a usar a bicicleta que nunca mais saia sem o capacete e que use a ciclovia.

    Leia mais
  • Argélia escolhe Sorocaba como sede durante a Copa

    Enviado em: 07/01/2014 13:36h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Argélia foi a última seleção a definir em qual cidade a sua delegação ficará hospedada durante a Copa de junho e julho e Sorocaba está escolhida. A equipe realizará os seus treinos no CT do Atlético de Sorocaba. Com isso, todas as 32 seleções já têm destino certo. Quase metade dos países escolheu ficar no estado de São Paulo, que abrigará 14 seleções pelo seu interior e litoral, mais os EUA, que ficará na capital paulista. A Fifa havia aprovado 83 locais para treinamentos. A maioria das seleção resolveu esperar o sorteio dos grupos da Copa, que aconteceu em dezembro de 2013, para saber onde iriam mandar os seus jogos.
    Confira os locais das 32 seleções:
     
    AMÉRICA DO SUL
    Brasil - Rio de Janeiro-RJ (Granja Comary - FOTO)
    Argentina - Belo Horizonte-MG
    Colômbia - Cotia-SP
    Chile - Belo Horizonte-MG
    Uruguai - Sete Lagoas-MG
    Equador - Viamão-RS
     
    AMÉRICA DO NORTE E CENTRAL
    Estados Unidos - São Paulo-SP
    México - CT do Santos (Santos-SP) - FOTO
    Honduras - Porto Feliz-SP
    Costa Rica - Santos-SP
     
    EUROPA
    Alemanha - CT próprio (Santa Cruz de Cabrália-BA) - FOTO
    Rússia - Itu-SP
    Holanda - Rio de Janeiro-RJ
    Espanha - Curitiba-PR
    Suíça- Porto Seguro-BA
    França - Ribeirão Preto-SP
    Portugal - Campinas - SP
    Croácia - Salvador-BA
    Itália - Mangaratiba-RJ
    Grécia - Aracaju-SE
    Bósnia - Guarujá-SP
    Bélgica - Mogi das Cruzes-SP
    Inglaterra - Rio de Janeiro-RJ
     
    ÁFRICA
    Camarões - Vitória-ES
    Nigéria - Campinas-SP
    Gana - Maceió-AL
    Costa do Marfim - Águas de Lindóia-SP
    Argélia - Sorocaba-SP
     
    ÁSIA
    Irã - CT do Corinthians (São Paulo-SP) - FOTO
    Coréia do Sul - Foz do Iguaçu-PR
    Japão - Itu-SP
    Austrália - Vitória-ES

    Leia mais
  • Agora petistas sorocabanos vão organizar vaquinha para condenados do mensalão

    Enviado em: 06/01/2014 19:35h - Por: Deda | Categoria: Política



    Diante da decisão da Vara de Execuções Penais de Brasília que determinou hoje (6/1/14) que o ex-deputado José Genoino, condenado a quatro anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, pague a multa que ele recebeu pela condenação por corrupção (cerca de R$ 468 mil) me lembro da resposta que o deputado estadual sorocabano, Hamilton Pereira (PT) me deu quando perguntei se o PT sorocabano fez vaquinha para ajudar os condenados do mensalão a pagar as multas do processo. Ele foi claro “não fez vaquinha nenhuma, mas poderemos fazer se houver necessidade. Os companheiros do PT ajudam uns aos outros quando aparece uma necessidade. Assim foi comigo quando fiquei doente (Hamilton teve um AVC) e assim será com um companheiro injustamente condenado nessa ação”. Chegou a hora, então, da vaquinha. Genoíno deve quase meio milhão.

    Leia mais
  • Sorocaba ainda está no páreo para ser sede de seleção da Copa 2014

    Enviado em: 03/01/2014 16:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dos 32 países que disputarão a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, 25 deles já escolheram suas cidades-sedes que servirão de base para suas seleções durante a competição. Restam sete seleções para definir a cidade onde vão ficar e o prazo vence no dia dia 31 de janeiro para oficializarem suas decisões. O Estado de São Paulo lidera a lista, com 11 equipes, seguido por Rio de Janeiro, com quatro — incluindo o Brasil, que ficará na Granja Comary, em Teresópolis — e Minas Gerais e Bahia, cada um com três. E Maceió (AL) com uma. Na região, Rússia e Japão ficarão em Itu e Honduras em Porto Feliz. Sorocaba poderá receber Argélia, Coréia do Sul, Bélgica ou Suíça.
    As cidades-sede definidas são:  Brasil – Teresópolis; Croácia - Mata de São João (BA); Alemanha - Santa Cruz Cabrália (BA); Suíça - Porto Seguro (BA); Argentina - Belo Horizonte (MG); Uruguai - Sete Lagoas (MG); Chile - Belo Horizonte (MG); Austrália - Vitória (ES); Equador - Vitória (ES); Itália - Mangaratiba (RJ); Inglaterra - Rio (RJ); Holanda - Rio (RJ); Portugal - Campinas (SP); Nigéria - Campinas (SP); França - Ribeirão Preto (SP); Honduras - Porto Feliz (SP); Irã - Guarulhos (SP); Japão - Itu (SP); Rússia - Itu (SP); México - Santos (SP); Costa Rica - Santos (SP); Bósnia - Guarujá (SP); Costa do Marfim - Águas de Lindoia (SP); Espanha - Curitiba (PR); Gana - Maceió (AL).

    Leia mais
  • Rio dá super incentivos fiscais e fábrica da Land Rover vai para lá. Sorocaba estava no páreo

    Enviado em: 19/12/2013 14:32h - Por: Deda | Categoria: Política



    O projeto de fábrica no Brasil da Jaguar Land Rover chegou à reta final com dois Estados na disputa - São Paulo e Rio de Janeiro -, mas Itatiaia , na região sul fluminense, levou a melhor e ficou com o empreendimento da montadora inglesa. Para se instalar no Rio de Janeiro, a Jaguar Land Rover terá um regime especial de cobrança do ICMS queprevê que em suas fases de implantação, pré-operação e operação da fábrica, a Jaguar Land Rover terá direito, dentro do programa Inovar Auto, a diferimento (espécie de financiamento do tributo durante um determinado período) do ICMS por um período de até 50 anos. De acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedeis), o regime será semelhante ao adotado nas operações da Nissan e da Peugeot-Citroën, também instaladas no Rio. A empresa terá crédito em ICMS equivalente ao investimento - no caso da Land Rover - de R$ 750 milhões.
    Na Prefeitura de Sorocaba ninguém fala sobre o assunto, afinal a disputa se afunilou entre os Estados do Rio e de São Paulo, depois de Santa Catarina e Espírito Santo terem sido eliminadas. Caso São Paulo tivesse vencido o páreo contra o Rio, no âmbito interno, Sorocaba disputava com Campinas. A verdade é que há a certeza de que os incentivos dados pelo Rio são inconstitucionais, risco que o governador não quis correr. O preço a ser pago pelo Rio para ter essa fábrica pode ser caro, mas só no futuro se saberá quanto e se a conta será paga pela montadora ou pelo consumidor.

    Leia mais
  • Sorocaba ainda segue no páreo para a Copa do Mundo

    Enviado em: 18/12/2013 14:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    As seleções do México, Costa Rica, Irã e França já confirmaram sua base no Estado de São Paulo durante a Copa do Mundo. A seleção da França ficará abrigada em Ribeirão Preto e Santos receberá as seleções do México e Costa Rica. Os jogadores e comissão técnica do Irã ficarão entre Guarulhos e São Paulo. As seleções africanas (Gana, Nigéria, Costa do Marfim e Argélia) conheceram opções em Atibaia, Barueri, Campinas, Guarujá e Sorocaba. 

    Leia mais
  • Confusão generalizada em Santos. Silêncio total em Sorocaba

    Enviado em: 17/12/2013 18:14h - Por: Deda | Categoria: Política



    Foi aprovado, em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores de Santos, na tarde de segunda-feira (16/12/13), o projeto de lei de autoria do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) que permite o gerenciamento de equipamentos públicos municipais por Oss (Organizações Sociais). Com 14 votos a favor, 5 votos contrários e uma abstenção, a apreciação da matéria foi alvo de protestos. Um homem chegou a se jogar das galerias no plenário da Câmara para externar o que chama de terceirização do que é serviço público. Os votos contrários à aprovação do Projeto de Lei foram dos vereadores do PT, PSB e PRP. A única abstenção foi do PTB. Vale lembrar que em Sorocaba, em junho passado, no maior silêncio e apoio de todas as cores partidárias das Câmara sorocabana foi aprovada a lei nº 10.471 que autoriza a Prefeitura Municipal de Sorocaba a celebrar convênio com o BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) visando a implantação, estruturação, operacionalização e gerenciamento da Unidade Pré Hospitalar da Zona Leste. O convênio está em vigor, o trabalho sendo prestado e todos que usam satisfeitos. Pelo menos não há protesto algum dizendo o contrário.

    Leia mais
  • Ping-pong rápido com Cláudio do Sorocaba 1

    Enviado em: 12/12/2013 17:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    Deda
    : Por que a maioria não votou em você?
    Cláudio: Eu não sei. Você tem que perguntar para eles (outros vereadores)
    Deda: Cláudio o que você ofereceu aos colegas para votarem em você?
    Cláudio: Eu não ofereci nada. Acho que eles me escolheram pelo lado da amizade. Estou aqui na Casa há nove anos (este é seu terceiro mandato). Todo mundo gosta de mim e eu gosto de todo mundo.
    Deda: Cláudio, você está feliz?
    Cláudio: Claro que estou. Enfrentei o mundo e o fundo para conseguir ser o presidente, mas consegui.
    Deda: Que mundo e fundo são esses?
    Cláudio: É só modo de falar. Tinha concorrente de peso.
    Deda: Cláudio porque o Marinho Marte mudou para o seu lado?
    Cláudio: Ele é meu amigo. É amigo de todos os vereadores e ele achou que eu serei o presidente a dar continuidade na independência que o Legislativo tem do prefeito, como foi na gestão que termina agora do Martinez.

    Leia mais
  • Cláudio do Sorocaba 1 é o presidente do Legislativo

    Enviado em: 12/12/2013 17:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador o Claudio do Sorocaba I (PR) foi eleito presidente da Câmara Municipal de Sorocaba hoje (12/12/13) na 80ª sessão ordinária, a última do ano. Também foram escolhidos os demais membros da Mesa Diretora da Casa para Exercício 2014. Cláudio do Sorocba I foi eleito com 16 votos. O vereador Anselmo Neto (PP) recebeu os dois votos da bancada do Partido Progressista, José Crespo (DEM) recebeu seu próprio voto, assim como Saulo do Afro Arts (PRP) que também votou nele mesmo. Além do novo presidente, foram eleitos os vereadores Carlos Leite (PT – 17 votos) como 1º Vice-Presidente; Muri de Brigadeiro (PRP – 17 votos), 2º Vice-Presidente; José Francisco Martinez (PSDB – 18 votos), 3º Vice-Presidente; Waldomiro de Freitas (PRP – 16 votos), 1º Secretário; Jessé Loures (PV – 19 votos), 2º Secretário, e Pastor Apolo (PSB – 20 votos), como 3º Secretário.

    Leia mais
  • Cartão postal de Sorocaba continua sem alvará de funcionamento

    Enviado em: 10/12/2013 18:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    Após a tragédia ocorrida em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, com um total de 235 mortos dentro de uma boate, inúmeros governantes anunciaram em janeiro deste ano que tomariam providências para que o mesmo não ocorra em suas cidades. “Para minha surpresa, que já fui prefeito 24 anos atrás, não passou por mim se o Paço Municipal de Sorocaba tinha alvará. Após a tragédia de Santa Maria, mandei verificar e, efetivamente, boa parte dos próprios municipais, incluindo o Paço, não tem o laudo do Corpo de Bombeiros, e isso precisa ser providenciado”, disse à época o prefeito Pannunzio. Na época desse pronunciamento, no último dia de janeiro deste ano, imaginava-se que no primeiro semestre o álvara estaria dado. O ano está perto do seu fim, e nada avançou. Para janeiro, Pannunzio espera um posicionamento do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Arquitetônico) para adequar o Paço Municipal às leis e, assim, conseguir que um dos cartões postais de Sorocaba tenha álvara de funcionamento.

    Leia mais
  • Eleição de Cláudio do Sorocaba 1 não é tão certa assim

    Enviado em: 09/12/2013 18:44h - Por: Deda | Categoria: Política



    Gervino Gonçalves (PR), mais conhecido como Cláudio do Sorocaba 1, se entusiasmou tanto com o apoio que recebeu da bancada do PT para a eleição de presidente da Câmara, marcada para a próxima quinta-feira (12/12/13), que ligou aos seus contatos na Prefeitura de Sorocaba para celebrar a boa nova. Pronto, foi o que bastou para que a bancada petista que tinha apostado nele por sua campanha de total independência do prefeito Pannunzio passasse a desconfiar dessa independência. A verdade é que caso Cláudio do Sorocaba 1 vença, na cúpula do prefeito Pannunzio, está vitória é entendida como sendo responsabilidade do atual presidente, vereador Martinez (PSDB).

    Leia mais
  • Depois de dois adiamentos, enfim Aécio é esperado neste sábado em Sorocaba

    Enviado em: 06/12/2013 17:00h - Por: Deda | Categoria: Política



    O senador Aécio Neves deu cano duas vezes na deputada estadual Maria Lúcia, presidente do diretório municipal do PSDB, mas até agora há pouco não havia novamente desmarcada a sua vinda a Sorocaba. Dessa maneira, neste sábado (7/12/13), às 9h30, ele é aguardado na sede central do Clube União Recreativo. É esperado que ele desça o bulevar Braguinha que, aos sábados, costuma estar lotado. Em sábado que precede o Natal, então, deve estar ainda mais cheio. Um prato cheio para político. Mas, há quem se lembre que em 2000, na mesma calçada do Recreativo, José Serra, então ministro, levou uma ovada de uma manifestante.

    Leia mais
  • A bancada do PT é a fiel da balança para eleger o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba e eles decidiram apoiar o candidato do PR, que é da base de apoio do prefeito, que é do PSDB. Justificativa petista é de que é uma candidatura independente e em nenhum momento o prefeito disse que tinha preferência por alguns dos candidatos a presidente

    Enviado em: 05/12/2013 18:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um ponto é verdadeiro, em nenhuma declaração pública e em nenhuma declaração privada que tenha se tornada pública, o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) disse que tinha preferência por algum dos vereadores que estão dispostos a presidir o Legislativo. A eleição acontece na quinta-feira que vem (12/12/13). De um lado estava os oposicionistas Crespo (DEM), Marinho Marte (PPS) e Anselmo Neto (PP) que na eleição passada, assim como o PT, caminharam com o candidato a prefeito Renato Amary. De outro estava Gervino Gonçalves (PR), conhecido como Cláudio do Sorocaba 1, que apoiou Pannunzio. Ao longo deste ano, Marinho claramente se postou como adversário de Pannunzio. Crespo se mostrava alinhado com Pannunzio em vários momentos, mas claramente adversário de Vitor Lippi (ex-prefeito e parceiro de Pannunzio). Cláudio do Sorocaba 1, claramente, é o candidato do atual presidente do Legislativo, o tucano Martinez. E Anselmo Neto se mostrou ao longo deste ano mais independente de todos os candidatos. Até a manhã de hoje, a eleição estava polarizada entre Anselmo e Cláudio e para o lado que pendesse o PT sairia o vencedor. Como fiel da balança, se imaginava que o PT guardaria seu voto até quinta-feira que vem, mas hoje, surpreendentemente, falando em nome do PT e da executiva do diretório municipal do seu partido, que juntos tomaram a decisão, o vereador Izídio de Brito anunciou que o PT fechou com Cláudio do Sorocaba 1. Izídio diz que o prefeito não tem candidato e Cláudio é independente. Então tá. O fato de ter se comportado neste ano como aliado, de ter o apadrinhamento de Martinez e de na campanha eleitoral ter marchado com Pannunzio não são indicativos de nada. 

    Leia mais
  • Em meio aos problemas de mudança nas áreas da saúde e do lixo que dominam o cotidiano do sorocabano nas últimas semanas, o prefeito Pannunzio ganha uma boa notícia nesta quarta-feira: a cúpula do comando do Makro anuncia oficialmente a instalação da segunda loja do grupo em Sorocaba

    Enviado em: 03/12/2013 17:53h - Por: Deda | Categoria: Política

    A cúpula do atacadista Makro, que tem uma unidade na rodovia Raposo Tavares em Sorocaba, é aguardada nesta quarta-feira (4/12/13) em Sorocaba para anunciar oficialmente a instalação da sua segunda loja na cidade que vai ficar no final da avenida Dom Aguirre, bem enfrente ao antigo Matadouro, na região de acesso a rua Paes Linhares. No encontro com Pannunzio, os dirigentes do Makro vão revelar que a loja é considerada de modelo padrão para toda a América Latina e que pretendem inaugura-la até junho de 2014, sendo que de obras estão previstos 4 meses. Depois de semanas envolvido em problemas nas áreas da saúde (que passou por mudanças nos atendimentos das UPHS, do Pronto Socorro Municipal e do processo da cirurgias eletivas) e do lixo (veja posts anteriores), Pannunzio vai ter um respiro dando um boa notícia ao sorocabano.

    Leia mais
  • Prefeito e assessores estão convictos de que tomaram a decisão certa na questão do lixo em Sorocaba, mas sentem o clima pesado diante dos problemas que surgiram após o rompimento do contrato. Entre esses problemas estão o lixo nas ruas, a cobrança para apontar os reais problemas que levaram a essa decisão e de que essa decisão deveria ter ficado para janeiro

    Enviado em: 03/12/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio e seus principais assessores (Edsom Ortega da Fundap; Aurílio Caido, secretário da Fazenda; Rubens Lara, secretário de Planejamento; João Leandro, secretário de Governo; Rodrigo Maldonado, secretário da chefe do gabinete; Roberto Juliano, da Administração) estão em constante reunião desde segunda-feira, quando foi o primeiro dia útil do rompimento do contrato entre a Prefeitura e a Gomes Lourenço, que fazia a coleta do lixo. Uma parte do grupo é responsável por pensar nas estratégias de açãopara resolver o problema. A outra parte do grupo por colocar em prática a correção dos problemas.
    O primeiro problema identificado pelo grupo foi a disseminação da informação de que no contrato emergencial com o consórcio formado pelas empresas Trail, Litucera e Heleno & Fonseca, que vale por seis meses, não terá contêineres e a sugestão de que as donas de casas coloquem seus lixos em sacos, na frente das casas. A ausência de contêineres caiu como uma bomba. Eu mesmo fui crítico dessa decisão em post anterior. Soube há pouco de donas de casas que estão guardando contêineres dentro de casa temendo não ter onde colocar o lixo. A verdade é que não se muda uma cultura de sopetão e os contêineres estão incorporados na vida do sorocabano.
    O segundo problema diz respeito a maneira como a Gomes Lourenço se comporta ao retirar das ruas os contêineres. O Cruzeiro do Sul de domingo publicou reportagem onde afirma que funcionários da Gomes Lourenço jogaram no chão lixo que estavam dentro dos contêineres para leva-los embora. Na tarde de hoje, vídeos com essa prática da Gomes Lourenço chegaram até a Prefeitura e a Guarda Municipal foi designada para ver o que estava acontecendo.
    O terceiro problema enfrentado por Pannunzio é um recorrente nos seus 11 meses de administração: pessoas próximas a ele esperam que ele pare de proteger Vitor Lippi e informe à população a verdadeira dimensão da situação que recebeu a Prefeitura de Sorocaba. Pannunzio sempre dá a mesma explicação: eu sou o prefeito e, como tal, o responsável por resolver os problemas. Subentendidonestaafirmação está o complemento: independentemente do estado em que recebeu a administração.
    O quarto problema são insinuações sobre os verdadeiros motivos que levaram a Prefeitura a romper o contrato com a Gomes Lourenço. Claramente esse zumzumzum nasceu a partir de declarações do empresário Carlos Lourenço (que publiquei num post anterior) publicadas na edição de domingo do Cruzeiro do sul.
    A avaliação interna é de que a decisão de romper o contrato com a Gomes Lourenço é a mais acertada. Ninguém ainda falou que apenas o momento (mês de dezembro quando a produção de lixo costuma crescer até 25% em razão das embalagens e maior consumo de final de ano) foi errado. O que ouvi é que se essa decisão tivesse sido tomada em janeiro, ou seja, daqui um mês, muitos dos problemas atuais nem seriam percebidos pela população.

    Leia mais
  • Renato Amary relembra quando implantou o serviço de contêineres em Sorocaba, afirma que problema de lixo começou na gestão Vitor Lippi e entende que faltou prioridade nas decisões tomadas por Pannunzio para resolver este problema: “Retirar os contêineres por, no mínimo, seis meses, é retrocesso e o tempo vai mostrar”, diz ele

    Enviado em: 03/12/2013 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política

    Leia a íntegra da manifestação de Renato Amary, ex-prefeito de Sorocaba, que as pesquisas indicavam como o futuro prefeito de Sorocaba, na eleição de 2012, até três dias antes do pleito. Vale lembrar que a diferença de votos a favor de Pannunzio (algo em torno de 2%) demonstrou uma cidade praticamente dividida sobre o desejo de quem deveria ter sido eleito no dia da eleição. Renato, por onde anda, é abordado por sorocabanos sobre problemas da cidade. E o caso do lixo foi um deles. Diante disso ele decidiu tornar pública sua posição usando as redes sociaiss da internet para sse manifestar. Leia a seguir a íntegra do que ele escreveu.

    Leia mais
  • Palavra do prefeito prevalece e governador confirma AME para este mês em Sorocaba. No anúncio do início das obras da SP-264, governador não passa recibo e faz de conta que nada está muito atrasado. DER deixa evidente que a partir de agora só desapropriações não amigáveis poderão atrasar a duplicação da ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora

    Enviado em: 03/12/2013 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política

    O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, esteve na manhã de hoje (3/12/13) em Sorocaba para anunciar o início das obras de duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264) que liga Sorocaba a Salto de Pirapora. Ele não passou recibo e tratou da inauguração como se fosse algo novo e que não faz parte de uma lista de anúncios frustrados nos últimos anos. 50 imóveis ainda estão em fase de desapropriação, orçada em 27 milhões e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) deixa evidente que deseja que esse processo seja realizado amigavelmente, senão, do contrário, admite que haverá atraso na conclusão das obras previstas para o início de 2015. Fazendo prevalecer a palavra do prefeito Pannunzio, o governador também anunciou a inauguração do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) para o dia 23 deste mês. Para completar a festa tucana em Sorocaba, Aécio Neves está confirmado para vir na condição de senador no próximo sábado à cidade.

    Leia mais
  • Dono de empresa de lixo usa a imprensa e parte para o ataque contra o prefeito de Sorocaba após rompimento do contrato e faz insinuações de que os critérios usados pela Prefeitura não são o de interesse público. Prefeito estuda se vai tomar alguma medida judicial contra o empresário pelas declarações dele publicadas no jornal

    Enviado em: 02/12/2013 17:14h - Por: Deda | Categoria: Política

    Reportagem assinada pelo jornalista José Antonio Rosa na edição de domingo do jornal Cruizeiro do Sul mostra que o proprietário da empresa Gomes Lourenço, Carlos Lourenço, focou no prefeito Pannunzio suas críticas pelo rompimento do contrato da coleta do lixo em Sorocaba. Na reportagem, Lourenço afirma que a contratação emergencial do consórcio para atender à demanda foi "um plano armado”. Mas não esclarece quem teria armado esse plano e com qual finalidade.
    Num outro trecho, o empresário afirma que o prefeito Pannunzio "resolveu um problema pessoal com a empresa Gomes Lourenço". A reportagem não especifica qual seria esse problema e nem mesmo se o empresáro Carlos Lourenço e o prefeito Antônio Carlos Pannunzio já se conheciam. Fica no ar, portanto, essa declaração de que foi algo pessoal entre os dois essa decisão de caráter público.
    Num outro trecho da reportagem, sobre a contratação emergencial do consórcio, Carlos Lourenço afirmou no que está publicado na reportagem que "nada acontece por acaso. Foram empresas escolhidas a dedo". Fica no ar, nessa declaração, o tom de insinuação de que o prefeito teria feito a escolha dessas empresas por alguma razão que foge do interesse público. Mas, novamente, nada é esclarecido. A dúvida é jogada no ar sugerindo, apenas, que há algo de errado na conduta do prefeito.
    Lembrado pela reportagem sobre os três decretos de estado de emergência que foram baixados somente este ano, o empresário atribuiu isso aos "movimentos e arroubos de paixão" de Pannunzio.
    Das informações que são públicas, pelo que apurei, não há nada que indique qualquer tipo de favorecimento por parte da Prefeitura a nenhuma das três empresas contratadas emergencialmente (Litucera, Trail e Heleno & Fonseca). Mas, sabendo de algo, obviamente darei publicidade aqui no blog.
    Para ler a reportagem completa acesse: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/518260/vai-ficar-pior-afirma-socio-da-gomes-lourenco

    Leia mais
  • Gomes Lourenço, em tese, poderia participar da próxima licitação do lixo de Sorocaba. Mas ouvi que entre as penalidades impostas pela Prefeitura para o rompimento do contrato em vigor está a de impede-la de participar de futuras licitações

    Enviado em: 02/12/2013 17:13h - Por: Deda | Categoria: Política

    Durante a coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) de hoje (2/12/13), respondendo a uma questão do Zé Desidério, afirmei que se nada de impeditivo aparecesse a Gomes Lourenço, que teve o contrato rompido pela Prefeitura, poderia fazer parte da próxima licitação. Mas logo em seguida à minha afirmação, fui informado que entre as penalidades impostas pela Prefeitura para o rompimento do contrato em vigor com a Gomes Lourenço está a de impede-la de participar de futuras licitações. Há outras penalidades graves, ainda, envolvendo a Gomes Lourenço. Tendo ciência delas, obviamente darei publicidade aqui no blog. 

    Leia mais
  • Retirada dos conteineres de lixo das ruas de Sorocaba representa um retrocesso na vida do sorocabano. Péssimo serviço que vinha sendo oferecido precisava ser resolvido, mas os conteirneres deveriam ter sido preservados

    Enviado em: 02/12/2013 17:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    Nos bastidores políticos são crescentes os zumzumzuns sobre as razões da Prefeitura de Sorocaba ter rompido o contrato com a empresa da coleta de lixo Gomes Lourenço. Mas nada que se traduza em fato. O que é fato e parte do cidadão comum é a surpresa de que a mudança na empresa que faz coleta implica no fim de um hábito que há pelo menos quinze anos foi introduzido na vida do sorocabano: os conteineres de lixo. O péssimo serviço que vinha sendo oferecido pela Gomes Lourenço precisava ser resolvido há pelo menos dois anos. O ex-prefeito Vitor Lippi não teve força para fazer a Gomes Lourenço oferecer conteineres em quantidade suficiente com a devida higienização deles. Nos primeiros onze meses de sua governo, tampouco o prefeito Pannunzio teve como fazer a Gomes Lourenço oferecer um  serviço adequado ao sorocabano. Ficou claro que algo precisava ser feito e o rompimento do contrato era uma possibilidade e ela acabou se concretizando. Mas mesmo neste contrato emergencial os conteineres deveriam ser preservados. Tivesse isso acontecido e a opinião pública nem teria notado qualquer diferença na coleta de lixo. A partir de agora, o lixo que a dona de casa coloca em sacolinhas vai ficar na calçada. Com as chuvas sazonais, o que se espera, é que essa sacolinhas entupam as bocas de lobo. Um problema de saúde pública, enfim...
    Vale lembrar que a introdução dos conteineres na vida de Sorocaba foi uma iniciativa do ex-prefeito Renato Amary. Foi uma decisão de coragem que gerou muito zumzumzum nos bastidores político da época. Mas o tempo demonstrou que a dona de casa entendeu que além de mais higiênico, o conteiner facilitou sua vida. Agora, em meio a novo zumzumzum nos bastidores políticos, Pannunzio também toma uma decisão de coragem, mas revogando um hábito do sorocabano. Essa decisão abre brecha para problemas como o da enchente. Que a licitação definitiva para a futura empresa de coleta seja ágil e entre as exigências das parcipantes esteja a necessidade de retomar o serviço de conteineres na cidade.

    Leia mais
  • Prefeitura rompe contrato com Gomes Lourenço e coleta de lixo de Sorocaba passa a ser feito por consórcio de três empresas

    Enviado em: 29/11/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Antônio Carlos Pannunzio convocou uma coletiva de imprensa para daqui meia hora (18h do dia 29/11/13) onde vai oficializar que a empresa Gomes Lourenço não faz mais a coleta do lixo de Sorocaba. O motivo do rompimento dessa relação entre Prefeitura e Gomes Lourenço acontece porque “a Gomes Lourenço deixou de cumprir os termos do contrato” que assumiu via licitação na gestão do ex-prefeito Vitor Lippi. Para evitar o caos que seria o acúmulo de lixo na porta da casa dos munícipes, o prefeito também anunciará a contratação em caráter emergencial de um consórcio para fazer a coleta a partir de segunda-feira (2/12/13). Este consórcio é formado pelas empresas Heleno & Fonseca, Trail e Litucera que já tem o contrato com a Prefeitura de Sorocaba, há mais de cinco anos, para fazer o trabalho de limpeza dos próprios municipais.
    O parecer técnico elaborado pela Prefeitura, com as razões sobre o rompimento do contrato com a Gomes Lourenço, possui 8 páginas. O prefeito promete dar uma cópia de cada um à imprensa em instantes. Apurei que a Gomes Lourenço não quis receber a notificação prevista em lei do rompimento do contrato e aceitou parar o serviço imediatamente. Por contrato, neste sábado, o último dia do mês de novembro, a coleta ainda deve ser feita pela Gomes Lourenço. Mas não se sabe se ela vai cumprir este último dia de trabalho. Como o primeiro dia de domingo cai num domingo (dia em que não ocorre coleta), a partir de segunda-feira, o consórcio contratado emergencialmente começa o seu trabalho.
    Há um mês, a Prefeitura de Sorocaba contratou emergencialmente o aterro sanitário da empresa ProActiva que fica em Iperó. Um aterro de caráter particular.
    Durante o primeiro dia de oitivas na CPI do Lixo, ontem (28/12/13), começaram os zumzumzuns de que o contrato com a Gomes Lourenço seria rompido ainda neste ano. A decisão do prefeito, vale lembrar, está no Diário Oficial do Estado de São Paulo desta sexta-feira e desde o final na tarde no átrio do Paço Municipal, oficializando o rompimento do contrato.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba assina convêncio com três hospitais por R$ 85 milhões/ano e quer ver andar a fila de exames e cirurgias a partir da semana que vem

    Enviado em: 28/11/2013 18:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    Depois de assumir o controle dos agendamentos da demanda por cirurgias e dos exames dos pacientes da rede municipal de saúde. E depois de cancelar os pagamentos por cirurgias aos médicos da rede pública municipal com a revogação do decreto nº 8.376 de junho de 2010, do ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB), o prefeito Antônio Carlos Pannunzio assinou na tarde hoje (28/11/13) a contratualização de três hospitais (Santa Casa, Santa Lucianda e Evangélico) para assumir os exames e cirurgias de todo paciente encaminhado pela Central de Regulação criada por sua administração. Para fazer este trabalho e fazer andar a fila das cirurgias que em alguns casos chegavam há dois anos de espera, os três hospitais vão receber da Prefeitura de Sorocaba pelo período de um ano (de 1º de dezembro de 2013 a 30 de novembro de 2014) o valor de R$ 85 milhões. A Prefeitura ainda prepara a contratualização do Gpaci e de uma OS (organização Social) para administrar a saúde mental da cidade.

    Leia mais
  • Governador virá terça-feira a Sorocaba anunciar o início das obras de duplicação da rodovia SP-264. Pelo jeito, agora vai...

    Enviado em: 28/11/2013 18:34h - Por: Deda | Categoria: Política

    As obras de duplicação entre os quilômetros 102,0 e 119,50 (17,5 quilômetros) da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, vão começar com festa. O governador Geraldo Alckmin definiu a manhã de terça-feira (3/12/13), às 9h30, para anunciar o início da obra. A expectativa é saber se haverá algum explicação, que seja, para tanto anúncio e pouca obra. O projeto de melhorias na rodovia prevê a duplicação da pista (que hoje é de mão dupla), a construção de uma ciclovia e sete passarelas, além de uma via marginal, dispositivos de acesso e retorno em nível e em desnível. O orçamento destinado pelo governo do Estado será de R$ 114 milhões. O DER planeja o tempo de 15 meses para a entrega da duplicação da rodovia. A deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB) confirmou essa agenda ontem. Anteriormente a expectativa era de que o governador viesse no sábado a Sorocaba.
    O Departamento de Estrada de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, informou, através da assessoria de imprensa, que todos os procedimentos – como a emissão do Decreto de Utilidade Pública (DUP) quanto da licença ambiental – estão prontos e o início da obra depende somente de uma decisão política. De acordo com o DER, os proprietários das 51 áreas a serem desapropriadas serão oficialmente notificados a partir do início da duplicação. 

    Leia mais
  • Prefeito trabalha com a data da semana do dia 20 de dezembro e acredita que a AME será o seu presente de Natal para Sorocaba. Mas há quem diga que novamente o governo vai deixar Sorocaba na mão. E olha que são do mesmo partido

    Enviado em: 27/11/2013 17:15h - Por: Deda | Categoria: Política

    Continua a novela sobre a inauguração do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Sorocaba que estava previsto para 2012, teve sua abertura adiada pelo menos três vezes e, inclusive, já fez parte da propaganda oficial do governador Alckmin, em junho na TV, sem ainda estar no papel. No início deste mês, o secretário da Saúde de Sorocaba, Armando Raggio, afirmou que o prefeito Pannunzio visitou o secretário da Saúde do Estado, David Uip, e trouxe o compromisso de antecipar a inauguração anunciada para fevereiro de 2014 para a semana do dia 20 de dezembro deste ano. A Secretaria de Estado da Saúde em nota informou que "solicitou à Organização Social de Saúde (OSS) gestora do AME de Sorocaba que concentrasse todos os esforços possíveis para que a unidade inicie suas atividades até o final do mês de dezembro". Mas pelo que ouvi na manhã de hoje, a OSS Seconci (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo) não vai atender ao pedido do governo paulista.
    Vale lembrar que o processo licitatório feito pela Coordenadoria de Gestão de Contratos de Serviços de Saúde para a implantação do AME Sorocaba  teve também propostas das OSS Cruzada Bandeirante São Camilo de Assistência Médico-Social; Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar); BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) e da Seconci, que foi a vencedora por ter feito “a proposta mais adequada e vantajosa para Administração Pública, conforme a análise técnica”, explica a Secretaria de Estado da Saúde.
    Está na internet (ftp://ftp.saude.sp.gov.br/ftpsessp/bibliote/informe_eletronico/2013/iels.out.13/Iels192/E_CG-CGCSS-AME-Sorocaba_2013.pdf) o contrato entre o Estado e a OSS Seconci. Lá está claro que o contrato é de R$ 5.065.918,38, sendo que R$ 90 mil são de custeio, divididas em três parcelas de R$ 30 mil (outubro, novembro e dezembro/13). E para investimentos restaram R$ 4.975.919,38, sendo que metade (R$ 2.487.959,69) foi dada ao Seconci em outubro e a outra metade será paga no quinto dia útil de dezembro. O que ouvi é que para entregar o AME Sorocaba em dezembro, a Seconci queria ter recebido essa segunda parcela em novembro, o que não aconteceu. Diante disso, mantém para fevereiro a data de inauguração do AME Sorocaba.
    Questionei a Prefeitura de Sorocaba e, oficialmente, eles ainda contam com a inauguração na semana do dia 20 de dezembro deste ano. Para o bem dos pacientes de Sorocaba e região, tomara que aconteça, mesmo, na data desejada por Pannunzio.
    O AME é um programa do governo estadual criado na gestão de José Serra, implantado em parceria com as prefeituras, e funciona como referência regional para serviços de média complexidade, integrando as redes de assistência básica e hospitalar. A unidade de Sorocaba funcionará na esquina das ruas Gustavo Teixeira e Guaicurus, no Mangal, em um prédio de 2.900 metros quadrados, com subsolo, térreo, 1º e 2º andares. A previsão é que o AME faça perto de 175 mil atendimentos por mês em 23 especialidades médicas, entre elas, acupuntura, alergologia, cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia infantil, gastroenterologia, ginecologia, hematologia, infectologia, mastologia e outros. O ambulatório também deverá dar atendimento a pacientes das cidades de Araçoiaba da Serra, Capela do Alto, Ibiúna, Iperó, Piedade, Pilar do Sul, Salto de Pirapora, Tapiraí e Votorantim.

