• Direção do Saae cria equipe para medir as perdas reais (vazamentos) e perdas aparentes (fraudes) da rede de água de Sorocaba. Para isso comprou macromedidores (hidrômetros maiores) que serão instalados nos bairros

    Enviado em: 29/01/2015 17:08h - Por: Deda



    Falei na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na última segunda-feira sobre o quanto é confortável a situação do abastecimento de água em Sorocaba diante de todo o drama que se vê em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas e Belo Horizonte. Aliás, tratei deste tema aqui no blog também. E para não deixar dúvida sobre o que falei, quando toquei na questão das perdas de água, o responsável pela comunicação do Saae, o competente jornalista Carlos Lara, me escreveu o texto a seguir que julgo bastante esclarecedor:
    "Bom dia Deda, como vai? Liguei ontem na Ipanema logo que você comentou o assunto, mas creio que não houve tempo da Rosana passar a informação.
    Atualmente, o índice de perdas de água em Sorocaba está em torno dos 30%, porém, nesse percentual estão incluídas as perdas aparentes e as reais.
     Perda aparente são os furtos de água e violações nos hidrômetros, ou seja, é todo o volume de água que o Saae/Sorocaba produz, distribui e não consegue computar (ler), e consequentemente não é cobrado.
    Perdas reais são justamente os vazamentos nas redes públicas de distribuição.
    Desta forma, o cálculo que fazemos para chegar a esses 30% é a diferença entre o volume que é produzido e o volume que é computado por meio das leituras mensais dos hidrômetros, somando-se os consumidores residenciais, comerciais e industriais de Sorocaba (atualmente são 245.449 ligações de água).
     Visando controlar essas perdas, diminuí-las e aferir o que temos exatamente de perdas reais (vazamentos) e de perdas aparentes (furtos e fraudes), a direção da autarquia instituiu no final do ano passado uma equipe, que desde então vem trabalhando essa questão.
     Num primeiro momento, o objetivo é mensurar o que temos exatamente de perdas reais (vazamentos) e perdas aparentes (fraudes).
     Para tornar isso possível, a autarquia promoveu licitação e está adquirindo macromedidores (hidrômetros maiores), que serão instalados nos bairros. Desta forma, teremos condições de medir o volume de água que está entrando em cada bairro e o que está sendo medido (cobrado) mensalmente. Fazendo o cálculo da diferença entre esses dois volumes, teremos o volume que está sendo fraudado e o que está vazando.
     Paralelamente, também desde o final do ano passado, a autarquia vem implantando algumas ações para diminuir as perdas, que incluíram a aquisição de veículos pick-ups de pequeno porte (Saveiros), que estão permitindo um melhor e mais rápido atendimento às ocorrências de vazamentos, visto que ao contrário dos caminhões, esses veículos permitem deslocamentos mais rápidos pelas diversas regiões da cidade. Outra medida que vai permitir a diminuição dos índices de perdas são os reguladores de pressão das redes que estão sendo instalados pela cidade, visto que as variações de pressões são os principais motivadores de vazamentos.
     É isso Deda, qualquer dúvida estou à disposição".
    A foto (de autoria de Luiz Setti, profissional que trabalha no Cruzeiro do Sul) ilustra vazamento de água na zona industrial de Sorocaba no dia 8 de dezembro de 2014. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Saae Sorocaba ganha reforço nas diretorias Jurídica, Administrativa e Financeira

    Enviado em: 29/01/2015 17:06h - Por: Deda

     

    Há duas semanas o advogado Luciano Delgado assumiu a Procuradoria Jurídica do Saae. O que se ouve nos bastidores, agora, é que o diretor da área Administrativa e Financeira da autarquia, Fábio Castro  Martins, funcionário de carreira do Saae, deixa a pasta para dar lugar a Fernando Furokawa. Para quem não se lembra, Furokawa foi o secretário das Finanças (atual Fazenda) da Prefeitura de Sorocaba nos oito anos do prefeito Renato Amary e nos oito anos do prefeito Vitor Lippi. Aliás, desde a inauguração do Parque Tecnológico de Sorocaba, por indicação de Lippi, Furokawa comandava a área financeira dessa empresa pública.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • E sua opínião sobre a ocupação dos semáforos por "artistas", qual é? João Bid desce a lenha em mim

    Enviado em: 29/01/2015 17:04h - Por: Deda



    João Bid, um dos principais artistas paulistas, natural de Mairinque e que faz o vocal do grupo Catavento, discorda de minha opinião sobre os "artistas" de semáforos e manda esse recado: "A arte na rua, nas praças, no trânsito, é a priorização do humano. O veto à arte nos espaços público, é a priorização da máquina. O que aconteceu com você, Deda? Me dá um gole desse negócio que você tomou, aí!"
    Gosto do humor de João Bid. E sigo concordando com ele sobre o papel da arte. Mas não posso me ver obrigado a assistir shows de quinta categoria de malabaristas e engolidores de fogo. Imagino qual será o tamanho do meu desespero quando uma dupla de forró universitário parar bem na minha frente no sinal vermelho. Dio mio, me livrai deste horror!