    Leia mais
  • Tá bom, eu conto: O assessor que está deixando o cargo na Câmara de Sorocaba é Maurício Campanati, chefe do gabinete do líder do PV. Fui criticado por ter contado o milagre e não dizer o nome do santo. Está ai a informação completa

    Enviado em: 27/11/2013 17:14h - Por: Deda | Categoria: Política

    Maurício Campanati foi candidato a vereador em 2008 e 2012 (quando recebeu 1034 votos) e é suplente no PV. Ele chefia o gabinete do vereador Jessé Loures até este final de semana e a partir do dia 2 de dezembro segue nos rumos. Como 2014 é ano eleitoral, imagina-se que Campanati estará no mercado, como se diz, esperando alguma proposta nova de trabalho. Além das campanhas para deputado, haverá trabalho nas coordenações regionais dos candidatos a governador e presidente. Para quem mantém-se interessado em ser eleito, Campanati sai pela porta da frente do gabinete de Jessé e uma volta para lá, no futuro, não será de todo estranha. Oficialmente, Campanati fala assim sobre o seu próximo passo: “Ao futuro: aguardemos o bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha... Ho Ho Ho”.

    Leia mais
  • Frente Parlamentar Ambiental discute destinação adequada dos resíduos sólidos e tecnologias alternativas são apresentadas a vereadores de Sorocaba e da região

    Enviado em: 27/11/2013 17:13h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política



    A “Frente Parlamentar Ambiental da Região de Sorocaba” realizou nesta quarta-feira (27/11) mais uma audiência pública para discutir a destinação adequada dos resíduos sólidos e apresentar alternativas de tratamento aos municípios da região. O coordenador da Frente Ambiental, vereador Jessé Loures (PV), ressaltou a importância do empenho dos municípios para que possam cumprir as obrigações legais. “Dinheiro não falta, faltam projetos. Queremos estimular iniciativas nos municípios, sejam individuais ou associadas”, afirmou.

    Leia mais
  • De novo é terça-feira e novamente o prefeito de Sorocaba deixa a cidade. Mas desta vez ele está em Brasília e não em São Paulo

    Enviado em: 26/11/2013 17:52h - Por: Deda | Categoria: Política

    Minha percepção é de que chega terça-feira e o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, deixa a cidade. Toda vez ele tem alguma audiência em São Paulo, com algum secretário ou com o governador Geraldo Alckmin. Hoje, novamente, terça-feira, e o prefeito está fora da cidade. Mas apurei que ele está em Brasília em reunião no Ministério das Cidades. Sobre qual projeto foi tratar eu não descobri. Sobre as viagens de terça-feira, me dizem que não passa de coincidência.

    Leia mais
  • Reforço da área de comunicação da Prefeitura de Sorocaba vai atuar na coordenação de planejamento. Setores de execução seguem sem alterações

    Enviado em: 26/11/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    Para que não reste mais dúvida, Valdecir Rocha Pinto segue no comando da parte de imprensa e jornalismo da secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba e Edson Egílio nas ações de publicidade. Luiz Carlos Miranda, que veio de São Paulo e está há uma semana no batente, terá a função de coordenar o planejamento e auxiliar o secretário Rodrigo Maldonado na relação com as agências de propaganda e publicidade que serão escolhidas no processo de licitação que está em aberto. Juntas, a partir de fevereiro (dia 8 de janeiro serão abertos os envelopes com as propostas das duas agências vencedoras), terão R$ 7 milhões. O foco principal será a saúde e as mudanças que estão sendo feitas no setor.

    Leia mais
  • Retirada da linha férrea da área urbana de Sorocaba não avança. Mas em outras cidades projeto similar já caminhou

    Enviado em: 26/11/2013 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política

    Não foi apenas Sorocaba. Já são pelo menos 20 cidades de porte médio no interior de São Paulo que entraram com pedidos Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para retirar os trilhos das áreas urbanas. O objetivo em todas as cidades é mudar a mobilidade e melhorar o fluxo no trânsito. Em Sorocaba, por exemplo a linha da concessionária ALL (America Latina Logística) é um marco de referência da cidade, assim como é o rio Sorocaba. Esses marcos fazem com que além das tradicionais zonas norte, sul, leste e oeste, Sorocaba se organize em Além Linha e Além Ponte. Os trilhos de Sorocaba, que hoje cortam o município de leste a oeste, seriam integralmente retirados ou passariam a ser usados para o transporte de passageiro, numa espécie de VLT (Veículos Leve sobre Trilhos). Por enquanto, não há nada definido para Sorocaba. O pedido partiu da ALL, o prefeito Pannunzio gostou da ideia, mas nenhuma informação oficial sai do Dnit. Fica a dica para os deputados federais sorocabanos (Iara Bernardi e Jefferson Campos) agirem.
    Enquanto em Sorocaba nada caminha, conforme reportagem do jornalista José Maria Tomazela, publicada no jornal O Estado de S.Paulo, o Dnit afirmou que a Diretoria de Infraestrutura Ferroviária aprovou projetos de transposição da linha férrea em Jaú, Bauru, Botucatu, Pederneiras, Dois Córregos, Jales, Catiguá, São Carlos e Guararema. O projeto do contorno ferroviário de Ourinhos deve ser aprovado esta semana. As obras do contorno de Araraquara estão contratadas e em fase final de execução. Ainda de acordo com o departamento, estão em desenvolvimento projetos de transposições da linha férrea em Avaré, Votuporanga, Fernandópolis, Lençóis Paulista e Mogi da Cruzes, e de rebaixamento dos trilhos em Itapetininga. A transposição da linha férrea foi contratada em São Carlos e já foi executada em Matão e Valentim Gentil.

    Leia mais
  • Provável candidato tucano à presidência virá dia 8 de dezembro a Sorocaba. Mas nesta quinta-feira Flávio Amary vai almoçar com ele em São Paulo

    Enviado em: 26/11/2013 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política

    O senador Aécio Neves ampliou a agenda de encontros com militantes no interior de São Paulo e assim o provável candidato tucano à sucessão da presidente Dilma Rousseff  vai na sexta-feira (29/11) a Franca e no sábado (30/11) a Bauru. Nos mesmos dias da próxima semana (7 e 8 de dezembro), os eventos políticos com a participação do tucano serão, respectivamente, em Campinas e Sorocaba.
    De acordo com o presidente do PSDB no Estado de São Paulo, deputado federal Duarte Nogueira, Aécio reforçará ainda a agenda com entidades setoriais na capital paulista. N
    Mas antes disso,um sorocabano vai se encontrar com Aécio Neves. Trata-se de Flávio Amary. Nesta quinta-feira (28/11), o senador deve almoçar com representantes do Secovi (Sindicato da Construção Civil), em São Paulo. E Flávio Amary é um dos diretores da entidade e semanalmente almoça com seus pares. Dessa vez não será diferente. Portanto, não é um encontro com conotação partidária.

    Leia mais
  • Consultor sênior da Fundap que está em Sorocaba já foi secretário de Estado e da Prefeitura da Capital paulista

    Enviado em: 25/11/2013 17:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    Edsom Ortega estava sentado na mesa do prefeito Antônio Carlos Pannunzio, em junho, quando aconteceu a entrevista coletiva para anunciar a reforma administrativa. Depois tive a oportunidade de vê-lo junto do secretário de Fazenda, Aurílio Caiado, no restaurante Buon Gustaio. Por fim, na visita que José Serra fez no gabinete do prefeito Pannunzio, há duas semanas, novamente Ortega estava lá. Foi quando conversei com ele pela primeira vez. Ortega é o que se pode chamar de craque do serviço público. Formado em Direito e Psicologia e com pós-graduação em Administração Pública pela Fundação getúlio Vargas, ele é o que se pode chamar de figura carimbada nas administrações tucanas. Em 1999, após uma das maiores crises na Febem (atual Fundação casa) envolvendo a administração e os menores lá internados, ele assumiu a pasta de Assistência e Desenvolvimento Social a pedido do então governador Mário Covas. Na gestão de Serra e depois Kassab na Prefeitura da capital paulista, coube a Ortega exerceu a função de secretário municipal de Segurança Urbana, onde seu foco estava na segurança da rua 25 de Março. Na Fundap, ele ocupa o cargo de consultor sênior, o top na estrutura de consultoria da fundação. Até fevereiro de 2014, quando está em vigência o contrato entre Prefeitura de Sorocaba e Fundap, Edsom Ortega estará por aqui. Os outros consultores que prestam serviço a Sorocaba são: Alberto Brito, Letícia Mariani, Thomas Freud, Flávio Arantes e Regina Garcia.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba contrata fundação do governo paulista por quase R$ 2 milhões e expõe a ausência de instrumentos para gestão sobre contratos e obras da administração passada

    Enviado em: 25/11/2013 17:31h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Fundap (Fundação de Desenvolvimento Administrativo), criada por lei em 1974 para ser um dos braços do governo do estado de São Paulo, foi contratada pela Prefeitura de Sorocaba no dia 21 de junho deste ano para prestar serviço até o dia 20 de fevereiro de 2014 pela importância de R$ 1.225,500,00 para promover o desenvolvimento e implantação da gestão estratégia e unidade de gerenciamento de projetos. Em 29 de junho também deste ano foi feito um novo contrato, vigente até o dia 28 de outubro passado, no valor R$ 763.372,00, para o desenvolvimento do Planto Diretor de Tecnologia da Informação da Prefeitura de Sorocaba. A Lei 8666 isenta uma prefeitura de fazer licitação para estabelecer uma contratação desde que a contratada seja uma entidade pública e especializada. Este é o caso da Fundap para os fins que foi contratada.
    A decisão de contratar a Fundap se deu a partir do momento, identificado na transição de governo ainda quando Vitor Lippi era o prefeito, de que a administração passada não tinha mecanismos para gestão sobre contratos e obras. O prefeito Antônio Carlos Pannunzio sentia (e ainda sente, já que muitos procedimentos estão sendo implantados) a falta de um instrumento eficaz de controle das ações da Prefeitura de Sorocaba. Sem esse mecanismo, a administração de contratos, de prazos, de pagamentos e de procedimentos fica exclusivo de técnicos de diferentes pastas. A partir de agora, com o trabalho que a Fundap desenvolve, o prefeito e quem mais ele designar terá controle e acesso sobre toda a gestão da administração da Prefeitura de Sorocaba.
    Esse assunto já foi levantado na Câmara de Sorocaba pelos vereadores Crespo (DEM) e Marinho Marte (PMDB) que tiveram requerimentos aprovados em plenário questionando a Prefeitura sobre esses contratos. E, no mínimo, vai servir de mais munição para apontar as falhas de Vitor Lippi a frente da Prefeitura de Sorocaba. Aos poucos, o que se vê, é que nenhum vereador se mostra mais tão disposto a defender Lippi como acontecia até há alguns meses. Ouvi de um dos antigos defensores a seguinte afirmação: “está ficando cada vez mais difícil defender o Lippi. Cada dia é um problema novo”.

    Leia mais
  • Ex-prefeito Vitor Lippi confessa a prática do fura-fila na saúde em sua gestão na Prefeitura de Sorocaba durante entrevista na TV, afirma o Ministério Público. Promotor afirma: “essa conduta é imoral e injusta por quebrar igualdade” e “serve para ganhar votos com a exploração da desgraça alheia”. Vinte vereadores da legislatura atual e da passada também são alvos dessa ação

    Enviado em: 25/11/2013 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política

    Após vinte meses de investigação, o Ministério Público de Sorocaba entrou na Justiça com ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Sorocaba Vitor Lippi (PSDB) e 20 vereadores da legislatura atual e da passada, sob acusação de tráfico de influência. Eles são acusados de terem usado o cargo para o qual foram eleitos para acelerar o agendamento de consultas e exames em unidades da rede municipal de saúde, num esquema que ficou conhecido como "fura-fila da saúde".
    No Twitter, na manhã de ontem, Orlando Bastos Filho, 15º Promotor de Justiça de Sorocaba, oficializou a informação sobre esta ação nos seguinte termos: “No dia 5/11, entrou o MP com ação de improbidade em face de ex-prefeito e 20 vereadores no caso conhecido como fura fila da saúde. A primeira advertência que se faz, é que aqueles que pretendam comentar com responsabilidade os fatos, leiam a inicial da ação.
    Conhecendo as provas dos autos se desfaz a primeira ideia de que agiam por humanidade ou promoviam encaixes. Não havia encaixes. O sistema era informatizado, com a distribuição de cotas de consultas e exames às unidades de saúde. No Paço montado um setor só para atender vereadores. Trabalhava com duas cotas, ou seja, 2 códigos do sistema, 397 e 507. Assim, aos vereadores destinadas cotas, como se fossem uma unidade de saúde. O sistema mostra tudo, inclusive quem agendava com 397 e 507.
    Entre 2011 e 2012, mais de dois mil agendamentos, furando fila. E não eram, em regra, casos urgentes, ao contrário. Na regra, procuravam vereadores, justamente os casos considerados não urgentes pelas unidades, por isso mesmo colocados na fila. Na Câmara, eram atendidos por assessores, que ensinavam o caminho abreviado, fazendo ofício despachado pelo secretário de governo. Não passavam por novo médico, mas eram todos atendidos com brevidade. Um repórter de TV com câmera escondida (TV Tem) conseguiu consulta. Ninguém precisava nem falar com o vereador. Era tudo automatizado e profissional. Assessores até debochavam dos que não conheciam o caminho. Chegou-se a um ponto em que as próprias unidades de saúde indicavam a procura de um vereador. Passar em unidade de saúde passou a ser fase burocrática, apenas para obtenção de guia, e depois procurar vereador.
    Na TV, o ex-prefeito confessou a prática, mas a defendeu em nome da governabilidade, ou seja, permitia tudo para obter apoio político. Para o MP a conduta é imoral, injusta, por quebrar  igualdade, servindo para ganhar votos com a exploração da desgraça alheia”.
    Além do ex-prefeito Vitor Lippi, esta ação é também contra os vereadores Anselmo Neto (PP), Antônio Carlos Silvano (SDD), Gervino Gonçalves (PR), José Francisco Martinez (PSDB), Francisco França (PT), Irineu Toledo (PRB), Izídio de Brito (PT), José Antonio Caldini Crespo (DEM), Marinho Marte (PPS), Neusa Maldonado (PSDB), Luis Santos (Pros), além de Hélio Godoy, atual secretário de Habitação, Francisco Moko Yabiku, secretário de Esportes, e os ex-vereadores Benedito de Jesus Oleriano, Emílio Souza de Oliveira, Geraldo Reis, João Donizete Silvestre, Rozendo Oliveira, Vitor do Super José e Claudemir José Justi.

    Leia mais
  • Hoje tem a cerimônia de entrega do Título de Cidadão Sorocabano ao juiz Jayme Walmer de Freitas. Em outubro, quando ele aceitou receber esta honraria, ele deu uma aula de ética e cidadania ao explicar a razão de tê-lo aceitado agora e recusado há 20 anos. Vale a pena ler

    Enviado em: 22/11/2013 15:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Título de Cidadão Sorocabano concedido pela Câmara de Vereadores de Sorocaba (considerada a maior honraria da cidade a quem não é natural daqui) ao juiz Jayme Walmer de Freitas, uma iniciativa do Vereador José Francisco Martinez, recoloca nos eixos, na minha opinião, a discussão em torno desse ato dos vereadores. A banalização da concessão dos títulos a pessoas que muitas vezes nem passam perto de Sorocaba (o caso mais recentes é do pastor Silas Malafaia, mas já tivemos essa honraria concedida até mesmo para José Rainha, o líder do Movimento Sem-Terra, para o mensaleiro João Paulo Cunha, para o apresentador de TV Milton Neves...) é o que deixa o cidadão comum desconfiado da honraria. Mas no texto a seguir, o juiz Jayme Walmer de Freitas resgata a importância do Título de Cidadão Sorocabano:
     
    “Meus caros amigos do Face, bom dia.
    Depois de muita relutância, decidi aceitar este reconhecimento da sociedade sorocabana, representada pelos vereadores locais.
    Explico.
    No final da década de 90, fui sondado para tanto, mas, sinceramente, não me sentia merecedor de semelhante prêmio da comunidade.
    Porém, após quase 20 anos residindo aqui, judicando e fazendo amigos, além de tomar outras medidas que beneficiaram Sorocaba e região, concluí que a comenda era adequada à minha realidade, pois, efetivamente, Sorocaba passou a ser o ponto de referência em minha vida.
    Aqui, meus filhos Daniel e Larissa estudaram e concluíram o nível médio.
    Aqui, criei e mantive o Curso Triumphus - preparatório para Carreiras Jurídicas e OAB - por 12 anos (1994 a 2006), lancei a Doação de sangue como pena alternativa e colaborei com a instalação da Vara dos Juizados Especiais Criminais e da Violência Doméstica contra a Mulher, além de outras atividades de menor expressão, mas que interferiram na vida do povo desta cidade.
    Aqui, também, iniciei meu mestrado, depois doutorado, concluindo ambos na PUC/SP. Escrevi os meus quatro livros, além de participar de alguns outros.
    Quando ponderei estes dados, constatei que podia, agora sim, ser CIDADÃO SOROCABANO.
    Esta é a singela história de minha vida nesta cidade que adotei em meu coração.
    Por esses fundamentos, faço questão de deixar registrado meu agradecimento aos edis de Sorocaba e, especialmente, a José Francisco Martinez, Presidente da Casa, que me agraciaram com esta láurea.
    Portanto, quem se sentir à vontade para comparecer à Cerimônia do dia 22 de novembro, às 19h30, na Câmara Municipal de Sorocaba, será bem-vindo.
    Abraços e bom final de semana".

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba viajou na madrugada de hoje para o Panamá, de graça, a convite da ONU, para proferir palestra em evento internacional sobre governabilidade

    Enviado em: 21/11/2013 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política

    Cheguei no Paço Municipal no meio da tarde de hoje (21/11/13) e deparei com um carro preto na garagem do prefeito Antônio Carlos Pannunzio e foi surpreendido com a informação de que Pannunzio estava de licença e a vice-prefeita, Edith Di Giorgi, estava no comando. Conversei com dois secretários municipais e eles me contaram que na segunda-feira, dia 18/11, o prefeito Pannunzio protocolou ofício ao presidente da Câmara, José Francisco Maetinez, informando que no período de 21 a 24 de novembro estaria fora do exercício do cargo e que o comando da cidade ficaria a cargo da vice.
    Quando o período de ausência do prefeito é superior a 14 dias, por lei, os vereadores precisam autorizar a sua ausência. Por período menor, como este, basta um comunicado. Pannunzio viajou na madrugada de hoje à Cidade do Panamá, com toda despesa paga pela ONU (Oprganização das Nações Unidas) para proferir a palestra “Prestação de Contas e Transparência” no evento “Governabilidade local” promovido pela ONU.
    O convite a Pannunzio, certamente, está relacionado com o cargo de prefeito de Sorocaba, porém também pelo fato de Pannunzio, nos quatro mandatos que ficou como deputado federal, ter sido por mais de uma vez o presidente da Comissão de Ralações Exteriores da Câmara. A convite da ONU, Pannunzio foi fiscal nas eleições do Zimbabuê e fez outras viagens internacionais, incluindo América Latina e Oriente Médio.
    Na manhã da próxima segunda-feira o prefeito já deverá despachar em seu gabinete como prefeito.

    Leia mais
  • Viagem do prefeito de Sorocaba é feita sem alarde a pedido do próprio Pannunzio

    Enviado em: 21/11/2013 18:38h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito de Sorocaba recebeu o convite para ir ao Panamá há mais de meses e decidiu aceitar o convite da ONU há pelo menos 45 dias. Mas por sua decisão não comunicou à imprensa sobre essa viagem. “Como não há uso de recurso público, como ele viajou com as despesas pagas pela ONU e como ele preferiu não levar nenhum assessor, o prefeito não quis fazer promoção pessoal da sua ausência e seguiu o trâmite legal de comunicar aos vereadores sobre sua ausência e de comunicar à cidade no dia de sua partida que foi hoje”, me explicou Rodrigo Maldonado, secretário Chefe do Gabinete do prefeito. No final da tarde, via assessoria de comunicação, a Prefeitura de Sorocaba comunicou que Edith Di Giorgi está no exercício do cargo de prefeita.

    Leia mais
  • Câmara de Vereadores de Sorocaba cria CPI para investigar problemas do contrato da coleta e despejo do lixo em Sorocaba. Mais uma vez o alvo é administração passada, a responsável pela licitação em vigor. Um vereador me explicou a situação com o seguinte trocadilho: “se apertar sai chorume, se afrouxar fica fedorento”. Outro cobra o atual prefeito e deseja que ele quebre o silêncio e fale sobre a “herança maldita” que recebeu do antecessor

    Enviado em: 19/11/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores da Câmara de Sorocaba criaram na manhã de hoje uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o que classificam de supostas irregularidades no contrato de coleta e destinação do lixo na cidade. As falhas na coleta no feriado da semana passada foram a gota d’água. Os munícipes passaram a cobrar uma atitude dos vereadores e a imprensa voltou a dar ênfase ao tema. Em outubro, a Prefeitura fez contrato emergencial com o aterro de Iperó, que é particular, da empresa ProActiva, para evitar uma calamidade na coleta, afinal a ProActiva se recusou a receber o lixo coletado pela Gomes Lourenço. De lá para cá, nada melhorou e no feriado ficou uma situação insustentável. Para piorar, na audiência pública sobre o tema, segunda-feira (18/11/13), dirigentes da Gomes Lourenço deixaram claro que Sorocaba tem 15 mil conteineres (o que muitos duvidam), mas por contrato deveriam ser 45 mil. E a limpeza e higienização desses conteirneres? Os vereadores entendem que o responsável pelo problema é o ex-prefeito Vitor Lippi, afinal a licitação do lixo é de sua autoria. Mas estão irritados com o que chamam de silêncio do prefeito Pannunzio. “Não é possível que o Pannunzio vá suportar essa herança maldita de boca calada por mais tempo ainda. Ele precisa dizer o que está acontecendo”. Outro me explicou a situação com o seguinte trocadilho: “se apertar  sai chorume, se afrouxar fica fedorento”.
    Vale lembrar, conforme o dicionário, que “chorume, também chamado por líquido percolado, era inicialmente apenas a substância gordurosa expelida pelo tecido adiposo da banha de um animal peludo. Posteriormente, o significado da palavra foi ampliado e passou a significar o líquido poluente, de cor escura e odor nauseante, originado de processos biológicos, químicos e físicos da decomposição de resíduos orgânicos. Esses processos, somados com a ação da água das chuvas, se encarregam de lixiviar compostos orgânicos presentes nos lixões para o meio ambiente. Chorume também é uma mistura de água e resíduos da decomposição do lixo. Pode infiltrar-se no solo dos lixões e contaminar a água subterrânea”.
    A CPI do Lixo foi proposta pelo vereador José Crespo (DEM) e obteve sete assinaturas. O relator e presidente estão sem definição.

    Leia mais
  • Enquanto no feriado o bairro Campolim virou campo de batalha e viaturas da polícia viraram alvo de pedradas em Sorocaba, no Parque Paineiras a presença ostensiva e sistemática da PM voltou a a garantir o sossego dos moradores

    Enviado em: 19/11/2013 16:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    Uma confusão na madrugada de sexta-feira passada (feriado) para o sábado (16/11/13), no bairro Campolim, terminou com duas viaturas da Polícia Militar depredadas e atos de vandalismo no parque. O tumulto, registrado por volta da 1h, teria sido decorrente da ação de policiais militares na tentativa de abrir o acesso da avenida Caribe, que teria sido fechado pelos jovens, que toda sexta-feira costumam se reunir no local. Ou seja, havia pouca polícia para muitos vândalos. Nem o uso de bombas de gás lacrimogêneo pela PM acalmou a confusão que tanto susto provocou.
    Por outro lado, no Parque das Paineiras, na zona norte, extremo oposto da cidade, o fim de semana do feriado foi de tranquilidade. O domingo (sempre o dia mais problemático) foi de calma total e a razão me foi dada por uma moradora: a polícia chegou no bairro na sexta-feira (dia do feriado) e ficou lá o tempo todo até o domingo à noite.
    A verdade disso é uma só: se a polícia fizer o seu trabalho como manda a legislação, ou seja, com inteligência, os vândalos e arruaceiros se intimidam. Se agir sem estratégia e no improviso (como parece ser o caso do Campolim), serão confrontados.
    Me lembro da visita do ex-governador Fleury, meses atrás, em palestra promovida pelo Instituto Defenda Sorocaba. Ele afirmou com todas as letras, para quem quisesse ouvir, que o comando da PM de Sorocaba tem apenas 500 soldados, sendo que 100 deles estão sempre em férias, outros 100 afastados e 100 cumprindo serviço interno no quartel. Ou seja, restam 200 soldados para cuidar da cidade. O que ele disse que é pouco e não há quem discorde.

    Leia mais
  • Novo shopping se acerta com MP e vai construir creche em Sorocaba. Comerciante amigo meu pergunta: “se eu gastar para construir uma creche a Prefeitura também será a responsável pelo custeio de toda a operação?”

    Enviado em: 19/11/2013 16:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um acordo inédito assinado entre a Prefeitura e o Shopping Pátio Cianê que será inaugurado nesta quinta-feira (21/11/13), com a anuência do Ministério Público, acaba de garantir, por meio de concessão onerosa, a construção de mais uma creche para Sorocaba. O vereador José Crespo, que esteve com Máximo Pinheiro Lima, dono do empreendimento, tornou público a consolidação do fato. A operação (como gerenciamento, manutenção e mobília) da creche será da Prefeitura de Sorocaba. A notícia gerou o seguinte comentário de um famoso comerciante de Sorocaba (que pediu sigilo sobre sua afirmação e vou atender): “se eu construir uma creche a Prefeitura também toma conta dela? Hoje um dos meus problemas é o de oferecer creche para atender as necessidades de minhas funcionárias e de potenciais futuras contratadas, disse ele”.
    Crespo, segundo sua assessoria de comunicação, solicitou a presença do MP nas negociações com o shopping e pediu que no acordo estivesse a construção, sem custos para a Prefeitura, de uma nova creche, que é a principal demanda da cidade atualmente. O prefeito Antonio Carlos Pannunzio, também segundo divulgou a assessoria de Crespo, gostou da proposta do vereador e determinou aos seus assessores que conduzissem as conversas nesse sentido, o que culminou com a assinatura, nos últimos dias, de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). A creche será erguida bem em frente ao shopping, no espaço onde seria o CEI 16, obra parada e depois cancelada pelo atual governo.

    Leia mais
  • Comissão de Vereadores divulga as seis ações que vão fazer para influenciar o governo a iniciar a duplicação da ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora

    Enviado em: 19/11/2013 15:57h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Especial em Prol da Duplicação da Rodovia João Leme dos Santos - SP-264, presidida pelo vereador Francisco França (PT), informa que a audiência pública que acompanha a demora para o início das obras concluiu o seguinte: 1) Encaminhar representação ao Ministério Público pedindo para que entre no caso; 2) Criar uma Frente Parlamentar composto pelos Legislativos e Executivos de Sorocaba e cidades da região; 3) A pedido de moradores, solicitar ao DER uma rotatório ou retorno em frente ao condomínio Fazendo Imperial e deslocamento do ponto de ônibus existente na frente do loteamento para o km 107/108; 4) Agendar reunião com a CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental e Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo; 5) Agendar reunião com todas as empresas que margeiam a SP-264; 6) Solicitar ao DER/governo do estado a cópia dos autos 265 e 905/01/DER/2013 ação a ser feita pelo Anselmo Neto, relator da comissão, e Luiz Henrique Ferraz da OAB. 

    Leia mais
  • Falta de coleta de lixo desde o feriado é motivo mais que suficiente para Prefeitura abrir uma batalha na justiça contra a empresa Gomes Lourenço que é responsável pelo serviço. É intolerável e vergonhosa essa situação. O sorocabano merece mais qualidade

    Enviado em: 18/11/2013 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Prefeitura de Sorocaba fez um contrato emergencial com a ProActiva, dona do aterro sanitário que fica na cidade de Iperó, para o descarte da coleta de lixo depois de um atrito entre essa empresa e a Gomes Lourenço que, por contrato, deve coletar e dar destinação ao lixo produzido pelo sorocabano. Mas os problemas continuam e bairros de Sorocaba ainda sofrem com o acúmulo de lixo em conteiners. Aliás, os conteiners que continuam os mesmos: quebrados e sujos como ocorre há anos. A coleta de sexta-feira em ruas da Vila Santana e Vila Carvalho, por exemplo, não foram feitas. Com o feriado, a cidade ficou exatamente emporcalhada. Há motivos mais que evidentes para que a Prefeitura de Sorocaba busque na Justiça um reparo do mau serviço que a Gomes Lourenço vem prestando. O sorocabano não merece ser tratado desta forma. É intolerável e vergonhosa essa situação. O sorocabano merece mais qualidade.

    Leia mais
  • Ministério Público celebra o Termo de Ajustamento de Conduta feito com a Câmara de Vereadores de Sorocaba

    Enviado em: 18/11/2013 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política

    O promotor de justiça Orlando Bastos Filho também usou o twitter para informar que o Ministério Público acaba de celebrar o arquivamento de um inquérito sobre os cargos de confiança na Câmara de Vereadores de Sorocaba com a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta.
    O MP instaurou o inquérito ao tomar conhecimento da decisão da Câmara de pretender criar um 7º cargo sem concurso para cada vereador (atualmente são 6) e constatar um excesso no número de cargos de livre provimento dispostos ao presidente (10).
    “O expediente, agora, foi arquivado, com a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta. Quanto ao 7º cargo, foi informado, oficialmente, a não intenção na sua criação, que, de fato, não ocorreu. Quanto aos cargos da presidência, o TAC, com vigência para janeiro/14,  ajustou a extinção de 6 dos 10. Mais uma caso de sintonia, no interesse público, da moralidade, e da economia, ente MP e Câmara, na pessoa do pres. José Francisco Martinez. Salvo absoluta necessidade, demonstrada por estudos externos, os cargos não poderão ser recriados, ainda que com outro nome, pena de multa”, afirma o promotor.

    Leia mais
  • MP anuncia acordo com Prefeitura de Sorocaba para melhorar Portal da Transparência

    Enviado em: 18/11/2013 19:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    O promotor de justiça Orlando Bastos Filho usou o twitter para informar que o Ministério Público acertou com a Prefeitura de Sorocaba ações para incrementar o Portal da Transparência no site da prefeitura.
    Segundo o promotor, agora, nas publicações das nomeações de cargos em confiança, virá também a indicação da lei que criou o cargo, o que não ocorria. “A medida permitirá um maior controle social das indicações. Outras ações de transparência estão sendo ajustadas, e logo serão informadas. Se destaca o prefeito Antônio Carlos Pannunzio pela abertura democrática e destemor com que vem enfrentando as questões de transparência”, afirma o promotor.

    Leia mais
  • Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação vai passar a tarde do dia 6 de dezembro no Parque Tecnológico de Sorocaba. Ele é apontado como um dos padrinhos do empreendimento sorocabano por ser um dos seus incentivadores

    Enviado em: 18/11/2013 19:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Marco Antonio Raupp é um matemático brasileiro, ex-diretor geral do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, e atual ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação. Ele foi diretor do Parque Tecnológico de São José dos Campos e incentivador da criação do Parque Tecnológico de Sorocaba. Apontado como padrinho do Parque Tecnológico de Sorocaba, Raupp decidiu conhcer o empreendimento e agendou a tarde do dia 6 de dezembro para ficar por aqui. Ele vai usar as instalações para despachar ações do ministério e receber pesquisadores e autoridades. A agenda está sendo formalizada.
    Raupp é pesquisador e profissional ligado a ciência. Ou seja, tem um currículo condizente com a pesquisa e oposto ao do presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Vitor Lippi, que ocupa o cargo por sua atuação política. A presença de Raupp em Sorocaba e seu currículo vão levantar esta lebre, ou seja, de que um Parque Tecnológico deve ser gerido e administrado por um cientista e não por um político. Claro que há prós e contras com a nomeação de um presidente com um perfil e outro. Mas um tema que estava amortecido, sem dúvida, vai ganhar força.

    Leia mais
  • Comissão de Ciência e Tecnologia realiza a primeira audiência pública sobre o Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 18/11/2013 19:07h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    A Câmara Municipal de Sorocaba, através da Comissão de Ciência e Tecnologia, presidida pelo vereador Fernando Dini (PMDB), realizou na manhã desta segunda-feira (18), a primeira audiência pública sobre o Parque Tecnológico de Sorocaba. Estiveram presentes o presidente do PTS, o ex-prefeito Vitor Lippi; o presidente executivo da Inova (agência de Inovação de Sorocaba), Agliberto Chagas; o presidente do Conselho Administrativo da Inova, Erly Syllos; e representantes de empresas e universidades que já estão instalados no PTS ou mantêm contato para a instalação. Para o vereador Fernando Dini, a audiência foi de grande valia, mas ainda há questões a serem respondidas, como por exemplo, o porquê do repasse de R$ 500 mil não ter mais necessidades de passar pela aprovação da Câmara Municipal.

    Leia mais
  • Toni Silveira lembra Serra da ovada que eles levaram em Sorocaba

    Enviado em: 13/11/2013 11:35h - Por: Deda | Categoria: Política



    O secretário de Obras da Prefeitura de Sorocaba, Toni Silveira, na recepção a José Serra no gabinete de Pannunzio lembrou ao ex-governador que estava com ele quando foi alvo de uma ovada em Sorocaba. Serra não se lembrou do fato de imediato, mas depois riu e disse que aquela ovada era para o ministro Paulo Renato e não para ele. Todos riram da maneira descontraída que Serra lembrou do fato. Em resumo, o que ocorreu há 13 anos foi isso: Em maio de 2000, quando era Ministro da Saúde, José Serra esteve em Sorocaba para um evento do partido, e foi agredido com uma ovada. O manifestante Edi Paraizo, integrante da União Sorocabana dos Estudantes, justificou a atitude por conta de suposta violência da Tropa de Choque da Polícia Militar contra servidores públicos estaduais dias antes. À época, o então ministro com o rosto e as roupas sujas disse “Covardes, sem-vergonhas. É uma violência incrível e descabida”. Irritado, José Serra ainda revelou aos jornalistas: “Se o rapaz não tivesse fugido, teria levado uma bordoada”. O Diário de Sorocaba foi o único jornal a fotografar o acontecimento. O repórter fotográfico Luciano Quirino clicou o momento exato em que o ovo foi quebrado na face direita do político. A foto (aqui reproduzida) foi comprada pela Agência Estado e publicada na primeira página de vários jornais do Brasil.  

    Leia mais
  • Serra critica PSDB e vê partido complexado como Madama Bovary. Mas isso foi em São Paulo e na semana passada. Em Sorocaba, ex-governador evita entrevista sobre a sucessão, faz mesuras tucanas e cumpre agenda de candidato para o cargo de...

    Enviado em: 13/11/2013 11:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    Tive a oportunidade de entrar na sala do prefeito Pannunzio, na terça-feira, quando o ex-governador José Serra já estava lá. O prefeito e alguns secretários (João Leandro, Rodrigo Maldonado, Aurílio Caiado, Rubens Lara, Roberto Juliano, Toni Silveira) fizeram a recepção de Serra. O ex-governador lembrou dos ex-prefeitos com quem teve relação e citou Theodoro Mendes, Flávio Chaves e Renato Amary. Lembrou de ações recentes de quando foi governador (vinda da Toyota) e se surpreendeu que a AME (Ambulatório Médico de Especialiadades) ainda não esteja em pleno funcionamento. Disse que estava com fome e comeu pão integral com queijo branco e tomate e tomou café com leite. Solicitei uma entrevista. Ele quis saber sobre o que. Expliquei que o assunto é sucessão presidencial. Ele disse que sobre isso não tinha o que dizer, mas gostaria de descer o pau nos erros do governo Dilma. Não avançou a entrevista, mas Serra fez uma espécie de mea culpa e reconheceu que a oposição ao governo federal não consegue explicar à sociedade os malefícios do atual governo. Ele saiu com Pannunzio, foi visitar as emissoras TV Sorocaba e TV Tem e rádio e jornal Cruzeiro do Sul e foi até a Câmara de Vereadores onde também o acompanhei e vi sua palestra (leia o post a seguir). Leia abaixo a reportagem de Marina Dias publicada na edição de sábado passado do jornal Folha de  S.Paulo. O tucano usou o termo "bovarismo", em referência ao romance "Madame Bovary", de Gustave Flaubert, para descrever o que classificou como um dos principais problemas atuais dos tucanos.

    Leia mais
  • Juiz, que é ex-cunhado do ex-prefeito, deixa de atuar nos 26 casos onde Vitor Lippi é alvo de processo na Comarca de Sorocaba. Desde que a irmã de Lippi, ex-mulher do juiz, passou a defender o ex-prefeito, juiz pensa em tomar a decisão de não atuar nesses processos

    Enviado em: 11/11/2013 16:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    O juiz da Vara da Fazenda Pública em Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado, decidiu se afastar de todos os processos envolvendos o ex-prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi. Sua alegação é de caráter pessoal, afinal ele é o ex-marido da advogada do ex-prefeito que é a irmã de Lippi. Embora não sejam mais casados, Marcondes é o tio dos filhos dos ex-prefeito e conheceu na intimidade a irmã e atual advogada do ex-prefeito. Até o início do ano, a irmã de Lippi não era sua advogada. Mas desde que ela passou a comandar a defesa do ex-prefeito nos processos, o juiz passou a pensar se devia se manter ou não a frente dos processos. A decisão pegou os outros magistrados da Comarca sorocabana de surpresa, mas eles não se negaram a assumir os processos do ex-prefeito. Desta forma, cada um dos sete juízes titulares ficaram cada um com três processos e cada um dos cinco auxiliares com um processo cada, fechando a contabilidade de 26 processos que o ex-prefeito responde em 1ª instância  em Sorocaba. Os processos enfrentados pelo ex-prefeito no TCE (Tribunal de Contas do Estado) não entram nesta conta. A seguir relembro os casos enfrentados por Lippi só neste ano.

    Leia mais
  • Vereadores apresentam ótimas propostas para fortalecer a educação pública municipal. Mas dois terços dos estudantes sorocabanos são da escola estadual. E ninguém se rebela contra isso. Até quando vai se tolerar ensino público de qualidade tão discrepante em Sorocaba

    Enviado em: 11/11/2013 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política

    Aproveito a pauta da sessão desta terça-feira (12/11/13) do Poder Legislativo sorocabano, que começa a discutir um projeto que obriga a atenção do dirigente de ensino para as faltas injustificadas dos alunos e outro que introduz o ensino de música na escola, para voltar a um tema que virou minha bandeira profissional há pelo menos uma década: a de chamar a atenção da sociedade e do poder público para a necessidade de acabar o muro que existe entre a qualidade do ensino público municipal do ensino público estadual. As crianças são uma só (sorocabanas), mas é uma parcela pequena delas (um terço) que consegue estudar numa escola municipal. A grande maioria fica confinada na escola estadual. A discrepância na qualidade de ensino entre as duas escolas é assustadora. Na campanha eleitoral passada, os dois candidatos que foram ao 2º turno (Renato Amary e Pannunzio) fizeram manifestações explícitas de que iriam agir para acabar com este problema. O eleito (Pannunzio), dez meses depois do início do governo não deu um sinal de como e quando pretende resolver esta questão. A municipalização do ensino, aos olhos leigos, seria o caminho mais eficiente e eficaz para acabar com este abismo entre os estudantes municipais e estaduais. 

    Leia mais
  • Mais uma vez, representantes do governo paulista ignoram audiência pública para discutir a duplicação da SP-264 (ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora) na Câmara de Sorocaba. OAB sugere intervenção do Ministério Público no caso

    Enviado em: 11/11/2013 16:10h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Especial em Prol da Duplicação da Rodovia João Leme dos Santos - SP-264, presidida pelo vereador Francisco França (PT) se reuniu na manhã de hoje (11/11/13) e a audiência pública se transformou mais uma vez em um palanque de críticas ao governo paulista. E com razão, aliás o governador Geraldo Alckmin já anunciou o início da duplicação em pelo cinco oportunidades, inclusive em sua propaganda eleitoral de TV e quando o chamei de promessinha na coluna o “O D da Questão” ele alegou que estava faltando com respeito a ele. Apesar da licitação da obra já ter seus ganhadores, ainda falta a licença ambiental para que a obra saia do papel e também que tenha início o processo de desapropriação das propriedades que serão ocupadas pela futura pista da rodovia. A novidade na audiência de hoje foi a manifestação do secretário geral adjunto da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), secção Sorocaba, Luis Henrique Ferraz. Ele sugeriu que o Ministério Público seja oficializado pela comissão com a entrega dos documentos e materiais recolhidos: “já justifica uma intervenção da promotoria” disse o representante da OAB.

    Leia mais
  • Presidente do PC do B rebate minhas críticas na coluna \"O D da Questão\" e mantém convicção sobre protesto contra as mudanças na área da saúde em Sorocaba

    Enviado em: 11/11/2013 16:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fiz críticas ao movimento encabeçado por Renan Santos, presidente do PC do B de Sorocaba, de organizar uma manifestação agendada para amanhã, terça-feira (12/11/13), a partir das 17h30, na confluência das avenidas Itavuvu com Ipanema, contra as ações recentes da Prefeitura de Sorocaba na área da saúde. Entre essas mudanças estão a centralização dos atendimentos de pediatria na Unidade Pré Hospitalar) da Zona Oeste e do atendimento clínico adultono na Unidade Pré Hospitalar) da Zona Norte. Renan quer que seja revogada esta decisão. Ele não concordou com minhas críticas e pediu espaço para se manifestar. Hoje (11/11/13) ele esteve na coluna “O D da Questão” que apresento as segundas, quartas e sextas na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e rebateu minha opinião. Fez severas críticas ao prefeito Pannunzio, ao ex-prefeito Lippi e deixou claro que sua discordância está no modelo de gestão adotado pela atual administração. Sobre o fato de o eleito (no caso Pannunzio) ter a prerrogativa de escolher como administrar, Renan Santos lembrou dos movimentos populares de junho onde o cidadão achou o caminho de expor sua insatisfação nas ruas. Quando o povo sai as ruas, no mínimo o governante passa a ouvir mais o que ele tem a dizer, explicou Renan. Fica o convite para que você, leitor, ouça na íntegra a participação de Renan Santos em “O D da Questão”: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/jornal-ipanema/43757-o-d-da-questao-fala-sobre-saude-em-sorocaba-ouca

    Leia mais
  • Novo presidente do diretório municipal do PT em Sorocaba é da mesma ala do partido que há trinta anos controla a legenda na cidade

    Enviado em: 11/11/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Sem surpresa, o vereador Izídio de Brito apenas confirmou o que todos já sabiam: ele venceu a eleição do PT em Sorocaba com 383 votos (80,5%) e Anderson Lima, conseguiu 93 votos (19,5%). Foram registrados 17 votos brancos e 5 nulos. Dos 842 filiados aptos para votar na tarde deste domingo, na sede do diretório municipal, 498 compareceram às urnas. Izídio é da ala que há três décadas está no comando do diretório municipal e tem base no Sindicato dos Metalúrgicos. O deputado estadual Hamilton Pereira é a principal liderança de influência desta ala. Anderson Lima é assessor do deputado estadual Ênio Tatto, cujo a base eleitoral é em Osasco.

    Leia mais
  • Testemunha dos casos dos vereadores sorocabanos envolvidos em ações do MP sobre empréstimo de dinheiro na Câmara estaria sendo ameaçada de ser processada. Promotor reage e afirma que objetivo dos vereadores parece tendente a de constranger denunciante

    Enviado em: 08/11/2013 15:27h - Por: Deda | Categoria: Política

    Seguem transitando as ações do Ministério Público de Sorocaba contra vereadores de Sorocaba referente aos exercícios de 1985 a 1988 e 1991 e outra referente aos anos de 1995 e 1996. As duas ações apuram prática dos vereadores sorocabanos de pegar dinheiro público para uso pessoal. “Deve ficar bem claro (me alerta o promotor de justiça Orlando Bastos Filho) que não era adiantamento o que os vereadores faziam  porque era um dinheiro que entrava por fora, clandestino, sem desconto no salário. Não aparecia na contabilidade” da Câmara dos Vereadores de Sorocaba.
    Na primeira ação, o promotor afirma que apurou que para burlar a contabilidade oficial da Câmara de Sorocaba, 14 vereadores tiravam folhas de cheque com o uso de uma lâmina (tipo gilete) dos talões e colavam em caderninhos de acompanhamento. Esses caderninhos foram periciados e quebrados os sigilos bancários de todos os envolvidos se provou o aporte de dinheiro público nas contas pessoais dos 14 citados na ação. O MP pretende reaver para o povo sorocabano a quantia é de R$ 4.1 milhões. Orlando Bastos Filho afirma que a Câmara e seu dinheiro público não são banco a serviço de vereadores.
    Na ação referente aos anos de 1995 e 1996, o caso avançou e o presidente da Câmara de Sorocaba, vereador José Francisco Martinez (PSDB), teve o seu processo transitado em julgado no STJ (Superior Tribunal de Justiça) condenando Martinez a perder seus direitos políticos. Para ser executada essa sentença, porém, é necessário ter certeza de que não há mais recursos no caso e Martinez declarou que há recursos. Orlando Bastos concordou com a argumentação de Martinez e assim se manifestou à justiça.
    Toda a investigação do MP nasceu após denúncias de testemunhas e elas estariam sendo ameaçadas. O promotor Orlando Bastos Filho também já ouviu falar dessa possível ameaça e me disse o seguinte: “Se verdade que vão processar a testemunha é um fato muito triste e injusto, parecendo tendente só a constrange-la, mesmo porque,  jamais acusou alguém em especial. Faremos tudo para preservar a testemunha”.
    No caso da ação referente aos exercícios de 1985 a 1988 e 1991, os 14 vereadores que estão como réu na ação são: Marinho Marte, Antônio Carlos Silvano, Augusto César de Oliveira, Moacir Luis Silva de Oliveira, Milton Souza Pinto, Antônio Tadeu Furlani, Arthur da Silveira Lara, Oswaldo Duarte Filho, Ivan Almeida Freitas, Américo de Cvarvalho Filho, Osvaldo Francisco Noce, Jorge Moisés Betti Filho, Walter Coelho e Lecy Benedito.

    Leia mais
  • Candidato de oposição para dirigir diretório municipal do PT tece críticas severas ao atual grupo que domina o partido há três décadas em Sorocaba. Candidato de situação alega compromisso e falta a coluna radiofônica “O D da Questão” onde foi convidado para debater a eleição do próximo domingo

    Enviado em: 08/11/2013 15:26h - Por: Deda | Categoria: Política

    O vereador Izídio de Brito, candidato da chapa de situação que concorre na eleição que vai escolher os dirigentes do diretório municipal do PT no próximo domingo, via assessoria de comunicação, negou convite feito por mim para ele debater suas propostas na coluna “O D da Questão” que foi ao ar na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) hoje (8/11/13). A alegação era que iria participar no mesmo horário, às 8h30, de uma atividade relacionada com a ONG Ceadec (Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania). Izídio se comprometeu a comparecer ao programa para falar sozinho na semana que vem, independentemente do resultado da eleição de domingo.
    Quem participou sozinho da coluna radiofônica foi Anderson Lima. Ele tem 31 anos, é assessor parlamentar do deputado estadual Ênio Tatto (que é da região de Osasco), filho do ex-vereador do PT Jorjão das Laranjeiras (o primeiro suplente do partido nesta legislatura) e decidiu enfrentar o grupo majoritário, liderado pelo deputado estadual Hamilton Pereira, para renovar o comando do partido da cidade, disse ele durante a entrevista.
    Ele explicou que na eleição municipal de 2008 o candidato do PT obteve 14% dos votos para prefeito e na eleição de 2012 esse número caiu a 9%. Ele afirmou que o grupo de Hamilton está há trinta anos no comando do PT de Sorocaba e aniquilou todos partidários que buscaram mudanças. Ele citou os casos de Raul Marcelo, Gabriel Bitencourt, Arnô Pereira e Latino que foram deixados de lado e sem espaço político a ponto de buscarem outro caminho. Ele citou que Iara Bernardi, que era oposição a esse grupo, se uniu a eles para ter uma sobrevida dentro do PT de Sorocaba.
    Num outro momento, cuja a gravidade jurídica e a legalidade da questão poderá despertar a atenção do Ministério Público, Anderson Lima afirmou que a atual direção do PT sorocabano pagou as mensalidades de mais de 400 filiados, que estavam em dívida com o partido, com o objetivo de permitir que eles votem na eleição de domingo. Ele explicou que o PT sorocabano tem 1,2 mil filiados atualmente e que cidades menores, como Franco da Rocha, com 200 mil eleitores, possui 4 mil filiados. Segundo Anderson Lima isso acontece por estratégia de quem comando o partido em Sorocaba, afinal, com menos filiados fica mais fácil de manter o controle do partido de maneira que fique sempre na mão dos mesmos, disse ele.
    Pena que Izídio faltou a entrevista. Afinal são acusações sérias demais, pois atinge a honra desse grupo liderado por Hamilton Pereira e revela que o que está em jogo no diretório municipal do partido é prioritariamente a busca pelo poder. É um jogo bruto e pesado. Meu desejo é que o vencedor tenha uma proposta de governo e ela seja para explicar ao cidadão como como o partido pretende atuar na oposição ou no mandato de Sorocaba. 

    Leia mais
  • A política de saúde do governo do estado segue sendo a de dar ambulância para transportar pacientes ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Quem vai mudar essa política? Há 50 anos essa prática acontece e não houve um governante com coragem de construir centros de excelência hospitalar na área que vai de Sorocaba até a fronteira com o Paraná

    Enviado em: 08/11/2013 15:25h - Por: Deda | Categoria: Política

    Notícia do Portal do Governo do Estado de quinta-feira (07/11/13), às 12h50, comunica à sociedade paulista de que 61 ambulâncias reforçam atendimento nos municípios paulistas, entre eles os pacientes das regiões de Sorocaba. O governador Geraldo Alckmin, ressalta a importância de equipamentos novos para o atendimento à população: "A ambulância é uma necessidade. Não pode quebrar e nem ficar na estrada, porque transporta vida, pessoas doentes e em situações mais frágeis, como casos graves". As 61 ambulâncias custaram R$ 6,2 milhões, sendo R$ 101 mil por unidade.
    Tivesse mesmo preocupação com a saúde, o discurso de Alckmin seria outro. Seria o de construir centros de excelência hospitalar próximo do cidadão. De Sorocaba até a fronteira com o Paraná não há outra opção senão a de trazer o paciente ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Até quando será essa a política de saúde de um governante? Que os próximos candidatos inovem em suas propostas e que o eleitor dê um basta em quem vai fazer mais  do mesmo.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba publica o edital de licitação para selecionar e contratar duas agências de propaganda que terão R$ 7 milhões para gastar com a publicidade oficial da administração municipal em 2014. Ainda bem: Publicidade é uma necessidade pública e beneficia o cidadão

    Enviado em: 07/11/2013 15:31h - Por: Deda | Categoria: Política

    O objeto da mais recente licitação aberta pela Prefeitura de Sorocaba visa a seleção e contratação de empresas especializadas para a prestação de serviços de publicidade que compreende o planejamento, a conceituação, a concepção, a criação, a execução interna, a intermediação e a supervisão da execução externa, a compra de mídia e a distribuição de campanhas, peças e material publicitários, com o intuito de atender ao princípio da publicidade e ao direito à informação, de difundir idéias ou de informar o público em geral, nos termos da Lei Federal nº 12.232, de 29 de abril de 2010.
    A decisão de contratar duas agências de propaganda atende aos requisitos da para que haja intercâmbio e diversificação de idéias e opiniões, de modo a obter maior resultado do objeto contratado.
    A Prefeitura de Sorocaba prevê gastar o valor estimado por 12 meses R$ 7 milhões com as duas agências que deverão fazer planejamento de campanha no momento da solicitação pela Prefeitura e levar em conta a realidade social local e nacional, aumentos ou diminuições de surtos como de dengue, gripes, entre outros, surgimento de catástrofes naturais ou desordem pública. A publicidade também vai atender a realidade do momento, como conscientização de uso dos serviços públicos, prestação de contas e educação para o trânsito. Aliado a isso, temos campanhas específicas em épocas já agendadas como: Prevenção no Carnaval, Volta às aulas, Divulgação da Semana do Tropeiro e Festa Junina, Queimadas, Natal, entre outras.
    Importância da publicidade
    É fundamental que o poder público se comunique bem com o cidadão. Publicidade da administração, portanto, não significa fazer propaganda do prefeito ou seu governo. Significa, sim, explicar ao cidadão os atos de sua administração, significa auxiliar o cidadão a compreender as mudanças pelas quais passam o serviço público da cidade.
    O exemplo mais atual sobre a importância do serviço das agências de propaganda na atual administração está relacionado com a necessidade da Prefeitura (tópico “conscientização de uso dos serviços públicos” do edital de licitação para a escolha da agência) informar sobre as mudanças em curso no uso das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) e PS (Pronto Socorro). Onde uma só atende pediatria (zona oeste) e outra (zona norte) só adulto. Onde para se chegar ao PS agora é preciso ter passado por uma UPH. Só a publicidade, com sua capacidade de chegar várias vezes ao dia e por vários dias seguidos ao cidadão, ajuda ele a entender o que mudou em sua vida.
    Publicidade é uma necessidade pública. Beneficia o cidadão.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba publica edital de cessão de área de 4 mil metros defronte ao Fórum da Comarca para a OAB de Sorocaba construir sua nova sede na cidade. Previsão é de que o novo edifício fique pronto até 2016

    Enviado em: 07/11/2013 15:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    Deve estar publicado no jornal Município de Sorocaba (órgão oficial de publicação dos atos públicos da Prefeitura) a cessão de área de 4 mil metros quadrados, localizados defronte ao Fórum da Comarca, local hoje usado como estacionamento de veículos, para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), secção de Sorocaba, construir no local a sua nova sede. O prédio atual da OAB, localizado na avenida 3 de março, segue como propriedade da OAB. A necessidade de uma nova sede, informa o presidente da OAB-Sorocaba, Alexandre Ogosuko, se dá diante do crescimento das ações da OAB. Na nova sede, a OAB terá o seu Tribunal de Ética, a Escola Superior de Advocacia e o Conselho de Prerrogativas. Ogosuko também informa que depois de todos os trâmites legais até que o terreno fique em nome da OAB se prevê que as obras se iniciem em 2014 e estejam concluídas até 2016. São três as possibilidades de vinda de recurso para a construção dessa obra: A) Liberação de dinheiro por parte da OAB estadual; B) OAB-Sorocaba usar recursos próprios e C) venda do atual prédio da OAB e uso do dinheiro proveniente dessa venda na construção do novo prédio. Ogosuko me informa que a alternativa C é a que mais desagrada a atual diretoria e a B está fora de cogitação diante da falta de dinheiro. Ogosuko está em viagem aos Estados Unidos e somente após sua volta, em decisão com a diretoria, vai se pronunciar oficialmente sobre a futura sede da OAB.

    Leia mais
  • Associação de Mulheres Empreendedoras traz para Sorocaba uma das mulheres mais influentes do Brasil: Margareth Groff, diretora executiva financeira de Itaipu Binacional, que virá no dia 19 de novembro em evento aberto ao público

    Enviado em: 07/11/2013 15:29h - Por: Castilho e Muraro Comunicação Empresarial | Categoria: Diversos

    A AME (Associação de Mulheres Empreendedoras de Sorocaba), realiza no dia 19 de novembro, às 19h30, no Cadoff, evento com a participação de Margareth Groff, diretora executiva de finanças de Itaipu Binacional. Ela ministrará a palestra “Gestão Eficaz e o Empoderamento da Mulher”. A palestra é aberta ao público, com entrada gratuita e vagas limitadas. Esta é mais uma parceria entre a AME e o Instituto Endeavor, que promove a Semana Global do Empreendedorismo entre 18 e 24 de novembro em 104 países.

    Leia mais
  • Os vereadores de Sorocaba votam projeto que regulamenta a concessão de alvarás na cidade e estabelece que nenhum imóvel poderá ser utilizado para funcionamento de atividades comerciais, industriais, institucionais, de prestação de serviços e similares sem o devido alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura. Ou seja, até hoje era cada um por si. Um escândalo não é não?

    Enviado em: 06/11/2013 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    A ordem dia da 70ª sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Sorocaba nesta quinta-feira (7/11/13) vai abordar do vereador José Crespo (DEM) um projeto substitutivo que dispõe sobre a concessão de alvarás de funcionamento no município. O projeto estabelece que nenhum imóvel poderá ser utilizado para funcionamento de atividades comerciais, industriais, institucionais, de prestação de serviços e similares sem o devido alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura Municipal. Na prática isso significa que até agora cada um fazia o que queria, era cada um por si. Um escândalo não é não?

    Leia mais
  • Sabe aquela lista com os salários dos funcionários da Prefeitura de Sorocaba? Pois é, ela saiu do site por ordem do Tribunal de Justiça que concedeu efeito suspensivo para a sua remoção atendendo pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais

    Enviado em: 06/11/2013 18:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fui o primeiro a defender o inedistismo em termos sorocabanos da medida do prefeito Pannunzio de colocar no site da Prefeitura de Sorocaba a lista com os salários dos servidores públicos municipais. Há legislação neste sentido há anos, mas o ex-prefeito Vitor Lippi não teve, por razões dele, interesse em tornar público tais salários. Graças a medida, que era acessada pelo ícone Transparência no site da prefeitura, o sorocabano teve a chance de saber o nome de dezenas de médicos que receberam em agosto mais de R$ 30 mil por mês. Soube dos vencimentos de secretários municipais que superam os R$ 20 mil Viu dezenas de professores e diretoras de escola, enfermeiros, dentistas com salários superiores a R$ 18 mil. Mas quem saber quantos estes funcionários receberam em outubro não vão mais conseguir. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a retirada do Portal da Transparência dessas informações. A decisão do TJ atende a ação apresentada à Justiça pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba sob a alegação de violação à privacidade dos trabalhadores da categoria. O efeito suspensivo é provisório e ainda haverá decisão final. Em âmbito local, o juiz da vara da Fazenda Pública de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado, afirmou que o prefeito de Sorocaba agiu de maneira regular.

    Leia mais
  • Posto de gasolina vendendo combustível adulterado no Jardim Simus, em sorocaba, é alvo de ação do Ministério Público

    Enviado em: 06/11/2013 18:05h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    Orlando Bastos Filho, promotor de justiça de Sorocaba, usou o twitter para dar publicidade a uma ação de defesa do consumidor sorocabano de sucesso. Um posto de combustível flagrado por vender combustível adulterado é alvo de ação do MP local. A ação é uma esperança de que este país tem jeito e o cidadão pode contar com a estrutura de poder para ver garantido os seus direitos na prática e não somente na teoria. Veja o que escreveu o promotor: “Em defesa do consumidor o MP propôs ação em face do auto posto Skita Olena Ltda., localizado na Av. Américo Figueiredo 1939 Jardim Simus. O posto foi flagrado vendendo gasolina fora dos padrões.  Pede-se indenização aos consumidores que compraram, e tamb´rm por dano moral coletivo. O posto foi flagrado vendendo gasolina fora dos padrões.  Pede-se indenização aos consumidores que compraram, e tbm por dano moral coletivo. Pede-se, ainda, que cada vez que constatada nova venda irregular,  automaticamente incida multa de R$ 100 mil. A ação foi manejada pela Promotora de Justiça Ana Alice Mascarenhas Marques, que auxilia nas funções do 15º cargo.

    Leia mais
  • Depois da mudança das UPHs, Prefeitura revela mudança também no uso do Pronto-Socorro Municipal na Santa Casa de Sorocaba. Sem dúvida, se faz necessário uma comunicação eficiente para atender o cidadão

    Enviado em: 05/11/2013 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política

    O acordo de renovação o acordo entre a Prefeitura de Sorocaba e a Santa Casa para o funcionamento do Pronto-Socorro Municipal (como acontece desde 1999) projeta nova mudança para o usuário. Pelo novo acordo, a PS deixará de atender no sistema de portas abertas. A intenção da Prefeitura é que os atendimentos e internações do Pronto-Socorro sejam feitos por meio do encaminhamento das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) e PAs (Pronto-Atendimentos), ou seja, ao invés de uma pessoa com algum sintoma bater direto na porta da Santa Casa, necessariamente primeiro ela terá de ser atendida em alguma das UPHs ou Pas. O objetivo da mudança é garantir fluxo mais adequado de atendimento no PS e reduzir a pressão de procura de pacientes no Pronto-Socorro.
    As primeiras mudanças foram no sistema de cirurgia na Policlínica. Depois a definição de que a UPH da Zona Norte só atente adultos e a da Zona Oeste o atendimento pediátrico. Agora o cidadão não vai mais direto ao PS e terá antes de ir ao PA ou UPH. Obviamente que os Pas também terão mudança, especialmente com atendimentos nos finais de semana e período noturno.
    O resumo de tudo isso é um só: Sem dúvida, se faz necessário uma comunicação eficiente ee eficaz para atender o cidadão. Décadas depois de um sistema funcionando de uma maneira, a mudança exige que o cidadão que usa o sistema seja informado sobre o que mudou. E todos os outros, inclusive os que não usam, sobre o porquê mudou.

    Leia mais
  • Oposição se une para protestar contra decisão a da Prefeitura de Sorocaba de mudar atendimento nas UPHs. Mas por quê? A mudança provocou um caos na vida das pessoas? Pelo que se sabe, não. Os doentes estão sem médicos? Pelo que se sabe, não. Esse protesto me parece ser um tiro no pé da oposição

    Enviado em: 05/11/2013 18:38h - Por: Deda | Categoria: Política

    Nas redes sociais, lideranças do PC do B, Renan Santos, e do PMDB, Hudson Pessini, divulgam que vai acontecer um ato de público de protesto contra a centralização no atendimento das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) das Zonas Norte e Zona Oeste. Será na terça-feira que vem, dia 12/11, às 17h30, na UPH da Zona Norte no cruzamento das avenidas Ipanema com Itavuvu. O objetivo do protesto é para sensibilizar a prefeitura a revogar imediatamente a centralização do atendimento de pediatria na UPH da Zona Oeste e de clínica geral na Zona Norte.
    Mas por quê?
    A mudança provocou um caos na vida das pessoas? Pelo que se sabe, não. Os doentes estão sem médicos? Pelo que se sabe, não.
    Na última década inteira se viu filas e mais filas para o atendimento de pacientes nas unidades municipais e ninguém fez um protesto parecido com esse.
    O ideólogo desse manifesto deu um tiro no pé. Ter uma opinião contrária a decisão tomada na área da saúde é uma coisa, brigar para que essa opinião prevalece soa, no mínimo, estranho. Esse protesto só teria sentido se as mudanças tivessem piorado o que existia. Não piorou.
    O verdadeiro protesto deve vir da urna.
    Todo e qualquer eleito têm o direito e dever de fazer o que entende como o melhor para atender aos anseios de quem o elegeu. Não há quem esteja no poder que deseje fazer o pior ao cidadão. Se o que fizer não agradar a maioria, é na eleição que se corrige o rumo.
    De verdade, queria ver um sentido nesse protesto. Não vejo. Se tudo estivesse igual ao que vinha ocorrendo e a atual administração não estivesse fazendo nada para mudar o que estava ai (e não era de todo ruim, diga-se de passagem) eu veria um sentido em protestar. 

    Leia mais
  • Médico é preso após registrar o ponto e sair do Posto de Saúde... Caso aconteceu em Cascavel (PR). Alguém sabe de algo parecido em Sorocaba?

    Enviado em: 05/11/2013 18:37h - Por: Deda | Categoria: Política

    Essa reportagem está no Portal UOL. Vale a pena ler. Fica a esperança de que todos os casos como esse sejam revelados, denunciados e o criminoso punido. Acesse: http://cgn.uol.com.br/noticia/70325/medico-e-detido-apos-registrar-o-ponto

    Leia mais
  • José Serra vem ai... Ex-governador tucano agenda palestras na Câmara e Ciesp Sorocaba para o mesmo dia. Para quem se pergunta, como eu, mas para que Serra está se expondo se o candidato é Aécio Neves, não há resposta objetiva. Mas ouvi de tucano de alta plumagem que é birra de filho único

    Enviado em: 04/11/2013 17:04h - Por: Deda | Categoria: Política

    Tucanos de todo o Brasil já decidiram que Aécio Neves é o candidato do partido na corrida para a presidência da república de 2014. José Serra sabe disso. Já deu entrevista dizendo que se Aércio for mesmo o candidato ele vai pedir votos ao mineiro. Mas Serra se mantém no páreo para o caso Aécio, por alguma razão, não decolar. Serra, se expondo, estará na memória do eleitor. Só isso explica a série de palestras que ele vem fazendo pelo Brasil. Inclusive em Sorocaba na terça-feira que vem, dia 12/11. A primeira delas, às 17h, acontece na Câmara de Vereadores. A segunda, no mesmo dia, às 19h, será na sede da Ciesp e terá foco nos empresários.
    Agora, falando em português bem claro, o que José Serra está fazendo é birra de filho único. Falei com quatro tucanos de alta plumagem hoje (4/11/13) e ouvi literalmente de um deles essa expressão. Acho que ela explica bem porque Serra está dando estas palestras. Ah, ele vem responder a pergunta que ele mesmo se faz: “Que país é este?”

    Leia mais
  • Prefeitura fecha acordo para a renovação do convênio com o Pronto Socorro Municipal na Santa Casa de Sorocaba. As modificações e explicações no convênio só serão divulgadas nesta terça

    Enviado em: 04/11/2013 17:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prazo para a renovação do convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e a Santa Casa para a  manutenção dos serviços do Pronto-Socorro Municipal venceu hoje (4/11/13), mas um novo acordo foi selado e os serviços seguem sendo prestados.
    A instalação do Pronto-Socorro Municipal na Santa Casa aconteceu em 1999 quando a população estimada em Sorocaba era de 300 mil habitantes. Hoje são quase 700 mil. A entidade atende atualmente entre 9 mil e 11 mil pacientes, quando o combinado seria receber 7 mil pacientes por mês. A Santa Casa recebe pelo convênio R$ 1,3 milhão todo começo de mês e mais R$ 500 mil pelo que exceder de atendimento do mês anterior. Diante deste quadro o nó a ser resolvido era: se aumenta a estrutura da Santa Casa (o que significa mais dinheiro) ou se estipula que quando houver mais paciente do que a capacidade de atendimento, a direção da Santa Casa encaminha o paciente a outra unidade indicada pela Prefeitura. A resposta desse nó ficou para esta terça-feira, quando o secretário de Saúde, Armando Raggio, vai conceder entrevista para explicar as modificações no convênio do PS Municipal.

    Leia mais
  • Lei da boca-de-lobo que já provocou polêmica no passado, será novamente tema de debate no legislativo sorocabano

    Enviado em: 04/11/2013 17:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    De acordo com a Lei 8.419, de 7 de abril de 2008, de autoria do vereador José Francisco Martinez (PSDB), as bocas-de-lobo do município devem estar protegidas por grades, para evitar a entrada de lixo e entulho. É mais uma lei que não saiu do papel. E o zumzumzum é de que o prefeito Pannunzio (PSDB) encaminhou projeto para revogar esta lei. Em 2010, também por iniciativa do Poder Executivo, foi tentada a revogação dessa lei, mas o vereador Engenheiro Martinez e o então presidente do Saae, arquiteto Geraldo Caiuby, se estranharam. Houve, inclusive, troca de farpas públicas entre eles. Diante da polêmica, o então prefeito Lippi pediu o arquivamento do projeto e decretou vitória de Martinez. Agora, novamente, o assunto volta à baila. Conversei com Martinez há instantes e ele me garantiu que há um erro de interpretação do texto da lei: “Minha lei não pede para que nenhuma boca-de-lobo seja tapada, pede para ser limpa e protegida por grades. Vou falar disso na sessão de amanhã (5/11/13), mas nenhum projeto nesse sentido será votado”. Palavra do presidente do Poder Legislativo.

    Leia mais
  • Vereadores votam projeto do orçamento da Prefeitura de Sorocaba de 2014 e 256 emendas parlamentares em primeira discussão. Dia 26 será votado em segunda discussão e dia 10 de dezembro da redação final

    Enviado em: 04/11/2013 17:00h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    O projeto de lei que aprova o Orçamento 2014 da Prefeitura de Sorocaba entra em primeira discussão em votação inicial e aprecia 256 emendas dos parlamentares. Serão R$ 2,197 bilhões, uma evolução da receita orçamentária em 19,72% em relação ao ano passado. Neste ano são R$ 1,835 bilhão e em 2014 R$ 2,197 bilhões.
    A maior fatia do orçamento é da Secretaria de Educação, cujas despesas foram fixadas em R$ 407,2 milhões. O orçamento estimado para a Secretaria da Saúde é de R$ 386,5 milhões, o segundo maior, seguido pela Secretaria de Serviços Públicos, com R$ 137,9 milhões.
    No caso da administração indireta, os orçamentos previstos são: Saae: R$ 242 milhões. Funserv (Previdência): R$ 147,1 milhões. Funserv (Saúde), R$ 46,2 milhões. Urbes: R$ 195,7 milhões. Parque Tecnológico: R$ 3,6 milhões.

    Leia mais
  • Sorocabanos apresentam sugestões e reivindicações para o Orçamento Estadual de 2014 em audiência na Câmara de Sorocaba. Prefeito de Sorocaba solicita viaduto, marginal e alça na Raposo Tavares, além da Rede Luci Montoro; ampliação do acesso ao aeroporto e recursos para o futuro Hospital Público de Sorocaba

    Enviado em: 04/11/2013 16:55h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    Foi realizada na manhã desta segunda-feira (4/11/13), na Câmara Municipal de Sorocaba audiência pública da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para debater com a sociedade da região de Sorocaba o Orçamento Estadual para 2014. Saúde, Educação e Segurança foram eleitas as maiores demandas.