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Ala dentro do PT da qual fazem parte os ex-deputados sorocabanos do PT está desgostosa com o trabalho do presidente nacional da sigla

    Enviado em: 29/01/2015 17:02h - Por: Deda



    Lauro Jardim, da coluna Radar on line da revista Veja, informa: "É grande o desgaste de Rui Falcão entre os petistas da Construindo um Novo Brasil, a maior corrente do partido, responsável por sua eleição para a presidência do PT. A CNB julga que Falcão não soube fazer o PT presente na formação do ministério de Dilma, mas, na verdade, a mágoa se deve à perda de espaço da CNB no governo e, em especial, no Palácio do Planalto". Só para lembrar, a sorocabana Iara Bernardi migrou da sua ala (liga a ex-ministra Marta Suplicy) para a CNB da qual há décadas faz parte o também parlamentar sorocabano Hamilton Pereira. O resultado é conhecido de todos: o desastre de 2014 com o outubro azul. Iara e Hamilton (que mudaram de posição, ele concorreu a federal e ela a estadual) perderam feio e apesar dos rumores ainda não foram nomeados a cargo algum. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Sorocaba celebra dez anos da volta do Carnaval de Rua e com conquistas significativas de infraestrutura para quem desfila e assiste ao espetáculo. Fico feliz de fazer parte desta história

    Enviado em: 28/01/2015 17:41h - Por: Deda



    Há dez anos, em janeiro de 2005, assumia o comando da Prefeitura de Sorocaba o hoje deputado federal Vitor Lippi. Ele havia sido apadrinhado em toda campanha pelo prefeito Renato Amary. Eu havia sido coordenador executivo do marketing da campanha de Lippi e fui nomeado diretor de área na pasta de Educação da secretário Terezinha Del Cístia. Nunca fui artista, mas sempre tive ligado a esse universo. Acredito que a arte é o caminho mais transformador, para o bem, de um indivíduo e de uma sociedade. Sou admirador do que faz Danilo Miranda no Sesc. É um exemplo para toda e qualquer cidade do Brasil. Enfim, passadas as festas do final de ano o Brasil passa a viver a expectativa do Carnaval. Em Sorocaba, naquela janeiro de 2005, não foi diferente. Eu que experimentava pela primeira vez a gestão pública senti que havia clima para a volta do Carnaval entre os blocos e escolas da cidade, entre os artistas. Com esse entusiasmo, restava enfrentar o lado político, afinal o novo prefeito, eleito com o aval do antecessor, não tinha disposição em criar problemas. Renato Amary, é importante frisar, sem dinheiro assim que assumiu a prefeitura fez a opção de dar verba ao que era mais urgente e importante e o carnaval, sem dúvida, era algo que podia esperar. E assim Sorocaba ficou sem sua festa de rua. Mas naquele janeiro de dez anos atrás, a secretária Terezinha me disse que eu podia tomar frente no processo e assim foi. A Polícia Militar foi contra. O prefeito não disse sim e nem não. Aliás, como se viu ao longo dos anos que essa é sua maneira de enfrentar os problemas. E levei adiante a idéia. Foi um desfile única de escola, todo mundo junto e misturado, sem fantasia, descendo a rua São Bento. Zezo, Wagner Tibes e José Maria Bessórnia, funcionários de carreira da prefeitura telefonaram para os dirigentes de escolas e blocos. Tivemos uma reunião calorosa no Sorocaba Club e a intenção saiu do papel e ganhou as ruas. Os blocos brilharam. Não houve um problema. Da praia, o prefeito ligou para me dar os parabéns. Ele perdeu esse momento em que a festa mais tradicional de nossa cultura voltou às ruas de Sorocaba. Por isso tudo fico feliz quando vejo que o prefeito Pannunzio e importantes assessores, ladeados pela polícia, anunciam as novidades da festa deste ano. Será gasto R$ 1 milhão e a promessa de uma infraestrutura compatível com o público que vai ao Parque das Águas. Jaqueline Gomes faz um ótimo trabalho de gestão (ninguém espera mais que isso de um comandante de pasta tão polêmica) e caminha a passos largos para dar a pasta da Cultura (meu xodó, afinal fui um dos que falou muito aos ouvidos de Lippi que ela seria importante para a cidade) o patamar importante de ser um transformador de indivíduos. A sociedade só será melhor com pessoas melhores, ou seja, que leiam, interpretem, se expressem, se mexam e saiam da posição confortável de ficar a frente do que a TV vomita todo dia para eles.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
    Enviado por: mara 28/01/2015 (17:54h)
    Foi uma época muito boa, de muito trabalho, de muita união, de muito suor, pra tudo sair perfeito, sempre!!!! Os funcionários que trabalharam na Secult nesta época realmente merecem os parabéns!!! Éramos um time e, dos bons!!!! Comandados por vc!!!! Parabéns!!!!!!
  • Na volta às aulas, estudantes de Sorocaba receberão material fornecido pela Prefeitura, como aconteceu nos anos anteriores. A idéia de colocar em prática o vale-material escolar está sendo revista por sugestões de técnicos do Tribunal de Contas