    Leia mais
  • Auditoria surpresa do corregedoria geral de Sorocaba na Policlínica Municipal irrita médicos que se dizem perseguidos. Prefeitura explica que apenas cumpre o que determina lei

    Enviado em: 31/10/2013 16:03h - Por: Deda | Categoria: Política



    Os médicos da Policlínica de Sorocaba estão completamente descontentes com a maneira com que a administração municipal está tratando eles. Não querem mostrar a cara, mas reclamam muito. Eduardo Luís Vieira, que além de cirurgião na Policlínica, candidato a vereador derrotado na última eleição e atual presidente do diretório municipal do PTB, decidiu dar a cara a tapa nesse embate. Assim como o médico Seamaan Camis Neto (que semana passada resolveu falar por si, sem representar a categoria), Eduardo Luís também decidiu falar. Na coluna “O D da Questão” que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) ele é o meu convidado desta sexta-feira (1/11/13). Fique ligado. Mas ele já me adiantou que a visita surpresa do corregedoria geral do município de Sorocaba, Gustavo Barata, na Policlínica hoje de manhã (31/1/1013) irritou os médicos que se dizem perseguidos. Prefeitura explica que apenas cumpre o que determina lei. Em sua auditoria, Barata constatou que “dos 21 médicos que deveriam estar na Policlínica no horário da sua visita, dez não estão presentes e dois chegaram atrasados”.
    Leia a seguir reportagem exclusiva do repórter Jomar Belini, do Jornal da Ipanema (também autor da foto deste post), que está no portal da emissora:  http://www.jornalipanema.com.br/noticias/saude/43360-exclusivo-corregedoria-municipal-faz-primeira-auditoria-na-policlinica

    Leia mais
  • Funcionários da Prefeitura paulistana acusados de criar dificuldade para vender facilidades acumulam bens que ultrapassavam os R$ 80 milhões, segundo as investigações. Um desses bens é uma casa no Lago Azul, vizinho a Sorocaba

    Enviado em: 31/10/2013 16:01h - Por: Deda | Categoria: Política

    Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de hoje (30/10/13) mostra que os quatro funcionários públicos presos na operação do Ministério Público Estadual em conjunto com a Controladoria-Geral do Município tinham bens acumulados que ultrapassavam R$ 80 milhões, segundo as investigações. Juntos, os servidores ganhavam R$ 86 mil por mês.
    A lista de bens que o Ministério Público atribui aos acusados inclui um andar inteiro de um edifício comercial em Santos, no litoral do Estado, avaliado em R$ 5 milhões. São dez conjuntos. Há ainda uma pousada em Visconde de Mauá, cidade turística da região serrana do Rio. Em Juiz de Fora (MG), o esquema rendeu uma cobertura dúplex em um condomínio de luxo. Policiais civis de Minas Gerais estiveram no local ontem à procura de mais provas do esquema.
    O catálogo inclui também uma casa de campo no condomínio fechado Lago Azul, na região de Sorocaba, cujo principal chamariz é um campo de golfe exclusivo. Na capital, as investigações detectaram que um dos suspeitos comprou três apartamentos em um flat no intervalo de três meses - um por mês. Cada um desses imóveis é avaliado em R$ 300 mil, de acordo com a promotoria. O grupo também investia em carros importados: na ação de ontem, foram apreendidos um Porsche e um BMW, além de uma moto italiana Ducati.
    Os promotores apuraram ainda que o grupo comprava imóveis na planta e os vendia antes da entrega das chaves, como investimento. A cidade favorita do grupo era Santos. Só na Rua Alberto I, na Ponta da Praia, os acusados compraram e venderam seis apartamentos de luxo, segundo o MP.

    Leia mais
  • Na falta de bom senso dos pais e escolas, legisladores tentam proteger crianças das pesadas mochilas escolares. Senado aborda assunto que já é lei municipal, mas ainda não funciona em Sorocaba

    Enviado em: 31/10/2013 16:00h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão de Assuntos Sociais do Senado brasileeiro  deve votar na quarta-feira (29/10/13) uma proposta para acabar com o peso das mochilas das crianças a caminho da escola. O tema em questão é um projeto do deputado goiano Sandes Junior (PP) que determina que o material didático obrigatório levado na mochila diariamente pelas crianças não pode ultrapassar a carga de 15% do peso da criança ou do adolescente. Para isso, os alunos adolescentes deverão informar, no início de cada ano letivo, quanto estão pesando. No caso dos estudantes crianças serão os pais ficarão responsáveis por enviar os dados dos filhos.
    O projeto também quer obrigar as escolas a oferecer armários aos alunos, para a criança ter onde guardar o material exigido e tê-lo à mão todos os sem dias, sem a necessidade de transportá-lo de casa à sala de aula. O colunista Lauro Jardim, da Veja on line, informa que “o  projeto recebeu parecer favorável à aprovação da relatora, a petista Angela Portela, de Roraima. Mas ainda que passe na CAS, precisará voltar à Câmara por ter sido sofrido alterações em outras comissões do Senado”.
    Lei do Crespo
    No dia 14 de maio de 2010 entrou em vigor a lei municipal nº 9.126, estabelecendo o peso máximo total do material escolar a ser transportado pelos alunos das escolas e pré-escolas da rede pública municipal e municipalizada de Sorocaba. Essa lei nasceu de um projeto do vereador José Crespo (DEM). A partir daquela data, as escolas deveriam ter adotado medidas organizacionais para o cumprimento dos termos da lei. Nada, ainda, três anos depois.
    A Lei do Crespo estabelece que o peso máximo total do material escolar a ser transportado não deverá ultrapassar 5% do peso dos alunos da pré-escola e do primeiro ciclo do ensino fundamental. Esse limite vai para 10% do peso do aluno que freqüenta as séries do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
     
    De acordo com o texto da lei, aqueles percentuais independem da forma de transporte do material escolar, seja avulsa, mochila com ou sem rodas, bolsa ou qualquer outra. As escolas serão obrigadas a divulgar e fixar cópias da lei nos seus quadros de aviso, em caráter permanente.

    Leia mais
  • Parlamentares com mandato fecham com um único candidato para presidir o diretório municipal do PT, mas novas lideranças montam chapa de oposição em Sorocaba

    Enviado em: 30/10/2013 16:30h - Por: Deda | Categoria: Política

    O diretório municipal do PT de Sorocaba é controlado por quem tem maior números de filiados que, no geral, são aqueles que conseguem se eleger. Nesta linha, os poderes estão concentrados nas mãos dos vereadores Izídio de Brito, Carlos Leite e França, do deputado estadual Hamilton Pereira e da deputada federal Iara Bernardi. Pela primeira vez nos últimos anos, os parlamentares com mandato se unem em torno de um nome (neste ano de Izídio de Brito) e evitam expôr a sociedade as diferenças que são tratadas somente em âmbito interno do partido.
    Mas não haverá chapa única na eleição do dia 10 de novembro. Liderada por Anderson Lima (jovem de 31 anos e filho do ex-vereador Jorjão dos Laranjeiras), uma nova chapa já está registrada para concorrer pela presidência do diretório municipal do PT sorocabano. Uma chapa de oposição aos parlamentares, me explica o professor Osmar de Camargo.
    Minha pergunta foi uma só ao Osmar: se o partido é único, por que uma chapa de oposição? E assim ele me respondeu: “Queremos mudar a dinâmica e estratégia de atuação do partido na cidade. Queremos nos reaproximar de nossas bases e dos movimentos sociais. Temos o objetivo de manter um diálogo respeitoso com o empresariado sorocabano e, principalmente,  transparente pois eles mobilizam o maior projeto social já implementado na história que se chama emprego. Nossa chapa também quer dinamizar as informações e os projetos do governo federal na cidade. Queremos assumir o comando do diretório para fazer uma oposição estratégica, propositiva e programática ao governo Pannunzzio, situação que no nosso ver não está ocorrendo. Por fim, queremos trazer de volta para dentro do partido os militantes afastados e mobilizar os novos, principalmente a juventude e as mulheres”.
    Está ai. Se você é do PT veja se está em dia para votar. Se só é eleitor, ficou mais por dentro do que acontece com o partido. E se não vota do PT, sabe um pouco mais sobre o que pensam os membros do partido.

    Leia mais
  • Nomes de dois deputados sorocabanos aparecem em planilha da Máfia do Asfalto e fato é indicativo de propina para políticos, afirma Ministério Público

    Enviado em: 30/10/2013 16:23h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    Os jornalistas Fausto Macedo e Ricardo Chapola publicaram na edição de hoje (30/10/13) do jornal O Estado de S.Paulo reportagem onde afirmam que o Ministério Público encontrou a contabilidade secreta da Máfia do Asfalto, organização que teria se infiltrado em pelo menos 78 municípios da região noroeste do Estado de São Paulo para fraudar licitações com recursos de emendas parlamentares. Em um pen drive apreendido na residência do contador Ilso Donizete Dominical foi identificada planilha com nomes de políticos, datas e valores supostamente repassados a eles em 2011. O montante atinge R$ 3,048 milhões. Na lista dos parlamentares que aparecem na planilha (a maioria do PT e alguns do PSDB) também aparecem dois parlamentares sorocabanos: o deputado federal Jefferson Campos (PSD) e o deputado estadual Carlos Cezar (PSB). Na versão on line do jornal, os jornalistas publicam a seguinte afirmação de Carlos Cézar: "Não tenho e nunca tive relacionamento com nenhuma das pessoas citadas". O nome de Carlos Cezar aparece na planilha divulgada pelo MP ao lado do valor R$ 150 mil e os meses agosto e setembro de 2011.
    Os deputados Jefferson Campos e Carlos Cezar são cunhados e pastores da Igreja di Evangelho  Quadrangular em Sorocaba. Na última eleição parlamentar eles tiveram 9 mil votos em Sorocaba, mas foram eleitos com votos de praticamente todas as cidades do estado. Jefferson obteve mais de 100 mil votos e Carlos Cezar perto de 60 mil. Para a eleição de 2014, em decisão tomada pela cúpula da Igreja Quadrangular, Jefferson Campos será o único candidato da igreja a deputado federal. Carlos Cézar terá a companhia de outro pastor, este da cidade de Bauru. Levando em conta a fidelidade dos membros da igreja em votar em candidato indicado pelos pastores dessa igreja, as reeleições de Carlos Cézar e Jefferson eram tidas como certa.
    De hoje até a convenção dos partidos, esses dois parlamentares terão o trabalho de se explicar aos pastores líderes da Igreja do Evangelho Quadrangular e mostrar que esta acusação do MP não tem fundamento.
    Entenda a Operação Máfia do Asfalto. Acesse: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,planilha-da-mafia-do-asfalto-e-indicativo-de-propina-para-politicos-diz-promotoria-,1091215,0.htm

    Leia mais
  • Deputada sorocabana revela que ela e o prefeito de Sorocaba foram até o secretário estadual da Saúde cobrar mudanças no CHS e agilidade para a implantação da atrasada AME

    Enviado em: 30/10/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    A deputada estadual Maria Lúcia (PSDB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa e uma das fiéis escudeiras do governador Geraldo Alckmin, concedeu entrevista à rádio Ipanema hoje (30/10/13) e revelou que esteve ontem em São Paulo acompanhada do prefeito Pannunzio. Foram até o secretário estadual da Saúde, David Uip, e levaram documentos e reportagens da imprensa para comprovar a péssima qualidade da gestão e atendimento oferecido à população pelo CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba). A deputada afirmou que o atual diretor, Luís Cláudio Azevedo, que está no cargo desde a intervenção de dois anos atrás, não estabelece nenhum tipo de diálogo com as lideranças do partido. Ela entende que cabe ao secretário decidir, mas se dependesse dela sua vontade era a troca do comando do CHS. Ela também reforçou que Pannunzio pediu ao secretário que a AME (Ambulatório Médico de Especialidades) comece a funcionar em dezembro e não em fevereiro como anunciou o governador. A AME é uma das obras que Alckmin já anunciou pelo menos umas dez vezes nos últimos cinco anos. Inclusive chegou a cometer a gafe de colocar em seu comercial eleitoral, três meses atrás.

    Leia mais
  • Secretários explicam na coluna “O D da Questão” as mudanças que estão ocorrendo no setor de saúde pública municipal de Sorocaba

    Enviado em: 30/10/2013 16:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    João Leandro, secretário de Governo e Segurança Comunitária, e Rodrigo Maldonado, secretário Chefe do Gabinete do  prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, foram os entrevistados da coluna “O D da Questão” que apresento toda segunda, quarta e sexta na rádio  Ipanema (FM 91,1Mhz). Nesta entrevista eles revelam a nova sistemática de atendimento nas UPHs (Unidade Pré-Hospitalar); explicam o início da operação da Central de Atendimento; mostram como será feito o gerenciamento da fila das cirurgias que saiu das mãos dos médicos; abordam o início da Lei da Transparência na fila da saúde (projeto do vereador Dini) e revelam convênio entre a Prefeitura e cinco hospitais para fazer andar a fila das cirurgias. “Enfim, o governo Pannunzio é ágil, dinâmico e vem cumprindo os compromissos de campanha, bem ao contrário das críticas da oposição”, afirmou Maldonado. O seu recado, claro e evidente, era uma resposta as críticas feitas na sexta-feira passada por Renato Amary durante entrevista também na rádio Ipanema. Os secretários também explicaram como anda o relacionamento entre o governo Pannunzio e o ex-prefeito Vitor Lippi que, aos menos nos bastidores, não esconde que está descontente com a forma drástica das mudanças na área da saúde. Vale a pena ouvir. Acesse: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/sorocaba/43322-o-d-da-questao-jornalista-entrevista-secretarios-municipais

    Leia mais
  • “Mendigo deve virar ração para peixe”. Afirmação é de vereador de uma cidade do interior do Rio de Janeiro. Em Sorocaba não ouvi nenhuma barbaridade deste tipo ainda, mas passado um mês desde que a vice-prefeita prometeu uma melhora nesse problema as críticas só aumentam contra a atual administração

    Enviado em: 29/10/2013 14:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um vereador do município de Piraí, localizado no sul do Rio de Janeiro, causou polêmica ao defender a aprovação de um projeto de lei que proíbe moradores de rua de votarem. José Paulo Carvalho de Oliveira, o Russo (PTdoB), disse: “Mendigo não tem de votar. Não faz nada na vida. Não tem de tomar atitude nenhuma. Aliás, acho até que deveria virar ração para peixe. A gente trabalhando feito maluco. Não dou nada pra mendigo. Se quiser, vai trabalhar”, afirmou. Para saber mais sobre essa idéia absurda, que parte de uma parlamentar, acesse:  http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/%E2%80%9Cmendigo-deveria-virar-racao-para-peixe%E2%80%9D-diz-vereador-veja-o-video/

    Em Sorocaba
    Existe um grupo no Facebook chamado “Legitimidade Sorocabana”. E um dos temas recentes tratados por eles é o da mendicância. Eles lembram que “a vice-prefeita esteve na imprensa, há um mês, dizendo que essa pratica estava sendo assistida e estava em queda...”. Na verdade, Edith Di Giorgi esteve na minha coluna, “O D da Questão”, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), rebatendo minhas críticas e dos ouvintes que gravaram no portal de voz e explicando as ações que ela passava a coordenar sobre a crescente presença de pedintes nos semáforos de Sorocaba. Não tenho estatística de quanto cresceu, mas é muito. Incomparável com o que acontecia. Edith fez críticas ao ex-prefeito Vitor Lippi e a ex-secretária da Cidadania Mazé Lima naquela entrevista. Disse que tem uma visão crítica do tema, mas nem de longe pensava em ser higienista (algo como o maluco do vereador de Piraí-RJ propôs). Mas caiu num armadilha, colocada por ela mesma, de dar um prazo para resolver o problema. Tudo bem que era um prazo para que o problema começasse a ser resolvido, mas um mês depois tudo está pior. As dezenas de comentários no Legitimidade Sorocaba (https://www.facebook.com/photo.php?fbid=624532024254985&set=a.299227263452131.67382.284283911613133&type=1&permPage=1) deixam isso claro. E a maioria entende que a polícia não faz nada. Pincei um comentário que acho que explica bem o sentimento da sociedade com esse problema: “a gente fica intimidada diante deles(pedintes), se não dá nada pode ser pior. Senhor prefeito e senhores vereadores tomem uma providência imediata! Estamos nas mãos dessas pessoas. Sábado quase morri de medo ai em Sorocaba nos sinaleiros. Por favor, essa solução temque ser urgentíssima”.

    Leia mais
  • Ex-diretor da Ancine volta a Sorocaba, mas seis meses depois vê frustrada sua tentativa de presidir o diretório municipal. Sua maior conquista foi unir dentro do PT os velhos partidários em torno de uma candidatura única

    Enviado em: 29/10/2013 14:41h - Por: Deda | Categoria: Política

    Quando retornou a Sorocaba após quatro anos como diretor da Ancine (Agência Nacional do Cinema), o ex-secretário de Cultura de Votorantim e ex-repórter da rádio Clube de Sorocaba (quando era CBN) Glauber Piva disse que passaria por uma "quarentena" de 120 dias para voltar à ativa. O prazo já venceu faz tempo e ele prospecta novas oportunidades. Mas não terá sucesso, pelo que apurei, em seu objetivo inicial que era o de assumir o comando do diretório municipal do PT de Sorocaba. Afiliado do ex-ministro José Dirceu, Glauber Piva não empolgou os velhos correligionários do seu partido em Sorocaba. Mas ele já obteve um primeiro sucesso: conseguiu unir todos os políticos com mandato do PT em torno de uma única candidatura. Pela primeira vez em anos a escolha do presidente local do PT terá chapa única. O vereador Izídio de Brito conquistou seus colegas de legislativo municipal (Carlos Leite e França), estadual (Hamilton Pereira) e federal (Iara Bernardi).

    Leia mais
  • Cresce o nível de respeito entre adversários políticos de Sorocaba. Renato Amary faz críticas e Pannunzio rebate. O pior seria se tivessem uma conversa de surdo

    Enviado em: 28/10/2013 16:43h - Por: Deda | Categoria: Política

    Renato Amary está agitado há dez dias. Começou com o encontro regional do PMDB e Michel Temer e Paulo Skaf (candidatos a vice-presidência da República e a governador de São Paulo respectivamente) incentivando sua candidatura a deputado federal em Tatuí. Passou pelo recebimento da Comenda de Ética da Câmara de Sorocaba e culminou com a festa de seu aniversário que reuniu centenas de pessoas no Centro Hípico Pagliato. Nesse intevrvalo, na rádio Ipanema, ele fez elogios a pessoa e ao político Pannunzio, disse que não era seu inimigo, mas enfatizou que é adversário político. E nessa qualidade teceu críticas as ações na área da saúde, trânsito e transporte.
    No geral, ações como essa de um candidato derrotado por pouco (até o dia da eleição as pesquisas indicavam vitória de Amary e sua derrota foi por poucos mais de 5 mil votos num universo de 400 mil eleitores) são ignoradas. Mas não é isso o que vai acontecer. Na quarta-feira (30/10/13), o secretário de Governo, João Leandro, e chefe de Gabinete, Rodrigo Maldonado, vão dar entrevista na rádio Ipanema para contestar as críticas de Amary. 
    Mostra que oposição e situação podem dialogar. O pior para a cidade seria uma conversa de surdo. Minha conclusão é a de que cresce o nível de respeito entre adversários políticos. Ótimo para o eleitor, para o cidadão e para a cidade.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba dá invertida em vereadores do PRP que foram até ele dar uma prensa

    Enviado em: 28/10/2013 16:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    O PRP foi o primeiro partido aliado da candidatura de Pannunzio (PSDB) na eleição de 2012 e não entusiasmava ninguém. O papel do partido era uma incógnita até a abertura das urnas e a surpresa do resultado com o partido fazendo uma bancada de três vereadores, o mesmo número que o PT e a frente de tradicionais partidos como o PMDB e PSDB (que elegeram dois parlamentares cada um). Todos eleitos (Muri de Brigadeiro, Saulo do Afro Arts e Waldecir Morelli) se candidataram pela primeira vez e não tinham experiência em associações de bairro (exceção feita a Muri que foi assessor do ex-vereador Geraldo reis e está a frente das reivindicações para o bairro de Brigadeiro Tobias). Mas o traquejo em lidar com o Poder Executivo, claramente, nenhum deles tem. Mas aos poucos, passados dez meses de legislatura, chegaram a conclusão que podiam ter mais respaldo de Pannunzio e tiveram a ideia de dar uma prensa no prefeito. Marcaram uma reunião, foram recebidos e começaram a argumentar sobre o quanto são importantes e o quanto merecem mais atenção. Experiente como é (Pannunzio foi deputado federal por quatro mandatos e prefeito por uma vez) o prefeito se adiantou a bancado do PRP e afirmou que eles podiam agir de acordo com a consciência. E se quisessem votar contra o governo, que votassem. Explicou que o compromisso dele é com esse mandato e que não vai fazer concessões mesmo que isso implique em divergências políticas.
    Restou aos vereadores do PRP voltar para casa. Mas não sem antes dar um alô no Parque Tecnológico de Sorocaba onde quem dirige o local é o ex-prefeito Vitor Lippi. Eles foram cobrar de Lippi um melhor tratamento (não me perguntem o que isso significa), afinal o compromisso da campanha foi assumido pelo PRP com Lippi e não com Pannunzio. Lippi, claro, disse que vai ver o que pode fazer.

    Leia mais
  • Fernando Dini assume a presidência da Comissão de Ciência e Tecnologia e caberá a ele coordenar as análises sobre o projeto que prevê verba de R$ 500 mil mensais para que o Parque Tecnológico de Sorocaba se mantenha. Seria uma decisão fácil, caso o parque estivesse sendo administrado tecnicamente, mas como é politicamente...

    Enviado em: 25/10/2013 13:05h - Por: Deda | Categoria: Política

    Uma Câmara de Vereadores é formada por várias comissões por onde qualquer projeto passa antes de ir ao plenário para votação. Todos os projetos passam pela comissão de Constituição e Justiça. Pelas outras comissões passam os projetos da área a ser votada. A novidade do momento foi a nomeação de Fernando Dini (PMDB) para presidir a comissão de Ciência e Tecnologia. De lá vai sair o parecer favorável ou contrário ao projeto que prevê o repasse mensal de R$ 500 mil para a manutenção do Parque Tecnológico de Sorocaba. Seria uma decisão fácil, caso o parque estivesse sendo administrado tecnicamente, mas como o entendimento é que o critério usado é político a certeza é uma só: votação polêmica.
    Os vereadores entendem que o ex-prefeito Vitor Lippi, cujo a formação é médica e já anunciou que é candidato a deputado federal e recebe dezenas de pessoas por semana no local para atender lideranças de bairro ou classe, fez do local um reduto de ação política. Obviamente que Lippi não concorda com essa visão. Seu esforço é o de tentar convencer a quem estiver disposto a ouvi-lo que ele não faz política no local. Mas conduz o parque com critérios técnicos. Está difícil.

    Leia mais
  • Martinez, presidente da Câmara de Sorocaba, relaciona recursos ainda possíveis sobre o caso do empréstimo de dinheiro por vereadores. Promotor concorda com a argumentação dele e encaminha assunto para a Justiça tomar uma decisão sobre o futuro político de Martinez

    Enviado em: 24/10/2013 17:27h - Por: Deda | Categoria: Política

    O promotor de Justiça Orlando Bastos Filho me informou que o presidente da Câmara de Sorocaba, vereador José Francisco Martinez (PSDB), comunicou ao Ministério Público que  ainda existem recursos ao processo referente ao caso de empréstimos autorizados por ele a servidores e outros vereadores entre os anos de 1995 e 1996. O promotor também confirmou que o processo transitou em julgado no STF (Supremo Tribunal Federal) condenando Martinez a perder seus direitos políticos. Para ser executada essa sentença, porém, é necessário ter certeza de que não há mais recursos no caso. Martinez declarou que há recursos dessa ação que se encontram em julgamento tanto no Superior Tribunal de Justiça como no STF. Orlando Bastos concordou com a argumentação de Martinez e na próxima semana encaminha essa manifestação à justiça. É dela a decisão, mas o fato do MP concordar com a argumentação de Martinez deixa o parlamentar animado de que terá sucesso.
    Após todos os recursos julgados, e havendo condenação, o presidente da Câmara terá de ressarcir os cofres públicos em valores atualizados e ainda perderá os direitos políticos. Em reportagem publicada pelo jornal Cruzeiro do Sul, no dia 4 de outubro passado, Martinez defendeu-se e esclareceu que essa mesma ação fora promovida contra vários vereadores e funcionários da Câmara por recebimento de pagamentos antecipados. Acrescenta que, no caso específico dele, a ação deve-se porque, à época, ele era o presidente da Câmara e, como tal, o responsável por assinar os empenhos que a contabilidade lhe passava para efetuar pagamentos, e não porque ele também tenha recebido os vales.

    Leia mais
  • Partido Solidariedade deve ficar apenas com um vereador, mesmo. Havia a possibilidade de um segundo acompanhar Tonão na Câmara de Sorocaba, mas ela não vingou. Nem Muri de Brigadeiro e nem Anselmo Neto quiseram deixar os seus partidos

    Enviado em: 24/10/2013 17:26h - Por: Deda | Categoria: Política

    O SDD (Partido Solidariedade) é uma das novas legendas regulamentadas para disputar eleição em 2014. Em âmbito nacional a liderança do partido é Paulinho da Força, ex-PDT. Em âmbito local, quem iria assumir o comando da legenda era o presidente do diretório municipal, Rui Amorim, mas ele acabou preterido por Lázaro Godoy, irmão de Hélio Godoy, secretário municipal da Habitação. Vale lembrar que Hélio foi o vereador mais votado na última eleição e se tornou uma referência de votos na cidade.
    A conquista do comando do Solidariedade é tida como fruto de habilidade política. O fato de tirar Tonão Silvano do PMDB e filia-lo ao SDD também é credito a Hélio Godoy. Em minha coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) cheguei a dizer que um segundo vereador iri também ao SDD na Câmara de Sorocaba. Mas as conversas esfriaram e Tonão deve ser o único parlamentar da Casa no novo partido.
    Muri (PRP) com base eleitoral em Brigadeiro Tobias foi assediado e quase entrou no SDD. Detalhes deixaram ele onde está.
    Anselmo Neto (PP), liderança de confiança da igreja católica, também quase deixou seu partido. Anselmo ficou desgostoso depois que o presidente do diretório local, Rachid, perdeu a liderança do partido para o vereador Rodrigo Manga, pastor na Igreja Mundial, de Waldemiro. Apesar de todo descontentamento, Anselmo preferiu ficar onde está.

    Leia mais
  • Se já havia esquentado o clima na Policlínica de Sorocaba após os médicos terem recebido seus vencimentos de setembro, em outubro não será diferente. Prefeitura segue a nova regra de que os médicos só ganham pelas horas trabalhadas. Economia de setembro superou os R$ 200 mil

    Enviado em: 23/10/2013 17:58h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os médicos da Policlínica Municipal (que atende apenas especialidades médicas) levaram um susto quando abriram o hollerith de setembro e constataram que só receberam pelas horas marcadas no cartão de ponto. No começo de novembro, quando abrirem o hollerith de outubro, vão perceber que a regra é a mesma e os médicos só ganham pelas horas trabalhadas. Ou seja, as chamadas horas compensadas por cirurgias (um acordo do ex-prefeito Vitor Lippi com os médicos da Policlínica) não existem mais.
    Na folha de pagamento de setembro a Prefeitura economizou mais de R$ 200 mil. Ainda não é possível saber qual será a economia de outubro.

    Leia mais
  • Dez dias depois da Prefeitura fazer contrato emergencial para o descarte da coleta de lixo, bairros de Sorocaba ainda sofrem com o acúmulo de lixo em conteiners. Aliás, os conteiners continuam os mesmos: quebrados e sujos como ocorre há anos

    Enviado em: 23/10/2013 17:55h - Por: Deda | Categoria: Política

    Há dez dias, a Prefeitura de Sorocaba fechou contrato emergencial com a empresa Proactiva, dona do aterro sanitário de Iperó, para o descarte do que é coletado em Sorocaba pela empresa Gomes Lourenço. Isso ocorreu porque a Gomes Lourenço e Proactiva estavam em litígio. Resolvido o problema, o que se imaginou é que a Gomes Lourenço prestasse o serviço que se espera dela. Mas basta dar uma rodada por bairros da cidade, como eu fiz ontem e hoje pelas zonas norte e sul, para verificar conteineres lotados de lixo nas calçadas. Aliás, o problema com conteineres existe há anos. Quando eu era editor do BOM DIA, e este assunto entrava em pauta, o ex-prefeito Vitor Lippi dizia que em seis meses ele estaria resolvido. Está claro que não foi. O que nunca entendi é porque um problema tão sério como esse nunca causou indignação dos vereadores. Nunca nenhum deles se sensibilizou com este problema. Parece que o lixo e os conteineres não são problema. Claro que a dona-de-casa não pensa assim.

    Leia mais
  • Waldomiro proporciona uma dos momentos mais engraçados da história recente da Câmara de Vereadores de Sorocaba. Ele era contra um projeto como vereador, mas a favor do mesmo projeto como líder. Como ele é um só, seu pronunciamento arrancou gargalhadas

    Enviado em: 23/10/2013 17:54h - Por: Deda | Categoria: Política

    O repórter Jomar Bellini fez um trabalho exemplar sobre a cobertura da sessão da Câmara de vereadores de terça-feira passada e colocou no ar na edição de hoje (23/10/13) do Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz). O link para quem quiser ouvir, e se divertir, em breve estará no site da emissora. É impagável. É digno dos melhores programa de humor.
    O projeto em questão aborda as despesas da Prefeitura de Sorocaba com o funcionamento do Tiro de Guerra (braço do exército brasileiro que funciona em Sorocaba há mais de 50 anos). É um projeto do Executivo, e Waldomiro, como o líder do prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) na Câmara, tinha por função defender o projeto. Mas, surpreendentemente, Waldomiro discursou desancando o projeto como vereador, mas defendendo como líder. O vereador Dini explicou a Waldomiro que ele é um só. Cláudio do Sorocaba 1, que é da base do governo, queria saber como votar, se a favor ou contra, e Waldomiro disse: “eu como vereador sou contra, mas como líder sou a favor”. E Sorocaba1 insistiu: e como eu voto? “Vota com o líder, oras,” respondeu Waldomiro. A risada foi geral.
    Para justificar as posições diferentes no discurso e na votação, Waldomiro de Freitas recorreu a um método muito particular: disse que falou como "vereador comum" e votou como líder do governo. Tonão Silvano lembrou Paulo Mendes, que defendia o governo até debaixo dágua, e ouviu de Waldomiro que ele é passado e não se pode chorar o leite derramado.

    Leia mais
  • Prefeitura vai ao Ministério Público contra os médicos que deixaram de fazer cirurgias na Policlínica de Sorocaba

    Enviado em: 21/10/2013 10:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    O secretário da Saúde, Armando Raggio, tenta convencer os médicos da Policlínica a voltarem ao ritmo normal de trabalho, mas não tem obtido sucesso. O prefeito Pannunzio já deu um prazo para Raggio ter sucesso nesta questão, na base do diálogo. Se nesta semana nada mudar, o caminho será o da Justiça. O que apurei é que para o prefeito os médicos da Policlínica estão fazendo boicote descarado.
    Vale lembrar que o ex-prefeito Vitor Lippi fez um acordo com os médicos no seguinte sentido: eles recebiam por hora trabalhada na Policlínica (cartão de ponto registrado) mesmo sem ter trabalhado para cada tipo de cirurgia que faziam. Assim um tipo de cirurgia podia significar até 5 horas trabalhadas, mesmo eles não tendo trabalhado. Pannunzio revogou esse acordo, via decreto, e foi claro: quem paga pela cirurgia é o SUS e o médico deve atender o paciente para receber. Em alguns casos, tinha médico que recebia por uma mesma cirurgia do SUS, da Prefeitura (horas que não atendia o paciente, mas recebia por ela) e até mesmo do hospital onde a cirurgia era feita. É essa denúncia que Pannunzio deve levar ao Ministério Público.
    A verdade é uma só: os médicos, via acordo com Lippi, criaram um mecanismo para compensar o que consideram má remuneração por cada cirurgia (recebiam de três fontes). Pannunzio viu que além de ilegal, este problema também diz respeito a moralidade com o erário público. A queda de braço está instalada. O lado mais fraco é do cidadão que sofre na fila da cirurgia. Pannunzio assume o risco de desgaste político com o cidadão em razão dessa demora e aposta em ser compreendido pela moralização que vem dando ao serviço público corrigindo distorções como essa de tripla ou dupla remuneração de um servidor público por um mesmo serviço.
    A julgar pelas manifestações de junho, onde o cidadão do bem saiu às ruas, acredito que o prefeito acertou em sua decisão. Mas desejo que ele tenha sensibilidade para compreender as necessidades dos médicos. E, mais, que médicos e poder público exponham seus pontos de vista. Por enquanto está tudo muito nos bastidores.

    Leia mais
  • Instituto Defenda Sorocaba promove palestra sobre os rumos da economia

    Enviado em: 21/10/2013 10:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    O projeto Ciclo de Palestras do Instituto Defenda Sorocaba tem sequência com um debate em torno do tema “Carga Tributária Brasileira: proposta de mudança; Estado da Economia do País; Estado da Economia Mundial” a cargo do doutor em economia  Paulo Rabello de Castro, diretor-presidente da SR Rating, primeira empresa brasileira de classificação de riscos de crédito. A palestra está agendada para acontecer no dia 22 de outubro de 2013, a partir de 19h, no Auditório da Fundação Ubaldino do Amaral (Jornal Cruzeiro do Sul), o parceiro do Defenda Sorocaba neste evento que é gratuito e aberto ao público. A Acso (Associação Comercial de Sorocaba) é apoiadora desta palestra. A organização informa ser necessária a inscrição prévia dos interessados pelo (15) 3217.5385 ou email: ids@defendasorocaba.com.br. O apoio é da Acso (Associação Comercial de Sorocaba).

    Leia mais
  • Deputado estadual de Sorocaba do PT é o mais faltoso dos três parlamentares da cidade na Assembleia Legislativa de São Paulo

    Enviado em: 17/10/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política



    A polêmica sobre as faltas dos deputados na Assembleia Legislativa surgiu após levantamento do jornal O Estado de S. Paulo sobre o tema. Rui Falcão, presidente do PT, é o mais faltoso de todos eles. Tentei, mas não consegui a lista inteira das faltas. O site da Assembleia Legislativa não dá essa informação. Mas apurei que nas sessões legislativas deste ano, o mais faltoso dos deputados estaduais eleitos com voto de Sorocaba e região é Hamilton Pereira (PT). Ele esteve ausente de 23 das sessões legislativas de 2013. Maria Lúcia (PSDB) esteve com ausência justificada por 17 vezes e Carlos Cézar (PSB) faltou por 16 vezes ao longo deste ano.

    Leia mais
  • Esposa de ex-vereador que perdeu o mandato por ter os direitos políticos suspensos é nomeada na Assembleia Legislativa para trabalhar com deputada sorocabana

    Enviado em: 17/10/2013 16:51h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na página 40, da edição do dia 25/9/2013, do Diário Oficial do Estado de São Paulo saiu a nomeação de Norma Sabadin Mendes, esposa do ex-vereador Paulo Mendes, para ocupar o cargo de Assessor especial I na secretaria da Assembleia Legislativa. Ela ocupa a vaga deixada por Neusa Maldonado que  estava lotada no escritório político de Maria Lúcia. Dona Norma, como é conhecida, dá expediente diário das 9h às 17h no escritório da parlamentar de Sorocaba.

    Vale lembrar que Neusa Maldonado era a terceira suplente do PSDB na Câmara de Sorocaba e ocupou a vaga do segundo suplente, Paulo Mendes (marido da nova assessora da Assembleia Legislativa), que perdeu o mandato por ter suspenso os seus direitos políticos em razão de ter sido transitado em julgada ação de 1996, de quando ele era prefeito, e teve sua imagem estampada numa revista. O dono da vaga da Câmara de Sorocaba é Francisco Moko Yabiku, nomeado secretário de Esportes.

    Leia mais
  • Deputada de Sorocaba é apontada em programa de humor como uma das 30 mais faltosas na Assembleia de São Paulo

    Enviado em: 17/10/2013 16:48h - Por: Deda | Categoria: Política



    Levantamento do programa CQC, exibido pela TV Band na noite de segunda-feira passada (14/10/13), mostra que a deputada Maria Lúcia (com base eleitoral em Sorocaba) deixou de comparecer em 79 das 584 sessões em plenário desde 2011. Ela está na lista dos 30 (dos 94) deputados mais faltosos da Assembleia Legislativa. Ela nega as ausências e explica ter participado de eventos com o governador Geraldo Alckmin fora da assembléia ou fazendo o atendimento de munícipes em seu escritório político. O humorista Guga Noblat aborda por duas vezes a deputada nas cenas que estão no ar. Na primeira vez ela não para para dar entrevista e se mostra extremamente irritada. Depois, mais calma, ela atende ao humorista com delicadeza. Ela explica que deixou uma reunião tensa da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e foi abordada de sopetão, sem dar tempo para respirar após passar pela tensão da reunião. Quando ela está mais calma, eles “ficam de bem” e trocam beijinhos. Outros parlamentares faltosos são abordados pelo CQC, entre eles Pedro Tobias, de Bauru. Ele disse que faltou para “ficar com mãe” do humorista. Para ver este quadro do CQC acesse: http://cqc.band.uol.com.br/blog-post/100000638369/Deputados-faltam-91-vezes-em-seu-trabalho-e-nao-fazem-falta.html.   

    Leia mais
  • Clima entre o presidente da Câmara e o prefeito de Sorocaba está cada vez mais quente. E recorro a Hamlet, de Shakespeare, para elucidar o meu ponto de vista

    Enviado em: 16/10/2013 16:56h - Por: Deda | Categoria: Política

    O vereador Martinez, experiente como ele só, que cumpre o seu quarto mandado como vereador e o seu segundo como presidente do Legislativo, que já foi vice-prefeito de Sorocaba, entende que não recebe do prefeito Antônio Carlos Pannunzio o tratamento que deveria. Por sua experiência, Martinez entende que deveria fazer parte das discussões e decisões tomadas pelo Poder Executivo. Ele queria ser mais ouvido, mais consultado. Queria dar mais sua opinião. Mas até o momento, dez meses depois de iniciado o mandado de Pannunzio, isso ainda não aconteceu. E Martinez já percebeu que não vai acontecer.
    Em 2011, quando o PSDB ainda discutia quem seria seu candidato a prefeito, Martinez colocou-se a disposição. O processo de escolha teve traumas no ninho tucano e o mais visível deles foi a saída dupla do partido de Flávio Chaves e Rodrigo Moreno que, vale lembrar, por muito tempo foi o braço direito do prefeito Vitor Lippi. No ano da eleição, quando o ninho se acalmou, e ficou definida a candidatura de Pannunzio, depois de muita reunião ficou acertado que Martinez seria o candidato a vice. E numa decisão surpreendente, que muitos dizem ter a influência do marqueteiro de Pannunzio, ficou decidido que a vice seria Edith di Giorgi, então secretária da Juventude de Lippi. Martinez nunca engoliu essa decisão por um motivo: deixaram para avisa-lo na última hora. Lippi e Maria Lúcia que Martinez tinha como amigos deixaram ele na mão. Pannunzio, a quem Martinez sempre fez campanha a deputado, também não mexeu uma palha para contrariar a decisão do marqueteiro. E isso nunca foi totalmente aceito por Martinez.
    Outros pontos que afetaram a relação de Martinez com Pannunzio foi a maneira nova do prefeito se relacionar com a Câmara. Essa nova maneira é vista pelo corte de pessoas para cargos na prefeitura  que os vereadores indicavam ao prefeito. Lippi acolhia toda indicação de seus aliados. Pannunzio estabeleceu critérios para isso e cortou essa relação. O que se ouve, mas ninguém mostra, é que Martinez tinha a indicação de funcionários para mais de trinta cargos na prefeitura durante a gestão de Lippi. Com Pannunzio sabe-se que ele perdeu muitos, mas ninguém afirma que foram todos.
    Por parte de Pannunzio, há também lacunas que Martinez não preencheu. Uma das mais marcantes aconteceu durante a campanha. Martinez estava ferido por não ter sido escolhido o vice na chapa tucana e o zumzumzum nos bastidores foi o de que ele pediu votos para Renato Amary (adversário de Pannunzio). Claro que isso nunca ficou provado. Mas somente essa fofoca criou um clima ruim.
    Ainda na campanha, na região do Mercado Distrital, Rodrigo Maldonado (hoje chefe de gabinete de Pannunzio) teria discutido fortemente com Martinez. A campanha entendia que Martinez não se empenhava como era o desejado.
    Na sucessão de Beca na presidência do diretório municipal tucano, que acabou ocupado pela deputada Maria Lúcia, Martinez se afastou completamente do processo passando a imagem à opinião pública de que havia sido preterido. Esse jogo de Martinez nunca foi engolido por Pannunzio e seus assessores.
    Por fim, o prefeito entendeu que Martinez não precisava ter tido a pressa que teve para tirar Paulo Mendes da Câmara. O entendimento é que havia maneira legal de Martinez ter retardado o cumprimento da decisão da suspensão dos direitos políticos do ex-vereador. 
    Para resumir de todo esse clima entre o presidente da Câmara e do prefeito, que só esquenta, vou me socorrer na peça “Hamlet” de Shakespeare, quando ele afirma: “Há algo de podre no reino da Dinamarca”.
    Contextualizando essa afirmação, vale lembrar que essa frase é dita pelo príncipe Hamlet, filho do rei da Dinamarca, que também se chamava Hamlet. Ou seja, príncipe e rei tinham o mesmo nome. O filho fica encarregado pelo fantasma de seu pai para vingar seu assassinato, praticado pelo tio, irmão do rei seu pai. Hamlet consegue vingar o pai somente após o resto da família real ter sido liquidada e ele mesmo ter sido mortalmente ferido com um florete envenenado no fim da peça.
    Moral da história, a afirmação “tem algo podre...” significa a traição.

    Leia mais
  • Câmara aprova PPA 2014-2017 em segunda discussão, mas inclui uma emenda que retira da Prefeitura de Sorocaba R$ 100 milhões. Maiores beneficiados seriam prestadores de serviço de informática, consultoria e clínicas médicas

    Enviado em: 16/10/2013 16:45h - Por: Deda | Categoria: Política

    O Projeto de Lei 303/2013 sobre o PPA (Plano Plurianual) de Sorocaba para o quatriênio 2014-2017 foi aprovado em segunda discussão na sessão ordinária de ontem (15/10/13) da Câmara Municipal de Sorocaba. As 49 emendas que já tinham sido aprovadas em primeira discussão do projeto foram aprovadas em bloco e 13 novas emendas apresentadas nessa segunda discussão foram aprovadas. Mas uma dessas 13 emendas aprovadas em segunda discussão, de autoria do vereador José Francisco Martinez (PSDB), presidente da Casa, criou um zumzumzum nos bastidores políticos horas depois de encerrada a sessão, no começo da tarde. Essa emenda prevê a redução gradual da alíquota de ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) para o máximo de 2% até o ano de 2017. Vale lembrar que atualmente, dependendo do serviço prestado, a alíquota paga pelo prestador de serviço varia de 2% a 5%. Se essa emenda prevalecer, na prática isso vai significar perda de receita por parte da Prefeitura de Sorocaba.

    Clima quente

    Quando da votação dessa emenda, na sessão de hoje, havia um parecer desfavorável a aprovação dela feita pela Comissão de Economia da Câmara, mas esse parecer foi rejeitado em plenário. Foi possível perceber durante a votação que a emenda era uma iniciativa pessoal do vereador Martinez e não tinha a orientação do prefeito Pannunzio para que ele assim procedesse. Tanto que o líder do prefeito, Waldomiro de Freitas e Martinez se estranharam. Vale lembrar que prefeito, presidente da Câmara e líder resolveriam divergências antes delas serem votadas. Mas isso não aconteceu. Técnicos da Secretaria de Fazenda, que cuidam das finanças da Prefeitura de Sorocaba, e com quem tive contato, não tinham ideia dessa emenda e muito menos de qual o seu teor e redação aprovado pelos vereadores. Vale lembrar que um grupo de educadores que se beneficia com a mudança esteve presente na sessão e Martinez, ao anunciar quem estava em plenário antes da sessão começar, cumprimentou a todos e desejou boa sorte na emenda deles. Na verdade, a emenda é essa que reduz o ISSQN. Martinez se deu bem com seu eleitorado, mas deixou o desgaste para Pannunzio.


    Perda de receita

    Falando sob hipótese, um técnico das finanças da Prefeitura de Sorocaba me explicou o seguinte: Do orçamento de 2013, que está em vigor, no total de R$ 1,8 bilhão, o valor arrecadado pelo ISSQN representa R$ 223 milhões, ou seja, algo em torno de 12% do total do orçamento. Caso toda alíquota fosse de 2%, como prevê a emenda aprovada no PPA, haveria uma queda de R$ 100 milhões em média na arrecadação.
    Recusar essa arrecadação é uma decisão política, que cabe somente ao Poder Executivo e está vedada ao Legislativo. Pelo menos isso é o que diz a lei. E essa recusa tem todo um trâmite a ser cumprido, do contrário o prefeito é enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal que veda qualquer tipo de benesse com o dinheiro público. Portanto, a renúncia de receita exige uma justificativa convincente.
    A tendência é que essa emenda seja totalmente rejeitada, ou seja, será mais um veto do prefeito a projeto de vereador.

    Quem se beneficia com a emenda

    Os maiores beneficiados com essa emenda do vereador são os profissionais que pagam 5% de alíquota do ISSQN atualmente. Apurei que as atividades econômicas mais antigas como engenheiro, por exemplo, pagam 2% de alíquota. Atividades da área de educação pagam 3%. E atividades mais modernas como serviços de informática e consultorias pagam a alíquota maior de 5%. Nesse último caso se encaixam também clínicas médicas, hospitais particulares, centros médicos.

    Leia mais
  • Campanha que elegeu Pannunzio prefeito de Sorocaba custou R$ 3 milhões. Dados de despesas e receitas estão disponíveis para consulta no site da Prefeitura

    Enviado em: 14/10/2013 17:41h - Por: Deda | Categoria: Política

    Se o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), já havia inovado ao disponibilizar para o acesso de qualquer usuário da Internet os salários e vencimentos dos servidores públicos da Prefeitura de Sorocaba, agora ela avança ainda mais ao publicar os dados de despesas e receitas da sua campanha eleitoral. Os valores, nomes dos doadores e de quem recebeu estão disponíveis para consulta no site da Prefeitura de Sorocaba (http://www.sorocaba.sp.gov.br/pagina/32/transparencia-publica.html). Não há a soma exata dos valores, mas numa conta que fiz cheguei dois valores. Um gasto de R$ 3 milhões e R$ 100 mil e uma arrecadação de R$ 3 milhões. Ou seja, a campanha terminou com Pannunzio devendo R$ 100 mil a fornecedores/colaboradores.
    Quem mais ganhou na campanha de Pannunzio foram os profissionais responsáveis pelo marketing (algo em torno de R$ 750 mil) e pela produção dos programas eleitorais de TV (algo em torno de R$ 850 mil). Os jornalistas Ivana Back e César Barroso que pouco tempo antes da campanha de TV entrar no ar trabalhavam no programa Tem Notícias, da TV Tem, receberam R$ 40 mil cada um, conforme relatado no site da Prefeitura.
    Quem mais doou dinheiro para a campanha de Pannunzio foram os diretórios Nacional e Estadual do PSDB. Entre os particulares quem mais doou foi a empresa Sanepav Saneamento Ambiental (no valor de R$ 300mil).
    A decisão de colocar no site da Prefeitura de Sorocaba os valores da campanha eleitoral foi do prefeito Pannunzio. Ele acatou sugestão do Ministério Público de Sorocaba. Não há legislação que obrigue que o site da Prefeitura publique os gastos de campanha do eleito. Mas Pannunzio entendeu que a sugestão do MP é boa para tornar claro ao cidadão quem deu dinheiro a ele para fazer campanha e com quem ele gastou o que arrecadou.
    Os outros três candidatos (Renato Amary, Raul Marcelo e Iara Bernardi) que concorreram à Prefeitura de Sorocaba fizeram a prestação de contas de suas campanhas á Justiça Eleitoral. Mas caso desejem ver essa prestação do site da Prefeitura, poderão fazer essa solicitação junto à Secretaria de Governo.

    Leia mais
  • Obra de duplicação da estrada entre Sorocaba e Salto de Pirapora ainda não tem data para começar. Vale lembrar que ela fez parte da propaganda de Alckmin exibida na TV como se já estivesse em andamento

    Enviado em: 14/10/2013 17:40h - Por: Deda | Categoria: Política

    As obras de duplicação da rodovia João Lemes dos Santos (SP-264) ainda estão sem data para começar. Essa obra faz parte das campanhas eleitorais para prefeito e governador há pelo menos cinco anos. Mas há dois anos, em 2011, ela foi oficialmente anunciada. Em junho no comercial regional do PSDB, essa era uma das obras anunciadas por Alckmin (governador do estado) como se estivesse em andamento. Não estava, assim como não está. Em agosto passado, o próprio governador afirmou que essas obras teriam início em outubro. Mas até agora nada. A empresa Gomes Lourenço (a mesma com problema na coleta do lixo em Sorocaba) ganhou a licitação para fazer o trecho entre os Kms 102 e 109. A empresa Compec Galasso para fazer o trecho entre os Kms 109 e 119. Elas não começam as obras porque o DER (Departamento de Estradas e Rodagens) não autoriza. E o DER não autoriza porque falta a licença ambiental para essas obras. Quem tem de dar essa licença é a Cetesb, mas até agora não há informação a respeito. Fora isso, existe outro empecilho a ser transposto para o início da duplicação: a desapropriação de 51 áreas que estão no projeto de duplicação da rodovia. O único fato do momento. O DER desistiu de dar novo prazo para o início dessa duplicação. Tomara que o DER se lembre de comunicar o governador sobre isso e que ele não se atreva, quando o problema estiver resolvido, a anunciar novamente essa duplicação como sendo uma grande novidade. Seria uma vergonha.

    Leia mais
  • Prefeitura analisa se empresa Gomes Lourenço quebrou o contrato vigente do lixo de Sorocaba. Em caso afirmativo vai abrir nova licitação para a coleta. Prazo para resolver problema é de seis meses

    Enviado em: 14/10/2013 17:35h - Por: Deda | Categoria: Política

    A empresa Gomes Lourenço, vencedora da licitação da Prefeitura de Sorocaba para fazer a coleta e destinação final do lixo doméstico e comercial da cidade, vinha convivendo em litígio com a empresa Proactiva, dona do aterro sanitário de Iperó, há mais de um ano. Era um problema entre as duas empresas que são particulares. Mas na semana passada o sorocabano foi surpreendido com a decisão da dona do aterro de não receber mais o lixo levado pela empresa Gomes Lourenço. Resultado, o lixo começou a ficar acumulado na casa das pessoas ou em muitos casos nas calçadas. Diante do problema, o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, decretou estado de emergência. Essa medida justificou, legalmente, que ele tenha feito um contrato de emergência (sem licitação pública) com a Proactiva afim do lixo coletado pela Gomes Lourenço possa ser depositado no aterro de Iperó. Assim está sendo feito desde sexta-feira passada, mas ainda hoje (14/10/13) é possível observar o acúmulo de lixo em muitos bairros de Sorocaba.
    Como o contrato da licitação que dá à Gomes Lourenço o direito de explorar o serviço de lixo em Sorocaba afirma que a empresa é responsável pela coleta e depósito do lixo, e isso não foi feito, a Prefeitura analisa se a Gomes Lourenço quebrou o contrato vigente do lixo. Em caso afirmativo vai abrir nova licitação para a coleta. O oprazo para resolver problema é de seis meses, período em que a Proactiva está contratada emergencialmente. Caso ocorra nova licitação e novamente a Gomes Lourenço saia a vencedora a Prefeitura vai mostrar que ela é uma empresa não-idônea para deixa-la fora da licitação.
    Sorocaba produz em média 500 toneladas de lixo por dia (uma média de 15 mil toneladas por mês). Para coletar e depositar esse lixo, a Gomes Lourenço recebia da Prefeitura de Sorocaba R$ 2,8 milhões por mês. Como a Prefeitura fez um contrato emergencial com a Proactiva, vai deixar de pagar o valor correspondente a esse serviço a Gomes Lourenço. Isso quer dizer o seguinte. A Gomes Lourenço passa a receber R$ 1,8 milhão pela coleta e a Proactiva R$ 1 milhão pelo depósito do lixo sorocabano.
    Resta saber, e isso a prática vai demonstrar, se estes problemas de fato estão solucionados. Há quem entenda que a Gomes Lourenço acredita que deva receber mais para fazer o transporte do lixo.

    Leia mais
  • “Uma cidade como Sorocaba não pode ser refém de uma situação como essa”. Afirmação é do prefeito Pannunzio e refere-se a ausência de um local para o lixo da cidade ser depositado. Ele revela compromisso de criar um aterro ou usina de lixo em Sorocaba em sua gestão

    Enviado em: 11/10/2013 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política

    Outro ponto polêmico da entrevista de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema hoje (11/1/10/13) foi a afirmação do prefeito, em tom de indignação, referente a crise do lixo que a cidade vem passando. Desde quinta-feira passada a coleta de lixo está suspensa na cidade em razão da falta de um local para que o lixo seja depositado. Por contrato, a Gomes Lourenço é responsável por coletar o lixo em Sorocaba e dar uma destinação correta a ele. Essa destinação ocorria no aterro sanitário de Iperó da empresa Pró-Activa. Porém um problema entre as empresas Gomes Lourenço (contrata pela Prefeitura de Sorocaba) e Pró-Activa (contratada pela Gomes Lourenço) deixou sem um local para destinação o lixo produzido por cada sorocabano. Pannunzio decretou estado de emergência, fato jurídico que permite a ele fazer contratos de emergência para resolver o problema. A primeira ideia é que a Prefeitura de Sorocaba contrate o aterro sanitário de Iperó da empresa Pró-Activa para resolver o problema emergencialmente. Em tom de desabafo, Pannunzio afirmou:  “Uma cidade como Sorocaba não pode ser refém de uma situação como essa”. O prefeito revelou o seu compromisso de criar um aterro ou usina de lixo em Sorocaba ainda durante a sua gestão. A escolha vai depender da melhor tecnologia para não causar nenhum tipo de transtorno à população e de um preço compatível com o serviço. Pannunzio evitou criticar a decisão de Vitor Lippi de fazer o contrato vigente com a Gomes Lourenço e disse que foi o melhor a ser feito quando ele tomou a decisão. Vale lembrar que o tema destinação do lixo de Sorocaba fez parte da campanha eleitoral de 2004, quando Lippi ganhou e tinha o compromisso de resolver o problema. Resolveu, mas pagando para o lixo ser exportado. E o que foi alvo de crítica no passado agora acontece, ou seja, uma crise entre o dono do  aterro e o responsável pela coleta. Em uma semana, se a situação não for resolvida, com o lixo se acumulando em casa, o cidadão tende a deixar de entender tudo o que está acontecendo. 

    Leia mais
  • Eduardo Vieira, um dos médicos mais conhecidos de Sorocaba, critica decisão do prefeito de Sorocaba em relação a Policlínica, afirma que vários especialistas estão para pedir a exoneração e alerta: “a cada gestão vem um iluminado querendo mudar tudo, inclusive o que está dando certo”

    Enviado em: 11/10/2013 15:57h - Por: Deda | Categoria: Política

    Essa é mensagem na íntegra que recebi de Eduardo Vieira: “Olá Deda. A Policlinica, posso dizer sem medo de errar, tem os melhores especialistas de Sorocaba em várias áreas médicas. Acontece que se convencionou que médicos que faziam horas suplementares de cirurgias nos hospitais conveniados dos pacientes da Policlínica fossem contadas como horas trabalhadas. Isso tem sido prática de muitos anos. Graças a isso inúmeras cirurgias ortopédicas, ginecológicas, gerais, urologicas e outras puderam ser feitas. Trata-se de resolutividade. Em algumas especialidades não faz sentido aumentar o número de consultas se os pacientes não forem operados, quando indicado. Me preocupa muitíssimo esta noticia de que o prefeito vai fazer um arrastão na policlínica, exigindo o cumprimento do horário in loco. Pois saiba que o mesmo já começou. Recebi notícias de que muitos bons e eficientes colegas já pediram exoneração e, sem recursos humanos, que tipo de residência multi-profissional faremos aqui. Voltamos ao grande problema do SUS: será que os médicos não querem trabalhar no SUS, ou a cada gestão vem um iluminado querendo mudar tudo, inclusive o que está dando certo. Grande Abraço.”

    Leia mais
  • “Na vida pública o que vale é o que está escrito e não acordo feito de boca. A afirmação ‘mas sempre foi assim’ não existe”. O recado foi dado pelo prefeito de Sorocaba durante entrevista na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema

    Enviado em: 11/10/2013 15:56h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um dos momentos mais polêmicos da entrevista de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema hoje (11/1/10/13) foi a afirmação do prefeito em resposta a uma colocação que fiz sobre a prática existente na Policlínica de Sorocaba. Essa prática, que foi iniciada por determinação do ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB), estabelecia que para os médicos da Policlínica que para cada um dos procedimentos cirúrgicos que praticavam havia um correspondente em hora trabalhada. Nessa linha, por exemplo, um médico que fizesse uma colecistectomia corresponderia a 5 horas trabalhadas. Pannunzio foi absolutamente contra essa medida e mandou cortar o ponto dos médicos que tinha hora a menos. Com isso, como já falei em outro post, um médico que recebia em média de R$ 4 mil a R$ 6 mil recebeu em setembro cerca de R$ 450,00. Uma situação que revoltou os médicos. Na entrevista, Pannunzio foi claro em confirmar que mandou revogar esse decreto de acordo feito por Vitor Lippi: “Na vida pública o que vale é o que está escrito e não acordo feito de boca. A afirmação ‘mas sempre foi assim’ não existe”, afirmou Pannunzio.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba cogita contratar aterro sanitário de Iperó

    Enviado em: 11/10/2013 15:40h - Por: Jornal Ipanema Online | Categoria: Política



    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) cogita fazer um contrato com a Proactiva (empresa responsável pelo aterro de Iperó) para resolver emergencialmente o problema na coleta de lixo em Sorocaba. “É um problema da Gomes Lourenço, [empresa responsável pela coleta]. Se ela não resolver, nós tomaremos todas as medidas que a justiça permite”, afirmou. Em entrevista à coluna “O D da Questão” na Rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) hoje (11/10/13), Pannunzio revelou que, se a situação não for resolvida ainda hoje, pode realizar um contrato, através de medida judicial, para voltar a ter autorização para depositar o lixo em Iperó. O valor seria descontado do dinheiro que hoje é repassado para a empresa responsável pela coleta de lixo na cidade.

    Leia mais
  • Se o cronograma anunciado pelo governador for cumprido à risca, Sorocaba terá em 2016 seu segundo hospital regional

    Enviado em: 09/10/2013 17:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    As cidades de Sorocaba, São Paulo e São José dos Campos vão receber novos complexos hospitalares do governo do Estado. As obras nas três unidades serão realizadas por PPP (Parceria Público Privada). O investimento previsto é de R$ 772,2 milhões. A previsão é de que em 30 meses estejam concluídas as obras civis, os projetos, a aquisição de equipamentos médicos, mobiliários, de tecnologia de informação, de instrumentação cirúrgica e transporte. Tudo isso foi anunciado hoje (9/10/13) em solenidade no palácio dos Bandeirantes comandada por Geraldo Alckmin. O prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, estava lá e saiu otimista com os prazos dados pelo governador.
    O Hospital Estadual de Sorocaba será voltado para o atendimento de urgências e emergências e oferecerá 50 leitos, sendo 96 de UTI, 10 salas cirúrgicas, serviço de diagnóstico completo, heliporto e centro de ensino e pesquisa. O hospital será construído em um terreno doado pela prefeitura, no km 106 da Raposo Tavares.
    O Hospital Regional de São José dos Campos dará prioridade para atendimentos de traumas ortopédicos e neurologia. Na região da Nova Luz, na capital, haverá o Centro de Referência em Saúde da Mulher. O novo prédio do Hospital Pérola Byington oferecerá atendimento exclusivamente para mulheres.

    Leia mais
  • Escola infantil que faz parte do pacote das Obras Atrasadas da Prefeitura de Sorocaba, que deveria estar em funcionamento em fevereiro e ainda não foi entregue, tinha problemas na fundação, mas foi construída com alicerce. O zumzumzum é de que não tinha

    Enviado em: 09/10/2013 17:32h - Por: Deda | Categoria: Política

    O CEI (Centro de Educação Infantil) 3 “Dona Zizi de Almeida”, instalada no Largo do Divino em Sorocaba, é uma das 47 obras apontadas no relatório da CPI das Obras Atrasadas da Câmara de Sorocaba como sendo problemática. Ela deveria ter entrado em funcionamento em fevereiro passado, mas ainda não está pronta. O prefeito Pannunzio, que é engenheiro, vistoriou essa CEI e proibiu que ela fosse ocupada. Ainda bem. De lá para cá a construtora Marcos & Santos tenta resolver o problema. Nessa semana o zumzumzum era de que o prédio foi construído sem alicerce (estrutura que fixa o prédio no chão onde é construído). Mas o secretários de Obras, Toni Silveira, me informou que não, ous seja, a CEI-3 tem alicerce, mas tem também sérios problemas na fundação. Para resolver o problema, a empresa destruiu o piso de três salas e reforçou toda a estrutura do local. Segundo ele, haverá a garantia que os alunos poderão ocupar o prédio em segurança. A expectativa é que o prédio seja entregue até o dia 20 de outubro.
    Em fevereiro passado, falando sobre a CEI 3, a Secretaria da Educação informou que o prédio tinha problemas técnicos que impediram que as aulas começassem em fevereiro.

    Leia mais
  • CPI das Obras Atrasadas de Sorocaba entrega o relatório final a órgãos competentes, que irão analisá-lo e tomar as medidas que se julgarem necessárias

    Enviado em: 09/10/2013 17:31h - Por: Deda | Categoria: Política

    Toni Silveira, secretário de Obras da Prefeitura de sorocaba, explicou que prepara um dossiê, documentado por imagens, demonstrando que grande parte dos problemas apontados pela CPIdas Obras atrasadas já foram solucionados e dará uma planilha sobre o andamento do que ainda falta. A intenção da Prefeitura é atender aos questionamentos do Ministério Público sobre os atrasos apontados pela CPI de maneira imediata, ou seja, assim que for questionada a Prefeitura já quer ter a resposta pronta.
    O presidente da CPI, vereador José Crespo (DEM), preparou três volumes, contendo as conclusões e anexos dessa comissão, para as seguintes instituições: Prefeitura Municipal de Sorocaba, na pessoa do seu chefe, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio; Ministério Público do Estado de São Paulo, na pessoa do seu chefe, o procurador-geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, e ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, na pessoa do seu chefe, o conselheiro-presidente Antonio Roque Citadini. Para cada um desses, Crespo pediu a análise e as providências de alçada, com as punições administrativas, cíveis e criminais dos responsáveis pelos referidos atrasos e decorrentes danos públicos e sociais.

    Leia mais
  • Ufscar começa pesquisas no Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 09/10/2013 17:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    Foram inaugurados, na manhã de hoje (9/10/13), os cinco laboratórios da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos), no Parque Tecnológico de Sorocaba, com grupos de pesquisas  que vão desenvolver maneiras de resolver problemas e interesses de Sorocaba e cidades da região. O diretor do Câmpus Sorocaba da Ufscar, Isaias Torres, e o reitor Targino de Araújo Filho, explicaram que as pesquisas e a inovação são processos demorados, mas uma vez criados, naturalmente os resultados irão aparecer. "Novos produtos serão desenvolvidos, novas tecnologias, novos processos industriais e de fabricação e isso é rervetido em benefícios para a sociedade, em forma de mais empregos, a garantia de empregos no futuro. Fundamentalmente, irão garantir que Sorocaba permaneça nesse ciclo virtuoso que vive hoje”. A Ufscar também vai desenvolver tecnologias para tratamento de água, novos produtos para área de saúde, equipamentos para indústria. Participaram da solenidade de inauguração dos laboratórios da Ufscar, o presidente da Inova Sorocaba, Agliberto Chagas, o presidente da Empresa Municipal Parque Tecnológico, Vitor Lippi, o vereador Waldecir Morelli, os secretários municipais Jussara Carvalho (Meio Ambiente) e Francisco Moko Yabiku (Esportes), além do prefeito do Câmpus Sorocaba da Ufscar, Carlos Azevedo Marcassa, a presidente da Agência de Inovação da Ufscar, Ana Lucia Torkomian e o diretor do Ciesp Sorocaba, Erli de Syllos, entre outros convidados.

    Leia mais
  • Sorocaba será a última cidade a debater o Orçamento do Estado para 2014

    Enviado em: 08/10/2013 17:01h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa paulista, que tem o parlamentar Hamilton Pereira (PT), com base eleitoral na região, definiu o calendário das audiências públicas para discutir o Orçamento do Estado para 2014 em 20 regiões do Estado. O objetivo das audiências públicas é recolher sugestões, ideias e propostas dos cidadãos paulistas que servirão para orientar os investimentos do governo do Estado. As pessoas que não puderem participar da audiência em sua região podem enviar sua contribuição online por meio de link na página oficial da Assembleia Legislativa de São Paulo na internet, até 7 de novembro. Em Sorocaba, essa audiência está agendada para o dia 4 de novembro, às 10h, na Câmara. Em 2012, durante audiência do orçameento para 2013, Sorocaba deu prioridade a três temas: implantação de um novo hospital regional e a duplicação da avenida Paraná (SP-79) e da rodovia João leme dos Santos (SP-264). O hospital vai sair após a PPP (Parceria Público Privada) proposta pelo governo estadual sair do papel. A duplicação da SP-&9 está em andamento e a da SP-264 definiu os vencedores da licitação e se mais nada atrapalhar também sairá do papel em breve. As datas de início dessa obra prometidas para agosto e setembro já eram. Quem sabe a primeira máquina entra em ação nesse mês?

    Leia mais
  • Ainda não há data para a vinda de Aécio a Sorocaba

    Enviado em: 08/10/2013 17:00h - Por: Deda | Categoria: Política

    O senador mineiro, presidente nacional do PSDB e pré-candidato a presidente da República, Aécio Neves, deveria ter visitado Sorocaba no dia 20 de setembro, mas cancelou em cima da hora. A deputada estadual sorocabana Maria Lúcia, presidente do diretório municipal do partido e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da assembleia, tinha toda a agenda pronta para receber Aécio. A visita incluia uma ida à Padaria Real. 

    Leia mais
  • Vereador quer audiência pública para discutir fiação subterrânea em Sorocaba

    Enviado em: 08/10/2013 16:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    O veto ao projeto de Antonio Carlos Silvano (PMDB), que prevê fiação subterrânea para instalação elétrica, de telefonia, Internet e TV a cabo nos futuros loteamentos, foi acatado com 16 votos favoráveis. Segundo a mensagem do prefeito Antônio Carlos Pannunzio para vetar o projeto, ele é inconstitucional, pois afronta a Constituição Estadual. O vereador Fernando Dini (PMDB) anunciou que vai solicitar uma audiência pública para discutir o assunto. Quem aplaudiu o veto foi Flavio Amary, vice-presidente do Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo), diretor regional do Secovi em Sorocaba e vice-presidente da Aelo (Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano).

    Leia mais
  • Furo da coluna O D da Questão: Gustavo Barata é escolhido o corregedor da Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 07/10/2013 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na coluna “O D da Questão”, que apresento ao vivo na Rádio Ipanema (FM 91,Mhz) toda segunda, quarta e sexta, falei hoje (7/10/13) em primeira mão que o advogado Gustavo Barata será nomeado corregedor-geral da Prefeitura de Sorocaba. As conversas do prefeito Antônio Carlos Pannunzio e Barata existiam, mas somente no final de semana foi batido o martelo em torno do nome. Hoje pela manhã consegui confirmar a informação e cravei a notícia. O anúncio oficial será realizado em coletiva de imprensa às 17h no 6º andar do Palácio dos Tropeiros, a sede do governo municipal.
    Barata entende da legislação pública e será a extensão da caneta do prefeito Pannunzio nas fiscalizações envolvendo ações municipais. A ideia é que ele flagre o que está acontecendo de bom e de ruim e aja no sentido de elevar o nível de qualidade do serviço prestado pela administração pública. Barata foi professor na FKB (Fundação Karning Bazarian), em Itapetininga, e atualmente é docente no curso de Direito da Uniso (Universidade de Sorocaba).  Foi procurador municipal na cidade de Lorena por mais de dez anos e concorreu ao cargo de vereador nesta cidade, sem ter obtido sucesso.

    Leia mais
  • Esquenta o clima na Policlínica de Sorocaba após os médicos terem recebido seus vencimentos na semana passada e terem constatado que só ganharam pelas horas trabalhadas

    Enviado em: 07/10/2013 16:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os médicos da Policlínica Municipal (que atende apenas especialidades médicas) levaram um susto quando abriram o hollerith na semana passada e constataram que só receberam pelas horas marcadas no cartão de ponto. Resultado, quem estava acostumado com um salário de R$ 4 mil, R$ 5 mil recebeu apenas R$ 450,00, R$ 500,00. A decisão da Prefeitura de Sorocaba de engrossar com os médicos que não cumprem o horário foi levada a sério e assim vai continuar.
    Conversei com médicos que discordam dessa decisão. Eles me alegaram que tinham combinado com o ex-prefeito Vitor Lippi que ficariam livres da marcação do ponto, mas cumpririam uma agenda de produtividade e assim funcionou até o mês de agosto passado quando seguiram essa prática. Em setembro, apesar dos variados avisos, os médicos seguiram sem registrar o ponto e tiveram o salário cortado.
    O que ouvi de médicos é o seguinte: não vamos fazer operação tartaruga. Vamos apenas cumprir o que indica a AMB (Associação Médica Brasileira). Na prática isso vai significar que por hora, ao invés de atender 20 pacientes, os médicos vão atender apenas 4. Ou seja, pelo acordo que tinham com Lippi os médicos gastavam em média 3 minutos na consulta com um paciente e agora, seguindo a orientação da AMB vão gastar 15 minutos com cada um. 
    Cá entre nós: 3 minutos de consulta é muito pouco não é não?
    Seja como for, enfim, um prefeito está tendo coragem de colocar a mão nesse vespeiro. Não há nada na conduta de Pannunzio que leve o cidadão a ser contra o que ele está fazendo.

    Leia mais
  • Ipem e UFSCar estão próximos de inaugurar laboratórios no Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 07/10/2013 16:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    O presidente do Parque Tecnológico  Vitor Lippi se reuniu com o prefeito Pannunzio na última quinta-feira no Paço Municipal. Oficialmente o assunto trattado foram os novos laboratórios a serem inaugurados. O primeiro deles acontece na quarta-feira (9/10/13), às 10h. Trata-se de laboratórios nas áreas ligadas à computação, economia industrial, planejamento ambiental  da UFSCar (Universidade de São Carlos). O segundo será uma laboratório do Ipem (Instituto de Pesos e Medidas) do Estado de São Paulo, orgão do governo paulista.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba reúne sua equipe de secretários para afinar as próximas ações do seu governo

    Enviado em: 07/10/2013 16:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio reuniu-se com toda a sua equipe de secretários, na última sexta-feira, em sua chácara. O objetivo além de promover uma integração entre os membros da sua equipe de primeiro escalão foi a de afinar como será a agenda de cada secretaria agora que a reforma administrativa está aprovada e publicada. A única ausência foi a do ex-prefeito Vitor Lippi, presidente do Parque Tecnológico, cargo que tem o status de secretário. A experiência de chamar Lippi para as reunições de secretariado não deram muitos frutos, além dos secretários sentirem-se intimidados, os que se atreviam a falar eram contestados por Lippi. Pannunzio para evitar desgastes tratou de se reunir com Lippi em particular.