    Enviado em: 28/01/2015 17:39h - Por: Deda



    O fornecimento do vale-material escolar para o início deste ano para as escolas públicas municipais e conveniadas de Sorocaba, um projeto da Prefeitura e aprovada pelos vereadores no final de 2014, está sendo revista. Técnicos do Tribunal de Contas entendem que a medida precisa de um ajuste para ser implementada e, como a ordem do prefeito Pannunzio é para que seja cumprida a lei na risca, o processo e o valor que será oferecido para a aquisição dos materiais pelos pais está parado. A Associação Comercial de Sorocaba havia sido escolhida, no dia 16 (foto), para operacionalizar o sistema do vale-material escolar na cidade, com um custo zero de taxa de administração para a cidade e segue na expectativa se vai ou não gerenciar este processo. Se fosse para apostar, eu cravaria que na volta às aulas, estudantes de Sorocaba receberão material fornecido pela Prefeitura, como aconteceu nos anos anteriores. O bom é que toda a licitação para a compra dos 50 itens já foi feita e as empresas fornecedoras estão aptas a entregar em tempo.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba precisa do cargo e demite jornalista

    Enviado em: 28/01/2015 17:37h - Por: Deda



    O presidente da Câmara de Sorocaba, Cláudio Sorocaba 1 (PR), chamou o jornalista Davi Deamatis e disse a ele que precisava do seu cargo, o de secretário de Comunicação Institucional. Não deu nenhuma explicação a mais. Davi está à procura de emprego e o radialista Carlos Garbo (na foto à esquerda com Cláudio) passou a exercer o cargo. Carlos Garbo atuou como locutor na rádio Vanguarda de Sorocaba durante 18 anos e na Câmara já exerceu a função de chefe de cerimonial e atualmente trabalhava como  assessor parlamentar no gabinete da presidência. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Autoritário não é impedir "artistas" nos semáforos de Sorocaba, mas sim permitir. Ninguém é obrigado quando está no carro, sem alternativa de não ver o que aparece na sua frente, presenciar engolidores de fogo e malabaristas de quinta categoria

    Enviado em: 28/01/2015 17:35h - Por: Deda



    Leio nas páginas do Facebook amigos antigos, como os artistas Edeméia Pereira, Eli André Corrêa e Zé Bocca, externando seu desgosto com o prefeito Pannunzio que vetou lei do vereador Izídio do PT (aprovada pela Câmara) e encaminhou para votação dos vereadores novo projeto de lei sobre prática de artes em locais públicos. Por questão de segurança, a ideia é que os artistas não se apresentem em vias, cruzamentos e semáforos. A medida serviu de pretexto para as críticas que tirando o que cada um pensa e as preferências ideológicas pode-se resumir numa atitude antidemocrática. E está ai uma visão oposta que tenho disso: um cara que aparece fazendo "arte" na minha frente do semáforo é o que há de mais autoritário e antidemocrático pois não me dá a chance de evitar participar daquele momento grotesco, kitsche e triste de tão decadente. Não há arte possível nos 30 segundos de um semáforo no vermelho. Edeméia Pereira, Eli André Corrêa e Zé Bocca vocês têm outras reivindicações para o fazer artístico, bem mais consistentes do que essa. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
    Enviado por: NomeJoão Bid 28/01/2015 (19:11h)
    A arte na rua, nas praças, no trânsito, é a priorização do humano. O veto à arte nos espaços público, é a priorização da máquina. O que aconteceu com você, Deda? Me dá um gole desse negócio que você tomou, aí!
  • Os dois deputados federais sorocabanos almoçaram com candidato do PMDB à presidência da Câmara. Mas um deles, por fidelidade partidária, não deveria ter ido

    Enviado em: 27/01/2015 18:34h - Por: Deda

     

    O polêmico deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Cunha, favorito na eleição para presidente da Câmara, almoçou com a bancada do PSDB na última segunda-feira em São Paulo. Vitor Lippi participou, mas não deu nenhum pronunciamento sobre o que foi tratado lá. Coube ao próprio Cunha dizer que expôs suas propostas e pediu votos à bancada tucana. Queria uma foto, mas a assessoria do deputado me informou que não teve acesso ao encontro. Por isso, publico aqui a foto da assessoria de Cunha, onde não há nem sinal de Lippi, apenas de líderes como Carlos Sampaio e Bruno Covas. 
    Cunha tem argumentado aos tucanos, e seduzido muitos deles, sobre a derrota que deseja impôr ao PT nessa eleição de presidente da Câmara. Coube a FHC e ao senador paulista José Serra, fundadores do PSDB, chamar a atenção da bancada para não levar a legenda tanto à direita e que é hora de honrar os votos prometidos a Júlio Delgado (PSB-MG). Serra, inclusive, teria dito que é um "absurdo o partido priorizar a derrota do PT ao que é melhor para o país". Ou seja, é absurdo os tucanos jogarem fora sua história, votando em um candidato com o histórico de Cunha, somente para derrotar um adversário. É para se pensar.
    Bom, quanto ao outro parlamentar sorocabano, o pastor Jefferson, também coube a Cunha informar o que aconteceu. Ele almoçou com deputados do ‎DEM‬, ‎SD‬, ‎PRB‬ e ‪‎PTN‬ e ai fica a pergunta: O que o deputado Jefferson Campos, que é do PSD estava fazendo neste almoço? A pergunta cabe, afinal Kassab, ministro das Cidades, já declarou que a bancada toda do PSD vota em Arlindo Chinaglia.
    Para esclarecer, o voto é secreto.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
    Enviado por: MARCUS DE OLIVEIRA PINTO 28/01/2015 (11:44h)
    Cada vez mais me convenço que fiz a coisa certa, não ir vota para nenhum cargo politico. O sistema e corrupto e beneficia politicos profissionais . Esse negocio de votar em um candidato e eleger outro, pior elege politicos que tem mais poder no congresso e não houve a voz do povo. Se o Tiririca eleito com o maior numero de votos no pais, porque ele não esta participando dessa eleição da mesa diretora? A ele não tem condições , Epa! então o sistema de votos esta errado? Quando não mudarem não vou participar dessa fralde. Marcus de OLiveira
  • Gestor da Santa Casa de Sorocaba pede para prestar contas de um ano de requisição do hospital e pronto socorro e vereadores vão recebê-lo em audiência

    Enviado em: 27/01/2015 18:31h - Por: Deda



    O médico Francisco Antônio Fernandes, gestor da Santa Casa de Sorocaba há um ano, desde que a Prefeitura fez a requisção do hospital e pronto socorro, se antecipou a qualquer convocação que partisse de algum vereador e teve a iniciativa de pedir uma audiência para expor ao Legislativo sorocabano a prestação de contas de um ano de requisição do hospital e pronto socorro da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, que está sob a gestão da Prefeitura. O ofício foi encaminhado ao presidente da Casa, vereador Cláudio Sorocaba I (PR), mas a sessão será presidida pelo vereador Izídio de Brito (PT), presidente da comissão permanente de Saúde Pública da Câmara. A audiência será nesta quarta-feira (28/1/15), a partir das 9h, e é aberta a participação de qualquer cidadão.
    Em virtude da crise no atendimento médico da Santa Casa, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio, em 17 de janeiro de 2014, requisitou os bens e serviços da instituição para prestar serviços exclusivamente aos pacientes do SUS, nomeando o médico nefrologista Francisco Fernandes para assumir a gestão do hospital.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários

    Fotos da semana

    Busca no blog

  • Pesquisar