    Leia mais
  • Sorocaba discute a criação da unidade local de uma ONG chamada Observatório Social que foi criada no Paraná há 12 anos com o objetivo de acompanhar ações dos poderes Executivo e Legislativo e garantir que o orçamento municipal seja aplicado de acordo com a lei

    Enviado em: 01/10/2013 16:47h - Por: Deda | Categoria: Política

    Para explicar o que significa um Observatório Social e como funciona e como é constituído acontece nesta quinta e sexta-feiras (dias 3 e 4 de outubro de 2013), o 2º Encontro dos Observatórios Sociais do Estado de São Paulo, que será realizado no auditório da Associação Comercial de Sorocaba. O Observatório Social é uma ONG (Organização Não-Governamental) e tem apoio de associações comerciais, industriais e de serviço nas cidade onde nasce. Entre os principais financiadores estão a Federação das Indústrias do Paraná, lojas maçônicas e clubes de serviço como o Rotary e Lions paranaenses.
    O objetivo de um Observatório Social é acompanhar todas as ações dos poderes Executivo e Legislativo e lutar para garantir que o orçamento municipal seja aplicado de acordo com o que diz a lei. Como entidade que ocupa a internet, através de um site, um Observatório Social é  “um espaço para a prática da cidadania, no qual é possível que empresários, funcionários públicos, profissionais liberais, entidades de classe e universidades e qualquer cidadão, todos voluntários, contribuam para a melhoria da gestão pública no Brasil”, afirma Elias Magurno (que é administrador de empresas e contador).
    Édson Vergílio, outro encarregado de divulgar a palestra agendada para Sorocaba, explica a necessidade de um Observatório Social em Sorocaba ao comentar post deste blog sobre o nepotismo na Câmara de Vereadores: “Precisamos observar a produtividade dessa negada. Chega de ficarmos pagando neguinho para ficar dando emprego para parentes, nomes de ruas, títulos de cidadãos eméritos e etcs. Queremos que sejam produtivos e que cumpram com a missão para que foram eleitos”.
    O 2º Encontro dos Observatórios Sociais do Estado de São Paulo acontece no auditório da Associação Comercial de Sorocaba, situado na rua da Penha, 535. Mais informações vejam no link http://www.observatoriosocialdobrasil.org.br.

    Leia mais
  • Preparação da 7ª Conferência Municipal de Saúde busca 600 delegados em diferentes bairros de Sorocaba para discutir os anseios e necessidades da população nessa área e traçar a ação que sustentará o Sistema Público de Saúde pelos próximos três anos

    Enviado em: 01/10/2013 16:46h - Por: Deda | Categoria: Política

    O pontapé das questões que permeiam o futuro do Sistema Público de Saúde em Sorocaba acontece hoje (1/10/13), a partir das 19h, no Auditório da Fundec, com a o lançamento da 7ª Conferência Municipal de Saúde, marcada para os dias 29 e 30 de novembro, e 1º de dezembro. O objetivo é compilar as discussões advindas dos bairros da cidade e, então, levá-las para a Conferência Municipal. São esperados 600 delegados de diferentes bairros da cidade. A conferência quer impulsionar, reafirmar e buscar a efetividade dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, garantidos na Constituição Federal e na Lei Orgânica da Saúde, fortalecendo a relações entre os organismos que compõem a sociedade sorocabana.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba cancela agenda e viaja a Piedade para recepcionar o governador. Comunidade espera que Alckmin ponha fim ao mistério e se posicione objetivamente sobre a criação da Região Metropolitana de Sorocaba durante o seu último ano de mandato

    Enviado em: 01/10/2013 16:43h - Por: Deda | Categoria: Política

    O governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) retorna à região nesta quarta-feira (2/10/13), às 13h, e estará em Piedade para inaugurar o Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade, que compreende a ampliação da coleta, afastamento e tratamento de esgoto da Vila Maria, Jardim Secol, Ciriaco de Cima e Rua das Margaridas (Cotianos).
    A presença do prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), ao evento busca demonstrar apoio e prestígio a principal autoridade do Estado na região. Como tem falado com o governador semanalmente, Pannunzio não tem nenhum ítem em específico para tratar com o governador nesta passagem dele por Piedade, afinal tudo o que tinha  para pedir está pedido e a resposta do governo depende das formalidades da lei.
    A expectativa é que o governador converse com a imprensa e diga com todas as letras se seu governo vai criar ou não a Região Metropolitana de Sorocaba. Este assunto está na pauta de Sorocaba desde 2005 quando o deputado estadual Hamilton Pereira levantou a questão. Pannunzio entendeu que a Região Metropolitana é um assunto de toda a comunidade diante da importância dele. Mas nem mesmo esse apoio de Pannunzio tirou alguma resposta objetiva de Alckmin. Ele mantém o enigma e não diz objetivamente nem sim e nem não para a Região Metropolitana de Sorocaba.

    Leia mais
  • Reportagem publicada em 2005 indicava o nome de 6 vereadores envolvidos agora em processo de prática de nepotismo na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 30/09/2013 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    As denúncias de nepotismo no processo do Ministério Público acatado agora pelo Tribunal de Justiça sugerem indícios de desvio de finalidade do servidorquando ele é  parente do vereador que o nomeia. Se ao final desse processo se verificar que houve mesmo essa prática, os vereadores da época acusados serão condenados em  crime de improbidade, afinal quem paga os salários dos parentes dos vereadores  é a coletividade e a lei no entendimento do MP não permite que exita tal privilégio na contratação de funcionários.
    No processo inicial aberto pelo Ministério Público sobre nepotismo na Câmara de Sorocaba, pelo menos 6 dos 20 vereadores lotearam entre familiares os cargos que tinham direito a preencher nos gabinetes. No ofício enviado à Câmara Municipal o MP pediu a relação dos funcionários comissionados em funções de confiança, salários e atribuições. Com essa relação o que se observou foram contratações que deixaram o MP em dúvida sobre se atendiam aos princípios da moralidade e eficiência. O MP analisou se os contratados possuiam a qualificação profissional exigida para as atribuições que passaram a exercer no serviço público e a necessidade da ocupação dos postos. Na época cada vereador tinha o direito a até quatro assessores.
    Conheça seis dos envolvidos na ação do MP
    A relação de funcionários divulgada pela Câmara em 2005 indicava que o então vereador Moacir Luís Silva de Oliveira (PSDB), pastor evangélico, levou para o gabinete a mulher e uma sobrinha, além de ter outros três sobrinhos em cargos legislativos. Moaciar Luís alegou à época que seus parentes eram servidores da inteira confiança e que trabalham com eficiência.
    O vereador Irineu Donizeti de Toledo, também pastor, que em 2005 estava no PL e hoje está no PRB, havia contratado a filha. Toledo afirmou à época que a filho teve perda salarial ao aceitar o novo emprego, mas fez o sacrifício a pedido dele.
    A pastora Neuza Maldonado (que hoje está no PSDB e na época estava no PDT) contratou um filho e uma filha.
    O vereador Francisco de Jesus Perotti (PV), que hoje não tem mandato, contratou um filho e sobrinha.
    João Donizeti Silvestre (PSDB), que hoje também está sem mandato, contratou o irmão e o cunhado.
    Paulo Mendes (que hoje está no PSDB e à época era do PFL), também sem mandato, tyeria contrato o genro em 2005.
     

    Leia mais
  • Coluna “O D da Questão” traz em primeira mão a decisão do Tribunal de Justiça de acatar processo de improbidade administrativa do Ministério Público contra vereadores de Sorocaba por nepotismo na Câmara em 2005

    Enviado em: 30/09/2013 16:05h - Por: Deda | Categoria: Política

    Durante a apresentação da minha coluna hoje (30/9/13) na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) anunciei que o Tribunal de Justiça de São Paulo acatou recurso do Ministério Público de Sorocaba contra decisão da 4ª Vara local que inocentou vereadores de acusação de nepotismo generalizado na Câmara de Vereadores em 2005. São réus ao menos 9 vereadores e ex-vereadores e seus parentes, somando ao todo 34 pessoas. O promotor de justiça Orlando Bastos Filho acaba de colocar em seu twitter essa decisão.
    Assim se pronuncia o promotor: “O TJ, 0027839-67.2005.8.26.0602 atendendo recurso do MP contra decisão da 4ª Vara local, mandou processar ação de improbidade administrativa. É ação contra nepotismo generalizado na Câmara Municipal em 2005. São réus ao menos 9 vereadores e ex vereadores e parentes, ao todo 34.
    Na 1ª decisão se entendeu que ao tempo da ação não vigia a Súmula Vinculante do STF que veda o nepotismo. Para o MP a prática é vedada por princípios constitucionais básicos, moralidade e impessoalidade, desde a atual Constituição de 1988.
    Vingou no TJ a tese do MP, e agora haverá processo. Penas possíveis aos praticantes do ilícito são: a perda de função suspensão dos políticos restituição de valores.
    A ação do MP, apesar do julgamento inicial, levou à extinção do nepotismo em Sorocaba, que não mais existe de 2005. Tal não impede, contudo, a punição por períodos anteriores, sendo este o objeto da ação. A correção de rumos não apaga os ilícitos de antes”.

    Leia mais
  • Enquete em site de vereador mostra que 71% dos internautas desaprovam a política pública aos idosos de Sorocaba

    Enviado em: 30/09/2013 16:04h - Por: Deda | Categoria: Política

    Mais de 71% dos internautas que participaram da enquete feita no site do vereador Fernando Dini (www.fernandodini.com.br), desaprovam a política pública promovida aos idosos em Sorocaba. Do total de 1.700 internautas que responderam a pergunta do que acham da política pública para idosos de Sorocaba, 42,9% dos intern autas responderam que acham péssima e 28,5% que é regular a política desenvolvida na cidade. Por outro lado, 23,8% dos internatutas acham boa a política praticada pelo poder público e 4,8% consideram ótima. A enquete ficou no ar durante o período de 15 dias.

    Leia mais
  • Prefeito afirma em entrevista que aconteceram falhas na fiscalização de obras públicas que sofreram atrasos em Sorocaba e vereador aproveita essa declaração para questionar os pedidos de demissões de engenheiros fiscais da Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 30/09/2013 16:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    O vereador José Crespo (DEM) protocolou requerimento de informações direcionado ao prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), questionando supostas demissões de engenheiros fiscais da Prefeitura de Sorocaba. A notícia partiu do próprio chefe do Executivo, que afirmou a situação em entrevista à Cruzeiro FM, na última quarta-feira (25/9/13). Na ocasião, Pannunzio ressaltou que aconteceram “falhas na fiscalização” às obras públicas que sofreram atrasos no município, disparando que a fiscalização da Prefeitura “estava e continua muita fraca, bastante falha”. Por causa disso, segundo ele, alguns engenheiros fiscais se demitiram, e o Paço tenta “melhorar” o setor.
    Uma semana antes, em entrevista na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), o prefeito tinha feito as mesmas afirmações e foi taxativo: “no meu governo não vai haver falha na fiscalização de obra pública”.
     A motivação do requerimento versou sobre o fato de que o prefeito acrescentou, ainda durante a entrevista, ter visitado algumas construções da Prefeitura, deparando-se “com a qualidade péssima das obras feitas, numa ausência total de fiscalização, algo deplorável”, e que, por isso, deverá abrir concurso para aumentar o número de fiscais e engenheiros municipais.
    Crespo quer saber de Pannunzio quantos engenheiros fiscais da Prefeitura se demitiram nos últimos nove meses e quais obras esses profissionais fiscalizaram ou deixaram de fiscalizar nos últimos 21 meses. Além disso, o democrata indaga quantos engenheiros fiscais o Paço tem em seu quadro de funcionários atualmente.

    Leia mais
  • Ação de improbidade administrativa proposta pelo MP de Sorocaba em 2011 contra o ex-prefeito e três ex-secretários é acatada pela Vara da Fazenda da Justiça

    Enviado em: 27/09/2013 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    O ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB) e os ex-secretários de Administração José Vicente Dias Mascarenhas e Januário Renna, e o ex-secretário de Negócios Jurídicos Luiz Ângelo Verrone Quilici, são alvo da ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público contra eles por terem contratado serviço de tapa-buraco , no valor de R$ 3,05 milhões, entre maio de 2005 e junho de 2006 em Sorocaba. O MP acusa Lippi de ”realizar aditivos para uma mal disfarçada prorrogação de contrato, inclusive com as empresas prestando o serviço e recebendo por eles, antes mesmo da assinatura dos compromissos”. No Twitter, o promotor Orlando Bastos Filho afirma que para o MP “tapa-buracos é atividade contínua do Estado não permitindo contratação emergencial sem licitação. Chuva em janeiro não é inusitado.” 

    Leia mais
  • Ex-vereador e militante do PMDB de Sorocaba é condenado a perda dos direitos políticos por 4 anos e pagamento de multa que ultrapassa os R$ 540 mil

    Enviado em: 27/09/2013 17:27h - Por: Deda | Categoria: Política



    O promotor de justiça Orlando Bastos Filho usou o Twitter para informar que o STF (Superior Tribunal Federal) condenou o ex-vereador Oswaldo Duarte Filho em ação proposta pelo Ministério Público de Sorocaba a perda de seus direitos políticos por quatro anos e multa no valor de 50 vezes ao vencimento do cargo que exercia, ou seja, de mais de R$ 540 mil, afinal o presidente recebe mais de R$ 10 mil.
    O ilícito cometido por Oswaldinho aconteceu quando ele presidia a Câmara de Vereadores, em 1998. Oswaldinho ofereceu vantagem  material ao então vereador Antônio Rodrigues Filho, conhecido por Mexerica, em troca de apoio político. O oferecimento dessa vantagem foi gravada por Mexerica e oferecida ao MP que, por sua vez, entendeu que a atitude do presidente da Câmara se caracterizou como ato de improbidade administrativa e ofereceu denúncia à justiça. Em 2008, por decisão dos Tribunal de Justiça, Oswaldo Duarte Filho foi condenado a perder os  direitos políticos. Ele recorreu à época e nessa semana “finalmente,  após  muitos embates,  transitou em julgado no STF, a ação nº 738592, com a condenação do ex-vereador Oswaldo Duarte Filho” anunciou o promotor Orlando Bastos.
    A pena é de perda da função pública, inelegibilidade por 4 anos multa de 50 vezes o subsídio do vereador e proibição de contratar por 3 anos. Ou seja, a suspensão dos direitos políticos impede até atividade partidária de Oswaldinho que será suspenso do PMDB seu atual partido e ainda impede que ele entre em qualquer outro. Como foi transitado em julgado, para se livrar da condenação cabe a Oswaldinho entrar como um agravo e na visão de alguns até mesmo uma ação rescisória.

    Leia mais
  • Nada indica que está para acabar em Sorocaba o abismo existente entre a qualidade do ensino das escolas municipais e estaduais. O PPA recém aprovado não indica mudança nesse sentido. E os vereadores só se preocuparam em fazer emendas executivas que não cabe a eles, deixando de lado as legislativas que é a função de cada um

    Enviado em: 25/09/2013 18:00h - Por: Deda | Categoria: Política

    O PPA recém aprovado na Câmara não indica que deixará de existir em Sorocaba o que chamo de estudante de segunda classe, aqueles que estão confinados nas escolas estaduais e não têm chance de entrarem numa escola municipal. Post de hoje (20/9/13) no Facebook do secretário municipal da educação de Sorocaba mostra que há entusiasmo para melhorar ainda mais a qualidade da escola municipal. Eu recupero dados do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo) para mostrar queda no desempenho de alunos da escola estadual e as críticas do dirigente do setor que não vê sinal de que algo vai mudar para melhor. Vale a pena ler sobre toda a complexidade dessa questão.

    Leia mais
  • Ex-prefeito não esconde a alegria com a decisão do MP a respeito da doação feita pelo Grupo Splice da área onde será o segundo Hospital Regional de Sorocaba

    Enviado em: 24/09/2013 16:14h - Por: Deda | Categoria: Política

    Vitor Lippi me telefonou hoje (24/9/13) na hora do almoço e o seu entusiasmo era perceptível ao me contar que tinha em mãos o documento do Ministério Público de Sorocaba determinando o arquivameento do inquérito civil que apurava um eventual favorecimento do Grupo Splice na doação do terreno para a construção do segundo Hospital Regional de Sorocaba no km 106 da rodovia Rapóso Tavares.
    O vereador Crespo denunciou que a doação da área favorecia o Grupo Splice e afirmou que Lippi recusou-se a desapropriar uma área na Uniso (Universidade de Sorocaba) afim de beneficiar o empresário Toninho Beldi, dono do Grupo Splice. Na coluna “O D da Questão”na rádio Ipanema (FM 91,1 Mhz) Lippi rebateu as denúncias de Crespo, chegou a pedir desculpas a Toninho Beldi por ter causado constragimento a ele por ter aceitado a doação do terreno e aceitou debater o tema com Crespo no ar. Foi, talvez, o maior embate público entre os dois. Nenhum conseguiu se prender aos fatos e ambos externaram um sentimento de raiva que um sente pelo outro. Fui o mediador do encontro. O clima tenso, sem dúvida, foi o que mais marcou o episódio.
    Agora, com o documento assinado pelo promotor Orlando Bastos Filho, toda a desconfiança de Crespo sobre a doação da área se esvai e na visão de Lippi deixa claro que ele agiu dentro da legalidade. Em resumo, o documento conclui que “aparentemente não existiu qualquer favorecimento ilegal ou improbidade administrativa na doação do terreno. Muito ao revés, para o município foi um grande negócio, já que economizou algo em torno de R$ 13 milhões em desapropriação e outros tantos em infraestrutura, já realizada para Arena [Multiuso, uma obra poliesportiva da prefeitura]. No que toca ao doador, de outro lado, não parece razoável falar-se em favorecimento”.

    Leia mais
  • Inquérito sobre doação de terreno para o segundo Hospital Regional de Sorocaba é arquivado pelo Ministério Público

    Enviado em: 24/09/2013 16:01h - Por: Jomar Bellini /Jornal Ipanema | Categoria: Política

    O MP (Ministério Público) arquivou o inquérito civil que apurava o eventual favorecimento do Grupo Splice na doação do terreno para a construção do segundo Hospital Regional de Sorocaba. O tema gerou polêmica após ser questionado por vereadores durante a discussão de uma alteração no projeto de lei que autorizou a transferência da área de 37,2 mil m² nas margens da rodovia Raposo Tavares. Assinado pelo promotor Orlando Bastos Filho, o documento conclui que “aparentemente” não existiu qualquer favorecimento ilegal ou improbidade administrativa na doação do terreno. “Muito ao revés, para o município foi um grande negócio, já que economizou algo em torno de R$ 13 milhões em desapropriação e outros tantos em infraestrutura, já realizada para Arena [Multiuso, uma obra poliesportiva da prefeitura]. No que toca ao doador, de outro lado, não parece razoável falar-se em favorecimento”.

    Leia mais
  • Relatório da CPI das Obras paradas vai ser votado na Câmara de Sorocaba e se receber aprovação da maioria absoluta dos vereadores, por força de lei, vai obrigar MP a investigar as denúncias. Caso o relatório seja rejeitado pela maioria, a decisão por investigar ou arquivar o relatório da CPI fica a cargo do promotor

    Enviado em: 20/09/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    As conclusões dos trabalhos da CPI vão ser enviadas 1) ao prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio, com a finalidade de as causas dos atrasos ocorridos nos últimos anos, apontadas aqui, sejam sanadas e os procedimentos administrativos da Prefeitura e do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), aprimorados. 2) ao promotor de Justiça da Fazenda Pública em Sorocaba, Orlando Bastos Filho, com a finalidade de subsidiar possíveis ações civis públicas contra agentes políticos municipais, da Prefeitura e do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), em razão de atos ilícitos ou temerários que concorreram para os referidos atrasos. 3) Aos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, com a finalidade de subsidiar possíveis punições à Administração Pública Municipal e ao Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), em razão de procedimentos irregulares quanto a contratos, prazos e execuções das obras mencionadas nesse Relatório Final.
    O relatório da CPI vai ser apresentado a todos os vereadores da Câmara de Sorocaba na sessão de quinta-feira da semana que vem. Caso seja aprovado por maioria absoluta, ou seja, por 11 votos, por força de lei federal automaticamente o relatório passa a ser da Câmara como um todo e não mais da comissão de sete vereadores que fez parte da CPI. A legislação também obriga que a Mesa da Câmara envie esse relatório ao MP e o MP automaticamente fica obrigado a investigar, num prazo de seis meses, o relatório da CPI. Após essa investigação o MP poderá optar por abrir inquérito e investigar os denunciados ou arquivar o relatório.

    Leia mais
  • CPI das Obras Atrasadas da Prefeitura de Sorocaba termina relatório com 24 conclusões. A última delas diz: “Concluímos finalmente que houve negligência do então prefeito Vitor Lippi, que não se ateve à organização de gestão, dos prazos, do cumprimento dos contratos e também dos pagamentos referentes a essas obras”

    Enviado em: 19/09/2013 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) criada pelo Ato 01 de 19 de março de 2013 para investigar as causas e responsabilidades dos atrasos e paralisações de obras contratadas pela Administração Pública Municipal concluiu seus trabalhos e apresentou hoje (19/9/13) um relatório. A seguir, leia as 24 conclusões a que chegaram os integrantes da CPI. Entre elas estão “Concluímos finalmente que houve negligência do prefeito Vitor Lippi, que não se ateve à organização de gestão, dos prazos, do cumprimento dos contratos e também dos pagamentos referentes a essas obras”. E também: “que a Prefeitura de Sorocaba realizou licitações de obras sem existência de projetos executivos ou pelo menos de projetos básicos consistentes”.

    Leia mais
  • Palavra da Prefeitura de Sorocaba: “90% das obras públicas estão em andamento, concluídas ou já entregues e não estão paralisadas como se estivessem abandonadas pelo governo”

    Enviado em: 19/09/2013 17:35h - Por: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba | Categoria: Política

    A seguir, texto oficial da Prefeitura de Sorocaba disponibilizado para a imprensa, contesta o que foi apurado pela CPI das Obras Atrasadas da Câmara de Sorocaba e ganhou repercussão nacional com o quadro "Proteste Já" do programa CQC: "Da lista de 50 obras divulgadas equivocadamente como paradas, 17 estão em pleno andamento, 14 foram entregues, 6 estão prontas aguardando ligação de energia ou pequenos serviços no entorno e 4 estão pendentes de formalidades legais (3 novas licitações e 1 repasse de convênios) e 9 tem o nome repetido. Das obras em andamento ou em fase final, até dezembro serão entregues 18 e outras 8 serão concluídas até abril 2014.
    Estes números mostram que, ao contrário do que algumas pessoas estão difundindo, as obras da Prefeitura não estão paralisadas como se estivessem abandonadas pelo governo."

    Leia mais
  • Leitor manda foto de placa que anunciava obra em Sorocaba durante o período da eleição. Um ano depois a placa sumiu e a obra não foi feita

    Enviado em: 19/09/2013 15:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    Leitor deste blog, que solicita o anonimato e vou respeita, me manda a foto acima com a seguinte mensagem: “Deda, sempre que posso gosto de acompanhar o seu  trabalho na Rádio Ipanema. Infelizmente queria ter enviado este material antes de você ter feito a entrevista com o prefeito hoje (19/9/13). Mas não consegui. Como acredito que outras oportunidades surgirão, envio-lhe para que o prefeito possa ser questionado sobre o seguinte: em meados de agosto, setembro e outubro de 2012, obviamente antes das eleições municipais, a administração colocou diversas placas (como a foto que envio-lhe também) divulgando a pavimentação da Av. 3 de Março, no Alto da Boa Vista. Até hoje este serviço não foi feito, deixando de beneficiar milhares de pessoas que moram no Vila Amato, Aparecidinha e toda a região. O Sr. Pannunzio merece ser questionado e tem a obrigação de dar uma resposta aos municípes, afinal de contas muitas pessoas votaram nele em razão disto. Sei que você e a Rádio Ipanema prestam um ótimo serviço a Sorocaba e por isto gostaria de contar com você. Gostaria de manter o anonimato. Se você puder fazer algo, ficarei agradecido.”
    Minha opinião sobre isso é a seguinte: No ano que vem tem eleição e daqui dois anos de novo. Fica a dica para que o leitor mantenha na memória o comportamento de político mentiroso. Chega de dar chance a quem engana o cidadão. É hora de fazer uma faxina. É hora votar em quem assume o que faz.

    Leia mais
  • Embraer inaugura Centro de Serviços para jatos executivos no Brasil no aeroporto de Sorocaba no próximo dia 18 de outubro

    Enviado em: 19/09/2013 14:49h - Por: Deda | Categoria: Política



    O novo Centro de Serviços para jatos executivos no Brasil anunciado em 2012 pela Embraer está em fase final de construção no aeroporto Bertram Luiz Leupolz  de Sorocaba e entra em operação no dia 18 de outubro. A data da inauguração foi revelada hoje pelo prefeito antônio Carlos Pannunzio dirante entrevista na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema (FM 91.1Mhz). A Unidade Sorocaba ampliará o apoio da Embraer à crescente frota de jatos executivos no Brasil, somando-se ao Centro de Serviços Embraer, já em operação em São José dos Campos, e aos outros quatro autorizados em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Goiânia.

    Leia mais
  • Visita do Consulado Britânico em Sorocaba acontece nesta quinta, na verdade. E os assuntos em pauta são mobilidade, resíduos sólidos e parque tecnológico

    Enviado em: 18/09/2013 17:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    Integrantes do Consulado Britânico visitam Sorocaba nesta quinta (19/9/13) e vão ser recepcionados na Uniten (Av. General Osório, 1840 Altos do Trujilo) a partir das 10h. A comitiva vai participar de encontros Inter setoriais que tratam de vários temas: Aeroporto, Mobilidade Urbana e BRT. Parque Tecnológico e Transferência de Tecnologia  e Gerenciamento de água e Resíduos Sólidos mais Ambientes. Leia a seguir a programação completa da visita. A coordenação da recepção da comitiva britânica está a cargo de Geraldo César Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sorocaba.

    Leia mais
  • Por enquanto, UFSCar fica como está. Não virão cursos novos e nem será transformada em Universidade Federal de Sorocaba

    Enviado em: 17/09/2013 18:05h - Por: Deda | Categoria: Política

    O início da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de hoje (17/9/13) foi marcado pela apresentação do histórico da Universidade de São Carlos (UFSCar) em Sorocaba. O reitor da instituição Targino de Araújo disse que há o desejo de ampliação de cursos na cidade, mas nesse momento não há condições políticas para pensar em expansão. Quando? Também não disse. O vereador José Crespo (DEM) questionou a possibilidade de implantação do curso de medicina no campus de Sorocaba com foco em saúde pública e clínica geral. O parlamentar ressaltou que trata de uma demanda importante. “Sorocaba quer, pois em geral não há interesse dos profissionais médicos e a saúde no município está um caos”, disse. O reitor afirmou que o assunto não foi discutido até o momento. Já o vereador Izídio de Brito (PT) levantou a possibilidade de o município ter a Universidade de Sorocaba. O reitor disse que o campus terá condições no futuro, mas ainda é prematura a transformação. 

    Leia mais
  • Transmissão do trecho da sessão da CPI do Sorocaba Total, onde aparece um ruído entre o presidente e eu, fica para quarta-feira. Vereador explica o motivo de ter rejeitado para convite para dar entrevista na rádio Ipanema

    Enviado em: 16/09/2013 16:17h - Por: Deda | Categoria: Política

    Já disse em post em anterior que não vou me pocionar sobre o ruído ocorrido na sessão de quinta-feira passada (12/9/13) da CPI do Sorocaba Total, entre eu e o vereador Irineu Toledo, até que o trecho fique à disposição do leitor para que ele seja o juiz e tire suas conclusões. Mas estou aberto a publicar a manifestação de qualquer pessoa que teve a chance de ver ao vivo, pela TV Legislativa, o que aconteceu. A transmissão do embate seria publicado na minha coluna de hoje (16/9/13) na rádio. Mas o áudio enviado pela assessoria da Câmara, por equívoco, foi o da CPI da Saúde. Mas o áudio correto já está em poder da rádio Ipanema e ele vai ao ar na coluna de quarta-feira (18/9/13). O convite para que o vereador Irineu compareça segue em pé. Mas ele explica a seguir o motivo de recusar o convite.

    Leia mais
  • Missão da Grã-Bretanha chega a São Paulo e visita Sorocaba nesta semana

    Enviado em: 16/09/2013 15:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    Uma comitiva do governo da Grã-Bretanha participará de missão empresarial em São Paulo e chega a Sorocaba nesta quarta-feira (18/9/13). O grupo, composto por representantes do governo, empresários e líderes da área educacional tem como meta prospectar negócios, criar acordos de cooperação, trocar experiências e trazer novas oportunidades comerciais para a Grã-Bretanha em solo paulista. Geraldo Almeida (foto), secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sorocaba, é o responsável por recepcionar e ciceronear a comitiva da Grâ-Bretanha em Sorocaba.

    Leia mais
  • O zumzum era de que o Pezão de Indaiatuba iria abrir sua primeira filial aqui em Sorocaba, onde era o Kanakauê. Mas o que está funcionando lá é o Chips, um bar de boliche

    Enviado em: 16/09/2013 15:48h - Por: Deda | Categoria: Diversos



    O Pezão Bar da cidade de Indaiatuba é procurado pelos consumidores que gostam de viajar de moto (muitos saem de São Paulo, outros de Campinas e outros tantos de Sorocaba) para comer algo do cardápio de peixes e frutos do mar. São pratos abundantes e de preço razoável. Aos sábados, a fila de espera para entrar no Pezão chega a duas horas. O local é marcado pelo carisma dos funcionários e ambiente rústico o qual remete impressão de um bar praiano. Pois bem, soube há instantes, por intermédio de um amigo que é assíduo frequentador lá em Indaiatuba, que o Pezão fechou contrato para inaugurar sua primeira unidade fora de Indaiatuba e que será aqui em Sorocaba. Muitos imaginavam que seria onde funcionava o tradicional bar Kanakauê, ali na avenida Antônio Carlos Cômitre, no Campolim. Mas como há semanas começou a funcionar no local a Chips, bar de boliche, o zumzumzum deu uma esfriada. Agora só resta esperar e ficar de olho para ver se essa informação de bastidores sobre a vinda do Pezão a Sorocaba se sacramenta.

    Leia mais
  • Rodrigo Maldonado assume a Secretaria da Comunicação com a missão de fazer a licitação para a escolha das agências de publicidade que vão atender a Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 13/09/2013 16:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    Rodrigo Maldonado é o novo secretário de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba. Sua nomeação está no jornal Município de Sorocaba, orgão oficial do Poder Executivo municipal. Ele assume o cargo enquanto a reforma administrativa está em trâmite na Câmara de Vereadores. Após a reforma, a secretaria de comunicação deixa de existir e será criado o cargo de Chefe de Gabinete do Prefeito que tem o status e o salário de um secretário municipal. Rodrigo Maldonado, então, será nomeado para o novo cargo.
    Filho da vereadora Neusa Maldonado, Rodrigo foi chefe do gabinete da deputada estadual Maria Lúcia e peça-chave na campanha eleitoral de 2012, quando Antônio Carlos Pannunzio foi eleito prefeito. No início da atual administração ocupou o cargo de secretário de Gestão de Pessoas, pasta que deixou de existir. Há dois meses Rodrigo Maldonado ganhou a confiança do prefeito e também do quarteto que acompanha Pannunzio há vinte anos: João Leandro, Roberto Juliano, Toni Silveira e Fernando Fontão.
    A primeira missão de Rodrigo Maldonado é a de organizar o processo licietatório para a escolha das novas agências de publicidade da Prefeitura de Sorocaba.

    Leia mais
  • Obras atrasadas da Prefeitura de Sorocaba são tema do quadro “Proteste já” do programa CQC. O vereador Crespo, presidente da CPI que investiga esses atrasos deixados pelo ex-prefeito Lippi, aponta os problemas. O prefeito Pannunzio explica o que está sendo feito para corrigir o que recebeu de herança

    Enviado em: 13/09/2013 15:19h - Por: Deda | Categoria: Política



    O quadro “Proteste Já” do programa CQC (Custe o Que Custar) que vai ao ar na TV Band toda segunda-feira a partir das 22h30 deve enfocar Sorocaba na edição de segunda que vem, dia 16 de setembro. E o assunto são as obras da Prefeitura de Sorocaba que estão atrasadas e não foram concluídas pelo ex-prefeito Vitor Lippi. O vereador Crespo (DEM), presidente da CPI das Obras Atrasadas na Câmara de Vereadores de Sorocaba, é o entrevistado pelo repórter Oscar Filho do CQC e aponta os problemas. O prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), é quem explica o que está sendo feito para corrigir o que recebeu de herança. A equipe do CQC gravou na quinta-feira (12/9/13) doze obras que tiveram início com Vitor Lippi, mas ainda não estão concluídas. Hoje (13/9/13) a equipe gravou com o prefeito Pannunzio por volta do meio-dia na Prefeitura de Sorocaba e por volta das 14h com o vereador Crespo.
    Apurei que o ex-prefeito Vitor Lippi soube da presença do CQC em Sorocaba, mas não foi procurado para falar a respeito. Durante seu depoimento na CPI ele explicou que as obras que não foram concluídas tiveram diferentes problemas: escassez de mão-de-obra na construção civil, intensidade de chuvas e quebra de contrato por parte das empresiteiras que ganharam a licitação e abandonaram as obras sem concluí-las.

    Leia mais
  • Presidente da CPI do Sorocaba Total rejeita convite para dar entrevista em minha coluna na Rádio Ipanema: “não vou à cova dos leões”

    Enviado em: 13/09/2013 15:17h - Por: Deda | Categoria: Política



    Como escrevi aqui, eu fui depor na CPI do Sorocaba Total após ser convocado pelo presidente da comissão, vereador Irineu Toledo, que também é pastor da Igreja Universal. E houve o que classifiquei de ruído entre ele e eu. Ai propus ao jornalista Urbano Martins, diretor de jornalismo da rádio Ipanema, de na coluna “O D da Questão” de segunda-feira que vem, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), colocar a gravação do debate travado entre Irineu e eu e convidar Irineu para estar ao vivo e falar a respeito do que, na visão dele, aconteceu. Mas para minha surpresa, Irineu negou o convite e disse: “não vou à cova dos leões”. Para deixar o vereador à vontade, Kiko Pagliato, presidente da rádio Ipanema, abriu espaço para ele estar presente em outro horário que não o da minha coluna para que sentisse à vontade. Espero que o vereador mude de idéia e compareça à emissora. A gravação vai ao ar. Fica o convite aqui para você, caro leitor, ligar o rádio na segunda-feira a partir de 8h15.

    Leia mais
  • Comissão Especial do Idoso passa a ser permanente e aponta problemas no atendimento básico dos idosos de Sorocaba

    Enviado em: 12/09/2013 18:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Comissão Especial para Acompanhamento das Ações Relativas à Proteção, Lazer e Atenção ao Idoso entregou o relatório do trabalho que fez nos últimos seis meses aos prefeito de Sorocaba Antônio Carlos Pannunzio. E lá consta o seguinte: 1) os médicos geriatras na rede básica são em número insuficientes; 2) existem ótimos projetos voltados aos idosos, mas sua abrangência ainda é muito tímida; 3) determinações judiciais são cumpridas de forma demorada, trazendo um sentimento aos munícipes de desesperança, de revolta, de descrédito, de desmoralização e menosprezo

    Leia mais
  • Ruído na CPI do Sorocaba Total

    Enviado em: 12/09/2013 18:27h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fui convocado e por isso compareci à CPI do Sorocaba Total na Câmara Municipal hoje (12/9/13) e respondi aos questionamentos dos vereadores Crespo e França. Mas houve um ruído entre o vereador Irineu, presidente  da CPI, e eu. Por isso prefiro deixar a cargo dos colegas da imprensa o relato do que aconteceu no plenário. Fica o convite para o meu leitor assistir a sessão pela TV Legislativa, se tiver reprise. Vou atrás de uma cópia da TV Legislativa e deixarei aqui no blog para o acesso de quem tiver interesse em ver. Será o modo mais justo para quem cada um tire suas conclusões.
    Para esclarecer: fui convocado para estar na CPI do Sorocaba Total devido aos posts que fiz neste blog e dos meus comentários na coluna O D da Questão, que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), referente ao empréstimo de 42,3 milhões de dólares que a Prefeitura de Sorocaba fez junto a CAF, um banco de fomento com sede na Venezuela. Em resumo, meus posts falam da conta de padeiro que fiz neste momento em que o dólar subiu de preço e a Prefeitura faz o primeiro pagamento desse empréstimo. Os posts também abordam a ausência de um hedge (seguro) da operação e da falta de um corpo técnico na Câmara para auxiliar os vereadores a analisaram questões de relativa complexidade como é um empréstimo internacional.

    Leia mais
  • Vereador do DEM recebe 150 quilos de documentos para analisar cada um deles e dar um desfecho à CPI das Obras Atrasadas na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 11/09/2013 17:55h - Por: Deda | Categoria: Política



    Após dois meses de atraso, a Prefeitura de Sorocaba encaminhou ao presidente da CPI das Obras Atrasadas, vereador José Crespo (DEM), o total de 79 volumes, que somam 150 quilos em papéis referentes a 15 construções que não foram entregues nos prazos estabelecidos em contratos, alvo das investigações na Câmara Municipal. A verdade é uma só: a Câmara de Sorocaba precisa de um corpo de assessores técnicos, de nível superior, capaz de auxiliar cada parlamentar na leitura e interpretação de documentos. Mais, ainda, um corpo técnico capaz de dar parecer. Do contrário, há o risco de algum documento importante não ser analisado (o que seria ruim à sociedade e beneficiaria o mau feitor) ou ser analisado de maneira equivocada (o que seria ruim ao investigado, por exemplo, que seria inocente, mas por má análise é visto como culpado).
     

    Leia mais
  • Câmara de Vereadores de Sorocaba tem cinco representantes no 6º Congresso Brasileiro das Câmaras Municipais que acontece em Brasília

    Enviado em: 11/09/2013 17:32h - Por: Deda | Categoria: Política



    A secretária jurídica da Câmara de Sorocaba Márcia Pegorelli está em Brasília onde participa do o 6º Congresso Brasileiro das Câmaras Municipais ao lado d os vereadores Anselmo Neto, Pastor Apolo. Mas ela aproveitou para ir à Câmara Federal conhecer o projeto de Consolidação das Leis Municipais e ainda visitou o STF (Supremo Tribunal Federal). “Mas fui só passear lá. Temgente que gosta de ir na igreja, eu gosto de conhecer os nossos tribunais. Me encontrei com juízes amigos e vi de perto o funcionamento da casa”, explica a assessora jurídica da Câmara de Sorocaba. Questionada se tinha ido fazer algo referente a alguma ação, assim reagiu Márcia Pegorelli: “se isso tivesse algum fundo de verdade, tenha certeza que seria segredo e nunca iria te falar”.

    Leia mais
  • Santa Casa de Sorocaba não conseguiu comprovar uso de R$ 4 milhões no Pronto Socorro Municipal

    Enviado em: 10/09/2013 17:54h - Por: Jomar Bellini/Jornal da Ipanema | Categoria: Política

    A Santa Casa de Misericórdia não conseguiu comprovar o uso de R$ 4 milhões no Pronto Socorro Municipal. A informação foi divulgada durante a primeira oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga os problemas na área da Saúde em Sorocaba, informa o repórter Jomar Bellini da rádio e jornal Ipanema. 

    Leia mais
  • Secretária do meio ambiente acaba de voltar de nova viagem ao exterior e desperta, novamente, o tema entre os vereadores que desejam mais controle sobre gastos e representatividade de Sorocaba fora do Brasil

    Enviado em: 10/09/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    A recente viagem de Jussara Carvalho, atual secretária de Meio Ambiente da Prefeitura de Sorocaba, ao México, feita em agosto passado, despertou o interesse da Câmara de Vereadores sobre o gasto de dinheiro público com essas viagens internacionais. Em 2010, França (PT) havia tocado no tema. Na sessão de hoje (10/9/13) foi a vez de Marinho Marte (PPS) mexer novamente com o assunto.

    Leia mais
  • Ex-presidente do diretório municipal do PT destoa da voz corrente em Sorocaba ao apoiar a decisão da Justiça em suspender os direitos políticos de Paulo Mendes. Ele ainda aproveita para cutucar a imprensa

    Enviado em: 09/09/2013 15:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    Assim se pronunciou Paulo Henrique Soranz, ex-presidente do diretório municipal do PT e candidato derrotado a vereador em 2012, no Facebook, a respeito da saída de Paulo Mendes da vida pública Sorocaba: “A cassação do Vereador Paulo Mendes, líder do Governo do PSDB em Sorocaba, mostra exatamente como andam os pesos e medidas. Seus pares, emocionados, tecem discursos solidários, a imprensa reage indignada a injusta medida tomada por nosso Judiciário. Não me cabe fazer juízo de valor sobre nada além do fato que levou Paulo Mendes a perder o mandato. Aconteceu que ele usou a imprensa oficial pra promoção própria e isso é considerado crime. Entendo perfeitamente a indignação dos que o cercam, mas é a vida, não há nada de injusto nisso. Render homenagens ao erro é um grande equívoco. E, diga-se de passagem, a tolerância com seu erro se dá por uma única razão: Paulo Mendes é Vereador bem quisto pela Casa Grande.” E lembre: posts anteriores contam toda essa história.

    Leia mais
  • Raul Marcelo, ex-candidato a prefeito de Sorocaba, usa a rede social para divulgar repúdio do seu partido em relação a atuação da Polícia Militar nas manifestações de 7 de setembro

    Enviado em: 09/09/2013 15:48h - Por: Deda | Categoria: Política



    Essa é uma das fotografias do repórter fotográfico Erick Pinheiro, do Cruzeiro do Sul e publicadas na edição de domingo passado pelo jornal, a respeito da manifestação ocorrida em Sorocaba no sábado (7/9/13) e que motivou a manifestação do Psol. Leia a íntegra do que afirma o partido.

    Leia mais
  • Luto dá o tom da posse de vereadora na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 09/09/2013 15:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    Neusa Maldonado (segunda suplente de vereadora do PSDB sorocabano) tomou posse na Câmara Municipal na manhã de hoje (9/9/13) no lugar de Paulo Mendes, que está com os direitos suspensos após uma ação de 1996 ter sido transistada em julgado no Tribunal de Justiça de São Paulo – leia posts anteriores. Mas a julgar pelos trajes, como mostra a foto de Sérgio Ratto do Jornal Ipanema, aqui reproduzida, foi um momento de luto. As vestimentas do prefeito Antônio Carlos Pannunzio, da deputada Maria Lúcia e do presidente da Câmara, José Francisco Martinez, dão essa conotação. Mas o discurso também de Neusa, conforme relato de Jomar Belini do Jornal Ipanema, também comprova isso:  “Eu volto com este sentimento de poder suprir esta vaga, mas é um misto de tristeza, pelo fato de perder um grande companheiro, pois é Paulo (Mendes) é insubstituível. Se houver alguma possibilidade do Paulo voltar, eu ficarei feliz e honrada. Eu vejo essa situação como um parto, em que se tem muita dor pelo decorrer da situação, mas, nos traz a alegria de poder servir a essa querida cidade que me acolheu como filha, juntamente com meus outros 19 colegas”.

    Leia mais
  • Rapidez e agilidade do presidente da Câmara de Sorocaba em suspender mandato de Paulo Mendes cria desconforto entre os tucanos sorocabanos

    Enviado em: 05/09/2013 17:54h - Por: Deda | Categoria: Política

    Ato da Mesa Diretora da Câmara de Sorocaba suspendeu hoje (5/9/13) o mandato do vereador Paulo Mendes (PSDB). A justificativa para essa decisão da Mesa seria o cumprimento de uma decisão do Tribunal de Justiça. Mas a Mesa poderia ter levado ao plenário essa decisão na sessão da semana que vem e também poderia manter Paulo no cargo, uma vez que recente acórdão do STF (Superior Tribunal Federal) afirma que é prerrogativa do Poder Legislativo suspender ou não o mandato de um membro da Casa mesmo que a justiça (como no caso de Paulo Mendes o TJ de São Paulo) tenha decidido pela suspensão de um mandato. O presidente da Câmara, José Francisco Martinez (PSDB), ao fugir dessas alternativas, teve a sua atuação classificada como sendo de rapidez e agilidade por tucanos que ouvi. Ninguém esconde que o ato da forma como foi feito criou um desconforto no ninho tucano. Há uns vinte dias, os mesmos tucanos, afirmam que Martinez vinha dando o que classificam de espetadas em Paulo Mendes.
     

    Leia mais
  • Marcelinho Carioca visita Prefeitura de Sorocaba e arrasta fãs corintianos que param o expediente por instantes para tirar foto com ele

    Enviado em: 05/09/2013 17:13h - Por: Deda | Categoria: Política



    Marcelinho Carioca, um dos recentes ídolos do futebol brasileiro, particularmente da torcida corintiana, passou o dia em Sorocaba hoje (5/9/13). Ele visitou o Atlético Sorocaba, onde foi recebido em almoço, e do qual participou também o secretário de Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Sorocaba, João Leandro. Depois disso foi para ao Paço Municipal onde foi recebido no sexto andar pelo prefeito Antônio Carlos Pannunzio. Por onde passou na sede do governo municipal causou furor, especialmente entre os fãs corintianos que pararam o expediente por instantes para posar para fotografia.
    Marcelinho Carioca é o primeiro suplente do PSB na Câmara Federal, assumiu o mandato por 120 dias em 2011 na licença de um dos cinco parlamentares paulistas do seu partido e vive a expectativa de reassumir novamente o mandanto com nova licença de parlamentar do PSB. Há dois anos, ao assumir o papel de deputado, afirmou que iria “pautar meu mandato na busca por fazer do esporte um meio efetivo de inclusão social para as crianças que mais precisam”.
    Marcelinho recebeu 62.399 mil votos nas eleições realizadas em 2010. Essa foi sua primeira tentativa na política nacional. No mesmo pleito, Vampeta e Dinei, também muito identificados com o Corinthians, não conseguiram votação suficiente.

    Leia mais
  • Sorocaba deve ter pelo menos 2 duas mil pessoas em protestos nas ruas da cidade no sábado. Mas atenção para a contradição de protestar contra a corrupção e praticar pequenos delitos no cotidiano como o de comprar um CD pirata

    Enviado em: 04/09/2013 16:25h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    Os movimentos Contra Catraca e Passe Livre, ambos de Sorocaba, estão convocando manifestantes pelas redes sociais para sair às ruas da cidade no próximo sábado, dia 7 de setembro, dia nacional para repetir os protestos de junho. Os movimentos sorocabanos chamam para a manifestação e dão a ela o nome de ''A mesma luta, novos rumos''. A concentração está marcada para o dia 7 de setembro, às 15 horas, no Largo do Canhão, região central de Sorocaba. Até a tarde de hoje (4/9/13) 2.183 internautas haviam confirmado participação.
    Agora, reproduzo aqui, manifestação postada no Facebook por Hudson Pessini, comerciante e líder empresarial de Sorocaba. Assino embaixo de cada palavra: “PARABÉNS pra você que vai na manifestação de sábado, e vai gritar frases contra a corrupção e em favor da moral e ética em busca de um pais mais correto, mas... convive com uma biqueira na sua rua, assiste TV no aparelhinho clandestino do Paraguai, usando a energia do gato da CPFL, adora pedir pra quebrar multas e vai fazer todo trajeto caminhando calçado num tênis pirata! Não adianta pedir pra trocar a tampa se nem o que esta a nossa volta temos coragem nem peito para consertar”.

    Leia mais
  • Presidente da CPI do Sorocaba Total interpreta equivocadamente minha afirmação. Para que não reste dúvida afirmo: sou a favor de qualquer ajuda de especialista, ainda mais em assunto técnico como o empréstimo em dólar

    Enviado em: 04/09/2013 15:53h - Por: Deda | Categoria: Política

    O vereador Irineu Toledo me escreve para se dizer decepcionado com uma afirmação minha. Porém, nunca fiz a tal afirmação que o vereador disse que fiz. Veja a seguir nosso diálogo e tire suas próprias conclusões.

    Leia mais
  • Sorocabana questiona o Bolsa Família e presidenta Dilma refuta qualquer distorção social provocada pelo programa

    Enviado em: 04/09/2013 15:16h - Por: Deda | Categoria: Política

    A presidente Dilma Rousseff respondeu a uma pergunta da sorocabana Esther Fróes na coluna "Conversa com a Presidenta", publicada semanalmente em cerca de 200 jornais brasileiros. A pergunta da sorocabana é a respeito do programa Bolsa Família. Dilma rejeita a hipótese de que esse programa esteja distanciando a população brasileira da paternidade e da maternidade responsáveis. Esther alega que "muita gente está tendo mais filhos para poder receber benefícios como o Bolsa Família". Dilma afirma que "muita gente acha isso, mas o que tem acontecido é exatamente o contrário em nosso País", afirmou Dilma, em resposta. Leia a seguir a íntegra da pergunta e da resposta na coluna "Conversa com a Presidenta".

    Leia mais
  • CPI do Sorocaba Total repudia desdém de ex-prefeito com a “conta de padeiro”, quer perícia externa para fazer cálculos do empréstimo em dólar e evidencia a sua falta de capacidade para resolver uma argumentação de relativa complexidade técnica

    Enviado em: 03/09/2013 15:22h - Por: Deda | Categoria: Política

    Vereadores da CPI do Sorocaba Total admitem que não são capazes de resolver uma argumentação de relativa complexidade técnica como é o caso do empréstimo em dólar que a Prefeitura de Sorocaba contraiu junto à CAF. Decisão de buscar ajuda externa evidencia a carência de um corpo técnico de alto nível no Legislativo. A verdade é que o cidadão paga, e caro, seus impostos e têm o direito de saber a verdade que a lógica matemática simples (a que chamei de conta de padeiro) não consegue mostrar.Vereadores da CPI do Sorocaba Total admitem que não são capazes de resolver uma argumentação de relativa complexidade técnica como é o caso do empréstimo em dólar que a Prefeitura de Sorocaba contraiu junto à CAF. Decisão de buscar ajuda externa evidencia a carência de um corpo técnico de alto nível no Legislativo. A verdade é que o cidadão paga, e caro, seus impostos e têm o direito de saber a verdade que a lógica matemática simples (a que chameei de conta de padeiro) não consegue mostrar.
     

    Leia mais
  • Presidente da CPI do Sorocaba Total afirma que ex-prefeito “aposta muito na impunidade, razão pela qual desdenha, zomba e ironiza a CPI”

    Enviado em: 02/09/2013 16:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    Recebi duas manifestações do vereador Irineu Toledo, presidente da CPI do Sorocaba Total que está em curso na Câmara de Sorocaba e investiga as obras feitas com os quase 43 milhões de dólares emprestados junto à CAF pela Prefeitura de Sorocaba na gestão de Vitor Lippi. São manifestações feitas a partir da entrevista de Vitor Lippi ao vivo no Jornal da Ipanema na manhã de hoje (2/9/13). Leia a íntegra das mensagens que o vereador me mandou:
    “Deda, o ex-prefeito Vitor Lippi deve estar apostando muito na impunidade, razão pela qual desdenha, zomba e ironiza a CPI. O grande problema é que não vamos apenas nos utilizar apenas de Conta de Padeiro (numa referência as contas que fiz e estão num post logo abaixo). Vamos drenar o lindo lago do ex-prefeito para ver se existe algo submerso que interesse ao Ministerio Público e aos pagadores de impostos de Sorocaba”.
    Na outra mensagem, afirma o presidente da CPI:
    “Deda, vamos drenar o lindo lago do ex-prefeito, será que vamos nos surpreender???? Quem vê o Lippi falando, pensa que Sorocaba está navegando em céu de Brigadeiro. Sem a pressão do povo nas uph's., embora sendo ele medico, preferiu a paz do Parque Tecnológico. Deda, te garanto que nem tudo o Lippi fala na frente do motorista. Te garanto que sei ‘coisa’ que o motorista dele não sabe”.

    Leia mais
  • Ex-prefeito reforça que tomou cuidado para fazer o empréstimo internacional do programa Sorocaba Total

    Enviado em: 02/09/2013 16:41h - Por: Deda | Categoria: Política

    Na coluna “O D da Questão” no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) conversei na manhã desta segunda-feira (2/9/13)com o ex-prefeito de Sorocaba e atual presidente do Parque Tecnologico, Vitor Lipp. Lippi foi para esclarecer o empréstimo de quase 43 milhões de dólares feito para o andamento das obras do Sorocaba Total. Ele reforçou o que já havia me dito semana passada e publicado aqui no blog (leia posts anteriores) e enfatizou: “Nós tivemos um cuidado muito grande, tivemos uma orientação técnica de várias pessoas que trabalham na área de economia para saber se esse realmente era o melhor caminho.” Segundo Lippi, mesmo com a instabilidade do dólar, o financiamento foi vantajoso para o município: “Nós tivemos uma grande valorização da vida das pessoas da zona norte e dos novos investimentos.” Num dado momento, o ex-prefeito fez alusão a CPI que investiga esse empréstimo e as obras do programa e deixou claro que o desfecho dos trabalhos dos vereadores será favorável a ele.

    Leia mais
  • Secretário das Finanças da Prefeitura de Sorocaba defende empréstimo em dólar

    Enviado em: 02/09/2013 16:40h - Por: Deda | Categoria: Política

    Na coluna “O D da Questão” no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) conversei na manhã desta sexta-feira (30/8/13)com o Aurílio Caiado, secretários das Finanças da Prefeitura de Sorocaba e ele foi enfático em dizer que o empréstimo em dólar junto à CAF para financiar obras viárias e infra-estrutura de Sorocaba foi totalmente vantajoso a Sorocaba se comparado a um financiamento em alguma agência nacional de fomento. Aurílio afirmou que se tivesse sido feito empréstimo em Real e não em dólar, devido as altas taxas de juros do mercado interno que hoje estão na casa do 9% ao ano, mais o IPCA, o que eleva a taxa a 14% em média, Sorocaba teria perdido algo em torno de R$ 20 milhões de reais. Como foi em dólar, onde a taxa de juro é bastante menor, Sorocaba saiu na vantagem. Vale a pena ouvir. No ar fui bastante claro em reconhecer a tecnicidade da questão e deixei espaço aberto para que alguém do mercado financeiro conteste o secretário Até agora não recebi nenhuma manifestação nesse sentido. Mas recebi algumas de pessoas falando que desconfia que mesmo com o dólar subindo tanto como está exista alguma vantagem. Como me disse uma dessa pessoas: “quando a esmola é demais, o santo desconfia”.

    Leia mais
  • “Conta de padeiro não vale no empréstimo do Sorocaba Total e só daqui seis anos será possível dizer se operação vai provocar prejuízo financeiro, mas garanto: os benefícios sociais são reais e já fazem parte da vida do sorocabano”. A afirmação é do ex-prefeito Vitor Lippi e feita a este blog

    Enviado em: 30/08/2013 07:57h - Por: Deda | Categoria: Política

    O ex-prefeito Vitor Lippi me ligou na manhã desta quinta-feira (29/8/13) para falar sobre o raciocínio que tenho expressado aqui a respeito do empréstimo de quase 43 milhões de dólares contraído pela Prefeitura de Sorocaba junto a CAF. Leia a seguir sobre o que falamos.

    Leia mais
  • Conversei com o ex-prefeito Vitor Lippi hoje pela manhã. Ele me deu sua visão e os bastidores do empréstimo que a Prefeitura de Sorocaba contraiu junto à CAF. Estou digerindo a conversa e até amanhã faço um post sobre essa conversa

    Enviado em: 29/08/2013 12:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    Leia mais
  • Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara de Sorocaba alertava Prefeitura para a necessidade de seguro quando pediu autorização para o empréstimo do Sorocaba Total

    Enviado em: 29/08/2013 12:32h - Por: Deda | Categoria: Política

       

    Aqui está o despacho da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara de Sorocaba para o projeto 170/2007 que autorizava a Prefeitura de Sorocaba a contrair o empréstimo de quase 43 milhões de dólares junto a CAF.
    O texto alerta para o risco da operação sem um seguro ou fundo específico para proteger o Poder Executivo de Sorocaba de prejuízos causados pela variação cambial, que é o que tenho batido desde que levantei o tema (leia posts anteriores).
    O texto da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara de Sorocaba faz outros alertas a respeito da operação. Mas, como a ausência do Hedge demonstra, não foram cumpridos. Mesmo assim a comissão aprovou o empréstimo e a Câmara como um todo sacramentou, tanto que o empréstimo foi feito, o dinheiro veio, foi gasto nas obras viárias do Sorocaba Total e que a partir de setembro começam a ser pagas.
    Vale lembrar que a Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara de Sorocaba era formada por Hélio Godoy (hoje secretário da Habitação da Prefeitura de Sorocaba); Irineu Toledo (hoje presidente da CPI do Sorocaba Total) e Arnô Pereira (ex-petista e aliado político de Vitor Lippi).

    Leia mais
  • O zumzumzum do dia é que a CPI do Sorocaba Total virou um embate entre ex-prefeitos

    Enviado em: 28/08/2013 17:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    A CPI do Sorocaba Total (que está em curso na Câmara de Vereadores de Sorocaba e foi instaurada com o objetivo de investigar a não conclusão de obras do referido programa viário de de infra-estrutura de Sorocaba) não passa de um embate entre o ex-prefeito Renato Amary e o ex-prefeito Vitor Lippi. Ao menos esse é o zumzumzum nos bastidores políticos da cidade desde a tarde de terça-feira (27/8/13) quando foram ouvidos os ex-secretários municipais Maurício Biazotto e José Ferrari, que atuaram na elaboração e execução do programa, na gestão de Vitor Lippi. Entenda o caso a seguir.

    Leia mais
  • Aécio Neves virá a Sorocaba no dia 20 de setembro, mas deputada sorocabana tem encontro marcado com ele nesta quinta-feira

    Enviado em: 28/08/2013 16:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    O senador mineiro, presidente nacional do PSDB e pré-candidato a presidente da República, Aécio Neves, vai visitar Sorocaba no dia 20 de setembro, mas nesta quinta-feira (29/8/13) ele tem encontro com a bancada do seu partido na Assembleia paulista. E a deputada sorocabana Maria Lúcia, presidente do diretório municipal do partido e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da assembleia, vai ter uma conversa em particular com ele. Entre os assuntos estão: a organização partidária, estratégias e filiações na legenda.
    No encontro desta quinta-feira está confirmada a presença de Alberto Goldman, tucano próximo de Serra que ainda luta para ser o candidato do partido na eleição presidencial. É grande a expectativa de Serra ir para o PPS, mas a presença de Goldman no almoço desta quinta-feira pode ser um sinal de que ainda pode haver diálogo neste quesito.
    O que sei é que os tucanos vão se reunir no Lellis Trattoria, famoso restaurante italiano da Capital, conhecido por seu molho de tomate. Há quem diga que qualquer prato com este molho do Lellis fica excelente. Talvez este seja o segredo que falte à candidatura de Aécio.

    Leia mais
  • Novo secretário de Obras e Infraestrutura Urbana da Prefeitura de Sorocaba assume de forma interina. Nomeação do titular pode levar mais de um mês

    Enviado em: 28/08/2013 16:17h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito de Sorocaba Antonio Carlos Pannunzio anunciou hoje (28/8/13), às 10h40, Antonio Benedito Bueno Silveira, conhecido como Toni Silveira e seu assessor há mais de trinta anos, como o novo secretário de Obras e Infraestrutura Urbana da cidade. Vinte minutos depois tive a oportunidade de ocupar o programa Breakfast, de Válter Cális, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), para anunciar a novidade. Como aconteceu na terça-feira (27/8/13), quando em primeira mão anunciei a saída de José Carlos Comitre da pasta que ocupava desde 2009, quando o prefeito era Vitor Lippi, tive a chance de falar o nome do novo titular da pasta. Há instantes confirmei outra novidade: a nomeação de Toni Silveira é de forma interina. E não porque Pannunzio não deseje ele como o titular da pasta, mas porque Toni é administrador de empresas e não tem o título de engenharia.

    Leia mais
  • Secretário de Finanças da Prefeitura de Sorocaba vai explicar ao vivo se ausência de hedge no contrato do Sorocaba Total foi de fato ruim

    Enviado em: 27/08/2013 17:33h - Por: Deda | Categoria: Política


    Acabo de conversar com o secretário das Finanças da Prefeitura de Sorocaba, Aurilio Sérgio Costa Caiado, e ele se comprometeu a estar na coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na próxima sexta-feira, dia 30 de agosto, às 8h15, para explicar se a ausência do hedge no contrato entre Prefeitura de Sorocaba e CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) foi apenas ruim como minha análise mostra no post anterior a esse.
    Aurílio é doutor em Ciências Econômicas pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e mestre em Administração Pública e Planejamento pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e levanta a hipótese de que o hedge tem um custo quando é feito e esse custo pode justificar a ausência do hedge.
    O secretário explicou que sua equipe prepara em detalhes os dados do contrato firmado entre Prefeitura e CAF e poderá, na sexta-feira, explicar essa polêmica.

    Leia mais
  • Zumzumzum dá conta que vereadores estudam acionar ex-prefeito por não ter feito hedge no financiamento internacional de dólar para o Sorocaba Total

    Enviado em: 27/08/2013 16:32h - Por: Deda | Categoria: Política

    A CPI do Sorocaba Total teve início há uma hora na Câmara de Sorocaba e fico sabendo que meu post aqui, sobre a ausência do Hedge na operação financeira entre a Prefeitura e a CAF (leia meu post sobre isso logo abaixo desse), motivou o presidente da CPI, vereador Irineu Toledo, a querer saber mais detalhes sobre o que eu sei do assunto. Ouvi nos corredores do Legislativo que os vereadores também pensam em acionar o ex-prefeito Vitor Lippi para saber dele porque abriu mão de fazer um hedge numa operação de risco que é o mercado cambial, ainda mais quando ele caiu a baixo patamar de R$ 1,65 em 2011, quando a crise econômica que começou em 2008 atingia em cheio a economia dos Estados Unidos.

    Leia mais
  • O D da Questão, em edição extra no programa Breakfast, é o primeiro a anunciar a exoneração do secretário de Obras e Infraestrutura Urbana da Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 27/08/2013 14:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    José Carlos Comitre, secretário de Obras e Infraestrutura Urbana da Prefeitura de Sorocaba, anunciou hoje (27/8/13), por volta das 8h30, aos seus colegas de secretaria que havia deixado o cargo. Antes disso, por volta das 8h, eu havia recebido a informação da saída de Comitre, telefonei para ele e ele me pediu para esperar um pouco para dar essa notícia pois ainda teria uma última conversa com Pannunzio. Meia hora depois ele falou de sua saída aos colegas, então eu me senti livre para dar a notícia e entrei ao vivo no programa Breakfast, de Válter Calis, na rádio Ipanema, anunciando o fato por volta das 9h50. Pouco antes desse horário, Comitre anunciou a sua exoneração da secretaria ao presidente da Câmara de Vereadores, José Francisco Martinez.

    Leia mais
  • Com variação cambial entre Real e Dólar, Sorocaba perde quase R$ 30 milhões neste momento, que começa a pagar dívida contraída para fazer o Sorocaba Total

    Enviado em: 26/08/2013 12:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    A CAF (Corporação Andina de Fomento) concedeu um crédito de 43 milhões de dólares ao município de Sorocaba, em setembro de 2008, para o financiamento de obras para a melhoria do sistema viário e demais serviços de infraestrutura da cidade. Como a Prefeitura deixou de fazer um seguro para garantir um preço menor do dólar, que caiu a R$ 1,65 em 2011, daqui duas semanas, em setembro, quando começa a pagar a dívida, ela terá de pagar o valor do dia e com a promessa de que até lá a flutuação seja grande: chegou a R$ 2,43 há uma semana e abre hoje a R$ 2,35.
     

    Leia mais
  • Vereadores Tonão e Irineu quase se agridem na Câmara de Sorocaba. E, de novo, Vitor Lippi está no centro dos desentendimentos

    Enviado em: 22/08/2013 12:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    A sessão do Legislativo sorocabano de hoje (22/8/13) acaba de chegar ao fim e protagonizou um dos momentos mais bárbaros entre os vereadores de Sorocaba das últimas décadas. Novamente Tonão Silvano (PMDB) e Irineu Toledo (PRP) deixaram de lado o instrumento principal de um parlamentar (a fala) para quase se agredirem fisicamente. E tudo aconteceu quando Tonão afirmou que o prefeito Pannunzio deveria demitir o atual secretário da Saúde e chamar para o cargo o ex-prefeito Vitor Lippi.

    Leia mais
  • Estado de SP cria prontuário digital com dados de 20 milhões de pacientes, incluindo os de Sorocaba

    Enviado em: 21/08/2013 16:01h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo lançou nessa semana um modelo inédito de prontuário eletrônico unificado dos pacientes que vai permitir o acesso imediato ao histórico de atendimento em qualquer unidade do Sistema Único de Saúde (SUS) da rede estadual paulista. Atualmente, o sistema dos hospitais não é integrado. Se um paciente é atendido em uma unidade e depois se dirige a outra, não existe em rede um histórico do prontuário. Por isso, o médico precisa reiniciar o processo de anamnese, a avaliação clínica. O mesmo procedimento vale para as internações. Leia abaixo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo sobre o assunto ou acesse o link: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,estado-de-sp-cria-prontuario-digital-com-dados-de-20-milhoes-de-pacientes-,1065434,0.htm

    Leia mais
  • Cresce pressão sobre Pannunzio para resolver os problemas dos buracos. Situação lembra aquele ditado sorocabano: cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça

    Enviado em: 21/08/2013 15:40h - Por: Deda | Categoria: Política

    Me arrisco a dizer que ao longo dos oito anos da administração de Vitor Lippi as principais vias da cidade, tanto da periferia como da região central, não passaram por recape e que o serviço de tapa-buracos, hoje, se tornou insuficiente. É preciso uma nova camada de asfalto para evitar os calombos que tomam conta da cidade após um remendo. Me arrisco a dizer, ainda, que o serviço de tapa-buraco que  está sendo feito tem muitos problemas, afinal um buraco é tapado hoje, mas um mês depois está aberto de novo. Esse fato só aumenta a percepção de que os buracos não estão sendo tapados. O setor de fiscalização da Prefeitura de Sorocaba precisa apurar isso e denunciar a empresa contratada da ineficiência do resultado do trabalho contratado. Por fim, uma certeza: o prefeito Pannunzio vai contratar serviço de tapa-buraco somente após fazer licitação e que o Tribunal de Contas é claro em dizer que este problema não permite contrato emergencial.

    Leia mais
  • Antes mesmo de chegar à Câmara, projeto de mudança do Plano Diretor já expõe divergências entre lideranças sorocabanas

    Enviado em: 20/08/2013 12:58h - Por: Deda | Categoria: Política


    Confesso que minha primeira compreensão é a de que uma família precisa de privacidade para que as relações entre pais e filhos, entre filhos, entre pais e entre a vizinhança se consolidem no mais alto nível. Os problemas individuais, psicológicos e por extensão sociais nascem dentro de moradias precárias. Morar bem é o primeiro passo para que se possa viver bem. O Instituto Defenda Sorocaba luta para que o debate em torno das mudanças do Plano Diretor sejam amplificadas em Sorocaba. A percepção é de que o cidadão comum não tem, ainda, a percepção do tamanho da consequência para a vida dele que é a mudança no Plano Diretor de uma cidade. E esse assunto começou a ser debatido hoje (20/8/13) na rádio Ipanema com Flávio Amary, do Secovi. Mas ainda há muito a ser esmiuçado. Um ponto, parece claro, tanto o Instituto Defenda Sorocaba, quanto o Secovi, quanto a Prefeitura de Sorocaba querem a qualidade de vida para as gerações futuras. Tomara que exista um consenso em torno do viver melhor em Sorocaba.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba está de carro novo

    Enviado em: 19/08/2013 17:04h - Por: Deda | Categoria: Política


    Quem chega ao Palácio dos Tropeiros, a sede da Prefeitura de Sorocaba, vai se deparar com um carro branco na garagem do prefeito Antônio Carlos Pannunzio. Historicamente sempre foi um veículo preto. Trata-se de um Toyota, modelo Prius, com a tecnologia híbrida de gasolina e energia elétrica. O carro foi oferecido pela montadora japonesa sem custo para que o prefeito pudesse usar. O contrato de cessão do veículo é entre a montadora e a Prefeitura de Sorocaba. Vale lembrar que na fábrica de Sorocaba é montado o modelo Etios. O Prius é importado.
    Pannunzio não esconde das pessoas mais próximas dele que está encantado com o novo carro, especialmente quando está funcionando com energia elétrica. O silêncio do funcionamento é o que mais chama a atenção, aliado a economia de gasolina que chega a 20km/l. A montadora faz ajustes para que se gaste em média de consumo de combustível de 25 km/l.

    Leia mais
  • Cresce a reclamação por uma brecha para negociar cargos na Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 19/08/2013 17:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    Alguns vereadores sorocabanos, todos da chamada situação, corriqueiramente batem na porta de secretários e assessores municipais da Prefeitura de Sorocaba com alguns nomes para serem nomeados na administração pública. Com educação, estão sendo orientados a procurar diretamente o prefeito Antônio Carlos Pannunzio para fazer este pedido.  E retrucam em tom de reclamação: o Pannunzio não dá espaço para a gente indicar ninguém para os cargos. E completam: hoje está bem diferente do que acontecia na época do prefeito Vitor Lippi, quando existia espaço para negociar cargos.Quando assumiu a Prefeitura de Sorocaba, em janeiro passado, Pannunzio tinha 240 cargos de livre provisionamento para nomear quem quisesse e ele já diminuiu esse número para 180. Há quem deseje que seja menos ainda. Pannunzio afirma para quem quiser ouvir que os cargos são do prefeito e para pessoas de sua confiança, ou seja, não são cargos para troca de favores. 

    Leia mais
  • Veja a lista dos 14 vereadores sorocabanos envolvidos em ação do MP sobre empréstimo de dinheiro na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 16/08/2013 12:18h - Por: Deda | Categoria: Política

    Na coluna “O D da Questão” que apresentei hoje (16/8/13) no Jornal da Ipanema da rádio Ipanema, um dos temas que debati com o Kiko Pagliato foi a ação que o Ministério Público de Sorocaba move contra 14 vereadores (atuais e ex) referentes aos exercícios de 1985 a 1988 e 1991. Orlando Bastos Filho afirma que apurou que para burlar a contabilidade oficial os cheques dados pela Câmara eram tirados à gilete dos talões e colados em caderninhos de acompanhamento e que esses caderninhos foram periciados, e quebrados os sigilos bancários de todos os envolvidos e que provou-se o aporte nas contas pessoais dos 14 citados na ação. O MP pretende reaver para o povo sorocabano a quantia é de R$ 4.1 milhões. Orlando Bastos Filho afirma que a Câmara e seu dinheiro público não são banco a serviço de vereadores. Marinho Marte, o único citado até o momento, informa que não tem nada a temer e que não existe nada de irregular. A ação ainda não foi julgada. Leia a seguir a lista dos 14 vereadores.

    Leia mais
  • Instituto Defenda Sorocaba promove palestra com ex-governador Fleury

    Enviado em: 16/08/2013 12:17h - Por: Deda | Categoria: Política

    O projeto “Palestras” do Instituto Defenda Sorocaba será inaugurado com Luiz Antônio Fleury Filho, ex-governador do Estado de São Paulo, ex-secretário de Segurança Pública, ex-deputado federal e ex-procurador de Justiça do Estado.A participação na palestra é aberta, mas os interessados devem fazer sua reserva pelo e-mail: ids@defendasorocaba.com.br ou pelo fone 3326-9830.
     

    Leia mais
  • Municipalização do ensino em Sorocaba fica para o próximo prefeito. PPA não prevê mudança nessa área até 2017

    Enviado em: 14/08/2013 11:53h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores da Câmara de Sorocaba recebem hoje (14/8/13) o documento PPA (Plano PluriAnual) elaborado pelo governo de Antônio Carlos Pannunzio que prevê ações do Poder Executivo para vigorar até 2017, ou seja, até o primeiro ano do próximo prefeito que vai ser eleito em 2016. O orçamento deste ano ainda é regido pelo PPA elaborado em 2009 pelo ex-prefeito Vitor Lippi. Mas o PPA deixa claro um ponto: a municipalização total do ensino fundamental de Sorocaba não será prioridade no governo atual.

    Leia mais
  • CPI do Sorocaba Total convoca ex-secretários Biazotto, Ferrari e Almenara e Cômitre que também é da atual administração

    Enviado em: 13/08/2013 16:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as obras do “Programa Sorocaba Total”, realizado pelo Poder Executivo de Sorocaba quando o prefeito era Vitor Lippi, definiu ontem que pretende ouvir quatro ex-secretários municipais: Maurício Biazotto (Governo e Planejamento), Valmir de Jesus Rodrigues Almenara (Secretaria Planejamento e Gestão); José Batista Ferrari (Habitação e Urbanismo) e José Carlos Cômitre (atual secretário de Obras da Prefeitura de Sorocaba). Biazotto e Ferrari vão depôr no dia 27 de agosto e Almenara e Cômitre em setembro. As convocações e datas foram definidas hoje (13/8/13). 

    Leia mais
  • CPI da Saúde de Sorocaba define vereador da oposição como presidente e da situação como o relator

    Enviado em: 13/08/2013 16:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    Proposta pelo vereador Izídio de Brito (PT), a Comissão Parlamentar de Inquérito criada pela Câmara de Sorocaba para apurar os problemas recorrentes na área da saúde no município teve seus membros indicados pelas bancadas no início da sessão desta terça (13/8/13). Compõem a CPI da Saúde: José Crespo (DEM), Fernando Dini (PMDB), Luis Santos (PMN), Marinho Marte (PPS), Cláudio do Sorocaba I (PR), Irineu Toledo (PRB), Waldomiro de Freitas (PSD), Jessé Loures (PV), Waldecir Morelly (PRP), Rodrigo Manga (PP), Paulo Mendes (PSDB) e o vereador proponente, Izídio de Brito.
    A presidência ficou com o o vereador proponente, Izídio de Brito, (PT) e a relatoria com Waldomiro de Freitas (PSD). O prazo dos trabalhos é de 90 dias.

    Leia mais
  • Governo Pannunzio anuncia entrega do PPA que vai reger as ações da administração municipal de Sorocaba até 2017

    Enviado em: 13/08/2013 15:52h - Por: Deda | Categoria: Política

    O secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, João Leandro da Costa Filho, compareceu à sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta terça-feira (13/8/13) para anunciar aos parlamentares que o projeto do Plano Plurianual para o período de 2014 a 2017 será protocolado amanhã, quarta-feira, (14/8/13). João Leandro frisou o compromisso do Governo Pannunzio com a Câmara para quaisquer dúvidas relacionadas ao projeto, colocando o secretariado à disposição dos vereadores para esclarecimentos.

    Por lei, o PPA deveria chegar à Câmara até dia 31 de agosto (chega com duas semanas de antecedência) e deverá ser votada e aprovada após discussões e emendas até a última legislação desse ano. O PPA entra em vigor no segundo ano de um novo mandato, como é o caso de Pannunzio, e vigorá até o final do primeiro ano do novo prefeito que será eleito em 2016. Ou seja, o planejamento desde ano é o que foi aprovado pelos vereadores em 2009 e elaborado pelo ex-prefeito Vitor Lippi.

    Apesar de ter tentado, não soube detalhes do PPA. Mas confirmei que o montante de R$ 9,6 milhões que o prefeito Pannunzio pretendia inicialmente gastar com publicidade foi substancialmente diminuído. Mas não sei em quanto. O orçamento de outras secretarias também sofreram cortes na semana passada a pedido do secretário de Finanças, Aurílio Caiado, que obteve aval de Pannunzio para pedir estes cortes.
     

    Leia mais
  • Votorantim vai captar água do reservatório de Ipaneminha em Sorocaba

    Enviado em: 13/08/2013 15:32h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os prefeitos Antonio Carlos Pannunzio e Erinaldo Alves da Silva – parceiros políticos há mais de duas décadas e tucanos de longa data - discutiram soluções de problemas comuns de Sorocaba e de Votorantim. Ficou decidido que Votorantim vai captar água da represa de Ipaneminha para o abastecimento de bairros da divisa. Outra parceria que terá continuidade é a dos Jogos Regionais. No sistema viário, o objetivo é achar solução para a construção de pontilhão para acesso ao Jardim Novo Mundo pela Rodovia SP-264, proposta para sanar os problemas observados no chamado Trevo da Morte sob a Raposo Tavares e na Avenida Gisele Constatino, onde um lado é Sorocaba e do outro, Votorantim, se busca uma solução para os ônibus do sistema de transporte coletivo.

    Leia mais
  • Novo capítulo na guerra santa sorocabana. Ainda bem que essa batalha ideológica segue por enquanto apenas no plano mental. Desejo que não chegue ao plano físico

    Enviado em: 12/08/2013 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    Veja abaixo outros posts a respeito dessa tema, mas diante da polêmica dele não me furto mais dizer que essa é a guerra santa sorocabana: O totem "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo" amanhaceu nesta segunda-feira com nova pichação e evangélicos da Igreja Quadrangular já combinaram pelas redes sociais de limpar o local.

    O promotor público Jorge Marum entrou com liminar pedindo a retirada do totem do local defendendo que o Estado é laico e aqueles dizeres ferem a Constituição. O juiz da Vara da Fazenda José Eduardo Marcondes Machado negou a liminar e se imagina que ainda vai levar pelo menos um ano até que saia sua decisão.

    A lentidão da justiça irrita, mas qualquer que seja a decisão (por manter o totem onde está e com os mesmos dizeres ou sua retirada) ela não vai apagar os ânimos de quem se sente ofendido ou homenageado com o tal totem.

    Esse é apenas um exemplo do que a demagogia de um governante (no caso Vitor Lippi em 2006) pode causar ao longo do tempo. Já falei e repito, espero que essa guerra santa limite-se ao aspecto mental da batalha ideológica em questão e não se transforme em atos que possam vir a ferir a integridade de um cidadão.

    Leia mais
  • Medida provisória poderia reduzir em 23 centavos o preço da tarifa de ônibus em Sorocaba e não apenas em vinte como foi. Com a palavra, a Urbes

    Enviado em: 12/08/2013 17:38h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Casa Civil que é diretamente ligada ao gabinete da presidência da República tem uma tabela com cálculos de quanto é a margem de redução da tarifas de ônibus em algumas capitais do Brasil.
    Em Sorocaba, segundo um amigo que teve acesso a tabela divulgada pela Casa Civil, o preço da passagem que caiu R$ 0.20 poderia, na verdade, ser R$ 0.23 menor. A Urbes, empresa pública de Sorocaba que gerencia o trânsito e transporte da cidade, já teve acesso a esse cálculo. Mas não abriu a boca até agora para dizer se ele vale.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba encaminha projeto para barrar acúmulo de benefícios aos salários dos servidores públicos no prazo de seis anos

    Enviado em: 12/08/2013 17:37h - Por: Deda | Categoria: Política

    Chegou na sexta-feira passada e deve ser deliberada na sessão dos vereadores desta terça-feira (13/8/13) o projeto do prefeito Antônio Carlos Pannunzio que deseja barrar o acúmulo de vencimentos e gratificações num prazo de seis anos ao servidor público da Prefeitura de Sorocaba. O projeeto prevê que esse acúmulo ocorra em dez anos.
    Atualmente 40% da arrecadação da Prefeitura de Sorocaba está comprometida com a folha dos servidores. 

    Leia mais
  • Supersalários de servidores da Prefeitura de Sorocaba seguem gerando polêmica

    Enviado em: 12/08/2013 17:35h - Por: Deda | Categoria: Política

    A divulgação dos salários dos servidores públicos municipais no site da Prefeitura de Sorocaba se tornou o assunto da cidade e por um único motivo: os supersalários de 29 privilegiados médicos ou coordenadores de unidades de urgência que ganham  R$ 37 mil, R$ 35 mil, R$ 33 mil por mês. A indignação é generalizada. Vale lembrar que a legislação não permite que nenhum servidor ganhe mais do que o prefeito que, atualmente, ganha R$ 23.278,50, portanto quem aparece com salário superior ao teto do prefeito recebe em dinheiro no máximo até R$ 23 mil e a diferença fica no cofre público.
    O promotor público Orlando Bastos Filho usou o twitter para dizer que também está incomodado com esses supersalários e instaurou Inquérito Cível para averiguar a existência de eventuais desvios.

    Leia mais
  • Conselho Superior do MP determina que representações de vereador sorocabano na área da saúde sejam investigadas em Sorocaba

    Enviado em: 09/08/2013 14:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    Duas representações do vereador José Crespo (DEM), que foram indeferidas pelo promotor Jorge Alberto de Oliveira Marum, terão de ser investigadas pelo Ministério Público de Sorocaba. A ordem é do Conselho Superior do MP, que determinou a abertura de dois inquéritos, um para verificar possíveis irregularidades na administração da Santa Casa e outro para averiguar a precariedade na prestação do serviço público de saúde na cidade.

    Leia mais
  • Após voltar atrás em três decisões anunciadas, prefeito de Sorocaba está numa encruzilhada: caça culpados por decisões erradas, assume erros e não volta mais atrás ou continua mudando de idéia com a intenção de se mostrar humilde

    Enviado em: 09/08/2013 14:26h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio conseguiu criar a imagem de moralizador do serviço público nos seus seis primeiros meses de mandato. Mas ainda não conseguiu mudar a imagem que seu governo está mais lento do que a sociedade deseja. Com certeza não é tomando uma decisão num dia e voltando atrás dela em outro que vai conseguir mostrar suas verdadeiras intenções. O caminho é um só: verificar todos os prós e contra de uma decisão e enfrenta-los após torná-la pública.

    Leia mais
  • Instituto Defenda Sorocaba realiza plenária

    Enviado em: 09/08/2013 14:00h - Por: Deda | Categoria: Economia

    O Instituto Defenda Sorocaba realiza a sua segunda Sessão Plenária de 2013 no auditório da Câmara Municipal de Sorocaba no próximo sábado, dia 10 de agosto, das 11h às 13h. O objetivo é apresentar à sociedade as ações realizadas ao longo deste ano, desde a fundação legal do instituto ocorrida em fevereiro, e as ações futuras da entidade. O presidente do Instituto Defenda Sorocaba, Sérgio Reze, vai explicar o processo de consolidação do instituto que tem o objetivo de proporcionar um debate de alto nível a respeito do futuro de Sorocaba garantindo às futuras gerações a qualidade de vida de nossa cidade. Entre os assuntos estão: realizações de 2013, o exemplo de sucesso de uma entidade de bairro, as ações da OAB Sorocaba no auxílio ao cidadão e projetos a serem colocados em prática como o Vai Lá e Palestras que será inaugurado com Luiz Antônio Fleury Filho.
     

    Leia mais
  • Vai ser adiada a publicação do edital da Prefeitura de Sorocaba para contratar duas agências de publicidade para trabalhar para o governo. Preço inicial de R$ 9.6 milhões vai cair

    Enviado em: 08/08/2013 09:43h - Por: Deda | Categoria: Política

    O secretário da Fazenda da Prefeitura de Sorocaba. Aurílio Caiado, recebeu autorização do prefeito  de Sorocaba e encaminhou na tarde de quarta-feira (7/8/13) aos seus colegas uma difícil lição de casa: cortar custos que estavam previstos para serem gastos.

    Na Secretaria de Governo, que é responsável pela Comunicação da Prefeitura de Sorocaba, a ordem é cortar R$ 10 milhões e entre outras consequências um setor que será afetado é o de publicidade. Ou seja, vai ser adiada a publicação do edital da Prefeitura de Sorocaba para contratar duas agências e o preço inicial de R$ 9.6 milhões previstos para a publicidade dos atos de governo vai cair. Quanto? Ainda não se sabe, afinal a quinta-feira (8/7/13) vai ser de contas em todas as secretarias.

    Vale lembrar que no governo anterior, do prefeito Vitor Lippi, o valor era de R$ 7 milhões divididos para duas agências.

    Leia mais
  • Roberto Carlos canta em setembro em Sorocaba. O dia ainda não está oficializado, mas fica a dica: reserve as noites de quinta-feira. O show será em uma delas

    Enviado em: 06/08/2013 17:08h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    O site oficial do cantor Roberto Carlos ainda disponibiliza apenas os shows agendados para o mês de agosto. Mas quando for disponibilizada a agenda de setembro, lá estará a apresentação que ele fará em Sorocaba. Ainda não está oficializado o dia, mas se você quer reservar uma data para se programar, escolha a noite de quinta-feira. É quase certeza que você terá acertado. Quer afuniliar ainda mais sua busca, não reserve nem a primeira e nem a última semana. Claro que posso me enganar, mas o show em Sorocaba será no dia 12 ou dia 19 de setembro. O local é o de sempre: sede campestre do Clube União Recreativo.

    Leia mais
  • Vereadores de Sorocaba não escondem a supresa da reforma administrativa que chegou para ser votada e acreditam que ela aumenta o custo da folha de pagamento com a criação do cargo de secretário-adjunto

    Enviado em: 06/08/2013 17:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    O repórter Wilson Gonçalves Júnior é autor da reportagem publicada pelo Cruzeiro do Sul de hoje ((6/8/13) dando conta de detalhes até então desconhecidos da reforma administrativa proposta pelo prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio. O furo de Juninho, como é conhecido pelos colegas jornalistas, caiu como uma bomba na Câmara de Vereadores. Nem mesmos os tucanos de velha plumagem, como Paulo Mendes e Martinez, esconderam a surpresa da proposta. Para acalmar o agito, a solução de sempre: convidar todos os vereadores para um encontro com o prefeito, no Paço Municipal. Está agendado para o começo da noite de hoje (6/8/13). Mas os líderes do PT (Izídio de Brito) e PPS (Marinho Marte) ocuparam a tribuna para dizer que são contra encontros como esses, agendados em cima da hora. Marinho foi o mais duro deles em sua crítica: “o que vou fazer lá no Paço? Eu sei ler. Sei que o prefeito quer aumentar os cargos e gastos e não diminuir. Não vou lá para aparecer na foto como vaquinha de presépio, de cabeça baixa, submisso”.

    Leia mais
  • Transporte público é a única saída para um trânsito menos congestionado em Sorocaba. Afirmação é do secretário responsável pelo sistema em Sorocaba

    Enviado em: 06/08/2013 17:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    Afirmei na coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema na manhã de segunda-feira (5/8/13) que os governantes (em todos os níveis do Poder Executivo do Brasil) não foram capazes de construir vias em número suficiente para que os veículos produzidos no Brasil pudessem transitar. E logo após o programa, em conversa com o engenheiro Renato Gianolla, presidente da Urbes e responsável pelo gerenciamento do sistema de trânsito e transporte de Sorocaba, ele me alertou para a existência de um estudo de alto nível, coordenado pela Associação Nacional de Transportes, com técnicos da área de engenharia e sociologia, onde se constata que é inviável esse raciocínio de que bastam mais ruas para corrigir o problema do trânsito. E é taxativo: podem abrir quantas vias quiserem, em pouco tempo elas estarão tomadas de carro. A solução é uma só: transporte coletivo. Desejo, de verdade, que Gianolla (que está há dezesseis anos como responsável pelo trânsito e transporte de Sorocaba) ofereça uma solução de transporte público para os sorocabanos. Ele ainda tem pelo menos três anos e meio no cargo.
     

    Leia mais
  • Uso do radar vira eficiente caça níquel e ineficaz instrumento de educação no trânsito de Sorocaba. Ao menos os números mostram isso

    Enviado em: 05/08/2013 15:48h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    Todos sabem que não devem beber antes de dirigir, não devem falar ao celular, não devem andar acima do limite de velocidade. Mas mesmo assim cometem essa infração. É um hábito histórico. Faz parte da cultura do jeitinho. Um problema quase insolúvel que não vai ser corrigido com multas de radares. Essas multas só servem para encher os cofres do governante de plantão. A punição financeira não tem ensinado ninguém a mudar de comportamento no trânsito. Formar um motorista consciente é um desafio do mesmo tamanho de formar um cidadão ciente de seus deveres e responsabilidades, capaz de ver qual o seu papel na sociedade. Quem souber o que fazer, use esse espaço para dizer. Fica o convite.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba inova e pela primeira vez na história da cidade salários dos servidores públicos são tornados público. Em julho teve médico que recebeu R$ 37 mil bem acima dos R$ 23 mil do prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 02/08/2013 15:32h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que os mecanismos de divulgação das contas públicas sejam os mais amplos possíveis, fundamentando-se em princípios como o planejamento, a transparência e a participação popular. Levando isso ao pé da letra, pela primeira vez na história de Sorocaba, o cidadão fica sabendo o salário de cada um dos servidores no Portal da Transparência do site da Prefeitura de Sorocaba. São 267 páginas com o nome, cargo e salário de cada servidor. O que mais chama a atenção é a quantidade de médicos com salários superiores ao do prefeito na casa de R$ 37 mil e R$ 26 mil.

    O salário do prefeito Antônio Carlos Pannunzio é de R$ 23.278,50. E o do presidente da Câmara de Vereadores, José Francisco Martinez, que fez a opção de receber pelo salário do seu cargo de funcionário público (abrindo mão do salário de vereador) foi de R$ 21 mil em julho. O secretário da Administração, Roberto Juliano, recebeu R$ 23,258,00.

    Para saber o salário de cada servidor, acesse:  http://www.sorocaba.sp.gov.br/midias/anexos/986_relatorio_-_julho_-_2013.pdf

    Leia mais
  • Cresce pressão para prefeito de Sorocaba rever decisão de unificar as secretarias da Educação e Cultura. Projeto é protocolado na Câmara

    Enviado em: 01/08/2013 18:20h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio anunciou há um mês a redução de seis secretarias em  seu governo como parte do projeto de reforma administrativa e cumpriu o prazo de protocolar no dia 1 de agosto o projeto para apreciação dos vereadores. Na reabertura dos trabalhos legislativos, o prefeito compareceu à Câmara e sentiu a pressão por parte dos artistas que são contrários a essa reunificação e também por parte dos vereadores, incluindo o seu líder, Paulo Mendes, para que reveja a decisão de reunificar as secretarias da Cultura e Educação. O prefeito ainda não tomou uma decisão por ver mais pontos favoráveis do que contrário ao promover a unificação das duas pastas. Mas esse tema poderá ser revisto ao longo da discussão do projeto com os vereadores

    Leia mais
  • MP reage a projeto de vereador pastor que deseja mais um ano de prazo para as igrejas de Sorocaba se ajustarem as normas de segurança

    Enviado em: 01/08/2013 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Orlando Bastos Filho vê potencial improbidade administrativa na prorrogação do prazo pedido pelo pastor Luís Santos (PMN), afirma que o projeto é inaceitável por ser uma ofensa à moralidade e completa: Nada justifica mais um adiamento da aplicação da lei afinal os templos como estão oferecem perigo para o cidadão.

    Leia mais
  • Projeto da sorocabana Iara Bernardi é aprovado após 14 anos tramitando no Congresso e acaba de ser sancionado por Dilma Roussef

    Enviado em: 01/08/2013 17:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um projeto de lei de autoria da deputada federal sorocabana Iara Bernardi (PT), que tramita desde 1999, acaba de ser aprovado em plenário pela Câmara e pelo Senado e encaminhado à Presidência da República. Dilma Roussef tinha até hoje  (1º de agosto de 2013) para sancioná-lo ou vetá-lo. E o projeto acaba de ser sancionado. Com isso, a partir de agora todos os hospitais públicos serão obrigados a atender em caráter emergencial e multidisciplinar as vítimas de violência sexual. 

    Segundo Iara, a autora do projeto de lei, essa expressão significa assegurar acesso a medicamentos como a pílula do dia seguinte. A palavra aborto sequer é mencionada. Mas um grupo de padres e leigos de um movimento intitulado Pró-Vida, se opõe ao projeto por considerá-lo favorável ao aborto.

    Drauzio Varella, médico cancerologista, que por 20 anos dirigiu o serviço de Imunologia do Hospital do Câncer, em seu artigo na Folha de S.Paulo defende o projeto da sorocabana Iara Bernardi. Leia a íntegra do seu artigo publicado segunda-feira (27/07/2013) pela Folha.

    Leia mais
  • Projeto de sorocabano é selecionado na primeira turma de aceleração do programa Startup Brasil do Ministério da Ciência e Tecnologia

    Enviado em: 01/08/2013 16:46h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    A plataforma educacional Kiduca desenvolvida pela Singol Games Educacionais do empresário sorocabano Jorge Proença é um dos 56 projetos selecionados para a primeira turma de aceleração do programa Startup Brasil do Ministério da Ciência e Tecnologia. Jorge Proença não esconde a alegria em ter o projeto selecionado e entende que fazer parte do Startup Brasil significa um atestado para a seriedade do programa. 

    Leia mais
  • Sorocabano é convidado para produzir disco que terá a presença de Chico Buarque e Gal

    Enviado em: 31/07/2013 16:17h - Por: Deda | Categoria: Diversos


    O sorocabano Marco de Almeida (foto à direita), parceiro de momento da cantora e compositora Rosa Passos, acaba de ser chamado por Jorge Helder (foto à esquerda) - considerado uma espécie de autoridade do contrabaixo no Brasil - para produzir um disco que terá a presença de alguns dos principais interpreteres da Música Popular Brasileira, entre eles Chico Buarque e Gal. O convite é fruto do trabalho desenvolvido nas últimas duas décadas por Marco de Almeida

    Leia mais
  • Ué, Sorocaba não é cidade saudável e educadora? Por que o IDH não cresceu, então?

    Enviado em: 30/07/2013 16:58h - Por: Deda | Categoria: Política

    O que mais ouvi desde que postei abaixo que o IDH ( Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de Sorocaba deixa a cidade na 47ª posiçãoem relação diante dos 5.565 municípios do Brasil e na 25ª posição em relação aos 645 outros municípios de São Paulo, é que isso mostra um ponto: o ex-prefeito Vitor Lippi fez muita propaganda ao bater que Sorocaba é uma cidade saudável e educadora. E só.

    Leia mais
  • Antes de voltar de São Paulo, prefeito de Sorocaba já tinha indicação de catorze áreas para ceder ao Estado para a construção de oito creches

    Enviado em: 30/07/2013 16:44h - Por: Deda | Categoria: Política

    O programa Creche-Escola, uma parceria pela qual uma Prefeitura cede o terreno, abre a licitação e conduz as obras, cabendo ao Estado o repasse dos recursos, vai dar a Sorocaba oito unidades. O prefeito Pannunzio quer agilidade e já avisou aos seus secretários que não vai admitir atrasos por parte do município nesse convênio. Ou seja, não quer mais os erros ocorridos na administração de Vitor Lippi na hora de fechar convênio com o Estado.

    Leia mais
  • Fernando Biazzi, ex-secretário da saúde de Sorocaba, é cremado

    Enviado em: 30/07/2013 15:28h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fernando Biazzi morreu aos 69 anos de idade na terça-feira (30/7/13) pela manhã no Hospital Albert Einstein em São Paulo onde estava internado para passar por uma cirurgia para a retirada de um tumor. Há meses ele lutava contra um câncer. Seu corpo foi velado na Ofebas e hoje (31/7/13) cremado. Fernando Biazzi, como secretário da Saúde Sorocaba, foi o responsável  por Sorocaba ter recebido de uma única vez do governo do Estado unidades de saúde, a mais expressiva delas o Ambulatório de Especialidades ao lado do Hospital Regional. O ex-governador Luiz Antônio Fleury Filho esteve presente no velório. Os ex-prefeitos Flávio Chaves e Renato Amary também. O prefeito Antônio Carlos Pannunzio também compareceu ao velório e levou as condolências à família de Fernando Biazzi.

    Leia mais
  • Secretário de Governo assina edital para Prefeitura de Sorocaba contratar agência de publicidade. Previsão é que se gaste R$ 9 milhões

    Enviado em: 29/07/2013 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Prefeitura de Sorocaba prevê gastar R$ 1,5 milhão a mais com publicidade nos próximos doze meses em comparação com o último gasto, da gestão passada. Em 2012 o Poder Executivo destinou R$ 7,5 milhões para esse fim na administração de Vitor Lippi (PSDB) e pretende destinar R$ 9 milhões neste primeiro ano da gestão de Antônio Carlos Pannunzio (PSDB). O edital de licitação que, confesso, ainda não tive chance de ler foi revisado e checado por especialistas para evitar qualquer tipo de questionamento no Ministério Público, como ocorreu em 2012.

    Leia mais
  • Sorocaba tem IDHM Alto e ocupa 47ª posição do Brasil 25ª posição de São Paulo

    Enviado em: 29/07/2013 17:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Sorocaba é 0,798, em 2010. Com esse dado, Sorocaba ocupa a 47ª posiçãoem relação aos 5.565 municípios do Brasil a a 25ª posição  em relação aos 645 outros municípios de São Paulo. O município está situado na faixa de Desenvolvimento Humano Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799). Entre 2000 e 2010, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,147), seguida por Longevidade e por Renda. Entre 1991 e 2000, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,239), seguida por Longevidade e por Renda. Para saber tudo sobre o IDH, acesse: http://www.atlasbrasil.org.br/2013/perfil/sorocaba_sp

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba completa 70 anos e lideranças vão ao encontro dele em sua tradicional feijoada de aniversário

    Enviado em: 27/07/2013 10:34h - Por: Deda | Categoria: Política

    O aniversário do prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), é hoje (29/7), masa festa aconteceu sábado (27/7/2013) com a já tradicional feijoada que há décadas marca essa comemoração. Metade da Câmara de Vereadores, prefeitos de dez cidades da região e a deputada estadual Maria Lúcia marcaram presença. O ex-prefeito Vitor Lippi também esteve presente. 

    A presença do governador Geraldo Alckmin, que é frequentador habitual da feijoada, acabou não acontecendo. Plácido Siqueira, assessor adjunto do governador e Gustavo Húngaro, corregedor geral do Estado de São Paulo, estiveram presentes.

    Amigos de infância do prefeito, como Márcio Roza, estiveram presentes. A brincadeira corrente é que Pannunzio chega aos 70 anos, mas com a energia de quem está na casa do 50 anos.

     

    Leia mais
  • O promotor público ocupa novamente do twitter para se manifestar e desta vez tecer honrosos elogios ao prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 26/07/2013 15:30h - Por: Deda | Categoria: Política

    A percepção de que Sorocaba está devagar exposta em manifestações da redes sociais, em conversas informais e nos bastidores políticos foi enfrentada pelo prefeito Antônio Carlos Pannunzio. E essa decisão já tem o seu primeiro fruto positivo.  O promotor público Orlando Bastos Filho ocupou novamente do twitter para se manifestar e desta vez para tecer honrosos elogios ao prefeito de Sorocaba. O promotor afirma que “o entendimento de lado a lado não diminui a nenhum, mas alavanca a todos, em prol do interesse público, que submete a todo ator político” e, ainda que “não se trata de submissão do Executivo ao MP, longe, longe disso, mas da união de instituições de bem, em prol da lei, e da sociedade”.

    Leia mais
  • Fica aqui o convite para o leitor ouvir a entrevista com o secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 26/07/2013 14:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    Fui abordado hoje na fila do banco, da padaria e do prédio onde moro por pessoas conhecidas para me parabenizar pela entrevista na coluna O D da Questão que apresentei na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), na manhã desta sexta-feira (26/7/13), com o advogado João Leandro da Costa Filho, secretário de Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Sorocaba. Alexandre Moreto e Paulo Roberto Júnior participaram da conversa. O secretário falou sobre assuntos diversos entre eles alguns que estão postados neste blog como: ações do ex-prefeito Vitor Lippi; reforma administrativa; sobre o fato do vereador Manga ser o queridinho do prefeito Pannunzio; sobre obras atrasadas do governo do Estado; explicou didaticamente porque a Prefeitura não vai repassar verbas de emendas de vereadores as entidades sorocabanas. Sem dúvida, uma entrevista esclarecedora. Para ouvir, clique neste link: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/politica/39601-o-d-da-questao-deda-conversa-com-secretario-joao-leandro
     

    Leia mais
  • Justiça demora para decidir questão do totem na entrada de Sorocaba e local amanhece pichado. Relembre a polêmica

    Enviado em: 26/07/2013 14:19h - Por: Deda | Categoria: Política


    Uma pichação com os dízeres “Estado Laico” sobre o totem com a frase “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, localizado na avenida Dom Aguirre, na entrada de Sorocaba, mostra que a demora da Justiça para se decidir sobre ação do Ministério Público revela o aumento da tensão entre crentes e quem se sente ofendido com o totem. Polêmica começou em 2006

    Leia mais
  • Sorocaba não vai repassar às entidades verbas destinadas por emendas de vereadores. MP entende que ação era uma mesada dada por Lippi aos vereadores

    Enviado em: 25/07/2013 16:30h - Por: Deda | Categoria: Política

    O advogado João Leandro da Costa Filho, secretário de Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Sorocaba, é o convidado do programa O D da Questão que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) nesta sexta-feira (26/7/13), a partir de 8h15. Ele explica o andamento das ações e decisões da atual administração, entre elas a questão das verbas às entidades destinadas por emendas de vereadores. Jornal de Campinas chamou esse caso de Sorocaba de “mensalinho”

    Leia mais
  • Ex-prefeito de Sorocaba agora chega adiantado e não escapa aos comentários de quem se acostumou a vê-lo se atrasar nos compromissos

    Enviado em: 25/07/2013 16:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    Ao contrário do que acontecia quando era prefeito, Vitor Lippi tem sido pontual ao menos em um compromisso: as plenárias da edição 2013 do "Prefeito no Bairro". Ele chega antes para interagir com os moradores e tem dado um jeito de colher os louros destinado a quem está no poder. Entre os tucanos, esse comportamento é apenas mais um dos já praticados por Lippi e que demonstram falta de respeito com o atual governo

    Leia mais
  • Manga é o queridinho do prefeito. E já desperta ciumeira entre os vereadores de Sorocaba

    Enviado em: 25/07/2013 15:35h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador sorocabano Rodrigo Manga, aquele que na campanha eleitoral, no horário da propaganda gratuita na TV levava um cutucão do pastor Waldomiro da Igreja Mundial para dizer o seu número da urna, já é apontado como o novo queridinho do prefeito Antônio Carlos Pannunzio. Vale lembrar que durante toda a campanha Manga pediu votos para Renato Amary, o concorrente, que é do PMDB. Quem pediu voto para Pannunzio e não tem recebido o mesmo tratamento já não esconde a ciumeira.

    Leia mais
  • Novos carros da Câmara de Sorocaba precisam de identificação. Hoje existem apenas os números

    Enviado em: 24/07/2013 17:39h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sem o brasão identificador do carro, cidadão fica sem a chance de denunciar abuso no uso do carro oficial. Anos atrás o Bom Dia trouxe ampla reportagem sobre o assunto. Dias atrás foi a vez do Cruzeiro do Sul esclarecer o que o carro do prefeito de Tapiraí fazia na porta de um bar no bairro de Central Parque

    Leia mais
  • MP de Sorocaba elogia Martinez, mas se esquece de fazer o mesmo com Marinho que agiu da mesma maneira. Por quê?

    Enviado em: 24/07/2013 17:19h - Por: Deda | Categoria: Política

    O que se ouve nos corredores do Poder Legislativo sorocabano há meses é que o promotor Orlando Bastos Filho conduz uma investigação sigilosa sobre Marinho Marte. Ao elogiar o atual presidente do Legislativo, promotor deixa brecha para se questionar porque não elogiou o antecessor que teve a mesma conduta do assunto elogiado e, mais: há investigação sigilosa mesmo? Por que existe investigação sigilosa para um caso e não para outro?

    Leia mais
  • Promotor público defende a importância da ação sobre o totem na entrada de Sorocaba

    Enviado em: 23/07/2013 18:04h - Por: Deda | Categoria: Política

    A primeira pessoa a se indignar com o totem “Sorocaba é do Nosso Jesus Cristo” foi a jornalista Deise Machado de Oliveira, ainda em 2006, quando se manifestou na coluna que tinha no jornal Bom Dia. Ainda que em 2006 as irmãs Cris e Angélica, do Arara Aurora, a Esther, ícone do serviço de atendimento  do Arara, fizeram um protesto pacífico: elas cobriram o totem com um pedaço de pano. O assunto voltou numa polêmica entre eu e Ercolim da rádio Ipanema e via twitter o promotor retorna ao assunto

    Leia mais
  • O MP não vai olhar para as filas e lentidão no atendimento nas unidades de saúde particulares de Sorocaba?

    Enviado em: 23/07/2013 17:01h - Por: Deda | Categoria: Política

    A precariedade no atendimento médico nas unidades municipais de saúde entrou no foco do Ministério Público de Sorocaba que abriu um inquérito civil para investigar o caso. Assim que falei isso fui cutucado por leitores e ouvintes da coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) a respeito do também precário atendimento nas unidades particulares.

    Leia mais
  • Dar ou não da esmola, eis a questão. Crianças ocupam ruas de Sorocaba

    Enviado em: 23/07/2013 16:50h - Por: Deda | Categoria: Política

    Ao menos três tipos de pessoas estão nos cruzamentos das ruas de Sorocaba pedindo dinheiro: o artista, o drogado e crianças. O primeiro fez a opção. O segundo é doente. E o terceiro é o que merece mais atenção, afinal NÃO é normal e nem comum que alguém peça esmola. Você, leitor, não dê. Não é pecado e nem mesmo defeito moral se negar a dar por dó qualquer centavo que seja.

    Leia mais
  • MP age para entender problema no atendimento de saúde de Sorocaba

    Enviado em: 22/07/2013 10:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    A precariedade no atendimento médicos nas unidades municipais de saúde entrou no foco do Ministério Público de Sorocaba que abriu um inquérito civil para investigar o caso. Ele quer saber se o problema é a falta de médico ou se os médicos estão deixando de cumprir com sua obrigação fazendo a chamada operação tartaruga. Em um mês, ou seja, no dia 20 de agosto, ele terá as primeiras informações a respeito.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba endurece relação com médicos

    Enviado em: 22/07/2013 10:39h - Por: Deda | Categoria: Política

    Secretaria de Governo e da Saúde querem saber o motivo da UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Oeste ter ficado sem atendimento, por duas horas, por ausência dos médicos de plantão. Mais de setenta pacientes deixaram de ser atendidos no período. Caso gerou protestos e revolta dos pacientes.

    Leia mais

    Fotos da semana

    Busca no blog

  • Pesquisar